Como Comprar Quadrinhos em Tempos de Crise?

Inspirado neste post do amigão Sergio Vinícius do famosicíssimo 2quadrinhos, resolvi dar umas dicas (a mais) para os leitores do blog continuarem a manter sua coleção em tempos de vacas magras. Sim, estamos em crise e por mais petralha que você se considere não dá para negar. Dá para negar o golpe, mas a crise está aí na cara inadimplente da Dilma. Então aqui vão algumas dicas para continuar a acompanhar histórias gostosas sem perder o gosto pelos quadrinhos.

maxresdefault.jpg
That’Smee!

 

1. Leia blogs e sites especializados
Nós tentamos fazer nosso trabalho e é por isso que aqui estamos, para tentar separar o joio do trigo e dizer pra você o que vale a pena ou não. Mas, como se sabe, opinião é que nem nariz, cada um tem o seu. Por isso é importante colher informações de diferentes fonte e não acessar só um tipo de opinião e review. Ou então tentar achar aquele resenhista que mais tem a ver com os seus gostos. Dessa maneira você não comete o mesmos erros que nós – blogueiros e formadores de opinião – cometemos ao ler aquela HQ podre que as editoras fazem parecer tão legal.

estante-digital-sebo
Sebo Linha, o preferido da Mônica!

2.Vá ao sebos

Infelizmente nem todo mundo sabe o que é um sebo. Nem todas as cidade tem um. A minha, quando eu era criança, não tinha. Sebos são as lojas de livros e revistas usados. Lá se trocam dois gibis por um ou se vende uma unidade por um quarto do preço (é, meio injusto, mas é assim que eles lucram). Dependendo do sebo é possível achar até coisa novas e ensacadas, intocadas. Se você é de uma cidade grande, vale a pena tirar um final de semana para garimpar os sebos da cidade e ir atrás daquelas edições que você quer. É possível de achar algumas pechinchas.

deadpool-mercs-1-variant
Deadpool e os Mercenários Atrás de Grana

3.Evite o Mercenários Livres

Por favor! Mercado Livre não é o lugar para você encontrar coisas raras, nem novas, nem seminovas, nem com peças faltando. Lá, os sanguessugas da internet salgam o preço mais do que um churrasco com sal grosso. Já vi edições com 300% a mais de preço e o pior é que tem gente que compra. Por favor, aguarde um relançamento. Ou então procure sites como o Estante Virtual , que é um banco de dados que reúne virtualmente uma grande parte dos sebos de todo o Brasil e todos os seus títulos cadastrados. Ou então, tente Mercado do Gibi, esse último especializado em gibis usados e que é atualizado semanalmente com novas unidades e títulos.

 

4. Compre suas mensais em sites de pré-venda

Sites como o parceiro do blog, a Loja Punch Comics fazem pré vendas de mensais com até 20% de desconto, isso ajuda você a se programar, garantir suas revistas e não ser obrigado a pagar um preço tabelado nas bancas. Procure também pelo grupo da loja no Facebook para ficar por dentro das listas de pré-venda que saem entre o final e o início do mês. O site Liga HQ! e a Comix também fazem pré-vendas de mensais, ainda que essas pré-vendas se limitem a alguns títulos.

topshelf

5. Fique de olho nas promoções

Dias como a Black Friday (final de novembro) e o Dia do Quadrinho Nacional (31 de Janeiro), geralmente motivam sites, editoras e lojas virtuais a realizar grandes ofertas. Fora isso sempre podem haver promoções ocasionais, por isso sempre é bom ficar ligado em grupos e páginas do Facebook que divulgam esse tipo de ofertas. Para comprar importados, rache o frete com os amigos e fique ligado para a promoção anual da editora Top Shelf, que costuma acontecer em maio, oferecendo ótimos quadrinhos pelo valor de $1 a $30 dólares.

Acho que essas dicas acabam complementando as do Vini, que estão mais voltadas para a compra na internet. Não deixe de conferir lá: Como economizar comprando quadrinhos, por Sergio Vinicius. Boas compras! Boa economia!

Infinite Crisis - Fight for the Multiverse (2014-) 011-000
Não é magya, é economya! 
Anúncios

6 Comments

  1. Como comecei a comprar mais hqs agora, antes eu só comprava encadernados de história fechada, tenho opção de decidir melhor o que comprar já que não estou apegado a nenhuma editora ou personagem, mas o pior é ter a sensação de estar deixando alguma hq que possa ser interessante depois para mim, ano passado dropei cavaleiro da lua da nova marvel, mas agora comprei o volume 3 avulso, acabei gostando e ao procurar o 1 vi que já não tem mais nenhum a venda.

    Ps.: Quase paguei 900 reais pelo hellblazer hábitos perigos no mercado livre, só não comprei por que alguém comprou antes do crédito cair na minha conta do mercado pago, hoje vejo que tudo é uma questão de desespero de achar que nunca irá haver um relançamento da hq que a gente quer.

    Curtir

    1. É verdade, Hugo! tem que saber garimpar e achar preços justos. pra outras coisas pode contar com os blogs e sites especializados para tentar saber o que é bom ou não. Abs!

      Curtir

  2. Está indicando o Estante virtual para comprar gibis? Pois é, você entende muito…ironic. Esse site é muito mais caro que o Mercado Livre.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s