Melhores e Piores Leituras de Janeiro de 2017

Como diria Silvio Santos: “Olé, olé, olé, olé, feeling hot, hot, hot!”. Este verão está de matar! Mas pra refrescar (pelo menos a mente) a gente lê e esquece um pouco do bafão. Aqui está a minha seleção de melhores e piores leituras do mês. Não teve nenhuma leitura horrível esse mês, então fiquemos com as melhores apenas!

cover_cataclismoBATMAN: CATACLISMO, DE INÚMEROS AUTORES

Ai, ai, estava comentando outro dia com meus amigos, de como é chato esses encadernadões gigantes de capa dura. Sabe qual o motivo de ser chato? É que eles dão uma baita duma preguiça. Tanto de comprar – porque são carésimos – e de ler – são trambolhudos e você demora para acabar a leitura. Mas, claro, depois que você leu, percebe que a preguiça e o trambolho valeram a pena, como é o caso deste Cataclismo, da Eaglemoss. Uma história bem diferente, onde a cidade de Gotham City e seus cidadãos é que são o protagonista e não Batman e seu Batsquad. Sendo um encadernadão só você se envolve na história. Mesmo eu que li ele todinho depois da véspera de ano novo bêbado de espumante. Uhuuuu!


shamballa_capaDOUTOR ESTRANHO: SHAMBALLA, DE J. M. DEMATTEIS E DAN GREEN

Praticamente um quadrinho poético em que delicadeza é a palavra de ordem. Você repara isso tanto no texto de DeMatteis quanto na arte de Dan Green. O místico do Doutor Estranho encontra aqui a doutrina da gnose, do conhecimento do além, dos mistérios do universo, de quem foi criá-lo e de quem vai destruí-lo. Shamballa faz parte – com o perdão do trocadilho – da mística do personagem de Stephen Strange, tendo a palavra ainda aparecido no seu filme de 2016, como a senha do wi-fi do lar da Anciã. O papel do Ancião aqui é muito importante, pois é pelo seu legado que o Doutor Estranho luta. Ao final, ele vai aprender uma lição que o deixará ainda mais humilde.


sandman-teatro-do-misterio-a-vamp-capaSANDMAN – TEATRO DO MISTÉRIO: A VAMP, DE MATT WAGNER, STEVEN T. SEAGLE E GUY DAVIS

Em primeiro lugar, é bom esclarecer: Sandman: Teatro do Mistério não é derivado da série criada por Neil Gaiman. Pelo, contrário, ela traz aventuras adultas do Sandman da Era de Ouro, Wesley Dodds, que inspirou a releitura feita por Neil Gaiman. E sim, as duas são séries do selo Vertigo. Então, apesar deste quadrinho ter sido feito nos anos 90, ele trata de um tema bem atual: o abuso contra as mulheres. Mostra uma série de assassinatos masculinos, que tanto Wesley quanto sua futura namorada, Joan, tentam resolver. Mas não desconfiam que o predador está bem ao seu lado. Uma trama deliciosa, tanto em suspense quanto em construção da época e dos personagens. A única coisa que poderia ser melhor são os desenhos de Guy Davis.


dcogothamACADEMIA GOTHAM: CALAMIDADE, DE BECKY CLOONAN, BRENDEN FLETCHER, KARL KERSCHL E ADAM ARCHER

O primeiro volume de Academia Gotham envolve o leitor em um mistério: Quem é Olive Silverlock? O que ela faz na Academia Gotham? E qual sua relação com sua mãe que está internada no Asilo Arkham? Então, esse segundo volume nos traz algumas respostas, mas claro, não todas, porque o leitor precisa estar fisgado até o final deste volume, que se encerra este mês pela Panini Comics. Uma leitura, leve, divertida, descompromissada como há muito tempo não vemos e ainda é uma fusão que poderia ser dito de Academia Hogwarts com Gotham City. O único senão são os desenhos de Adam Archer que destoa da proposta original de Karl Kerschl de lembrar um desenho animado e buscam um lado mais caricatural.

Leia uma resenha do primeiro volume de Academia Gotham neste link.


2020gifVISÕES DE 2020: TESÂO DE VIVER, DE JAMIE DELANO E FRANK QUITELY

Donald Trump foi eleito, certo? Bem, agora um monte de gente está revoltado com os eleitores americanos e com o fato de ele ter sido eleito. São mulheres, negros, imigrantes, gays e muitas outras camadas da sociedade agindo em protestos contra o presidente. Mas o que vai acontecer daqui pra frente? Um quadrinho de 1997 dá a dica. Ele se chama Visões de 2020 e conta a história de um Estados Unidos em que uma “ditadura feminazi” tomou conta do país após a eleição e deposição de um notório conservador após escândalos sexuais. Como se isso não bastasse, Manhattan está isolada, protegendo seu nobres e escolhidos cidadãos da praga sexual que mata seus infectado de orgasmo. Isso mesmo! Só esse mote já seria motivo suficiente pra você ler a minissérie.

Se esses motivos não bastaram, você pode ler uma resenha completa de Visões de 2020: Tesão de Viver aqui.


capa_classified_ptCLASSIFIED #01, DE FELIPE CAGNO, MARCELO COSTA E MARCELO MAIOLO

Cagno, Costa e Maiolo formam uma equipe matadora. Dessa vez eles atacam mostrando a formação do serviço secreto inglês, este mesmo, serviço secreto inglês Melo que formou gente como o Agente 007 James Bond. Eles mostram uma turma de crianças, entre eles, focam em uma menina que vai ter como mentores o mágico escapista Houdini e a superespiã sensual Mata Hari. Embora o início seja meio truncado, logo você pega o jeito e o ritmo flui numa boa. A arte da dupla de Marcelos é de babar, dando uma ótima ambientação para a história, digna de um quadrinho da Image Comics atual. Sério, gente, se você não apoiou eles no Catarse, vá atrás, que vale muito a pena!


rco001_1484006846LOVE IS LOVE, DE VÁRIOS ARTISTAS

O que dizer de uma coletânea pioneira nos Estados Unidos, com mais de 140 páginas e todas elas dedicadas a histórias sobre a comunidade LGBT? E se ainda todo o lucro adquirido pela venda das revistas fosse revertido para as famílias do massacre na boate Pulse, de Orlando? O resultado não poderia ser outro: o quadrinho acabou figurando como um dos mais vendidos do The New York Times. Entre histórias sobre o massacre, de superação e de mensagens positivas para sobreviver em um mundo intolerante, Love is Love acaba conquistando o leitor. Além de trazer personagens icônicos da DC Comics, Harry Potter e da turma do Archie, como Kevin Keller.

Você pode ler uma resenha completa de Love is Love aqui.


zoomZOOM, DE ISTVAN BANYAI

Um livro que rompe as barreiras das definições. Seria ele um livro infantil ou seria ele uma história em quadrinhos? Uma narrativa em arte sequencial que é contada no tempo ou no espaço? Ou será que seriam em outras dimensões? Uma “leitura” que leva a questionar nossa percepção de tempo e espaço, bem como suscitar questões filosóficas de “o quanto do que vemos e percebemos é real”? O que se esconde além de nossa percepção? E o pior ou o melhor de tudo isso é que essa obra realiza tudo isso sem se utilizar de nenhuma palavra. Apenas de imagens, espaço, tempo e o movimento de Zoom.


arlequinaARLEQUINA: PRELÚDIOS E TROCADALHOS, DE KARL KESEL, TERRY E RACHEL DODSON

Eu realmente tenho gostado das histórias da Quina por Amanda Conner e Jimmy Palmiotti na sua revista mensal. Mas eu não sabia que o seu título anterior tinha sido ainda melhor e mais engraçado. Claro que ele não foi publicado no Brasil, néam? Bem, os roteiros são de Karl Kesel, que, entre outros títulos, foi o responsável pela criação e pela revista do Superboy durante anos e os desenhos da dupla Terry e Rachel Dodson, que fazem homens e mulheres sensualíssimos (até os feios!). Um ótimo encadernado da coleção de graphic novels da Eaglemoss, que traz vários vilões do Batman e ainda uma ótima história no melhor estilo Ladies Night apenas com supervilãs.


000janeirocapa

É gente, acho que acabou saindo uma lista bem variada, não é mesmo? Estejam aqui no final do próximo mês para mais uma lista de melhores e piores do mês! Abraços submersos!

 

Anúncios

4 Comments

  1. Super representativa essa imagem dos X-Men u.u Eu acabei desistindo da Eaglemoss por causa do aumento de preço (mas ainda é possível pegar o da Arlequina por ser superfã kkk) e to a procura de um desconto nesse segundo da Academia Gotham @.@’ (não é fácil sem nerd sem money x.x)… kkk

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s