Gargalhadas Superiores: Os Inimigos Superiores do Homem-Aranha, de Nick Spencer e Steve Lieber

Gargalhadas Superiores. HUAHUAHUAHUA! (foi superior?!)
Da esquerda para a direita: Shocker, besouro, Bumerangue, Corisco e Turbo. Quem precisa de shoarma quando se tem eles?
Da esquerda para a direita: Shocker, Besouro, Bumerangue, Corisco e Turbo. Quem precisa de shoarma quando se tem eles?

Uma das séries mais hilárias da Marvel dos últimos tempos, Os Inimigos Superiores do Homem-Aranha, deixa qualquer gibi do Deadpool no chinelo. A premissa da série é a reunião de um novo Sexteto Sinistro, só que com cinco integrantes. Isso é pra começar a risada. Liderados por Bumerangue, Fred Myers, que quer aplicar o golpe do século e ficar rico e poderoso, o “Sexteto” conta ainda com Shocker, o vilão mais zoado do Homem-Aranha; Corisco, que já participou dos Thunderbolts, assim como Bumerangue; e os novos personagens Turbo e Besouro.

O trabalho conjunto de Liber & Spencer: quem nunca pensou em matar o chefe? Com um bumerangue talvez não... claro..
O trabalho conjunto de Liber & Spencer: quem nunca pensou em matar o chefe? Com um bumerangue talvez não… claro..

Além das gargalhadas, outro destaque da série são a linguagem e a narrativa. Spencer e Lieber trabalham gags visuais como nenhuma outra revista com viés humorístico. Desde bonecos super-deformed, ao estilo dos mangás, passando por balõezinhos estilo The Sims e acabando com uma planta vertical do QG do Coruja com os perigos que nosso heróis vilões têm de enfrentar.

OS AUTORES

Nick Spencer vem da cena independente. É dele a criação do sucesso Morning Glories, que teve dois volumes publicados no Brasil. Morning Glories chegou a ser comparado com um LOST com adolescentes. Já na Marvel, Nick escreveu histórias curtas, além do primeiro volume Marvel Now dos Vingadores Secretos. Seu texto é denso, longo e seus roteiros privilegiam muitos quadros por página. Isso torna seu texto imersivo, fazendo com que uma edição valha por duas. Quando você acaba de ler uma história até parece que leu mais. Mas não é só isso que torna a HQ tão imersiva, também é o trabalho com os personagens e o belíssimo trabalho de narrativa visual de Steve Liber.

As mais diferentes (e divertidas) capas da Marvel estão nesta série!
As mais diferentes (e divertidas) capas da Marvel estão nesta série!

Steve Lieber que, apesar do sobrenome poderia ser parente de Stan Lee, se tornou popular por sua arte para a minissérie de Greg Rucka, Whiteout, que virou filme com Kate Backinsale, que ficou conhecido no Brasil pelo nome (ridículo) de Terror na Antártida. Ele também é lembrado como o desenhista de Guerra Civil: Linha de Frente, que saiu aqui em Guerra Civil Especial. Seu desenho é muito versátil, podendo variar do alternativo ao mainstream, passando pelo noir e um estilo cômico.

OS PERSONAGENS

Cabe aqui falar um pouco mais sobre os personagens. Pelo menos os mais desconhecidos, como Turbo e a Besouro. Turbo (Overdrive) foi criado por Dan Slott e Phil Jimenez para uma edição do Free Comic Book Day de 2007, também conhecida como Amazing Spider-Man: Swing Shift. Seu poder é o de transformar veículos. Isso mesmo, apenas veículos ou coisas ligadas a eles, como pneus.

A história gira em torno da cabeça perdida do mafioso Cabelo de Prata, todo querem pegar essa pokébola!
A história gira em torno da cabeça perdida do mafioso Cabelo de Prata, todos querem pegar essa pokébola!

Já a versão feminina do Besouro (Janice Lincoln) foi criada por Ed Brubaker e Butch Guice para ser uma vilã tipo C a serviço do Barão Zemo na série do Capitão América. Spencer e Liber pegaram a personagem e a enriqueceram, tornando-a a mais capaz de todos os vilões do Sexteto Secreto e também a mais ambiciosa. Em uma história toda dedicada a destrinchar seu passado os autores revelam que ela é filha do Lápide com uma porto-riquenha esquentadinha. Essa é uma das histórias que demonstram o quanto boa é esta série e como a dupla de autores se acerta bem.

Gargalhadas Superiores. HUAHUAHUAHUA! (foi superior?!)
Gargalhadas Superiores. HUAHUAHUAHUA! (foi superior?!)

A história, que é uma só e decorre dos números #1 ao 22 (sim, a revista já foi cancelada nos EUA), está sendo publicada no Brasil na revista bimestral A Teia do Homem-Aranha Superior, pela Panini Comics. Se você é fã do Homem-Aranha e dos seus vilões classe C, precisa acompanhar essa série. Se você não é fã do Aranha, mas adora dar boas gargalhadas e adora histórias humorísticas com super-heróis super-vilões, também é uma ótima pedida.

Anúncios

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s