Mês: abril 2015

Ícone, Audaz, Superchoque e Hardware.

Black Force: Os Heróis Negros da Milestone/DC Comics

A intenção era tentar expressar uma sensibilidade afro-americana em uma indústria cheia de branco, mesmo aqueles bem-intencionados. Em 1992 foi criada a Milestone, uma empresa de quadrinhos com donos afro-americanos, no anos seguinte, através de um acordo, esses quadrinhos foram impressos e distribuídos pela DC Comics.

Anúncios

SplashPod S01 E08 – Tudo Sobre Watchmen!

Olá, mergulhadores! Voltamos com mais um novo episódio de Splashpod, dessa vez comentando a obra-prima de Alan Moore: WATCHMEN! Entrando (ui!) nos aspectos mais profundos da série, como origens dos personagens, impacto nos quadrinhos, o filme, Antes de Watchmen e muitos outros aspectos nada convencionais que só o pessoal do Splash Pages conseguiria comentar em um podcast! Ah, e se você quer saber o que Watchmen tem a ver com Julio Iglesias, eis a sua chance! TRACKLIST: (00:00:00) Abertura (00:01:00) O Que é Watchmen? (00:02:49) Estrutura de Watchmen (00:06:12) As Edições de Watchmen (00:12:08) Se tu não leu Watchmen até agora… (00:14:25) Como Watchmen mudou nossas vidas (00:18:00) A História de Watchmen (00:22:50) O Contexto de Watchmen (00:25:40) O Comediante (00:27:51) O Coruja (00:31:40) Espectral (00:36:00) Ozymandias (00:38:30) Rorschach (00:39:45) Watchmen, De Leve Pela Contramão (00:42:30) Rorschach é gay? E o Ozymandias? (00:45:00) Dr. Manhattan (00:49:50) Contos do Cargueiro Negro (00:54:48) Raw Shark (00:56:30) Watchmen – O Filme (01:03:30) A primeira assistida ninguém esquece. “Nos anos 90 espalhavam cocaína no ar!” (01:05:15) Impacto Cultural de …

X-Men Circa 1998

Origens Secretas dos X-Men (Parte 2)

Dando sequencia à matéria anterior, daremoss equencia aos depoimentos dos criadores dos X-Men falando como foi dar vida a estes amados personagens. Estrelando esta segunda e última parte: Kitty Pryde, Vampira, Gambit e Medula! KITTY PRIDE, A AMIGA DO JOHN BYRNE Criadores: Chris Claremont e John Byrne Kitty foi criada  porque o editor-chefe, Jim Shooter, precisava colocar uma pessoa mais jovem na equipe. “Nós adicionamos Kitty para incluir uma perspectiva adolescente onde os jovens leitores tentariam se enquadrar”, diz Claremont, “Isso nos deixou mostrar em alguém o outro lado, ver a equipe com olhos novos.” Shooter odiava personagens com poderes de disparo, que atacam de longe, então Byrne colocou nela um poder passivo, inspirado num artigo científico dizendo que átomos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Originalmente o codinome Sprite(Ninfa) foi obscurecido pelo nome Kitty Pride, e isso surgiu indiretamente para Claremont. Claremont queria que o nome dela fosse Thunderbird (Pássaro Trovejante, depois do finado X-Man), não importando quais os poderes que daríamos a ela”, conta Byrne, “Eu pensei que não era …

A Colorização da Pele dos Super-Heróis

Muitos artigos por aí falam sobre representações étnicas nos quadrinhos, mas poucos deles falam de como estes personagens são e eram colorizados de acordo com suas etnias. A colorização errônea da pele dos personagens é um pecado que a indústria dos quadrinhos ainda comete quando se trata de representar a variedade racial dos quadrinhos. A seguir, uma breve análise das representações étnicas através das cores nos quadrinhos:

As 10 Heroínas Mais Sexies do Cinema

Já trouxemos para vocês nossos TOPs Musos e Musas dos quadrinhos, Musos do Cinema e agora chegou a vez das Musas da Cinema! Tem heroínas (e algumas nem tanto) de todos os tipos e tempos: desde Barbarella, de 1968, até a musa-mor Leia. Concordam? Discordam? Deixe os seus comentários e nos ajude a melhorar a lista.   10 – LEIA (Carrie Fischer) Carrie Fischer é a musa mor de 9 entre dez nerds desde 1983, quando o biquíni dourado (roupa de todas as escrvas do Jabba The Hutt) que ela vestia no “Star Wars: Retorno do Jedi” virou ícone e enlouqueceu todo mundo.   9 – ESPECTRALl II (Malin Åkerman) A sueca Marlin Akerman fez uma Espectral digna da obra mor de Alan Moore, Watchmen. Destaque para a quente cena de sexo com o Coruja, onde fica claro que eles chegaram lá graças ao “fogo” que jorra do Arqui, a nave do Coruja. 8 – EMMA FROST (January Jones) Há muitas mutantes sexys, mas na hora de escolher, qualquer personagem que o uniforme se baseia num …

Humor, Filosofia e Joaninhas nas Tirinhas de Pedro Hutsch Balboni

Quem não gosta de uma joaninha? São bonitinhas e ao mesmo tempo devastadoras, e assim também são as tirinhas do  Pedro Hutsch Balboni, que desde 2008 publica as tirinhas Joãos & Joanas na internet. Assim como As Cobras de Luis Fernando Verissimo, Joãos & Joanas, traz duas joaninhas conversando sobre a vida, o universo e tudo mais. Pedro já lançou três livros nesse universo: Joãos & Joanas (uma compilação das tiras da internet), Fulanos & Fulanas (grandes artistas reinterpretando as tirinhas) e Tudo Já Foi Dito (uma história só, longa e filosófica, feita por vários colaboradores). Agora, Pedro está numa campanha no Catarse (sim, ou outros livros também foram lançados por lá!) para lançar o quarto livro do universo: Ciclanos e Ciclanas. Falamos com o Pedro para nos contar mais sobre seus projetos, livros e também para convidá-los a colaborar no próximo livro! Splash Pages: Oi Pedro, primeiro eu queria saber, como surgiu a ideia do João e Joanas. Por que quadrinhos e por que com joaninhas? Pedro Hutsch Balboni: Fala Guilherme! Quadrinhos é a …

O Design da Capa do Herói #001 – Rian Hughes

Você não imaginava que por trás das capas de super-heróis que você tanto curte existe um profissional especializado para isso, não é mesmo? E é sobre isso que vamos falar aqui nessa coluna, chamada “De Carona na Capa”. Ela servirá para mostrar pra vocês esses designers que deixam as capas das suas revistinhas tão especiais e que fazem seus olhos brilharem na hora de comprar uma HQ. Mas não vamos falar só de desenhos, ah, isso qualquer um fala. Vamos falar do processo de design por trás da capa. Letterings, logotipos, layout e sim, um pouquinho de desenho também. E para começar, vamos falar de um cara especial, o Rian Hughes. Rian Hughes é um desenhista britânico muito famosos por seu trabalho para a revista 2000 a. D. em séries como Robo-Hunter e Dan Dare. Ele é um baita designer e trabalha com fontes de sua própria autoria, geralmente bastante inusitadas, deixando de lado as fontes prontas. Alguns dos clientes mais notáveis de Hughes, para além da indústria dos quadrinhos são a Virgin Airways, a …

Amados e Adorados pelo povo!

10 Motivos Mostrando Que os “Novos” Novos Titãs Estão com Tudo

Caso você não saiba, agora os Novos Titãs estão sendo publicados na revista da Liga da Justiça. Sim, e estão com uma nova, hum, digamos assim, continuidade. Você pode começar a partir da edição 30 de Liga da Justiça. A nova fase é escrita por Will Pfeifer (da fase memorável da Mulher-Gato Um Ano Depois e do infame Ataque das Amazonas) e da estrela ascendente Kenneth Rocafort (Superman, Capuz Vermelho e os Foragidos). Explicado? Vamos aos motivos!