A Novicissíssima Tropa Alfa

A Tropa Alfa, como você sabe (ou você não sabe?) é uma equipe canadense que foi criada por John Byrne, em 1979. Ela apareceu primeiramente nas histórias dos X-Mene depois ganhou revista própria. Mas que raios eles estão fazendo agora na revista da Capitã Marvel?

TROxmen
Confusões no tempo! No tempo fechado!

Eu explico, eu explico. Mas para isso vamos ter que dar um passeio pela história dos quadrinhos. Vamos? Fecha sua porta certinho porque ela está batendo. Ok, agora posso pisar o acelerador. Tudo começou quando o Vindix apareceu pela primeira vez na revista dos X-Men para caçar o Wolverine em plena Mansão X. O tal Víndix, era James MacDonald Hudson, um oficial canadense que comandava uma equipe do governo chamada Tropa Alfa. Ele dizia que o Wolverine se chamava Arma X e não o nosso querido Carcaju em inglês como conhecemos. Após um conflito com os X-Men, tudo fica acertado e Víndix vai embora deixando Wolvie e os X-Men em paz.

TROclasicos
Os Maiores Clássicos da Tropa Alfa-C!

BYRNE, THE BRAIN

Agora vou mudar de marcha, se acalma que é uma subida. Mas eis que os caminhos dos X-Men e da Tropa se encontraram de novo na fase conhecida como Turnê Mundial da run de Chris Claremont e John Byrne no título. Os mutantes haviam se unido a Solaris para livrar o Japão da ameaça de Moses Magnum, um mutante africano com poderes de gerar terremotos. Porém, o que os X-Men não sabiam é que Solaris havia pedido ajuda à Tropa Alfa, o que leva a um primeiro e inevitável confronto ainda no Canadá e depois, partindo para o Japão. Ali ficamos conhecendo Estrela Polar e Aurora, os gêmeos mutantes que ficam ainda mais poderosos e velozes quando se dão as mãos. Sasquatch, o Dr. Walter Langowski, que era a própria lenda do pé-grande encarnada Conhecemos o mago indígena Shaman, e Pássaro da Neve, uma elemental capaz de se transformar em toda a fauna canadense devido à sua ligação com os deuses daquela terra.

TROalpha
Além do horizonte, deve haver, um lugar bonito para se viver (em paz).

O sucesso da equipe canadense entre os leitores foi imenso, e eles queriam saber mais sobre aqueles heróis. Fazendo parte das intenções da Marvel de internacionalizar ainda mais suas franquias, seria legal se existisse uma equipe canadense na editora. Byrne, após sair dos X-Men e tomar controle do Quarteto Fantástico, também recolheu em seus braços a equipe que criou, a Tropa Alfa, como um projeto muito pessoal. Essa fase de Byrne na Tropa Alfa durou pouco mais de 30 edições e foi compilada QUASE na íntegra no Brasil nos encadernados Os Maiores Clássicos da Tropa Alfa, da Panini Comics.

Na nova equipe de Byrne, Víndix agora passava a se chamar Guardião. Também no primeiro número acabamos conhecendo o acrobático anão Pigmeu e a híbrida alienígena Marrina, que migraram da Tropa Beta para a Tropa Alfa. Mas o desfile de personagens não acabava aí. Byrne tinha tudo muito bem planejado. E suas reviravoltas eram de tirar o fôlego, principalmente numa época em que esse tipo de mudanças nas revistas de super-heróis não estavam na ordem do dia.

Conhecemos a caridosa Heather Hudson, que foi essencial na fuga de Wolverine do maligno Programa Arma X e mais essencial ainda para manter a Tropa Alfa unida, tomando para si o uniforme e os poderes de Víndix após a morte de seu marido, o Guardião. Conhecemos também Box, o paraplégico que se fundia com um poderoso e forte robô. O Dr. Madison Jeffries que conversava com as máquinas.

TROstar
Baby, baby, baby…

A VIDA E A MORTE PÓS-BYRNE

Mas nenhuma nêmese foi maior que a Tropa Ômega, integrantes de várias tropas remanescentes do Departamento H – a instituição que financiava a Tropa Alfa -, que voltam e voltam novamente para se vingar da Tropa Alfa.

Byrne  acabou saindo do título, para ir para a DC Comics cuidar do Superman pós Crise Nas Infinitas Terras. Quem passou a escrever suas histórias foi Bill Mantlo (Hulk, ROM) e ficou no título por um bom tempo.

Peraí, cuidado com os solavancos da lombada! O primeiro volume da equipe durou quase 200 edições, pelas quais passaram autores como Fabian Nicieza, Scott Lobdell, Mike Mignola e Jim Lee. Lobdell, inclusive, ganhou fama por escrever uma edição em que Estrela Polar sai do armário após adotar um bebê com o vírus da AIDS. Durante uma fase da equipe, a filha de Jonathan Killgrave, o Homem-Púrpura, chegou a fazer parte da equipe com o nome de Garota-Púrpura.

Berenice, segura, nós vamos bater! Houveram muitos volumes da Tropa Alfa ao longo dos anos. Um volume no final dos anos 90, com mais ligação com os X-Men que anteriormente. Um volume cômico no início dos anos 2000. Após a Guerra Civil e a Dinastia M, porém, Brian Michael Bendis matou a Tropa Alfa pelas mãos do Arma Ômega, Michael Pointer, que absorveu os poderes de todos os mutantes depoderados após o Dia-M. Assim surgiu a Tropa Ômega, uma equipe que não era nem B, era nível D no Universo Marvel, com personagens como Bill Raio Beta, Talismã, Agente Americano e a Mulher-Aranha Julia Carpenter, agora chamada de Aracne.

TROdeath
Eae, tudo Bendis? Ah… Não?!

Entretanto, a Tropa Alfa voltou dos mortos durante a Guerra do Caos, que foi totalmente ignorada no Brasil. Depois, durante o evento A Essência do Medo ganhou uma minissérie em oito edições, que também foi solenemente ignorada pela Panini Comics. A última aparição da Tropa antes da sua situação atual foi em Guerra Mundial W, em que a Tropa se unia aos Espetaculares X-Men para enfrentar um exército de canadenses transformados no monstro Wendigo.

A NOVICISSÍSSIMA TROPA

A nova versão da Tropa Alfa são super-heróis que ajudam a Capitã Marvel, Carol Danvers, em suas missões no espaço. Durante a nova saga Guerras Secretas de 2015, da Marvel, já havia o título Capitain Marvel and The Carol Corps, entre os spin-off da série, mas o significado dessa Tropa era diferente: Carol Danvers e suas colegas pilotos da aeronáutica. Agora, no título escrito pelas co-escritoras de Agente Carter, Tara Butters e Michele Fazekas, e desenhado por Kris Anka, a Tropa Alfa é a “primeira linha de defesa da Terra”. Os antigos membros da equipe, Pigmeu, Sasquatch e Aurora sãos todos parte de uma divisão da equipe e tem papel de destaque na edição de número um de Capitã Marvel.  Além disso, a agente Abigail Brand, a comandante da ESPADA, de Surpreendentes X-Men, também é importante para a trama. (clique nos círculos para ampliar).

Na opinião deste humilde escriba, a nova Tropa Alfa está parecendo uma versão da Tropa Nova, porém uma força policial que não é de Xandar, mas da Terra. Não se lembra quem é a Tropa Nova? São aquelas naves em forma de estrela que apareceram no filme dos Guardiões da Galáxia! Então, vamos ficar ligados para mais novidades!

TROcarolcorps
Vou mandar tudo saporra!
Anúncios

12 Comments

    1. Era um ET da lua de Júpiter. Serinho! Se tava a mando do Bátima era Segredo do Morcego! Abs! isso é explicado em Wolverine #46 (da Abril). Abs2!

      Curtir

      1. Mas hein?

        Ele não era uma cópia meio androide, meio humana (ou algo assim) criado pelo Departamento H enquanto o original estava em estase se recuperando?
        Tanto que durante um período, os 2 atuaram junto na Tropa até o mais novo morrer numa história do WV.

        Curtir

      2. Não, ele era uma mescla de um corpo alienígena e dos restos do traje. E sim, ele morreu em Wolverine, mas na revista não na história dele. Abs!

        Curtir

    1. Bem, de mutantes só o Estrela e a Aurora, pelo menos da formação original. Já os outros, os poderes provêm de lugares diferentes. Belê? Abs!

      Curtir

  1. Amigo, texto mega importante mas tem um Erro ai. O spin off da Carol não é Captain Marvel and Alpha Trops mas sem Captain Marvel and Carol Trops o.k.

    Curtir

  2. Muito bom texto, Guilherme. Tenho carinho pela tropa do Byrne. Aproveito e faço uma sugestão: faz uma lista de peladões. Pensei nisso noutro dia e veio teu nome na hora. Isso! Seleciona essa gente que anda por aí nua em pelo, como o Sasquatch. Ou a Cheetah da DC Comics. Tem uma menina no TOP 10 do Alan Moore também. Vai, cara. Vai ser divertido. Sim?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s