Saudades: Vertigo (Opera Graphica)

As histórias presentes nesta segunda encarnação de uma revista com o título Vertigo são, em grande parte, editadas pelo atual chefão da Marvel, o editor-chefe Axel Alonso. Aqui ele reuniu um time de alto escalão dos quadrinhos para trazer histórias curtas e contundentes que deixam o leitor abismado nos temas crime, horror, guerra e western.

Dizem que a melhor forma de se aprender a escrever ficção é através de histórias curtas. Na literatura, isso se dá com os contos. Nos quadrinhos, geralmente acontece com histórias curtas de seis a dez páginas. Elas precisam evolver o leitor e terminar com um final que deixa quem está lendo com uma pulga atrás da orelha. Isso é chamado de subtexto, a informação que é dada através do conjunto do texto mais o seu final. Por vezes, o leitor precisará reler a história para captar todo o subtexto da mesma.

verdoggy

Dados Gerais:

Vertigo (2ª Edição – Opera Graphica)

Duração:

10 números (junho de 2002 a maio de 2003)


vergangO Contexto:

Nesta época, a Vertigo estava espalhada por diversas editoras: Devir, Brainstore, Atitude e a Opera Graphica. Depois da editora ter lançado nove edições da coletânea Vertigo Inverno (Vertigo Winter’s Edge, no original) em 2001, a iniciativa deu certo e  saiu a revista Vertigo.


O Mix:

Gangland

Uma antologia de histórias de crime, uma das poucas antologias de quatro edições da Vertigo reunidas em encadernados. Aqui as histórias trazem nomes como Brian Azzarello, Dave Gibbons e Eduardo Risso, em histórias de gangues, mafiosos e  criminosos em geral.

verflinchFlinch

Uma publicação da Vertigo que trazia em sua antologia histórias de horror. Muitos grandes nomes da indústria dos quadrinhos estiveram envolvidos com essa série. Bill Sienkiewicz, Bernie Wrightson, entre outros.  Cada edição, tradicionalmente trazia três histórias com o tema terror, embora nenhuma das três estivessem relacionadas umas com as outras. David Lloyd e Tony Bedard trazem uma história de calafrio sobre uma mula que deve levar um bebê morto cheio de drogas em um avião.

Weird War Tales

Outra minissérie de quatro edições, inspirada na maior revista de guerra homônima da DC Comics nos anos. O tema, claro, era de guerra. Nomes como Grant Morrison e Frank Quitely interpretaram a guerra através do olhos de um brinquedo de Comandos em Ação. Já o mesmo Quitely, ao lado de Bruce Jones trazem uma história perturbadora de amor e espólios de guerra. Peter Milligan e Duncan Fegredo trazem à tona lembranças de guerra a um senhor idoso, enquanto jovens arruaceiros aprendem o valor de se morrer durante a guerra e, por fim, o senhor idoso aprende a importância das ervilhas.

verwesternWeird Western Tales

A última minissérie que fazia parte da revista Vertigo e também era em quatro edições. Para contar história bizarras do velho-oeste norte-americano, artífices como Paul Pope trouxe uma história de um herói esquecido do faroeste. Já Paul Gulacy e Timothy Truman utilizaram estilos bem diferentes do que estão estão acostumados, como uma história em retícula em preto e branco e uma história em estilo underground com animais falantes.


O que deu certo e o que deu errado:

A revista se encerrou quase a tempo de abrir espaço para uma nova editora que arrebatou todos os títulos da Vertigo para si, a Pixel Media. Essa, ao invés de criar uma revista mix com o nome Vertigo, resolveu batizá-la como Pixel Magazine. Entretanto, a Vertigo da Opera Graphica tinha problemas como o preço alto. A revista de 32 páginas custava 7,90, o mesmo preço das revistas da Panini na época, que tinham o triplo de páginas. A distribuição era localizada, o chamado HQ Club distribuía algumas dessas revistas apenas para comic shops.


verwarO que aconteceu com as séries que a compunham?

Somente Flinch não era uma minissérie em 4 edições, tendo durando 16 números. Logo, quase todas as histórias das demais minisséries foram publicadas. Algumas dessas histórias acabaram sendo republicadas pela Panini Comics em edições como Vertigo Especial.


Leia mais Saudades:

Shazam!

DC Millennium

Coleção Pocket Panini

Revistas Premium: O Que Tinham de Bom?

Especial do Mês

Marvel ’99

Melhores do Mundo (Panini)

Os Caçadores

vercapa

Anúncios

6 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s