Análises, Citações, destaque, fique de olho, quadrinhos, religião
Deixe um comentário

Alan Moore: “2017 é o Ano do Julgamento Final!”

Calma, calma! Alan Moore não andou dando entrevistas por aí declarando isso. Não, não. Mas ele deu a entender que, segundo o Tarô, o ano do Julgamento Final, que conduziria a humanidade a uma era de paz e esperança infinitas seria o ano de 2017. Vamos ver como isso aconteceu.

APOmiracleman

Sabemos que o mago barbudo de Northampton, Alan Moore, gosta de ser bastante fatalista em suas declarações e histórias. Aliás, o tema de um julgamento final para conduzir o povo para uma era estrelada está presente na maioria de suas obras. Em Watchmen temos o sacrifício de Nova York para salvar o mundo da Terceira Guerra Mundial. Em V de Vingança, temos um governo totalitário sendo destruído. Em Miracleman, o caos do Kid Miracleman se instaura por Londres antes da humanidade atingir a Utopia ao lado do alter ego de Mick Moran.

APOtarot

Mas ao ler Promethea, do mesmo Moore ao lado de J. H. Williams III, deparamo-nos com essa história em que Sofia Bangs, a atual Promethea, é conduzida entre as cartas do tarô. Ao mesmo tempo que aprende os significados das cartas, as cobras de seu caduceu vão explicando que cada uma delas têm a ver com um estágio histórico do mundo. Sendo a primeira carta, o Louco, os primórdios da Existência e a última, o Universo, simbolizando uma era de Plenitude. Segundo a história, estaríamos nos aproximando da penúltima carta: O Julgamento.

 

APOpromethea

“É dito que por volta de 2017,

Um segundo valerá quase o dobro, assim se promete,

Aqui se fia o tecido da informação,

Enquanto é consumida, percebe-se o ponto de ignição

Os homens julgam a eles mesmos, sob nova iluminação.

Se um mundo se quebra, outro

Alça voo calcado em diferente visão.”

(tradução de Octavio Aragão)

 

Essa visão do mundo tem a ver com as doutrinas do mago que influenciou Moore, Aliester Crowley. Esse doutrinário do século XIX, acreditava no Livro da Lei. A frase “faz o que tu queres pois é tudo da lei”, que está inclusa na música Sociedade Alternativa, de Raul Seixas, veio da doutrina Crowleyiana. Muitos acreditavam que ele era um anticristo e um agente do demônio por seu comportamento duvidoso às luzes da época. Mas era um visionário. Crowley previa a vinda do Novo Aeon, a tal Era de Aquarius. Novo Aeon também é o nome do talvez mais famoso e celebrado álbum de Raul Seixas e pode-se notar a influência das palavras de Crowley por todo o disco.

APOaeon

Mas voltando para Alan Moore, o outro profeta do apocalipse, ele também trabalhou na linha ABC Comics muito sobre o tema do“bug do milênio”, outro momento do século XXI em que se achava que as datas de todos os computadores voltariam a 1900 quando do último minuto de 31 de dezembro de 1999. Isso também é trabalhado em Promethea em que um tecido senciente acaba se revoltando contra a humanidade e cabe à heroína reordená-lo. Essa história decorre em uma incrível revista toda cunhada em formato widescreen.

De lá pra cá passamos por muitos outras predições de fim de mundo: o de uma interpretação da Bíblia que dizia que o mundo acabaria em 2006; a do espiritismo que dizia que Planeta X iria substituir a Terra em 2009 e, por fim, a profecia Maia que queria erradicar o mundo em 2012. Sim, estamos acompanhando um mundo que está cada vez mais de pernas pro ar. Mas será que tudo isso não se deve à informação estar sendo difundida de modo bem mais prolífico que muitos anos antes?

APOcapa

“A maioria das pessoas pensa que a palavra apocalipse, seja um conceito assustador. Verificando no dicionário, significa apenas ‘revelação’, embora, obviamente, também passou a significar fim do mundo. Quanto ao que o fim do mundo significa, eu diria que provavelmente depende do que queremos dizer com mundo. Eu não acho que significa o planeta, ou até mesmo as formas de vida sobre o planeta. Acho que o mundo é puramente uma construção de ideias, e não apenas as estruturas físicas, mas as estruturas mentais, as ideologias já construídas, que é o que eu chamaria o mundo. Nossas estruturas políticas, estruturas filosóficas, enquadramentos ideológicos, economias. Estas são, sem dúvida, coisas imaginárias e, no entanto, são as estruturas em que nós construímos o nosso mundo inteiro. Parece-me que uma onda forte o suficiente de informação poderia completamente subverter e destruir tudo isso. A súbita consciência de que iria mudar toda a nossa perspectiva sobre quem somos e como nós existimos “, isso sim, foi uma declaração de Moore, completa, sobre o fim do mundo.

Atos terroristas, movimentos tirânicos, atrocidades contra minorias sempre existiram no mundo, o negócio é que a consciência humana se ampliou de tal maneira que esses crimes não passam mais impunes, como banalidades. Estão cada vez mais radicais e cada vez afetando mais pessoas no mundo devido à globalização da informação, como predito nos versinhos moorianos. Hoje todo mundo se importa com tudo que acontece no mundo.

pray

Nos dias atuais, um ano vale por dez em progresso e isso cada vez mais aumenta. Se o progresso tecnológico existe, por que não um progresso na consciência humana que, sob uma nova iluminação, quebra uma visão de mundo antiga e alça voo rumo a algo que seja bom para todos e não apenas a uma elite de beneficiados? Queira Deus, Alá, Crowley e Moore que estejamos mesmo rumando para uma iluminação e que esse julgamento seja a erradicação de radicalismos que tanto mal fazem para o nosso mundo e nos chocam cada vez com golpes mais profundos.

 

Esse post é em homenagem aos mortos na tragédia de Orlando. Infelizmente não tive forças e inspiração para escrever algo mais direto e que tenha ligação com os quadrinhos. Rezem pelas vítimas, rezem para que embarquemos em uma nova era de entendimento que não renda mais massacres e violência entre quem só ama de uma forma diferente da que te ensinaram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s