A evolução da splash page

Criança que lê HQ junta, cresce junta!
Criança que lê HQ junta, cresce junta!
Criança que lê HQ junta, cresce junta!

Blog às moscas. Estou lendo Reading Comics – how graphic novels work and what they mean, de Douglas Wolk. O livro é basicamente sobre crítica de quadrinhos, coisa  que é difícil você ver alguém falando sobre. Tem muitos livros por aí de crítica literária, de crítica musical,  de crítica de cinema, mas de quadrinhos é complicado encontar, mesmo em inglês. O livro é muto bom porque o autor não usa de literatice pra dizer  pra que veio, usa uma linguagem bem informal. E no caminho vai usando de autores consagrados como Kant e Horácio para explicar como os quadrinhos funcionam, sem esquecer Eisner e McCloud, as referências principais nessa área. Pretendo, então, colocar aqui algumas passagens do livro que me chamaram a atenção. Começo com a  evolução das splash pages, na minha tradução mega mal-feita:

“Nos velhos quadrinhos havia uma tradição de abrir uma história com uma “splash page”, algo equivalente à “tomada emblemática” nos primórdios do cinem – um painel de tamanho maior na primeira página de uma história de quadrinhos de gênero que era a representação literal ou simbólica de um conflito ou momento dramático que aconteceria mais tarde na história. Esse tipo de história deveria ser determinada, a narrativa propriamente dita poderia começar em um momento calmo, desde que o leitor soubesse que algo intrigante aconteceria mais tarde; a única questão era como a história chegaria nesse ponto.

A grande mudança da Marvel dos anos 60 nas splash pages: começando in media res com uma cena de ação que se desenrolaria pelo menos por algumas página e qualquer plano de fundo deveria ser alcançado através de exibição subseqüente de flashbacks.

A grande mudança de Mike Grell no estilo splash da Marvel (feita em sua HQ dos anos 70, início dos 80, The Warlord (no Brasil, o Guerreiro): a primeira página da história era uma narativa conduzida em multi-painéis e então uma única e enorme imagem cobria a segunda e a terceira página da história”.

Anúncios
Categorias: Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s