Mês: junho 2014

Planeta Hulk, de Greg Pak, Carlo Pagulayan e Aaron Lopresti (2013, Panini Books, 430 págs. R$ 99,00)

O Épico do Golias Esmeralda: Planeta Hulk, de Greg Pak, Carlo Pagulayan e Aaron Lopresti

Durante a Guerra Civil os roteiristas e editores da Marvel precisavam enviar o Incrível Hulk para algum lugar. Ora, a presença do Hulk na Guerra Civil iria auxiliar um dos lados a vencer. Por isso, a solução que os editores encontraram foi exilar o Hulk no espaço. Essa artimanha já havia sido usada outras vezes com o Hulk, como na Saga da Encruzilhada e no mundo da princesa Jarella, ambas por Bill Mantlo, um dos grandes escritores do Hulk. O mote em Planeta Hulk é que depois das devastações que ele causou no planeta Terra, a equipe secreta dos Illuminati, formada pelo Senhor Fantástico, Doutor Estranho, Homem de Ferro e Namor, capturou o Hulk e o enviou em uma nave para o espaço. Lá, depois de passar por um portal, ele acaba caindo no Planeta errado, o planeta Sakaar, assolado por um outro tipo de Guerra Civil. A história é escrita por Grag Pak e confesso que fiz cara feia para a série por muito tempo por causa disso. Antes de Planeta Hulk, Pak, ao …

PROMO SPLASH #001 – Curta nossa página, marque 3 amigos e concorra a 3 SUPERBRINDES!

Quer ganhar uma miniatura do Thor? E um álbum do Will Eisner? Mais uma HQ independente maneiríssima (cof, cof!)? Então se liga nessa promoção! É FÁCIL: Curta nossa página no facebook:Splash Pages e divida essa promoção com mais três (03) amigos! Depois é só esperar mais um mês e – voilá – você saberá quem ganhou! Aproveite e dê um mergulho no Blog Splash Pages e conheça mais a fundo o universo dos quadrinhos! BOA SORTE! Regulamento 1. Sorteio pessoal e intransferível. 2. Só receberá o prêmio quem curtir a página e compartilhá-la com 3 amigos. 3. O brinde será enviado pelos Correios e a responsabilidade de entrega é da mesma empresa. 4. A promoção ficará em vigência do dia 25/06/21014 até o dia 30/07/2014, que é quando se realizará o sorteio através do site Sorteie.me, que realizará a mesma. 5. Caso a pessoa recuse o prêmio, o blog ficará com o brinde e realizará novo sorteio com novas montagens de kits. 6. A promoção é válida apenas para o território brasileiro.

A Lei de Canon, de Mark Millar, Kek-W e Chris Weston (INGLATERRA)

Dura lex, sed lex: A Lei de Canon, de Mark Millar, Kek-W e Chris Weston

Pegue um padre bem armado no juízo final. Ele sai matando pecadores. Só que, durante o juízo final, Deus se esqueceu de levar consigo as almas que ressuscitaram. O resultado: mais de 20 bilhões de almas sobre a Terra, e um caos digno do inferno. É nesse cenário que as maiores mentes de todos os tempos: Sherlock Holmes e o Doutor Moriarty bolam um plano. A tramóia resulta na morte dos dois, nus, dividindo a mesma cama e de pulsos cortados. Eles tinham ido para o céu com a missão de matar Deus por permitir que o caos se assolasse sobre a Terra. Canon Law é uma espécie de Juiz Dredd, só que religioso. Ele faz parte da Patrulha Paroquial, uma espécie de Power Rangers dos Quatro Evangelistas do Juízo Final, cada um com sua cor temática. Mas acontece que só sobrou Canon, pois os outros desapareceram num evento envolvendo papéis de parede. Cabe a Canon manter a ordem num mundo pós-juizo-final. A HQ de 100 páginas é dividida em dois arcos. O primeiro por …

A Última História do Planeta (ry)

A última história da série Planetary, escrita por Warren Ellis e desenhada por John Cassaday, permanecia inédita no Brasil. Mês passado a Panini Comics publicou a derradeira edição, revelando o destino dos arqueólogos do impossível. Eu fiquei devendo um post sobre Planetary. Vou tentar escrever ainda que não fique justa a descrição. Planetary é uma série sobre o século XX, que foi encerrada no século XXI. Ela foca em Elijah Snow, um dos chamados “bebês do século” que, junto com Jenny Sparks (o espírito do século XX, do Authority) e muitos outros que são revelados na trama, possuem poderes extraordinários. A busca de Snow, Jakita Wagner, Baterista e Ambrose Chase pelos mistérios do mundo é o mote desta série. “É um mundo estranho. Vamos mantê-lo assim”, é o lema repetido inúmeras vezes por inúmeros personagens. + CIÊNCIA, – FICÇÃO Usando de histórias fechadas, mas que cada vez vão sendo mais interligadas entre si, Ellis viaja pelo século XX, usando de inúmeras referências. As maiores delas, talvez, estejam nos quadrinhos de super-heróis. Ele presta uma homenagem …

Por que as HQs (e livros) são tão caros? Ou, “sabe de nada, inocente”!

Seguidamente vejo reclamações sobre o preço de publicações na internet. Porém, acho que, ao fazer isso, as pessoas não sabem que desestimulam as compras de outros. Ao mesmo tempo lhes falta um pouco de contexto para entender os valores que envolvem a produção de uma publicação. Ler scans e não comprar o quadrinho impresso, mesmo ele sendo sensacional, também auxilia na contração do mercado. Outro fator que deixa o mercado de quadrinhos impenetrável é a velha arrogância dos fãs antigos que sempre pensam saber muito mais que os novatos. Sempre haverá um velhaco mais velho e um novato mais verde. Inspirado pelo artigo de Paulo Cecconi no Pipoca & Nanquim, resolvi escrever aqui um pouco sobre o que leva uma HQ a ser cara, utilizando uma liçãozinha básica de Marketing, os 4 P’s de Phillip Kotler: Produto Para se fazer um produto que encha os olhos, é preciso um bom acabamento gráfico. Esta talvez seja a parte mais cara do processo. Quanto mais frufrus ele tiver, mais caro vai ser. Capa dura, papel couchê, verniz …

R de Repetição: os Roteiros de Rick Remender

Rick Remender é hoje um dos grandes nomes da Marvel Comics. Ele está encarregado de escrever o novo megacrossover da editora: AXIS, reunindo Vingadores e X-Men contra o Caveira-Vermelha-com-a-armadura-de-Massacre-com-pedaços-do-cérebro-do-Professor-Xavier-implantados. Rocambolesco, não? R de Rocambolesco. Uma das marcas registradas de Remender. O autor é exímio em trabalhar grandes momentos chocantes, grandes revelações, encurralar heróis, deixá-los à beira de um ataque de nervos. Rick Remender é hoje, um dos grandes revitalizadores dos anos 90 e do grim’n’gritty – as histórias cruéis e raivosas –, ainda que com outra pegada. O atual escritor de Fabulosos Vingadores, a equipe que junta X-Men com Vingadores, começou sua carreira se dedicando à animação. Trabalhou animando filmes como Anastascia e Titan A. I. Quem se lembra dessas películas viveu a infância nos anos 90. Um tempo depois, cansado de trabalhar para outras pessoas, Remender virou freelancer no mundo das HQs. É possível ver seu trabalho como arte-finalista em revistas como Vingadores, ao lado de Kieron Dwyer, naquela que ficou conhecida como A Saga de Kang, quando Kurt Busiek se despediu do título. …

Como Adquirir Fratura Exposta, de Guilherme Smee, Jader Corrêa e Matias Streb

FRATURA EXPOSTA #01 – Melissa – Degustação (R$ 5,00 + Frete, 16 pgs.) — Sinopse: FRATURA EXPOSTA é uma HQ que usa o fantástico como uma ferramenta para explorar os relacionamentos, o amor e o sexo. A história que contamos se desenrola em 12 capítulos. Você tem o primeiro em mãos. Abaixo, a sinopse da trama toda. — Teófilo esconde um segredo de sua mãe, Teodora. Seus irmãos, Melissa e Eliéser, também escondem os seus. Quando a falta de dinheiro finalmente os motiva a mudarem suas vidas, os membros da família se reencontram após tantos anos distantes. Mas antes que eles possam sair de casa, ou circular os classificados de empregos, uma figura de seu passado os convida para a viagem de suas vidas. E por que não? Acompanhe a família Noronha nesta jornada e descubra o paradeiro de Jonas, o patriarca que não pode levitar na presença de seus fílhos. — Para comprar mediante depósito bancário: guilhermesmee@gmail.com ou amigosdapaginaembranco@gmail.com Lembrando que a HQ tem censura 18 anos. — Para compra pela Internet: Acesse a Loja …

Saudades: Coleção Pocket Panini

Almanacões! Quem não gosta de ter uma HQ de muitas págians para ler? Elas lembram a nossa infância, quando ficávamos doentes e tínhamos que ficar na cama lendo gibis. Elas lembram as férias, que passávamos lendo o Almanação de Férias da Turma da Mônica e fazendo passatempos e colorindo ficguras. São os Superalmanques Marvel e Dc, Hanna Barbera. As recompilações de minisséries, nos famosos encalhernados. Os Especiais do Mês. E aqui um digno representante dos Almanacões da última geração: a Coleção Pocket Panini!   Dados Gerais: Coleção Pocket Panini (Panini Comics) Duração: 6 números – Dezembro de 2005 a Maio de 2006 O Contexto: A Marvel na Panini se expandia e se expandia, mas muitas séries ficavam de fora dos mixes. A solução encontrada foi reativar o formato econômico, mas, dessa vez, em superencadernados que lembravam os Superalmanaques da Editora Abril. Muitas das séries que saíram na Coleção Pocket Panini já haviam sido canceladas há um bom tempo na Marvel, mas nem por isso deixavam de ser um ótimo material que deveria ser conhecido pelo …

10 Razões Por Que O Inescrito Pode Ser o Substituto de Sandman

Nenhuma série em quadrinhos alternativos é tão cultuada ao redor do mundo como Sandman, de Neil Gaiman. Muitas outras séries tentaram seguir o caminho da família de Morpheus, e muitas foram nomeadas como suas substitutas. Entre elas, Fábulas e Y: O Último Homem. A primeira por sua proximidade com as histórias e a segunda pelo mundo revigorante que apresenta e seus personagens cativantes. Mas acho que há um série que se aproxima mais de Sandman, e essa série é O Inescrito (The Unwritten), criada por Mike Carey e Peter Gross. Não por acaso, os dois já haviam trabalhado juntos no spin-off de Sandman, a revista de Lúcifer. Mas vamos ao motivos: SONHOS E HISTÓRIAS: Enquanto a base de Sandman são os sonhos e sua influência sobre as pessoas, em O Inescrito temos as histórias e suas influências. Enquanto em Sandman temos o Sonhar, em O Inescrito temos O Leviatã. Ambos, sonhos e histórias, são narrativas, a diferença é que sonhos são produções internas, íntimas, já as histórias são, de certa forma, uma maneira de difundir …

10 Razões Por Que o Superman dos Novos 52 Não Funciona

Hoje li a última edição do Superman da Panini e chego à conclusão de que não sei por que estou “investindo” em um personagem que não vai para frente. Nem a chegada de Scott Snyder e Jim Lee à revista serviu para transformar as histórias do Azulão menos “indigestas”. Por que eu NÂO deveria estar investindo está bem claro. Os motivos seguem abaixo: LOIS LANE SUBAPROVEITADA: Lois Lane é o coração e a mente das histórias do Superman. Não por acaso havia uma série que se chamava Lois & Clark: As Aventuras do Superman. A personagem, que já teve série própria, agora está apagada, com um namorado novo, um loiro aguado sem a mínima graça e sem a mínima tensão com Clark, que por sua vez não parece ter interesse nenhum em Lois. LEX LUTHOR NA CADEIA: A maior mente criminosa do Universo DC está na cadeia e, ao invés de aproveitá-lo da maneira que fizeram com Lionel Luthor na série Smallville, Luthor parece tão apagado quanto os outros personagens coadjuvantes. SUPERMAN NAMORANDO MULHER-MARAVILHA: Se …

Os homens que não amavam o frio.

O Poder da Subjetividade: Soldado Invernal – Enterrando o Passado, de Jason LaTour e Nic Klein

Uma boa história policial com toques de crueldade e muita ficção científica, foi o que acabei achando em Soldado Invernal – Enterando o Passado, de Jason LaTour e Nic Klein, publicado este mês na edição especial de Avante, Vingadores! (Número 59.1). Utilizando o mesmo costume que Ed Brubaker, o “criador” do Soldado Invernal começou na série, LaTour e Klein exploram os esqueletos no armário de Bucky Barnes. Histórias de espionagem invariavelmente remetem à Guerra Fria, a James Bond e a uma estética dos anos sessenta. Nic Klein deixa isso muito claro em seus desenhos e na experimentação narrativa que produz aliado a Latour. Sequências de abertura fulminantes, com uma paleta de cores beirando o monocromático, que dão uma sensação de frieza para uma história ainda mais fria. O enredo da história envolve um momento piedoso de Bucky Barnes, o Soldado Invernal, em que ele deixa uma menina, filha de um gênio da física, sobreviver. Essa menina se torna uma assassina impiedosa e uma das grandes mentes da física. Ela acaba por estudar os usos dos …