Análises, destaque, fique de olho, quadrinhos, Resenhas
Comentários 2

Você Precisa Ler a Mensal Homem-Aranha: AranhaVerso

Então você torce o nariz para a revista complementar do Homem-Aranha, né? Só porque tem um monte de mulheres protagonizando as histórias? Ou é porque difundiram o preconceito de que a Marvel pós-Guerras Secretas não tem nada que preste? Bem, estamos aqui pra desmistificar isso. Saca só o texto a seguir:

Criada para dar conta dos tie-ins ligados à saga AranhaVerso dos Homens-Aranha, que lidava com vários Aracnídeos de diversas realidades, lutando contra os Herdeiros, os monarcas da teia da vida, que queria matar e sugar a alma de todos os Aranhas do Multiverso. A saga foi muito bem sucedida, gerando até um desenho animado baseado nela. Também foi nela que surgiu uma personagem muito popular, a Gwen-Aranha, ou Spider-Gwen, que acabou ganhando uma minissérie e depois uma revista própria.

17622296_1297013437041008_826876097_o

Apesar de eu sempre ter gostado do Peter Parker e do Homem-Aranha, eu nunca mantive uma coleção das suas revistas, porque a maioria das histórias do personagens não são tão marcantes, com exceção de uma ou outra, como A Última Caçada de Kraven. Mas a verdade é que eu sempre acompanhei o herói e suas versões: 2099, Ultimate, Noir, Garotas-Aranhas e tenho uma queda fatal pelas Mulheres-Aranha, que sempre me fascinaram.

Leia aqui um post sobre as várias Mulheres-Aranha que já existiram na Marvel.

A revista Homem-Aranha: Aranhaverso, também veio para substituir a lacuna de A Teia do Homem-Aranha Superior, que, por sua vez substituiu A Teia do Homem-Aranha. Uma característica dessas três revistas até então é que tinham 148 páginas e eram bimestrais. Depois do evento Guerras Secretas, Aranhaverso passou a ser mensal. Antes, Aranhaverso trazia histórias fechadas, agora ela é uma revista mix. Explico esse mix a seguir:

ARA2099HOMEM-ARANHA 2099: Eu demorei para entender, mas essa nova encarnação da revista do Miguel O’Hara traz duas histórias em paralelo: uma se passa no Universo 2099 e outra, se passa nos nossos dias, com Miguel trabalhando para as Indústrias Parker. Nas Guerras Secretas, Peter David inseriu uma nova e interessante personagem que é a Capitã América 2099, Roberta Mendez. Ela é uma personagem sensacional. Latina, negra e que sofre lavagem cerebral para ser a Capitã, tudo que ela fez enquanto heroína é esquecido por sua identidade civil. Uma tática usada com a Miss Marvel Carol Danvers na época de sua criação. Fora isso, outros coadjuvantes são importantes, como os atuais diretores da Alchemax, que inclui Liz Allen, a ex-esposa de Harry Osborn e Tempest, a amada de Miguel. Sem esquecer da incrível holograma geniosa, Lyla.

ARAgwenGWEN-ARANHA: Olha, tenho de confessar, essa Spider-Gwen antes de eu ler as histórias dela, era um pé no saco pra mim. Ela não tinha nada mais além de um visual moderninho. Não entendia todo o hype na personagem. Na verdade não entendo até hoje. Li a minissérie dela na Aranhaverso e achei uma chatice sem tamanho, fora que a Gwen é uma ranheta. Mas, não é que na série mensal, ela deu uma melhorada. Gwen continua a Chatolyne Stacy, mas pelo menos o argumento é bem trabalhado e as histórias são instigantes, como eram as do Mutante X, do final dos anos 90: você quer saber como são as versões dos heróis daquele universo. Aqui também temos uma Capitã América negra só que ela se chama… tchanã: Sam Wilson! E o Peter Parker desse mundo morreu porque usou o soro do Lagarto do Doutor Kurt Connors.

ARAjessMULHER-ARANHA: Já acabou, Jéssica? Aqui, Jessica Drew é a estrela. O novo visual da Mulher-Aranha é sensacional e, depois de várias tentativas, finalmente ela tem uma revista mais ou menos longeva. Os argumentos de Dennis Hopeless são muito inteligentes e eu recomendo comprarem a edição do Aranhaverso que tem o arco dela completo, que é muito sensacional, não só nos roteiros, mas na arte. O fato é que depois de Guerras Secretas, Jess aparece grávida e a maneira que Hopeless mostra o ponto de vista de uma mulher grávida é incrível e chega fazer a gente pensar: nossa, será que o Dennis já engravidou? De tão boa que é a história. Fora isso, tem personagens coadjuvantes muito legais como Ben Urich e o Porco-Espinho. Sim, o Porco-Espinho.

ARAcindyTEIA DE SEDA: A mais surpreendente de todas as personagens aqui na revista é Cindy Moon, a teia de seda, que descobrimos que foi picada pela mesma aranha que picou Peter Parker, o que faz que, quando os dois se encontram, eles tenha uma baita atração sexual. Mas Cindy ficou por dez anos presa dentro de um bunker, então ela tem problemas à la Capitão América para se ajustar ao nosso tempo. Ela vai trabalhar no canal de J. Jonah Jameson e está à procura de sua família que está perdida. Ela desconfia que a Nação Duende tem algo a ver com isso. Será? Enquanto isso, ela tenta se infiltrar na organização criminosa da Gata Negra como um vilã. A Cindy também tem como elenco de apoio um casal lésbico interracial. Em breve, Cindy, Gwen e Jessica se unirão para a saga Mulheres-Aranha.

ARAswGUERREIROS DA TEIA:  Foi por causa da minissérie deles em Guerras Secretas que eu comecei a dar uma chance pra Gwen-Aranha ainda me mostrar ao que veio. Pois em equipe, a personagem funciona muito melhor do que sozinha. Ou o problema seja do roteirista, pode ser. Essa série é escrita por Mike Costa, e os Guerreiros da Teia precisam proteger o Mundo-Tear, que fica na Terra 1 da Marvel. Na equipe estão Mayday Parker, Gwen-Aranha, Anya Corazón, Billy Braddock, Peter Parkwar, o Homem-Aranha Noir e Peter Porker.

Então, assim oh, se vierem com aquele papinho preconceituoso e besta de que a Marvel pós-Guerras Secretas não tem nada de legal, manda a pessoa ler esse mix. Talvez ela esteja reproduzindo uma opinião generalizada, ou talvez porque não fez as escolhas corretas, ou ainda não leu e não gostou, como faz a maioria. Como diria Silvio Santos: “aonde a vaca vai, o boi vai atrás”. Deem uma chance para a revista Homem-Aranha; Aranhaverso, é diversão na certa.

Anúncios

2 comentários

  1. Israel diz

    A revista é interessante.
    Mas Gwen-Aranha é chata e fraca demais.
    Mulher-Aranha é de longe a mais interessante, seguida pelo HA 2099.
    Teia de Seda e Guerreiros da Teia são regulares, mas com potencial.

    Interessante que tanto Mulher-Aranha quanto Teia de Seda (e tb Homem-Formiga) trazem algo que parece ser uma nova moda: um vilão classe Z regenerado como coadjuvante.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s