Será Que Ele É? 10 Criadores LGBT de Comics

Já foi o tempo em que essa pergunta andava nas bocas das pessoas. Hoje saber se uma pessoa é gay ou não só importa para os próprios gays que podem ter um interesse na pessoa. Tá, e a alguns moralistas que ainda acham isso um absurdo fora do comum. Talvez por essa razão a maioria dos criadores LGBT dos quadrinhos se encontra no meio indie, como é o caso de Alison Bechdel, Howard Cruse, Dean Haspiel, Ralph Konig e Julie Maroh, nomes proeminentes do gueto quadrinístico LGBT.

GAYabre

No Brasil, não podemos esquecer da maravilhosa e magnífica Laerte, ponto de referência e inspiração para quadrinistas gays ou não. Mas nos comics mainstream é difícil achar gente que é LGBT assumida e faz quadrinhos, porque sim, é um meio machista e só os corajosos saem do armário. Isso não nos impediu de elencar 10 quadrinistas dos comics maisntream para vocês. Porque somos corajosos. E eles também!

[EDIT] Corrigido! Trocada Gail Simone por Devin K. Grayson.


GAYjimenez

PHIL JIMENEZ

Phil é um artista consagrado dos quadrinhos. Além de um desenhista de mão cheia com um estilo que chega a ser mais detalhado que seu mestre George Pérez, Phil também escreve. Ele escreveu e desenhou por alguns anos a série da Mulher-Maravilha no final da década de 90. Ele também é conhecido por sua passagem em quase todos os números de Os Invisíveis, de Grant Morrison e Novos X-Men, do mesmo autor. Também trabalhou em Crise Infinita e no Espetacular Homem-Aranha.


GAYandreyko

MARC ANDREYKO

Hoje Andreyo é o responsável pelas histórias da heroína lésbica Batwoman. Mas ele começou mesmo foi ao lado de Brian Michael Bendis escrevendo a minissérie Torso, uma espécie de continuação do filme Os Intocáveis. Ao lado de P. Craig Russell ele escreveu O que está te perturbando, Stephen?, um one-shot do Doutor Estranho. Mas ficou famoso mesmo foi escrevendo a série da Justiceira (Manhunter) e sua ligação com Crise Infinita que foi publicada no Brasil como o Julgamento da Mulher-Maravilha (uma ótima revista, por sinal!)


GAYdevin

DEVIN KALILE GRAYSON

Devin teve uma vida bastante interessante, pra começar, ela nasceu numa comuna hippie, na adolescência se descobriu bissexual e queria ser atriz, mas acabou como escritora de romances. Dali pros quadrinhos foi um passo. A escritora é mais conhecida por sua visão do universo do Batman, principalmente em séries como Asa Noturna e Mulher-Gato. Mas o título que os fãs lembram dela com mais carinho é Titãs, que escreveu 20 números após a minissérie LJA/Titãs também de sua autoria. Ela também foi a criadora da segunda Viúva Negra, Yelena Belova.


GAYallan

ALLAN HEINBERG

Se você é gay, deve estar sabendo da série da HBO chamada Looking. Se você não é, a referência é Grey’s Anatomy. Heinberg é responsável pelos roteiros de episódios de ambas as séries. Mas nos quadrinhos ele é mais conhecido pelo arco Quem é a Mulher-Maravilha? e pela criação da equipe Jovens Vingadores, em que introduziu (ui!), entre outros os casal gay adolescente Hulkling e Wiccano.


GAYsacasa

ROBERTO AGUIRRE-SACASA

Uma das melhores fases do Quarteto Fantástico, a Marvel Knights 4, é assinada por esse cara. Ele também foi o roteirista da penúltima série do Noturno. Hoje em dia Aguirre-Sacasa trabalha como editor na Archie Comics,cuidando daquela turma de Riverdale tão popular nos EUA, mas nada popular no Brasil. Porém, a estratégia de Sacasa foi transformar os desenhos e roteiros datados da turma do Archie para desenhos e roteiros mais a ver com os dias de hoje e não é que está chamando muito mas a atenção do público?


GAYvillarubia

JOSÉ VILLARUBIA

Villarubia é um espanhol que está no mercado de comics há muito, muito tempo, desde antes da colorização ser digital. Ele já fez as cores de inúmeras HQs dos comics mainstream, entre elas Promethea, Sweet Tooth, X-Factor, Cage, Quarteto Fantástico 1234. Mas talvez seu trabalho mais lembrado sejam as sessões de fotos que fez para o livro do poema épico sobre a história da homossexualidade, Mirror of Love (O Espelho do Amor), escrito por seu amigo de longa data, Alan Moore.


GAYrussell

P. CRAIG RUSSELL

Esse premiadíssimo desenhista, especializado em quadrinhos de fantasia, ganhou alguns prêmios ao ilustrar a edição 50 de Sandman, intitulada Ramadã, escrita por Neil Gaiman. O primeiro trabalho mais conhecido de Russel foi Elric, uma adaptação de uma saga de Michael Moorcock. Ele também já desenhou Hellboy, Lúcifer, Fábulas, Doutor Estranho, e possui uma extensa produção bibliográfica em adaptações de histórias fantásticas para os quadrinhos.


GAYrodi

ROBERT RODI

Sabe aquela magistral minissérie do Loki? Em que ele realiza o sonho de conquistar Asgard e derrotar o Thor? Foi Rodi quem escreveu. Ele também escreveu outras minisséries como Thor: Por Asgard e alguns números da série da Elektra. No Brasil, as pessoas reconhecem seu nome mais pela já citada mini do Loki e pelas histórias que ele escreveu para a série solo da Vampira entre 2004 e 2005.


GAYlana

LANA WACHOWSKY

Matrix. Não preciso falar mais nada… Opa, você tá ainda aí? Bom, se lembra dos Irmãos Wachowsky, que fizeram Matrix e foi aquele estardalhaço? Eram Andy e Larry Wachowsky, mas Larry resolveu passar a se chamar Lana. E temos um extraordinário representante do T do LGBT nos quadrinhos. Além dos quadrinhos do Matrix e várias histórias curtas, Lana também desenvolveu os roteiros da saga Doc Frankenstein, baseado em um idéia original de Geoff Darrow, que também desenhou concepts para Matrix.


GAYshanover

ERIC SHANOVER

Eric é mais conhecido por sua série autoral e independente conhecida como A Era de Bronze – ainda inédita no Brasil. Mas seu trabalho mainstream mais conhecido é a adaptação dos contos da Terra de Oz, L. Frank Baun, para os quadrinhos da Marvel Comics. O primeiro álbum, O Maravilhoso Mundo de Oz, saiu por aqui pela Panini Comics. Os desenhos são de Skottie Young.


Garanto que tem aqui nessa lista alguém que você nem desconfiava que era gay e que faz um ótimo trabalho e que você ama, não? Mais um motivo para quem não é LGBT respeitar as pessoas com essa orientação.

Anúncios

11 Comments

  1. Bacana a lista!.
    Mas a Gail não é homossexual – Ela é super gay-friendly, uma tremenda aliada, mas é hetero, casada com homem e tem filho (não que eu a esteja “defendendo” da “acusação” de ser gay…rs).

    Mas a lista é interessante, de um ponto de vista mainstream. Também sugiro a inclusão do James Tinyon, roteirista do Batman, do Russell Dauterman, desenhista da Thor e da Sophie Campbell, que é a desenhista da Glory (versão nova da Image) e de Jem & the Holograms, que é uma mulher trans e, antigamente, assinava como Ross Campbell.

    Curtir

      1. Não curto muito o trabalho das duas, mas adoro a Gail.

        A Rachel Pollack esteve aqui em Portugal em um evento, gente boa.

        Agora, sou fãzaço do P. Craig Russell e do Eric Shanower (que também já esteve por aqui, fez um desenho espetacular para mim!).

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s