Mês: agosto 2017

A “Ameaça” Feminina e Feminista aos Quadrinhos de Super-Heróis

Você já deve ter ouvido muita gente falar que os quadrinhos estão sofrendo interferência de uma ditadura feminazi e, por isso, tantas heroínas estão ganhando destaque. Por causa disso, segundo eles, agora as pessoas estão discutindo a dignidade feminina. E isso, segundo eles, é ruim. Eles não dizem porque, mas eu imagino que seja porque a dominação feminina é ruim. E esses homens se vêem ameaçados pelas mulheres. Bem, vamos falar um pouco sobre isso.

Melhores e Piores Leituras de Agosto de 2017

É, mergulhadores, está complicado atualizar esse nosso espaço de discussão. Mas, na medida do possível eu vou colocando algumas coisas aqui para a gente manter contato. Esse mês, como você podem ver, não tive tempo de fazer muitas leituras de quadrinhos. Mais uma vez os livros teóricos do mestrado foram privilegiados. Mas isso não impede de termos algumas minirresenhinhas. Vamos a elas!

O Que Faz de Um Colecionador Um Colecionador?

Esses dias eu estava pensando: “mas afinal, o que define um colecionador de quadrinhos”? Será o número de revistas que ele tem? Será a regularidade com que adquire um ítem novo? Será que é o esmero com que ele preserva a sua coleção? Pensei, pensei, e não consegui definir. Então, claro que fui pesquisar teorias e definições sobre colecionismo. Se você tá a fim de saber o que encontrei, recomendo que leia esse texto.

1972: O Ano do Start dos Quadrinhos Autobiográficos

Se 1986 foi o ano que alavancou os quadrinhos mainstream dos Estados Unidos para um outro patamar com a publicação de Watchmen e Cavaleiro das Trevas, com certeza sem o anos de 1972 isso não teria acontecido. 1972 foi o ano em que os quadrinhos undergrounds americanos encontraram um caminho que viria a fazer eco ainda hoje: a verve autobiográfica. Vamos saber um pouco mais porque esse ano foi tão importante.

MUITOS Destaques do Checklist Marvel /Panini Comics Para Agosto de 2017

Olá mergulhadores! Essas águas andam pouco movimentadas, não é mesmo? Bem, desculpem, muitos afazeres que me impedem de atualizar o blog tanto quanto eu gostaria. Dessa vez, trago para vocês os MUITOS destaques do checklist da Marvel Comics pela Panini em Agosto. Tem muita coisa acontecendo nas mensais e muitos especiais vindo aí! Chequem abaixo!

Super-Heróis e o Mito da Violência Redentora

Não podemos negar que as histórias de super-heróis estão recheadas de violência. Aliás, é praticamente impossível encontrar uma história de super-herói em que não haja uma luta – como num tipo de regra de ouro da indústria. De uma forma, ou de outra, os super-heróis acabam sempre resolvendo suas questões com a troca de socos e sopapos. Essa forma de acabar com os problemas é chamado pelos estudiosos de Mito da Violência Redentora e é sobre ele que vamos falar mais a partir de agora.

Melhores e Piores Leituras de Julho de 2017

Vocês devem ter reparado que o blog está às moscas, né? Bem, várias pequenas revoluções estão acontecendo na minha vida e tomando o meu tempo. Tanto é que não tivemos nem dez posts este mês. Então, tentei continuar lendo no meu ritmo possível e o que saiu foi isso que você vêem abaixo: MELHORES NOITE LUZ, DE MARCELO D’SALETE Em maio o Marcelo esteve aqui em Porto Alegre para participar do FestiPOA Literária. Na ocasião, em que peguei seu autógrafo em seus outros trabalhos, eu percebi que não tinha o Noite Luz. Era o único trabalho dele que não tinha e também foi o primeiro, ainda publicado pela extinta editora Via Lettera. Um outro trabalho de Marcelo que dá voz aos marginalizados da sociedade, os negros, pobres e de comunidades suburbanas. Várias histórias mostrando como o brasileiro tem de produzir “gambiarras” para se sustentar na vida e lidar com as demais adversidades que aparecem nos seus caminhos. Segue uma linha parecida com o Encruzilhada, trazendo diversas histórias que apresentam várias situações desse tipo de personagem. …