E o Renascimento DC? Está Vendendo Bem No Brasil?

Claro, obvio obóvio que não temos números oficiais. Diferente dos Estados Unidos, isso não é divulgado aqui no Brasil. Mas, como somos brasileiros e colocamos bombril na antena da TV e usamos copos de requeijão pra tomar refri, aqui tudo é na base da gambiarra. Usamos os números de coleções do Guia dos Quadrinhos e um pequeno estudo comparado para definir o veredicto. Sigam-me os que fazem gambiarra em casa e na vida!

Fizemos uma tabelinha para ficar mais evidente para nosso leitores os números do Guia dos Quadrinhos, passado um mês do lançamento do Renascimento DC e com as segundas edições da iniciativa nas bancas.

TÍTULO VARIANTE 1 VARIANTE 2 METALIZADA TOTAL
Renascimento DC 329 189 91 609
Batman 302 159 0 461
Mulher-Maravilha 232 174 0 406
Superman 223 166 0 389
Action Comics 272 102 0 374
Detective Comics 229 105 0 334
Lanternas Verdes 176 86 0 262
Liga da Justiça 147 85 0 232

DCAMrebirthcapa

Claro, números #1 sempre tem uma estrondosa diferença de vendas em relação aos números conseguintes, quase sempre diminuindo em vendas. Entretanto, a ordem da tabela segue dos títulos mais vendidos para os menos vendidos. Logo de cara podemos ver que o título especial do Renascimento vendeu quase o dobro do segundo colocado. Também podemos ver que os títulos-solo de Superman, Batman e Mulher-Maravilha estão bem destacados, enquanto Action e Detective Comics ficam no meio. Com um diferença significativa vem por último os títulos de Lanternas Verdes e Liga da Justiça. Tudo isso, talvez se deva a um reflexo das críticas que as revistas receberam nos Estados Unidos e no Brasil em sites especializados. É se colocar numa postura muito ingênua a editora brasileira achar que os leitores não vão atrás dessas informações.

RENcapaMas eu gostaria de chamar a atenção dos leitores para outras informações. Comparar esses números com outras revistas colecionadas no passado. Começando com o especial de Renascimento DC, nessa mesma faixa de números de coleções que as possuem (609), estão publicações como Sandman: Noites Sem Fim(Panini), Spawn #1 (Abril), Batman & Robin: Edição Definitiva (Panini), X-Men #1 (Abril), Patrulha do Destino #1 (Panini) e Crise Final: Edição Definitiva (Panini).

RENtrinityNa faixa de número de coleções dos principais títulos solo, Mulher-Maravilha, Superman e Batman (entre 460 e 390 exemplares) temos Justiça#1 (Panini), Origem II (Panini), A Essência do Medo#1 (Panini), Invasão Secreta #1 (Panini), Invasão #1 (Abril), Guardiões da Galáxia #1(Panini), Shazam! #0 (Abril), Saga #1 (Devir), Habibi (Cia das Letras), Demolidor #1 (Panini), Ponto de Ignição #1 (Panini).

Por fim, para os quadrinhos derradeiros, Liga da Justiça e Lanternas Verdes (260 a 230 exemplares) temos os seguintes títulos no mesmo patamar: Peanuts Completo #1 (L&PM), Camelot 3000 (Panini), O Outro Cão Que Guarda as Estrelas (JBC), Lanterna Verde: Renascimento (Panini), Sandman #1 (Conrad), entre outras.

Podemos perceber que há uma grande diferença entre esses três níveis de valores, mas todos eles são comparados com títulos com prestígio no mercado de quadrinhos brasileiro. No primeiro caso, Renascimento DC tem comparação com dois sucessos de venda dos anos 80 e 90, os primeiros números de X-Men e Spawn. Já os títulos-solo comparam-se com grandes minisséries da Marvel e da DC, além de números um de títulos como Guardiões da Galáxia, Demolidor e Saga. Assim como os títulos comparados em terceira instância.

RENcapa

Então, apesar de o Renascimento DC não ter performado tão bem quanto os Novos 52, ele vai bem, obrigado, Temos escutado relatos de revistas faltando nas bancas, de pessoas não encontrando mais suas revistas que querem comprar. De duas, uma: ou os números do Guia dos Quadrinhos não estão consolidados, ou a circulação e distribuição de revistas de super-heróis diminuiu drasticamente nestes últimos cinco anos. A resposta, só a Panini sabe. E o Sombra.

Anúncios

4 Comments

  1. Parece mesmo que o Renascimento acordou o gigante, porque não só a Panini deu uma investida maior em marketing, como também ficou algo que a grande maioria dos nerds pegou pra comprar (um pouco diferente do q aconteceu com Guerras Secretas ano passado, que teve um marketing mais pesadinho também). O mais engraçado é justamente a revista da Liga ser a menos vendida, e é meio que o cargo chefe da DC junto com o Batman kkk E sobre a distribuição… Eu nunca sei se não tem porque já acabou ou porque ainda não chegou kkk

    Curtir

    1. Oi Arth, na verdade a revista da Liga, depois dos Novos 52, deixou de ser carro-chefe. Agora é a do Superman que tomou esse lugar. Abraços! =)

      Curtir

    2. acho que é de conhecimento público que a HQ da Liga do Renascimento não esta indo bem com os roteiros de Bryan Hitch, isto se reflete nas vendas.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s