10 Motivos, Análises, quadrinhos
Comentários 21

10 Razões Por Que o Superman dos Novos 52 Não Funciona

Hoje li a última edição do Superman da Panini e chego à conclusão de que não sei por que estou “investindo” em um personagem que não vai para frente. Nem a chegada de Scott Snyder e Jim Lee à revista serviu para transformar as histórias do Azulão menos “indigestas”. Por que eu NÂO deveria estar investindo está bem claro. Os motivos seguem abaixo:

Se minha cama voasse...

Se minha cama voasse…

  1. LOIS LANE SUBAPROVEITADA: Lois Lane é o coração e a mente das histórias do Superman. Não por acaso havia uma série que se chamava Lois & Clark: As Aventuras do Superman. A personagem, que já teve série própria, agora está apagada, com um namorado novo, um loiro aguado sem a mínima graça e sem a mínima tensão com Clark, que por sua vez não parece ter interesse nenhum em Lois.
  2. LEX LUTHOR NA CADEIA: A maior mente criminosa do Universo DC está na cadeia e, ao invés de aproveitá-lo da maneira que fizeram com Lionel Luthor na série Smallville, Luthor parece tão apagado quanto os outros personagens coadjuvantes.
  3. SUPERMAN NAMORANDO MULHER-MARAVILHA: Se a intenção era tornar a guerreira amazona uma das coadjuvantes do Superman, funcionou. É isso que ela parece.  O romance entre Diana e Clark foi muito melhor desenvolvido no encontro dos dois em um anual da Action Comics por John Byrne e George Pérez nos anos 80, do que em toda a linha dos Novos 52.
  4. JONATHAN E MARTA KENT MORTOS: Como adoram matar os pais do Superman nessa DC. Eles são um dos pilares da criação do Homem de Aço e por que ele resolveu ajudar os terráqueos. Sei que é difícil escrever relações paternas e maternas nos quadrinhos, principalmente quanto os personagens já são adultos. Mas, sinceramente, se perde muitos pontos sem esses dois suportes.
  5. AUTORES DE RENOME FRACASSANDO: Tantos e tantos já passaram pelo Superman nos Novos 52, que foi um rodizio de pizza kryptoniana que não fica devendo para nenhum restaurante. George Pérez, Dan Jurgens, Scott Lobdell, mas principalmente figurões como Grant Morrison e Scott Snyder trouxeram mais indigestão do que sabor às histórias do Grande Escoteiro.

    Te Pego na Saída!

    Te Pego na Saída!

  6. GALERIA DE VILÕES DESPERDIÇADA: Talvez a lista de antagonistas do Último Filho de Krypton não seja uma das melhores, mas, certamente é uma das galerias mais marcantes. Lex Luthor, Parasita, General Zod, Bizarro, Metallo, todos eles desperdiçados, alguns no primeiro arco de Morrison, outros que ainda nem deram as caras por aqui sendo preteridos por um:
  7. INFERNO NA TERRA: Isso mesmo, piada pronta esse nome. Inferno sim, essa saga é um inferno para leitores novos e antigos que não conseguem se situar nas histórias. Scott Lobdell assume todos os super-títulos e os une nesta saga, criando um personagem novo do passado de Krypton: H’El. Que veio e voltou sem nenhuma diferença.
  8. MAU PLANEJAMENTO EDITORIAL: Grant Morrison devia cuidar de Action Comics, a revista que mostraria o início do Super-Homem. Porém, Morrison parece não saber em equipe (diferente do que seus convivas declaram no documentário Talking With Gods), pois não traçou diretriz alguma para os colegas que deveriam trabalhar na revista Superman, deixando todos eles de mãos atadas. Assim, Superman – a revistas – se tornou uma baita linguiça para ser enchida com qualquer história babaquinha que aparecesse, lembrando uito o Arqueiro verde antes de Jeff Lemire assumir.
  9. DEMITIDO PLANETA DIÁRIO: Um dos cenários essenciais das histórias do Superman é o Planeta Diário, mas Clark Kent resolve se demitir e tornar-se freelancer. Ok. Mas então porque não cerca-lo de coadjuvantes que realmente interajam com ele?
  10. A SUPERGIRL É MELHOR: Algo está muito errado quando a revista da Supergirl consegue se provar muito superior do que as duas dos Superman. Ela devia estar sob o guarda-chuva dele e não o contrário. Enquanto revistas patinas ou são canceladas, a prima do Superman, que literalmente caiu de para-quedas na Terra está sed estacando em vendas. Há algo de podre no Reino de Krypton…
Deixa que a moça faz o trabalho dos (super) homens...

Deixa que a moça faz o trabalho dos (super) homens…

Anúncios

21 comentários

    • guilhermesmee diz

      Verdade, Luiz? Conta o q você tem gostado nas novas séries do Super. Além da ausência da Lois e do casamento, algum desses itens que coloquei aqui também está te agradando? É interessante ver como algumas reformulações funcianam para alguns fãs e não para outros. Abs!

      Curtir

  1. Sidney diz

    Os “formatinhos” com o Superman do Byrne, Ordway, Kesel e Stern são o que há de melhor do Homem de Aço, na minha opinião. E, embora eu tenha gostado de muita coisa que fizeram nos Novos 52, o Super não foi uma delas.

    Curtir

      • Sidney diz

        Muito bom seu texto sobre o Byrne, Guilherme. Considero ele um dos melhores artistas de quadrinhos e, até hoje, a visão dele para o Superman e o Quarteto Fantástico são, para mim, imbatíveis. Claro que ele teve seus maus momentos (a saga do Estigma, do Novo Universo Marvel, que ele terminou, foi uma decepção), mas, ainda assim, sua criatividade como argumentista e seu talento como desenhista são referência sempre lembrada, mesmo que, atualmente, ele esteja afastado de grandes editoras e personagens famosos. Isso é para poucos, com certeza.

        Curtir

  2. Slash diz

    Lionel em Smallville, é simplesmente o Luthor do Byrne. Ou pelo menos, tem elementos do Luthor do Byrne(e qual Luthor, seja Lex ou não, não tem tais características?). E é assim que o personagem funciona. Mas tem gente que adora inventar coisas e ai já viu neh….

    Eu só não concordo com Clark & Diana ai nessa lista. Eu curti o casal e gostaria que continuasse. Até pra não cometerem o erro de encerrar Batman & Mulher Gato, só pra tentarem fazer com que o Morcego tenha um rolinho com a MM. NÃO! Batman & Mulher Gato tem sido um ótimo casal e espero que não mexam nisso. Não importa o que tenham que fazer.

    Curtir

    • guilhermesmee diz

      Slash, também curti o casal Mulher-Maravilha e Super, mas na Liga. Nas revistas do Super ela é muito subaproveitada. Diana com Batman tb é brabo. mas é interessante a tensão entre ela e o Orion na revista maravilhosa. Quanto ao Batman, não sei, é complicado, acho que eles procuram usar ele como solteiro para usar seus romances como recurso narrativo (aka. vítimas), como tem sido nas revistas dos Novos 52. :/

      Curtir

    • Sidney diz

      Já tinha ouvido falar do Next Men, Guilherme, mas nunca cheguei a ler. Qualquer hora, vou procurar algum encadernado da série. Deve ser ótima!

      Curtir

      • guilhermesmee diz

        Saiu por enquanto um encadernado da Mythos, com as 12 primeiras histórias. É bem caprichado e bem salgadinhos tb, mas vela cada página. 😉

        Curtir

  3. Pingback: Superman sem Lois Lane é um Erro | Splash Pages

  4. Embora não li nada dos Novos 52, também achei a maior furada a separação do Super e da Lois… além de usarem pro reboot ideias requentadas de quando ele foi criado, como ele ser mais herói do povo quando começou (mas marginalizado) e seus pais mortos.

    Curtir

  5. 1. Lois, para mim, sempre foi um problema para o Superman. Tornava ele mais humano, e a terra não precisa de mais um humano, precisa de um guardião. Alguém que seja forte o suficiente para protegê-la a qualquer custo. Eu costumava dizer que a maior fraqueza do Clark não era kriptonita, era a Lois. A “síndrome da donzela em apuros” me ejoa (este é um dos motivos pelos quais eu acharia legal Thor ficar com Sif).
    Unir Kal-El com Diana foi uma das melhores coisas que já aconteceram nas hqs, ao menos na minha opinião. Sou fã-boy assumido da Mulher Maravilha, e sempre achei que ela merecia um homem à sua altura, e o filho de Kripton atendeu esta demanda. Sem contar que a Rainha das Amazonas não precisa de proteção, ela não é uma princesinha indefesa, é a própria deusa da Guerra, e o fato dela ser forte, e estar ao lado do Super, faz ele ficar ainda mais forte.

    2. Sobre Lex… bom, eu estava cansado dele. Eu sei que é um vilão muito importante, mas sempre tinha que ser ele? Nas animações, no cinema, até em Smallvile… eu queria ver mais dos outros. Colocá-lo na cadeia foi uma maneira de tirá-lo de cena, mas sem matá-lo ou esquecê-lo definitivamente. Ele ficou “no banco dos reservas” e deixou outros brilharem… isso me deixou feliz.

    3. Os pais mortos são uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo que o torna mais “deus” e menos “homem”, também o deixa sem um suporte, como vocês mesmo mensionaram… pra mim, contanto que não fique com choradeira, tá de boas.

    4. Qual o seu problema com a pobre Kara? Deixa a menina ser feliz kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mas brincadeiras à parte, eu gosto de vê-la over-power…

    5. A única coisa que não gostei, foi terem encerrado os Novos 52… tipo, essa história de “tudo era uma ilusão do Dr Manhattan” pra mim foi uma cagada sem limites… tipo, só o fato deles jogarem este Superman fora e separarem o super-casal pra mim tornou Rebirth odiável. Não sei se lerei alguma HQ desta nova fase. Talvez a do Flash, só pq trouxeram meu adorado Wally de volta. Mas ainda estou tentando superar… kkkkkkkk

    Curtir

  6. Nos primeiros Numeros quando vi que Clark leva uma fora de Lois,ele sai entra no elevador e fica ouvindo a LOis com o cara dentro do quarto eu disse para min mesmo,Esse Superman e uma LIxo,isso sem conta que Ele QUERIA JOGAR UM CAMINHÃO DE PRODUTOS TOXICOS NO RIO so nao joga por que o propio ladrao avisa a ele que se ele jogasse estaria contaminado o Rio de onde saia o abastecimento de Metropolis.foi o fim da picada.

    Curtir

  7. É muito triste ver oque estão fazendo com o universo de novos 52, não vejo a hora de rebotarem a dc novamente, e voltarem tudo ao normal.
    Os heróis da dc sempre foram heróis que representavam tudo que havia de nobre, humano, e heroico e que toda criança e adolescente podia se espelhar para se tornar um ser humano melhor, eles sempre representaram a esperança.
    O super homem o bom e velho escoteiro, muitos o achavam bobo, mas eu sempre gostei do herói era um Deus caminhando sobre um mundo feito de papel, mas que possuía coração e alma humana, ele nunca usava sua força total para evitar a destruição e para não machucar o seus inimigos, pois ele não queria e não tinha a intenção de machucá-los e sim de pará-los, sem piores danos.
    Hoje transformaram em um valentão com super poderes.

    Curtir

  8. Pingback: Os Melhores Quadrinhos da DC Comics Que Li em 2016 | Splash Pages

  9. Descordo de muita coisa e concordo com outras.
    LOIS LANE SUBAPROVEITADA: Cara Lois sempre foi um porre, as pessoas liam a historias do Superman por causa do Super e não da lois, e já tava na hora do clark se toca pois ela nunca gostou dele e sim do todo poderoso Superman( interesseira), era irritante como os roteiristas usavam tal personagem como a pior fraqueza do Superman, se lois tropeçasse no meio fio era capaz do Superman destruir o quarteirão inteiro por casa disso, sempre transformavam o super num doente ou num viciado em crack (lois lane) se o Superman ficasse sem o crack (lois) ele virava do mal, isso só fazia manchar a imagem do personagem, ate minha irmã que gosta de romance e acompanha a DC sempre achou o romance deles uma bosta

    LEX LUTHOR NA CADEIA: Já tava na hora de explorar outros inimigos do Super, gosto do Lex mas sempre continua com a mesmice, e nem é todo roteirista que sabe trabalhar com o luthor, se for pra botar ele numa armadura verde pra bater de frente com o Superman melhor nem colocar.

    SUPERMAN NAMORANDO MULHER-MARAVILHA: sempre vi o relacionamento deles como algo futuro, mas a edição deles não foi ruim e pelo que eu vi, quem era o coadjuvante era o Super pois deram bem mas destaque a Diana, explorando os inimigos dela, os Deuses gregos e todo o universo envolto da mitologia da Mulher-Maravilha, e quem lê a cronologia desse dois personagem (antes dos news 52) vê a dinamica entre os dois, eles sempre demonstrava interesse um pelo outro, mesmo o Superman estando com lois e diana com trevor, os roteiristas sempre deixavam isso explicito.

    JONATHAN E MARTA KENT MORTOS: Também não gostei disso.

    AUTORES DE RENOME FRACASSANDO: Também concordo, fizeram uma suruba com o Superman.

    DEMITIDO PLANETA DIÁRIO: apesar de que eu gostaria de ver Superman explorando outros tipos de profissão, eu tbm não concordei com isso.

    Resumindo: eles queriam explorar a evolução do Superman, como um cara normal que comete erros como todo mundo, só que exageram em muita coisa, ele começou a melhor (pra mim) da metade de suas edições pro final.

    Curtir

    • Guilherme Smee diz

      Valeu, Henrique! Taí tua opinião. Só não vou dar uma réplica porque acho que já expliquei como me sentia no próprio post. Mas acho que tu tens que concordar que o Superman do Rebirth está muito melhor, né?! Abs!

      Curtir

      • Sim o do Rebirth está melhor que o outro, gostaria que tivessem dado a personalidade deste aos do news 52, teria ficado bem melhor e não teria gerado tantas criticas, uma coisa que não gostei foi ele ter voltado com uma familia (não pq eu não goste da lois, e não que ele não mereça ter uma familia, pois merece), pois isso acabou “acorrentando” o Superman, o Super sempre foi um Herói mundial e as vezes ate universal, indo pra outros planetas ajudar e ate outras realidades, agora ele se vê “preso” pois tem uma familia pra cuidar e acabou se tornando um personagem local, pois quero ver quando surgi ameaças além da terra, o que os roteiristas farão, e nem na liga da justiça ele está tão ativo pois tem que ta com a familia, e liga da justiça sem o Superman, não é liga da justiça

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s