destaque, fique de olho, Melhores Leituras do Mês, quadrinhos, Resenhas
Deixe um comentário

As Melhores e Piores Leituras de Abril de 2016

Abril, mês dos bobos! Nada mais justo que, aos fim dos mês, nós, fãs de quadrinhos que somos muitas vezes feitos de bobos pelas editoras, mas que algumas vezes mostramos como os outros são bobos por não lerem quadrinhos, precisamos selecionar o que vale muito ser lido e o que… bem… não vale. Vamos lá!

MOSTRANDO COMO OS OUTROS SÃO BOBOS

homem_animal_vol-3-300x458-bb5383f623d3ae9a23e1943fc42cdd9a-480-0HOMEM-ANIMAL: DEUS EX MACHINA, DE GRANT MORRISON, CHAZ TRUOG, DOUG HAZLEWOOD E OUTROS

Metalinguagem é a palavra que define esse volume de Homem-Animal. Metalinguagem também é o que define a maioria das obras de Grant Morrison, mas foi nessa série que ele começou a desenvolver tudo que está presente em seu corpus hoje. Nessa série e em Patrulha do Destino que está listada mais abaixo. O Homem-Animal Buddy Baker é um cara cativante e que com o passar do tempo e dos escritores conquistou um lugar nos corações dos leitores. Ele e seus coadjuvantes, a família Baker. Buddy é um dos poucos heróis que tem um núcleo familiar. Isso nos faz importar com o personagem muito mais do que se ele não tivesse uma. E é por isso que Morrison apronta o que ele apronta nesse volume danadinho.

Leia aqui uma resenha completa sobre esse volume de Homem-Animal.


9788583782308-400x400LJA: TERRA 2, DE GRANT MORRISON E FRANK QUITELY

Uma terra em que heróis são vilões, em que os corações são do lado direito e não do lado esquerdo, em que a Inglaterra foi conquistada pelos Amerikanos. Essas são algumas das diferenças da Terra 2 para a terra dos heróis DC, mais parecida com a nossa. Esses pequenos detalhes – e o diabo está nos detalhes – que tornam tão incrível a parceria de Grant Morrison e Frank Quitely nesse revival da originalmente Terra 3 criada por Gardner Fox e Mike Sekowski e do seu representante maior o Sindicato do Crime da Amerika. Já publicada anteriormente na revista Superman Premium, a Eaglemoss trouxe essa edição compilada sozinha em uma das edições de sua coleção de Graphic Novels. Para quem curte o Universo DC é uma ótima pedida.

Saiba com Terra 2 influencioou o atual Universo DC.


getBookImg

EL ETERNAUTA, DE HÉCTOR GÉRMAN OESTERHELD E ALBERTO BRECCIA

O Eternauta é a obra-prima das HQs argentinas. Enquanto o quadrinho brasileiro estava engatinhando, Héctor Gérman Oesterheld dava passos largos e ambiciosos com sua ficção cinetífica latina, isso nos anos 50. O Eternauta de Oesterheld também saiu no Brasil em dois volumes pela WMF Martins Fontes, porém com o desenhista original, Francisco Solano Lopez. Recomendo muito essa leitura para se ter uma ideia de como os quadrinhos argentinos são mais avançados em relação aos nossos.

Você pode ler uma resenha mais completa sobre El Eternauta clicando neste link.

Além disso, no dia 19 de Maio, às 20h, haverá um bate-papo na Galeria Hipotética, em Porto Alegre/RS, sobre essa obra tão valorizada. Para saber mais acesse o evento do facebook neste link!


Patrulha_do_Destino_Rastejando_dos_EscombrosPATRULHA DO DESTINO: RASTEJANDO DOS ESCOMBROS, DE GRANT MORRISON, RICHARD CASE E DOUG BRAITWAITE
Os heróis mais estranhos de todos! Como costume, no início da Vertigo a idéia era revitalizar heróis esquecidos e dar a eles uma camada mais adulta. Grant Morrison escolheu a Patrulha do Destino, uma equipe dos anos 60, criada por Arnold Drake, formada só de esquisitões deslocados e os tornou ainda mais esquisitões e ainda mais deslocados, porém dando a eles uma roupagem mais adulta. Junto com o Homem-Animal, falado acima, a Patrulha do Destino foi o embrião de todas as ideias de Grant Morrison que pipocaram pelos quadrinhos a partir da década de 80. É interessante ver como elas foram usadas pela primeira vez.

Para ler uma resenha mais completa sobre o primeiro volume da Patrulha do Destino, clique neste link! 


ABRILmorcegoBATMAN: MORCEGO-HUMANO, DE JAMIE DELANO E JOHN BOLTON

O escritor de Hellblazer e o desenhista de Livros da Magia nos trazem uma aventura de terror que se passa nos Elseworlds da DC Comics. Sabe aquela imagem bizarra que ao mesmo tempo te dá náuseas, mas também faz com que não possamos parar de olhar ela de tão medonha que é? Assim são os Morcegos-Humanos dos desenhos de Bolton, que potencializam a sensação de terror e susto no suspense criado por Delano.A história começa como os contos de terror manjados, com um casal apaixonado perdido no deserto, que acaba se defrontando com elementos além de sua imaginação. A protagonista e vítima Marilyn Munro acaba ficando sabendo das motivações da família Langstrom que quer que os Homo Quirópteros dominem o mundo. Notadamente inspirada no filme A Mosca, do diretor David Cronemberg, a crueza e a naturalidade do horror estão muito presentes numa história  em quadrinhos em que os calafrios e a sensação de atração e repulsa andam juntos.


sotto

SOTTOVOCE: A MORTE FALA BAIXO, DE EDGAR VASQUES

Um quadrinho brasileiro, uma graphic novel que foi publicada em tiras de jornal e depois reunida em um álbum, com cenário da cidade de Porto Alegre, feita por um dos ícones do quadrinho gaúcho. Esses são apenas alguns motivos para ir atrás desse quadrinho. Outros são uma trama que envolve assassinato e a ditadura brasileira, aramações e conpirações e uma narrativa que podia muito bem ser comparada com a do mestre Will Einser. Tá bom ou quer mais?

Se quer mais, acesse a resenha completa sobre Sottovoce, de Edgar Vasques.


OAmantedeLadyChatterley-223x300O AMANTE DE LADY CHATTERLEY, DE D.H. LAWRENCE E HUNT EMERSON

Quem acompanha o blog regularmente deve saber que eu não gosto muito de adaptações literárias de livros para os quadrinhos. Para que uma adaptação funcione ela deve ser mais do que uma transposição de mídias, ela deve focar no que faz daquela mídia um diferencial. Um bom exemplo disso são as adaptações da East Press que estão sendo publicadas em mangá pela L&PM Editora. No caso de O Amante de Lady Chatterley, uma obra que foi censurada durante trinta anos e, ainda assim, quando publicada integralmente chocou a sociedade por suas cenas eróticas, possui outra qualidade midiática. De certa forma o quadrinho inverte um pouco o tom da narrativa, festejando o sexo como algo próximo do humor. Hunt Emerson, vindo dos quadrinhos undergrounds, nos traz diversas gags visuais que fazem entrar neste clima de sexo como algo divertido, necessário e alegre. As edições da quadrinização de O Amante de Lady Chatterley datam do final da década de 80 no Brasil, você pode tentar achá-las em um sebo, ou então recorrer ao livro original. Mas seu dúvida se trata de uma ótima leitura.


tumblr_nc0s2dIyEZ1rcsnl1o1_1280FABULOSOS X-MEN: A ÚLTIMA VONTADE E TESTAMENTO DO PROFESSOR X, DE BRIAN MICHAEL BENDIS, CHRIS BACHALO, KRIS ANKA E OUTROS

Como fã declarado dos X-Men, muita gente havia me falado maravilhas sobre as edições anuais que focavam na nova mutante australiana Eva Bell e sua capacidade de manipular o tempo. Mas confesso que fiquei mais satisfeito com a utilização dela e de seus poderes na saga A última vontade e testamento do Professor X. Fazendo parte dos tie-ins da saga Pecado Original, a saga acabou se estendendo bem mais dentro da revista Uncanny X-Men, que enfoca a equipe renegada de Ciclope. Quando da leitura de seus testamento, Xavier fala que existe um mutante que, com seus poderes, era capaz de destruir o mundo. Através de seu controle mental, Xavier o mantinha dopado e normal, mas agora que estava morto era função dos X-Men debelar a ameaça. Os X-Men os trariam para seu lado, ele iria para o lado inimigo, seria controlado pela SHIELD ou teria de ser morto. A conclusão é muito bem elaborada e me fez achar uma das melhores histórias com utilizações de viagens no tempo e de poderes mentais. Um prato cheio para fãs dos X-Men.


NFMcoverHOMEM-ARANHA: NEGÓCIOS DE FAMÍLIA, DE MARK WAID, JAMES ROBINSON, WERTHER DELL’EDERA E GABRIELLE DELL’OTTO

Já falei algumas vezes aqui no blog que algumas HQs tem o poder de despertar nosso sense of wonder – termo da ficção fantástica que significa maravilhamento. No meu caso para que esse senso desperte basta fazer com que os personagens tenham aventuras características ao redor do mundo, bem ao estilo Indiana Jones. Adicione a isso bastante intriga, perigo, glamour e um jeitinho silencioso de ser e temos os ingredientes de James Bond e espionagem. Esses elementos estão presentes em Negócios de Família, cuja história tem com o mote apresentar a irmã de Peter Parker, o Homem-Aranhae cumprem bem esse papel nos trabalhos dos nossos roteiristas e desenhistas. Você não deve perder.

Para ler a resenha completa dessa HQ, clique nesse link.


 

Shade-o-Homem-Mutável-O-Grito-Americano-PaniniSHADE, O HOMEM MUTÁVEL: O GRITO AMERICANO, DE PETER MILLIGAN, CHRIS BACHALO E MIKE PENNINGNTON

Imagine a história de Sandman em que o personagem principal não está envolto em sonhos, mas em loucura. Imagine que o reino de Delírio invadiu a realidade e tudo o que temos para defendê-la é um cara de outra dimensão que incorporou no corpo de um assassino serial quando ele estava para ser executado na cadeira elétrica. Junte a ele a garota que viu esse mesmo assassino serial matar seus pais à sangue frio na sua frente. Agora, para completar, imagine uma relação de parceria, quase de amor entre esses dois. Assim temos a receita de Shade, uma baita HQ sobre loucura no nível que Sandman é sobre sonhos. Esse primeiro volume trata especialmente a loucura americana, a obsessão com a cadeira elétrica, com o presidente John F. Kennedy e seu assassinato e a idolatria aos filmes produzidos em Hollywood. Aquelas HQs do tipo que a Vertigo fazia no início de seus tempos e chocava e agradava as pessoas ao mesmo tempo. Por favor, não deixe de ler!


FAZENDO VOCÊ DE BOBO

ABRILpistolaA PISTOLA VOLCANIC, DE SCOTT MORSE

Sabe aquela HQ que te dá a sensação de que foi um gasto de papel? Aquela história que não precisava ser contada pela razão de que ela acaba não passando nada. Tudo bem que ela não seja uma história em quadrinhos que vai do nada para lugar nenhum, que tem início, meio e fim bem definidos, mas ela não tem valor. Quando eu falo em valor, não quero dizer que ela não vale nada, que é uma ordinária que nem a Carla Pérez, não. Quero dizer que ela não passa nem alegria, nem medo, nem raiva, nem vergonha. Se trata da história de um capo – chefe da máfia italiana – que tem uma pistola do tipo Volcanic e ele a usa pra proteger sua padaria. Mas a história se perde em meio a tantas expressões italianas e na tentativa de humanizar o personagem do capo ao mesmo tempo que tenta mostrar que ele é durão. Muito cuidado com esse tipo de caracterização muito extremada, que pode virar a maré contra quem faz a história.


 

APROVEITANDO…

ABRILup

Guilherme Smee, J. R. Weingartner Jr., Jorge Acosta, Cris Peter e Thiago Arcanjo na Universos Paralelos.

A PRIMEIRA UNIVERSOS PARALELOS

No início de abril teve lugar o primeiro Universo Paralelos, na UniLaSalle em Canoas/RS. Um evento pioneiro tanto para os estudiosos como para os fãs de quadrinhos, a Universos Paralelos uniu o melhor de dois mundos. Com uma área dedicada para os artistas independentes, valorizando a produção local, a feira era localizada em uma área muito agradável e bonita do Centro Universitário La Salle. A atenção dada pela organização e pelo staff do evento também foi um diferencial, pois os palestrantes podiam usufruir das comodidades de um camarim e o pessoal responsável estava sempre solicito para as necessidades dos convidados. Para um evento iniciante, já começa com o pé direito, arrebanhando impressões positivas de fãs, estudiosos e convidados. Que venham mais!


ABRILmelhores

Pelo jeito o mês foi dos Bobos e do Grant Morrison. Um monte de coisa dele foi resenhada aqui esse mês, mas também bastante coisa diferente que não é em qualquer blog que você vai encontrar sobre. Obrigado pela leitura!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s