cinema, quadrinhos, Quadrinhos Comparados
Comentário 1

Como os super-heróis podem ter salvo a indústria pornográfica

Que os super-heróis estão em todas as telas você sabe. Nas telas de cinema, nas telas de televisão, dos computadores, dos celulares. Mas muita gente gostaria de ver seus amados super-heróis pelados, e sim, fazendo coisinhas. Ora, que é isso, não fique encabulado(a), bancando de falso(a) moralista. Quem nunca sonhou (ou fantasiou) em ser salvo por seu super-herói favorito ou super-heroína favorita, e em troca prestar alguns favores para o benfeitor(a). Ainda não se convenceu? Pois saiba que são os super-heróis que estão salvando a indústria pornográfica americana.

"Quer ver minha Viúva Negra?" "Se você pegar a minha flecha... Vou retesar meu arco!"

“Quer ver minha Viúva Negra?” “Se você pegar a minha flecha… Vou retesar meu arco!”

Hoje, vamos ser sinceros, ninguém mais aluga filmes pornôs, ou muito menos paga por eles, tendo em vista torrents e vídeos em streaming a la youtube que existem na web. Isso causou uma quebra na indústria pornográfica. Porém, com a chegada de Axel Braun, que dirigiu mais de 400 filmes pornôs desde a década de 90, a maré começou a mudar. Tudo começou com uma paródia pornô da série dos anos 1960 de Batman, “BatmanXXX”, em 2010, que fez tanto burburinho e tanto sucesso na internet, que rendeu uma, digamos continuação. E assim foi com mais e mais paródias dos heróis.

A mania chegou a um ponto que, em 2013, se produzia o filme pornô mais caro da história. Custando 100 mil dólares, foi lançado “Man of Steel XXX”, uma paródia pornô do filme Superman – O Homem de Aço, estrelado por Henry Cavill. O filme estreou na mesma época que o filme dirigido por Zack Snyder, e pode-se dizer que o filme do diretor pornô Axel Braun, deu mais sorrisos aos estúdios de entretenimento adulto, Vivid, do que a nova versão do Homem de Aço da DC Comics e Warner Bros.

Axel Braun e o ator que faz Bane,. "O que ele faz, ele faz Bane!"

Axel Braun e o ator que faz Bane,. “O que ele faz, ele faz Bane!”

Procurados pela Associated Press para comentar sobre o assunto, nem DC Comics nem Marvel Comics declararam nada. A assessoria de Stan Lee declarou que era óbvio que o bom velhinho não sabia nada sobre essas paródias (sei!). E você está se perguntando: e os direitos autorais? Como eles fazem isso? Como permitem essas coisas descabidas, maculando nossa juventude e criando trombadinhas juvenis? Como? Bem, graças à proteção da primeira emenda americana, que permite que paródias como as da revista MAD e do programa Saturday Night Live sejam veiculadas por aí. E é por isso que que o subtítulo de todos esses vídeos é: “a porn parody”.

As paródias custam dez vezes mais que um filme comum, dizem os executivos da Vivid TV, mas vendem três vezes mais do que um filme comum, depois, é claro, das sex tapes de celebridades. Já existem paródias pornôs do Homem-Aranha, do Homem de Ferro, dos Vingadores, de Star Wars, de True Blood.

"Avante, Vingadores!", "Pra trás, Vingadores!" "Avante! Pra trás! Avante! Pra trás!"

“Avante, Vingadores!”, “Pra trás, Vingadores!” “Avante! Pra trás! Avante! Pra trás!”

“Eu sempre senti uma conexão emocional com o material que estou rodando”, diz Braun em entrevista à Fox News, “Conforme o gênero ‘paródia pornô’ foi se tornando mais e mais popular, muitas companhias se juntaram na onda e inundaram o mercado com produtos sem inspiração, gravados apenas para captar a popularidade de um filme ou programa de televisão”.

“O meu jeito é completamente diferente, especialmente no que tange o material de quadrinhos… Eu sou primeira e unicamente um fã, então eu tenho um melhor entendimento do que os outros fãs querem ver (nota do autor: a velha história dos filmes pornôs: “eu sou uma mulher, então eu sei o que as mulheres querem – e uma piscadela). Eu sempre fui respeitoso e meu filmes raramente contém alguma profanação”.

O ator que faz o papel de Superman também faz filmes pornôs gays. Como eu sei? Um passarinho me contou... (oooops...)

O ator que faz o papel de Superman também faz filmes pornôs gays. Como eu sei? Um passarinho me contou… (oooops…)

O pai de Axel Braun, Lasse Braun, foi um pioneiro da indústria pornô nos anos 60, cuja tese de doutorado sobre censura ajudou a legalizar a pornografia na Dinamarca naquela época. Já Axel tem PhD em Psicologia, não bebe e não fuma, é casado, moniogâmico e com filhas. Ele se diz um cara normal. “Eu sempre uso personagens que não tiveram oportunidade de aparecer nas telas grandes, como Curto-Circuito ou a Banshee Prateada. Acima de tudo, eu estou vendendo a fantasia, e qual a melhor maneira de fazer isso do que trazer um monte de supervilãs sexies e obscuras à vida?”

Braun foi incluído ao AVN (Adult Video News) Hall of Fame em 2011, e se tornou o único diretor a ganhar o prêmio de melhor diretor três vezes consecutivas. Ele disse que está estabelecendo um novo parâmetro para a indústria aspirar, e que as suas paródias pornôs não estão acima de qualquer outra produção de outros estúdios pornográficos.

Anúncios

1 comentário

  1. Pingback: Personagens de Quadrinhos Podem Ser Sexualizados SIM! – Splash Pages

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s