Quando a porta da geladeira está fechada

Asilo Arkham: Inferno na Terra
Asilo Arkham: Inferno na Terra
O que é?

Asilo Arkham: Inferno na Terra, no original, Arkham Asylum: Living Hell (2003) foi uma minissérie publicada pela DC Comics. Escrita por Dan Slott e desenhada por Ryan Sook. As capas eram desenhadas por Eric Powell, criador do The Goon. A história mostra como Warren White, um magnata das finanças que sempre se safa de seus trambiques acaba parando no Asilo Arkham, lar dos criminosos de Gotham, após alegar insanidade temporária. Lá ele aprende que essa alegação lhe custará a própria sanidade.

 

Por que eu gosto desse quadrinho?

Asilo Arkham: Inferno na Terra, à primeira vista pode parecer uma pretensa continuação para a graphic novel de 1988 de Grant Morrison e Dave McKean, mas não é. Pelos desenhos, uma outra daquelas histórias noir, mas não é. A autoria de Dan Slott, responsável por títulos como Mulher-Hulk e O Coisa, não aparenta que a série terá a carga dramática necessária para o universo de Batman, mas mais uma vez o pensamento óbvio está errado. A série possui um tom psicológico profundo e analisa as características doentias de alguns dos vilões de Batman, os motivos de suas patologias e o porquê de estarem no Arkham. Nesse caso a história se assemelha muito com a série Oz, que retratava o dia-a-dia de funcionários e detento de uma prisão estadual. Inferno na Terra lida não apenas com os vilões, mas com os dramas vividos pelos guardas, psicólogos e diretor do manicômio. Cada parte da história é mais ou menos focada em um drama e todos são levados ao grand finale. Desfilam entre os perigosos moradores do Arkham, Coringa, Hera Venenosa, Duas-Caras, Magpie, Crocodilo e o Chapeleiro Louco. Slott não deixa de lado o humor, e aí está mais uma razão para eu gostar da série. Ele se utiliza de um humor negro só seu, mais de acordo com um humor involuntário do que com o mesmo tipo de risadas provocadas por fatos mórbidos como em histórias de Warren Ellis ou Garth Ennis. Ah sim, por falar no Garth Ennis, Etrigan também tem a sua participação na trama.

Michael Jackson: Novo vilão do Batman?
Michael Jackson: Novo vilão do Batman?

Por que você deveria ler este quadrinho?

Explorar a galeria de vilões sempre foi um ponto alto das histórias do homem-morcego, particularidade que Bob Kane pegou emprestada de Chester Gould e os deformados vilões de Dick Tracy. A diferença é que os do Arkham trazem estampadas suas deformações psíquicas e as exibem também na maneira que compõem seus crimes. Em sua obra, Slott não explora apenas velhos vilões, mas cria seus próprios: Humpty Dumpty, trazido do universo de Alice, seria um vilão da Batgirl que tem obsessão por consertar as coisas que acha defeituosas, e, por causa disso, acaba provocando acidentes que o levam ao Arkham. A história da origem de Humpty é contada no melhor estilo Oz, só que da forma carismática de Slott: em versos rimados, como a história de sua versão original é mostrada na obra de Lewis Carrol. O ápice de sua história é engraçado, mas perturbador, levando a crer que Humpty é uma espécie de Norman Bates de Gotham. Outro motivo para ler o quadrinho é porque a minissérie mostra o que acontece no universo de Batman quando o Morcego não está por perto. Inferno na Terra é uma espécie de Gotham City Contra o Crime versão vilões. Imagine o que acontece em Gotham quando a porta da geladeira está fechada. E não estou falando do Sr. Frio.

 

O que dizem sobre este quadrinho?

“Esta é a grande história fechada do universo de Batman, possivelmente a melhor que eu já li. Se você é fã de Batman ou de Slot e ainda não leu esta história, talvez você mereça ser trancado no Arkham!” – Rob, do Pannel Patter.

 

Onde você encontra essa história:

Asilo Arkham: Inferno na Terra (maio de 2006, Mythos Editora)

Anúncios
Categorias: Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s