cinema, quadrinhos, Quadrinhos Comparados
Comentários 2

O teste Bechdel

A tirinha de Dykes to Watch Out For, que deu origem ao teste Bechdel.

A tirinha de Dykes to Watch Out For, que deu origem ao teste Bechdel.

Alison Bechdel, já conhecida dos leitores deste blog por suas graphic novels autobiográficas Fun Home e Você é Minha Mãe?, e também por suas tirinhas sobre o mundo lésbico Dykes To Watch Out For. Foi nessa tirinha, em 1985, que surgiu o teste Bechdel, um teste para estabelecer se uma obra de ficção (geralmente filmes) fazia um retrato igualitário de gênero. Segundo Bechdel e sua instrutora de karatê, que deu a ideia do teste, a obra precisa concordar com estas 3 perguntas:

O teste Bechdel

O teste Bechdel

Se pararmos para pensar, muitas obras, sejam quadrinhos ou filmes, não atendem a estas solicitações. Um exemplo gritante é Sex and The City, em que as mulheres só falam sobre relacionamentos, como se suas vidas fossem reduzidas a pensar sobre homens. Por outro lado, muitos filmes de ação apresentam apenas personagens masculinos. Isso bate com uma declaração de uma estudante da UCLA que disse que seus professores afirmavam que a audiência pedia por protagonistas homens e heteros e não, como um profissional da indústria cinematográfica falou “um monte de mulheres falando sobre sabe-se lá o que mulheres falem”. O site bechdeltest.com lista vários filmes que atendem e que não atendem a estes três quesitos.

Este post foi publicado em: cinema, quadrinhos, Quadrinhos Comparados

por

Guilherme “Smee” Sfredo Miorando nasceu em Erechim em 1984. Já deu aula de quadrinhos, trabalhou com design e venda de livros e publicidade. Faz parte do conselho editorial da Não Editora. Co-roteirizou o premiado curta-metragem Todos os Balões vão Para o Céu. Seu livro de contos Vemos as Coisas como Somos foi selecionado pelo IEL-RS em 2012. Publicou em 2014 a HQ Fratura Exposta e sua primeira narrativa longa, Loja de Conveniências. Em 2015 lançou a antologia FUGA, de HQs com seu roteiro. Possui o blog sobre quadrinhos splashpages.wordpress.com

2 comentários

  1. Pingback: [Prateleiras Comentadas] Minha Coleção de HQs! | Splash Pages

  2. Pingback: Será Que Ele É? 10 Criadores LGBT de Comics | Splash Pages

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s