História dos Quadrinhos, quadrinhos, Quadrinhos Comparados
Comentários 2

As Ladys Libertadoras versus Os Vingadores: Proto-Feministas da Marvel

“Tá certo, garotas, isso acaba com esses machos porcos chauvinistas! De agora em diante é com a Valquíria e suas Ladys Libertadoras!”. Essas frases estavam na capa de Vingadores #83, de 1970, exibindo Valquíria e um bando de mulheres da Marvel derrotando uma turma de homens dos Vingadores. O movimento feminista mal tinha começado nos Estados Unidos e a Marvel já o exibia em suas capas.

A história mostra uma equipe de mulheres, liderada pela até então desconhecida Valquíria, de Asgard comandando Medusa, Viúva Negra, Vespa e a Feiticeira Escarlate. A história, escrita por Roy Thomas e desenhada por John Buscema conta que a origem de Valquíria era a de uma estudante de química que, após um colapso, se vê imbuída de grandes poderes. Ao ser interpelada por um professor para se tornar sua assistente, ela responde: “Velho tolo – o velho homem tolo! Eles vivem num mundo de sonhos onde todos os homens possuem cérebro poderoso… e as mulheres fazem o trabalho difícil. Bem, eu mostrarei para ele… para todos eles…não importa o quanto eu terei de trabalhar…!”

LALabre

A Valquíria, então, aparece erguendo um carro e declarando guerra os “machos porcos chauvinistas”. Em seguida ela vai até a Mansão dos Vingadores e convence suas integrantes femininas a se voltarem contra os homens da equipe. Infelizmente, no final, Valquíria se revela como sendo a vilã de Thor, Amora, a Encantor, declarando que todos serviram para seus propósitos e então, agora deveria morrer. Mas a mágica de Encantor se volta contra ela e ela acaba morrendo. Ao que a Viúva Negra declara: “Ela morreu a mesma morte que planejava para nós!” e a Feiticeira Escarlate replica: “Foi isso mesmo? Eu duvido…!”

LALjoinLALarguying

No último quadro, Vespa e Gigante estão discutindo. “Vocês gatinhas finalmente entenderam que esse negócio de libertação feminina é uma bobagem!”, ao que a Vespa responde “ Isso é o que você pensa, macho porco chauvinista! Um dia desses, as Libertadoras vão fazer um grande retorno!”.

LALchau

No entanto, a ideia da personagem Valquíria era boa demais para ser desperdiçada como um disfarce de Encantor. Foi então, que em 1972, na edição de número 4 da revista The Defenders, dos Defensores, a guerreira platinada voltou, montada num cavalo alado. Nessa ocasião ela declara: “Amigos Defensores! Seus inimigos atacaram – e vocês, machos franzinos, foram muito fracos para fazer frente a eles! MAS EU POSSO!”. Entretanto, nesse retorno e nessa nova persona, o discurso da Valquíria se tornou menos radical. Ao ser perguntada por Namor: “É dito que você odeia os homens. Então por que você nos ajuda?” e ela responde: “Eu não odeio os homens. Eu apenas sei que sou TÃO BOA QUANTO eles!”.

As Ladys Libertadoras não apareceram por quase 30 anos. Foram reaparecer em uma história do Hulk em que a Mulher Invisível e a Mulher Hulk lideram um bando de mulheres para tentar deter o recém surgido Hulk Vermelho. Alguns anos depois, com o final da saga A Essência do Medo, um de seus spin-offs foi a saga The Fearless Defenders, As Destemidas Defensoras, em que Valquiria encabeçou uma equipe de mulheres que contava com Misty Knight e Danielle Moonstar na linha de frente e cujo elenco mudava de edição em edição. A série durou apenas 12 edições e teve dois encadernado publicados no Brasil, mas como o nome de Defensores no masculino, embora na equipe não constasse nenhum membro masculino.


Fonte:

ROBBINS, Trina. The Great Women Super-Heroes. Northampton, MA: Kitchen Sink Press, 1996.

 

Anúncios

2 comentários

  1. Cara, é imprensão minha, ou seus textos estão mais acadêmicos? Acabei de escrever um artigo com um amigo sobre masculinidades hegemônicas nos quadrinhos e citei o seu site. Agora só falta enviar para algum periódico.

    Curtir

    • Guilherme Smee diz

      Oi Lucas! Acho que estão sim, afinal estou fazendo mestrado, deve ser influência dessa linguagem. Depois manda o artigo! Quero ler! Abraços! =)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s