destaque, fique de olho, quadrinhos, Quadrinhos Comparados
Comentários 4

O Hulk Quase foi Estuprado na ACM

É, amigos, nos anos 80 as coisas não iam nada bem para o lado dos gays nos quadrinhos quando comparado aos dias de hoje. O Village People cantava “é divertido estar na ACM” e Bruce Banner quase foi estuprado nos chuveiros de lá. Duvida? Então vem comigo que eu te conto essa história!

Hoje poderia ser ofensivo usar o estereótipo gay dessa forma. Mas o engraçado é que o Hulk sendo tão poderoso, enquanto na forma de um Bruce Banner atormentado não pode fazer nada contra os tais “pederastas”. A história se chama “Um Inferno MUITO Pessoal”, que foi publicada na revista The Rampaging Hulk#23 (de 1980). A revista The Rampaging Hulk não seguia a cronologia e era publicada em formato magazine para fisgar o leitor ocasional que curtia o seriado do Hulk com Lou Ferrigno e Bill Bixby.

Seguem algumas imagens do ocorrido e extraídas da revista (clique para ampliar e ler):

the-thing-movie-poster

Enigma de Outro Mundo (1982), de John Carpenter.

O editor da época, Jim Shooter, queria que o Hulk encarasse um perigo real, queria um terror de clima, de atmosfera, que lembrasse um pouco o filme e a história de O Enigma de Outro Mundo (The Thing) como um horror mais palpável. A história, com os anos, porém se tornou polêmica. Ao mesmo tempo os gays ganharam voz podem, agora, apontar o que é retratado como um estereótipo. Acaba ofendendo os gays como se todos estivessem à procura de estuprar gente nova no chuveiro. Entretanto Jim Shooter disse que a história foi baseada em fatos reis – em uma história que acontecera com ele e outra, com um amigo – e que a intenção dele não era de ofender os gays, mas sim os estupradores.

Vale dizer que, na época, a Marvel teria apresentado em suas histórias no máximo três personagens que poderiam ter se mostrado como gays – incluindo um informante do Cavaleiro da Lua que ele teria chamado de “maricas”. Mas nenhum desses personagem duraram mais que dois ou três quadros e não tinham nenhum destaque. Então, logo quando gays são mostrados pra valer numa revista da Marvel, eles são estupradores! WTF!

Entretanto, com tantas histórias em que personagens femininas são estupradas (vide quase todas as histórias de Alan Moore) é pitoresco ver uma história em que um personagem masculino – e poderoso – como o Hulk sofre uma tentativa de violação. Isso pode servir de alerta para homens que curtem estuprar mulheres e abusar delas que o feitiço pode virar contra o feiticeiro. Não que seja o caso de Bruce Banner – até onde sabemos. Por fim, vale lembrar que ESTUPRO É CRIME e deve ser denunciado SEMPRE.

 

 

Anúncios
Este post foi publicado em: destaque, fique de olho, quadrinhos, Quadrinhos Comparados

por

Guilherme “Smee” Sfredo Miorando nasceu em Erechim em 1984. É mestrando em Memória Social e Bens Culturais, onde pesquisa quadrinhos. Já deu aula de quadrinhos, trabalhou com design e venda de livros e publicidade. Faz parte do conselho editorial da Não Editora. Co-roteirizou o premiado curta-metragem Todos os Balões vão Para o Céu. Seu livro de contos Vemos as Coisas como Somos foi selecionado pelo IEL-RS em 2012. Publicou em 2014 a HQ Fratura Exposta e sua primeira narrativa longa, Loja de Conveniências. Em 2015 lançou a antologia FUGA, de HQs com seu roteiro. Em 2016 lançou a HQ coletiva Lady Horror Show e a HQ "muda" Esperando o Mundo Mudar. Mantém o blog sobre quadrinhos splashpages.wordpress.com

4 comentários

  1. Dá pra fazer umas leituras semióticas dessa transformação. Banner de costas para o leitor, apoiado na parede, gritando de dor e dizendo não. Todavia, de nada adiantou. Eis o Hulk.

    Curtir

    • Guilherme Smee diz

      Esses heróis sempre pedem! Também quem manda andar na rua assim tão provocativo todo verde e com uma calça roxa rasgadinha? HAM!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s