atualidades, destaque, fique de olho, listas, quadrinhos
Comentários 3

Os 19 Quadrinhos Mais Vendidos do Ano pela Panini (até então)

Eu sempre acreditei que, como formadores de opinião, e principalmente de quadrinhos, devíamos dar uma ajuda a divulgar os títulos das editoras para aquecer o mercado. Porque no Brasil quadrinho não vende e isso e aquilo. Mas a verdade é que nunca ganhei um quadrinho sequer de uma grande editora tipo a Panini para divulgação. Das editoras menores e independentes, sim. Então, será que a Panini precisa de ajuda na divulgação?

MAIScapa

Na newsletter dessa semana do site Publish News, especializada em divulgações de notícias do meio editorial, se destacou a seguinte notícia: “Na lista de ficção, quem também colocou dois novos títulos foi a Panini: Gavião Arqueiro – Pequenos Acertos e Capitão América – A Ameaça Vermelha. Um pouco mais longe de ser da tradicional família de editoras, a Panini está na vice-liderança anual na lista de ficção. Até agora, já emplacou 19 títulos no ano e está atrás apenas do Grupo Editorial Record”.

Como a Panini não divulga números de venda, eu não tinha noção que a editora era segunda maior poderosa das vendas no Brasil, em pleno 2016, ano da crise. Os números dos 19 títulos emplacados na lista dos mais vendidos estão entre 45000 a 310 exemplares. A maioria são encadernados capa dura de Marvel e DC, mas também tem espaço para os mangás. Bem, vamos à uma lista comentada.

piada1) BATMAN: A PIADA MORTAL

Uma das obras seminais do Homem-Morcego e de Alan Moore, talvez seja a história mais famosa do Coringa. Essa edição já ganhou mais de quatro reimpressões e continua vendendo à rodo. Mais de 4500 exemplares vendidos só esse ano. Para vocês terem uma ideia, um título é considerado bem-sucedido se vende mais de 300 exemplares no Brasil. Esse feito Piada Mortal conseguiu, uma vez que já teve muitas outras versões da história publicada por aqui.

 


guerra2) GUERRA CIVIL

A HQ de Mark Millar e Steve McNiven esteve em voga esse ano devido aos holofotes no filme do Capitão América que leva de subtítulo o mesmo nome do quadrinho. Entretanto esse segundo lugar da Panini já vem com um distância bem segura do primeiro colocado, com quase a metade dos exemplares de A Piada Mortal vendidos em 2016 (até aqui). Vale lembrar que Guerra Civil teve mais de três reimpressões desde que saiu nesse formato de capa dura.


onepunch3 e 4) ONE-PUNCH MAN #1 e 2

Chegou a hora dos mangás entrarem na lista. O sucesso no Japão e nos Estados Unidos do mangá One Punch Man, de Yusuke Marata, se deve à aproximação aos quadrinhos de super-heróis. Nosso protagonista é um herói frustrado pois seu poder permite que ele derrote os monstros de sua cidade com apenas um soco. Agora, ele precisa buscar alternativas de que essa vitória não seja assim tão fácil. O interessante é que One Punch Man não é uma publicação especial e sim, periódica, então, é um feito e tanto estar nessa lista!


vagabond-15, 10 e 18) VAGABOND # 1, 2 e 3

A intrépida aventura do samurai Miyamoto Musashi – que é um personagem real – emplacou três lugares nos mais vendidos, embora, curiosamente, o segundo número esteja em primeiro lugar. A história de publicação do mangá de Takehiko Inoue no Brasil, entretanto foi bem complicada devido ao fato da história ainda estar sendo concluída pelo autor japonês com hiatos cada vez maiores. Apesar dos percalços, o mangá mostra seu poder e emplaca três posições: #5, #10 e #18.


gaviao6) GAVIÃO ARQUEIRO: PEQUENOS ACERTOS

Apesar de esse material em capa dura nem ter chegado em algumas grotas do país – foi lançado mês passado – ele já figura como novo sucesso de vendas da Panini. Matt Fraction e David Aja fazem um trabalho primoroso, acertando na narraativa numa série em que o boca a boca funcionou para que desse – e muito – certo no Brasil e no mundo. Realmente instigante ver esse encadernado na lista dos mais vendidos.


crise7) CRISE NAS INFINITAS TERRAS

Esse lançamento também é deste ano e, embora muitos leitores estejam exigindo recall, por defeitos gráficos e editorias, a venda vai bem. Digo isso pois Crise Nas Infinitas Terras é um produto caro, quase cem reais. Entretanto, essa edição vinha sendo esperada pelos leitores há muitos e muitos anos desde que ela foi relançada em dois volume e em seu formato original. para que não conhece, basta dizer que foi uma saga que redefiniu o Universo DC.

 


mulhermaravilhasangue8) MULHER-MARAVILHA: SANGUE

Com a premência do filme de Batman v Superman se aproximando, a Mulher-Maravilha ganhou destaque no filme e no coração dos fãs. Há muito tempo esperado, esse quadrinho traz uma das melhores fases dos heróis da DC na Inciativa Os Novos 52. Escrita por Brian Azzarello e desenhada por Cliff Chiang, essa HQ traz uma nova pegada nos mitos greco-romanos e na princesa amazona.


batman_aconteceuct9) BATMAN: O QUE ACONTECEU AO CAVALEIRO DAS TREVAS?

Uma HQ do Batman escrita por Neil Gaiman. Complicado se não vendesse, mas a verdade é que essa histórias que trata do pós-morte do Cavaleiro das Trevas, não é tão legal assim. Também já está indo para uma terceira reimpressão, sem contara aquela vez em que saiu dentro da própria revista do Batman.

 


cpaitaum11) CAPITÃO AMÉRICA: A AMEAÇA VERMELHA

Novamente o filme deste ano do Capitão América faz a sua parte vendendo mais HQs. Esse encadernado capa dura traz uma das melhores fases que Steve Rogers já viveu. Escrito por Ed Brubaker e desenhado por Steve Epting eles mostram o que acontece com o Capitão logo depois do seu reencontro com seus ex-parceiro, Bucky, o agora chamado Soldado Invernal.


grandes-astros-superman-600x91712) GRANDES ASTROS SUPERMAN

Outra publicação de peso – nos dois sentidos, já que tem mais de 400 páginas de história. Grandes Astros Superman foi uma forma de o escritor Grant Morrison e o desenhista Frank Quitely explorarem sem ligações cronológicas os elementos do Superman da Era de Prata para os dias atuais. Uma linda homenagem ao que faz do Superman o herói para todos nós nos mirarmos.

 


noum13) BATMAN: ANO UM

Outro grande clássico de Batman, dessa vez por Frank Miller e David Mazzucchelli, redefiniu toda a origem do Batman e continua valendo nos dias atuais. também inspirou os filmes de Christopher Nolan e, desde então a Panini viver reimprimindo esse perene clássico e sucesso de vendas que não deve faltar numa prateleira de quadrinhos em uma livraria.


panini_mortedafamilia14) BATMAN: A MORTE DA FAMÍLIA

Eu não gosto desta história, mas entendo porque gostam: tem o Coringa matando todo mundo com seu rosto grampeado na sua carne viva. Que Legal! #sóquenão. Bem, esse é mais um sucesso da inciativa OS Novos 52, que tem como artífices Scott Snyder e Greg Capullo. Eu sinceramente prefiro os dois arcos anteriores deles, mas é compreensível, esse tem o Coringa. FUÉ!


deady15) DEADPOOL: MEUS QUERIDOS PRESIDENTES

Embora eu adore a fase de Brian Posehn e Gerry Dugan, esse primeiro encadernado é de longe o pior de todos da fase deles. Porque para nós brasileiros não az sentido já que ele traz o Deadpool contra os ex-presidentes zumbis americanos. Mas era de se esperar que o Deadpool vendesse bem, já que o seu incrível filme agradou em “feio” tanto a crítica quanto os fãs.


missmarveuu16) MISS MARVEL: NADA NORMAL

Outro grande sucesso do boca a boca e, por que não dizer, do esforço de blogueiros, youtubers e podcasts para indicar uma série tão fora do comum e para que esteja no top de vendas. Kamala Khan é uma menina muçulmana afetada pelas névoas terrígenas Inumanas e ganha poderes diferentes. Escrita por G. Willow Wilson e desenhada por Adrian Alphona.


mortesuper17) A MORTE DO SUPERMAN VOLUME DOIS

Se teve um evento que vendeu muito gibi e trouxe o interesse do público comum de volta para os quadrinhos de super-heróis, esse foi a Morte do Superman. Agora esse encadernado também é de peso. Mais de 300 páginas, sendo que esse é o segundo volume e também é a segunda reimpressão do encadernado. Mais um feito do escritor Dan Jurgens e companhia.


v-vinganca19) V DE VINGANÇA

Não se esqueça que o desenhista da HQ escrita por Alan Moore, David Lloyd, estará na Comic Con RS esse ano, de 20 a 21 de agosto, na Ulbra em Canoas. Finalmente temos uma HQ da linha Vertigo, que traz quadrinhos adultos para os leitores. O sucesso de V se deve às máscaras de Guy Fawkes usadas nas manifestações ao redor do mundo e que são associadas ao grupo Annonymmus.


PS: Esta lista só compila resultados acumulados mensais de vendas em livrarias físicas. As vendas online não são computadas.

3 comentários

  1. Parabéns pelo trabalho. Incrível como sempre aprendo vindo aqui. Aliás, por que a Panini omite essa informação de tiragem, vendas e encalhe? É essa prática comum das editoras?

    Curtir

    • Guilherme Smee diz

      Valeu, Cristiano! Olha, não é muito comum, não. A Panini tinha a prática de divulgar seu top 5 há uns 10 anos atrás. Mas realmente não sei porque mudou essa prática. De qualquer forma, pode-se tirar uma temperatura através das listas de mais vendidos da Amazon, do Publish News e pelos exemplares nas coleções do Guia dos Quadrinhos. Abraços e valeu por comentar!

      Curtir

  2. Pingback: Os Quadrinhos Mais Vendidos em Livrarias de 2016 | Splash Pages

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s