Citações, quadrinhos
Comentários 2

Do lado de fora, por Steven T. Seagle

Terno e gravata

Chapéu e óculos

Clark Kent se encaixa direitinho

No mundo filtrado de Metrópolis

De dias corridos,

Jornadas de trabalho,

Conversa mole,

Clic-clac,

Contracheque e colarinho.

 

Naquele oh-tão-esperado intervalo de almoço,

Sempre há tempo para uma troca rápida,

Um voo rápido

Trabalho rápido

Para os aspirantes a destruidores do mundo

E então logo de volta ao

Terno e gravata

Chapéu e óculos

Oh, sim, Clark Kent se encaixa direitinho.

 

Mas abaixo, na Contabilidade,

Colunas e Linhas

E Linda Goldberg sabe que

Os “hahahas” nos filtros

São piadas sobre como o “povo dela”

É sempre aquele “com a mão na grana”.

Nenhum intervalo de almoço é longo o suficiente

Para permitir que ela se troque rápido

De seus Ancestrais ou de seus Críticos.

 

Luvas de couro

Fardas de brim

Se DeRon Sanford não viesse trabalhar

Todo mundo n’O Planeta notaria

Mas quando ele chega

Não se mistura,

Mais desaparece no

Puxa e varre a plena vista

O Homem Invisível.

 

Até que o dinheiro do café

Some da mesa de alguém

Ninguém olha para Clark, ou mesmo Linda

Não dizem uma palavra

Mas eles nem mesmo precisam

E em seu intervalo para o almoço

DeRon não pode de jeito nenhum

Empurrar e varrer a pele

Que o faz viver fora de si mesmo.

 

E Greg Giddley

Cuja pernas são

Aros de alumínio

E Melissa Bandeau

Cujo “namorado” não é nenhum rapaz

Unem-se à equipe que busca cada dia

Terno e gravata

Chapéu e óculos

Que os trarão do lado de fora

Para dentro.

 

Tradução livre de “The Outsider”, historinha incluída em It’s a Bird…, de Steven T. Seagle e Teddy Kristiansen. Claro que no original é muito mais bonito.

Anúncios
Este post foi publicado em: Citações, quadrinhos

por

Guilherme “Smee” Sfredo Miorando nasceu em Erechim em 1984. É mestrando em Memória Social e Bens Culturais, onde pesquisa quadrinhos. Já deu aula de quadrinhos, trabalhou com design e venda de livros e publicidade. Faz parte do conselho editorial da Não Editora. Co-roteirizou o premiado curta-metragem Todos os Balões vão Para o Céu. Seu livro de contos Vemos as Coisas como Somos foi selecionado pelo IEL-RS em 2012. Publicou em 2014 a HQ Fratura Exposta e sua primeira narrativa longa, Loja de Conveniências. Em 2015 lançou a antologia FUGA, de HQs com seu roteiro. Em 2016 lançou a HQ coletiva Lady Horror Show e a HQ "muda" Esperando o Mundo Mudar. Mantém o blog sobre quadrinhos splashpages.wordpress.com

2 comentários

  1. Pingback: As 20 Melhores HQs que li em 2012 « Splash Pages

  2. Pingback: 10 Quadrinhos Autobiográficos Para Você Se Identificar | Splash Pages

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s