Análises, Eu e os Quadrinhos, quadrinhos
Comentários 38

A Lei de Talião ou Por Que eu Não Gosto do Justiceiro

Ele adooora pegar no trabuco...

Ele adooora pegar no trabuco…

Linchamentos como os de Fabiana Maria de Jesus, no Guarujá, por uma turba raivosa, afirmando que ela era uma bruxa matadora de crianças, ocorrida no início deste mês chocam a população. Um meliante que foi amarrado a um poste por ter roubado um celular, não choca. Pelo contrário, incita o apoio a práticas como essa, de pessoas autointituladas “do bem”, justiceiros da internet, sagazes e com palavras ácidas sempre preparadas para acusar o próximo, sempre a postos para substituir o Estado na manutenção da justiça.

Da mesma forma funciona o cérebro do Justiceiro, esse anti-herói dos quadrinhos da Marvel Comics que usa o símbolo de uma caveira. Essa caveira é muito utilizada por fãs de quadrinhos em camisetas pelo mundo. O Justiceiro é Frank Castle, um ex-fuzileiro naval que viu sua família ser baleada na sua frente por gângsteres. Desde então, vestindo o uniforme do Justiceiro, Frank Castle jurou punir todos os culpados. Segundo sua lei, é claro.

Criado em 1968, por Gil Kane e Ross Andru, o Justiceiro faz parte de um movimento de anti-heróis que ganharam força, na década de 80, após a desilusão americana com seus heróis nacionais depois o escândalo Watergate e o fracasso da Guerra do Vietnã. A partir de então, com contravalores como a violência, o cinismo e a crueldade em voga, personagens como Conan, Wolverine, Justiceiro e Lobo se tornaram ainda mais raivosos, até o Batman começou a estampar um perfil mais “últimas consequências”.

Eu mato, eu mato, quem pegou minha cueca pra fazer pano de prato...

Eu mato, eu mato, quem pegou minha cueca pra fazer pano de prato…

Por outro lado, personagens como Juiz Dredd, utilizavam a violência como meio de tirar sarro da sociedade, cada vez mais radical em suas opiniões acerca de penalidades e julgamentos. O Justiceiro é, como diz o clichê, juiz, júri e executor, aplicando a Lei de Talião em suas vítimas, aquela que diz “olho por olho, dente por dente”. Não existe perdão, não há clemência, e o povo vai ao delírio. Até que a violência bata à porta da sua casa. Na porta dos fundos dos outros, é refresco.

O Justiceiro, originalmente foi criado como um vilão do Homem-Aranha, ocasionalmente atuando como seu aliado. Mas foi no início dos anos 80, com a minissérie Punisher: War Journal (O Diário de Guerra do Justiceiro), de Steven Grant e Mike Zeck, que ele se tornou popular. Os métodos de Frank Castle não seguem o modus operandi dos outros super-heróis. Superman, Lanterna Verde, Homem de Ferro, os Vingadores, costumam ser reativos. Até o Batman, desfigurado pela violência é um personagem reativo. O Justiceiro, por outro lado, é um sujeito pró-ativo. Ele vai em busca de suas vítimas, ele as caça, ele as juga, ele as mata. Da mesma forma que fazem as pessoas que prenderam o negro a um poste, ou das que resolveram fazer justiça com as próprias mãos ao linchar Fabiana.

Faça justiça com as próprias mãos. Use seu joystick! :P

Faça justiça com as próprias mãos. Use seu joystick! 😛

De justiça, o Justiceiro não tem nada. Aliás, a tradução brasileira para o personagem é uma corruptela. Uma vez que seu nome original é The Punisher, O Punidor, que faz muito mais jus às suas ações. O personagem, assim como o Batman rende muitas histórias boas, mas é necessário saber interpretá-las. Ambos os personagens são sociopatas psicóticos. Já o Justiceiro é um psicopata. Tanto Batman como Justiceiro foram transtornados por um trauma e resolveram punir os culpados ignorando o poder do Estado, passando por cima da Justiça.  Como Thomas Hobbes falava, para manter a ordem é preciso ter Estado, para que o Estado possa valer, é preciso usar a força. Então para que não seja necessário o uso de força, é preciso que não se tente fazer justiça com as próprias mãos. Dessa maneira, a violência vence, os vilões vencem. E heróis, anti-heróis, pseudo-heróis e a gente comum perde.

38 comentários

  1. Pingback: É muito triste ser o Batman ou Pobre Menino Rico | Splash Pages

  2. Pingback: O Crime e o Castigo de Garth Ennis | Splash Pages

  3. Carlos diz

    Viu o psicopata que foi preso no RJ que só matava mulheres brancas? o estado só conseguiu prender ele depois da décima vítima, se alguma delas tivesse uma arma para abater o bandido nada disso teria acontecido.

    Curtir

  4. Carlos diz

    Você vive em mundo de fantasia achando que tudo é lindo e maravilho mas é apenas um covarde que não tem coragem nem pra defender a própria vida é mas esses são os “tempos modernos” onde se valoriza mas o respeito aos bandidos do que os cidadãos de bem.

    Curtir

  5. Carlos diz

    Quem realmente conhece a legislação sabe que é tudo voltado para defender o crime e a sociedade é jogada as traças, vivemos uma justiça inversa.

    Curtir

  6. Carlos diz

    Todos eles desde os vingadores até o “amarrado no poste” tem uma ficha imensa na polícia, ficha de roubos, assassinatos, então, é ladrão matando ladrão, que ótimo, deveriam morrer os vingadores também!!!! Pessoal, antes de fazerem comentários, procurem mais a fundo o que realmente aconteceu, quem eram os envolvidos, seu passado e presente. Vocês falam em direito humano para o que foi amarrado ao poste, mas, e a família daqueles que ele matou ou roubou? Quem está cuidando deles? O cidadão precisa sim se defender, se armar e ir ao revide, acabar com esses bandidos sustentados pelo poder político atual!!!! Quando tínhamos o esquadrão da morte, não existia violência neste País, muito menos drogas que assediam diariamente nossos filhos e filhas, tirando nosso sono sobre qual será o futuro deles!!!!

    Curtir

  7. Carlos diz

    Roubou, matou, FURTOU, precisa ser tirado de circulação, com a falência do poder público, são os cidadãos de bem sim, os que trabalham duro pra conseguir seu sustento, seus bens, seus estudos e que quando aparece um bandidinho desses e tira sem dó nem piedade de você, praticando um FURTO, ele tem que ser punido pela própria população já que o poder público não funciona…Sem comentários…… Acho que você podia mesmo adotar um bandido…….

    Curtir

  8. Carlos diz

    “Código de conduta” um filme que recomendo a todo esquerdopata, quando um bandido descobre como a justiça é uma piada quando ele se torna vitima e o que ele faz com o criminoso isso nos USA, no Brasil então nem se fala. Quando um bandido entrar na sua casa de qualquer esquerdinha te amarrar e enfiar o pinto dele no cu da sua mulher e depois matá-la ai quero ver vcs defenderem ele, e se ele for menor de idade será solto em três meses, a verdadeira justiça é quando o crime ocorre na casa de quem defende bandido e não na casa de quem não defende, é mais justo. Mas não podemos criar justiceiros pois o estado blablabla, que se foda o estado eu estou no estado o estado protege o crime bando de idiotas, pois é isso que vcs são todos esquerdopatas são um bando de IDIOTAS cegos ignorantes. O mundo é dos cães e os que dizem não serem cães realmente não são, são piores, são lobos.

    Curtir

  9. Carlos diz

    Que absurdo, e que doce inocência achar que o direitos humanos foi criado para cidadãos de bem e trabalhadores, primeiro que direito humano de ser exercido pra quem é humano e não para qualquer um que sai por ai com uma arma na mão tirando a liberdade da maioria, porque o bandido quando mata um pai de família tem todo um cuidado com a integridade física do bandido, e quando é o contrário, o cidadão que se defende é preso indiciado e tudo quanto tem direito, o Direitos Humanos tinham que defender o olho por olho, dente por dente pra por um terror em gente que não presta e sai por ai acabando com a vida das famílias de vítimas de bandidos. Pra quem escreveu que eles defendem o que está na constituição, lá também está escrito que se tratando de GUERRA a pena de morte é permitida, lembro-me que há pouco tempo quando foi anunciada a implantação de unidades pacificadoras no Rio de Janeiro o Prefeito Sergio Cabrau disse que a sociedade carioca estava vivendo uma guerra então até agora não entendi o porque não começaram a matar traficantes em praça pública.

    Curtir

  10. Carlos diz

    E quantas centenas de trabalhadores que os bandidos filho da puta matam todos os anos no Brasil, porque tu não bota a foto deles, porque não cabe no teu blog, vai toma no teu cu seu filho da puta.

    Curtir

  11. Junior Medias diz

    A teoria dos direitos é tão linda e utópica quanto a teoria do comunismo, do socialismo, mas na vida real brasileira, vemos policiais sendo assassinados, e nem direitos humanos nem o Estado tomam providencias.

    Curtir

  12. Junior Medias diz

    Justiceiro meu herói favorito bem que as pessoas podiam se inspirar nele e sai matando bandidos nojentos por ai não acha?

    Curtir

  13. Junior Medias diz

    Os Direitos humanos prega a liberdade de Expressão. “GAY” (Ser Gay é um direito Humano) ,Trabalhar no Sinal, BEBER NA MESA DE UM BAR. SEM CONTRARIAR SÂO ALGUNS DOS DIREITOS QUE AS PESSOAS POSSUAM POR SER HUMANO. Então se Ser bandido é um direito que as pessoas possuem, Porque então os prendemos e os matamos ??? Bandido meu amigo, DEIXOU A MUITO DE SER “HUMANO” É ANIMAL. VIROU FERA. PORTANTO não pode ser Tratado como um ser de Bem, Não há correção mais eficaz que você. FICAR PRESO, ( detido ) Um Cidadão de Bem por infringir uma pequena Lei vai preso, mais quando sai, jamais vouta a Errar… UM BANDIDO, TEM PRAZER em ser PRESO. pois ao sair voutarar a COMETER OS mesmos Crimes, ou então PIOR. Está no Sangue, praticar o Mal ( não tem Vouta ) … Então, amiguinho.. assim como Eu, Todos os Cidadões de BEM na NAÇÂO brasileira discordo completamente Como VOCÊ e A POLÍTICA BRASILEIRA PENSA.

    Curtir

  14. Junior Medias diz

    Isso mesmo, deixemos os Direitos Humanos continuarem a criticar a policia e passar a mão na cabeça de estupradores e assassinos. Já viram o novo crime da moda? Se você for roubado e não tem dinheiro é logo queimado vivo! Bonzinhos os bandidos, não? Uma coisa eu digo a todos aqui, nunca roubei, estuprei e nem matei ninguém mas se algum dia um desses bandidos fizerem mal a mim ou qualquer outro membro da minha família, vou atrás de um por um e farei questão de catalogar todos os defensores dos direitos humanos e dar fim aos mesmos. Pois a lei que beneficia os ‘protegidos’ deles, também me beneficiará! Raça maldita!

    Curtir

  15. Junior Medias diz

    Esquecem-se também os defensores dos direitos humanos dos bandidos da chamada ‘teoria dos riscos profissionais’, exposta pelo magistrado Volney Corrêa Júnior: ao adotar o crime como profissão, como em qualquer outra atividade, sujeita-se o delinqüente aos riscos que lhe são inerentes: em algumas das empreitadas não ser bem sucedido, levar um tiro e morrer, ser preso, na prisão superlotada não receber o tratamento de que se julga merecedor, ser vítima de abuso sexual por outros detentos, etc.

    Direitos humanos no Brasil tende a criminalizar os policiais e tornar hérois os bandidos.

    Curtir

  16. Junior Medias diz

    Brayan foi morto durante um assalto porque seu choro irritou os ladrões. A casa de sua família no bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo, foi invadida na madrugada de sexta-feira (28). Ele foi alvejado na cabeça enquanto estava no colo da mãe. Seis ladrões levaram R$ 4.500 em dinheiro da casa. Parte disso seriam economias do próprio menino.
    Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2013/06/30/menor-e-aprendido-como-terceiro-suspeito-da-morte-de-menino-boliviano-em-sp.htm

    Curtir

    • guilhermesmee diz

      Mel Dels, aprovei os comentários por medo de ser agredido… dado o conteúdo agressivo de todos os comentários.16 comentários num dia só é recorde! Sou a favor dos direitos humanos sim até prova ao contrário, acho que toda pessoa tem o direito de expressar suas motivações. O que não acho certo é que qualquer pessoa tenha porte de arma, uma vez que isso apenas colaboraria para o aumento do crime e da criminalidade e da “justiça” nas mãos de justiceiros homemade, que daqui a pouco estarão vindo atrás de mim por pensar diferente. Não entendi o que os gays tem a ver com a história, já que foi colocado no início de um post. Mas dá pra julgar a mentalidade pelos argumentos. È esse tipo de pessoa que defende a volta da ditadura militar, quando os direitos humanos e de livre expressão eram tolhidos, as pessoas exterminadas, e foda-se (para ficar no mesmo tom das expressões usadas nos comentários) se eram inocentes ou não, ou se tinham apenas uma opinião contrário. Depois sou eu que tenho que tomar no cu, como se tomar no cu fosse uma coisa ruim. Por favor, apenas observem a maneira como vocês se expressaram e reflitam se são dignas de serem levadas em consideração. Eu leio sim, e vou muito além da Veja semanal e da internet rancorosa, talvez por isso eu defenda os direitos humanos, seja gay e seja sensível ao direitos dos “bandidos”.Sim, já fui assaltado e nem por isso acho que “bandidos” devem ser torturados. Se lessem um pouco de psicologia, iriam entender que tudo na mente humana tem uma razão. E desculpem se ofendi alguém, não era minha intenção, bem diferente da de vocês, que pularam de pára-quedas aqui e começaram a metralhar ofensas.

      Curtir

      • Carlos diz

        O que gays tem direitos afinal ele são humanos e não fazem mal a ninguém já os bandidos são pragas e o que a gente faz com pragas é exterminá-las.

        Curtir

  17. Carlos diz

    “O que não acho certo é que qualquer pessoa tenha porte de arma, uma vez que isso apenas colaboraria para o aumento do crime e da criminalidade e da “justiça” nas mãos de justiceiros”.

    Não. Nenhuma campanha contra o desarmamento tem esse objetivo. O poder
    de coerção continua na mão do Estado, respondendo pelos excessos tanto os agentes públicos quanto os particulares.

    Curtir

    • cara permita me explicar uma coisa , a policia tem varios homens armados e mesmo assim existem policiais corruptos que tem familias como a sua meu querido
      agora vc vem me dizer que justiceiros sao necessarios? mais gente armada?
      isso nao faz sentido nenhum , sua logica eh pifia , o unico motivo das pessoas gostarem de justiceiros eh pq elas sao como crianças que se machucam e querem devolver o dano na mesma intensidade ou pior . ser justiceiro como o da marvel eh horrivel e sem sentido
      a verdade eh que ele so ta satisfazendo a sede dele de sangue
      eh sempre assim as pessoas falam de justiça religiao honra e no final sempre se trata mesma coisa uma ferida tao doida que o unico jeito de fugir da dor eh fazendo as outras pessoas sentirem dor
      chamar esse tipo de atitude de justiça eh papo de pessoas imaturas que nao sabem se controlar e tratar de suas proprias feridas
      a unica coisa utopica que vejo nesses comentarios eh os sonhos de ira que vcs gritam nos comentarios como se fosse um hino de guerra .
      e quando alguem aparece dizendo o contrario mt gente que pensa igual a vcs xinga , engraçado nao ? repara que nao estou dizendo que eh o seu caso . se esse texto te deixou irritado vc tem mais eh que aprender sobre vc mesmo .
      O HOMEM CONHECE MAIS A SUPERFICIE DA LUA DO QUE O MODO COMO SUA MENTE FUNCIONA.

      Curtir

  18. Junior Medias diz

    O que quis dizer em relação aos gays que ser gay é um direito assim como encher o cu de cachaça mas ser bandido não.

    Curtir

  19. Pingback: Fãs de Quadrinhos Não Sabem Interpretar Texto? | Splash Pages

  20. Pingback: Pantera Negra: Tá TUDO Errado! | Splash Pages

  21. Pingback: Melhores e Piores Leituras de Maio de 2016 | Splash Pages

  22. Pingback: Melhores e Piores Leituras de Julho de 2016 – Splash Pages

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s