O Superman Chinês. O Novo Super-Man: Fabricado na China, de Gene Luen Yang e Victor Bogdanovic

Como parte da iniciativa Renascimento DC, a editora das lendas resolveu testar novos super-heróis no mercado e também de ampliar a linha de revistas do Superman, que vinha sofrendo de baixas vendas. Uma dessas revistas foi O Novo Super-Man, que traz como protagonista Kong Kenan, o Superman da China, numa tentativa da DC Comics apostar em mercados internacionais. O que poderia parecer somente mais uma jogada de marketing é um quadrinho divertido e envolvente. Vamos à resenha!

NSmchinesGene Luen Yang é um escritor premiado e polêmico. Ganhou destaque com sua graphic novel autobiográfica O Chinês Americano, que ganhou muitos prêmios dentro e fora do âmbito dos quadrinhos. A Graphic Novel tratava do fato de Gene não se encontrar nem como o estereótipo de chinês e nem como o estereótipo de americano. Por causa dessa Graphic Novel, Gene foi chamado para assumir a revista do Superman depois que Geoff Johns deixou o título da Iniciativa Novos 52. E aí veio a polêmica. Nos seus arcos, Gene fez com que Lois Lane publicasse uma manchete em que denunciava a identidade secreta do Superman. Nessa história, o Superman também perde seus poderes e fica à deriva da sociedade.

NSMEssas histórias não foram bem recebidas pelo público, o que acabou culminando na morte daquela versão do Superman. Mas a editora tinha outros planos para Gene e o chamou para criar uma versão chinesa do herói, já que ele poderia servir como uma ponte entre essas duas culturas. O resultado foi O Novo Super-Man, cuja origem se dá quando a reação de Kong Kenan contra um supervilão chinês é transmitida nas redes sociais. Dessa forma, ele acaba sendo escolhido pelo Ministério da Autoconfiança e seus poderes acabam ativados por uma máquina que guarda os restos mortais do Superman dos Novos 52.,

No processo de conhecimento de seus poderes, além de contar com a coordenação da Doutora Presságio e de MingMing, Kenan passa a fazer parte da Liga da Justiça da China, uma versão que faz contraponto a Os Dez Gloriosos. Bat-Man e a Mulher-Maravilha da China são encarregados de treinar Kenan, mas não sem antes ele se meter em diversas complicações e confusões.

NSMbatww

Em meio a tudo isso, muitas reviravoltas acabam acontecendo devido ao passado de Kenan e do surgimento de super-heróis na China e é isso que torna a história tão atrativa. O arco de crescimento do personagem, de um cara sem sentido na vida e arruaceiro para alguém com um propósito e valores, bem na vibe do Superman americano.

NSMleague

Se por um lado, a revista não passa muito os costumes chineses para os leitores, por outro ela consegue sintetizar bem os valores dos super-heróis americanos com a tríplice “verdade, justiça e democracia”, dos misteriosos heróis/vilões Combatentes Chineses da Liberdade, comandados pelo Grande Dragão Voador. A equipe criativa entrega uma ótima história, que não faz muita diferença se o herói é chinês ou não. Basta agora tentar saber se ela vai cumprir o intuito da DC Comics de abrir as portas do mercado Chinês para que seus quadrinhos de heróis seja maciçamente vendidos na ex-país comunista.

NSMcapa1

Anúncios

2 comentários sobre “O Superman Chinês. O Novo Super-Man: Fabricado na China, de Gene Luen Yang e Victor Bogdanovic

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s