destaque, fique de olho, quadrinhos, Quadrinhos Comparados
Comentários 4

Frank Cho x Garth Ennis: Duas Maneiras de Ver As Mulheres nos Quadrinhos

Lendo a minissérie Onde Vivem Os Monstros, escrita por Garth Ennis e desenhada por Russ Braun, que faz parte da saga Guerras Secretas da Marvel, percebi uma paródia bem engendrada para a série Shanna: A Mulher-Demônio de Frank Cho. Com certeza as duas minisséries apresentam maneiras diferentes de encarar o papel da mulher neste mundo. Aqui discuto um pouco essas duas aproximações.

sexshannaEm 2005, Frank Cho, conhecido pelas mulheres voluptuosas que fazia na sua tirinha Liberty Meadows, foi chamado pela Marvel para fazer uma segunda minissérie de Shanna, a Mulher-Demônio, desligada da cronologia. A história se passa na Terra Selvagem, onde Shanna tem a missão de defender uma turma de exploradores. A minissérie foi estipulada para sair, a princípio, pelo selo Marvel MAX e nessa categoria, Shanna deveria atuar na história nua em pêlo, mas a Marvel voltou atrás e resolveu fazer a história para todas as idades.

choshanna

Desde 2010, Frank Cho vêm se envolvendo em diversas polêmicas. Entre elas, retratar mulheres com o traseiro avantajado. Até aí tudo bem, mas depois de vários protestos, Frank passou a ofender o movimento feminista em sketches que fazia com suas mulheres avantajadas. Ele chegou também a apoiar Milo Manara na polêmica que envolveu a famigerada capa da Mulher-Aranha apontando sua poupança para a lua. Tudo isso gerou muito ódio da maioria das fãs mulheres contra Frank Cho.

O mesmo artista, Frank Cho, é responsável pelas capas de Onde Vivem os Monstros (Where Monsters Dwell), da saga Guerras Secretas, que foi publicado no Brasil em Guerras Secretas: Zonas de Guerra. Escrita por Garth Ennis e desenhada por Russell Braun, a história apresenta o herói da Primeira Guerra Mundial, Karl Kaufmann, o Águia Fantasma, e uma missão de levar uma garota até o encontro de seu marido.

zceumAcontece que, durante a viagem, Kaufmann e a garota enfrentam uma tempestade e vão, magicamente, para numa ilha em que os animais pré-históricos ainda vivem – uma referência explícita à Terra Selvagem da Marvel, onde Shanna vive. Mas as referências não param por aí. Ao fugir dos dinossauros, nossos personagens acabam parando em uma outra ilha, onde se deparam com um exército de mulheres guerreiras – todas loiras, voluptuosas, usando tangas e bustiês de leopardo. Ou seja, uma ilha recheada e cheia de Shannas.

Ali ocorre uma inversão de papéis. As mulheres são supremas e os homens, meros objetos. Kaufmann é tido como o escravo da garota que escoltava. Ele logo descobre que os homens que vão parar na ilha são aprisionados  e sugados até a última gota. Ou seja, as mulheres-Shannas da ilha retiram dos homens a sua “semente” até que envelheçam depressa, se tornem cegos e totalmente inchados em suas partes. Kaufmann incita duas vezes uma rebelião, primeiro sozinho, em que quase teve seu membro arrancado a machadadas e depois, com a ajuda de pigmeus, que são massacrados enquanto ele tenta sair daquela ilha, que, com certeza é também uma referência à Ilha Paraíso da Mulher-Maravilha.

zceshannas

Claro, que no fim, Kaufmann consegue fugir da ilha, mas não que seu destino seja algo melhor. Essa minissérie continua os eventos de outra minissérie de Garth Ennis com o Água Fantasma que se chama A Guerra é Um Inferno, e que foi publicada aqui no Brasil na extinta revista Marvel MAX, dos números 63 a 70. Dessa forma, Ennis consegue fazer uma crítica a Frank Cho, que talvez nem ele mesmo tenha percebido, e aos leitores de quadrinhos chauvinistas que tratam a mulher e as personagens femininas como meros objetos para retirar suas “sementes” de si mesmos. Achei uma baita sacada de Ennis, ainda mais com a minissérie sendo publicada dentro de Guerras Secretas, o que acaba atraindo mais leitores e mostrando esse comportamento bizarro através da pele do Águia Fantasma, um personagem realmente desprezível, como diria o Patolino. O que nós, homens, temos de fazer é não nos tornarmos tão desprezíveis quanto Karl Kaufmann.

zceseed

 

4 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s