A Leitura de Quadrinhos é Um Vício?

Muita gente diz – provavelmente seus pais e sua esposa/marido – que você é viciado em quadrinhos. Você não consegue parar de comprar e nem de ler, acumulando uma coleção enorme, com revistas saindo por debaixo da porta da frente. Mas será que fazer coleção é saudável ou apenas um vício nefasto? Fui atrás de teorias sobre o vício e aqui está o que eu descobri:

Já falei sobre como colecionar coisas – e quadrinhos, principalmente – faz bem para as pessoas e o que faz de um colecionador um colecionador. Mas o que faz com que uma pessoa seja viciada em alguma coisa? Quando a virtude começa a se tornar um vício?

VICharry

Me deparei com o texto “Amor, Sexo e Outros Vícios”, do sociólogo Anthony Giddens, em seu livro A transformação da intimidade (1993) em que ele discorre sobre pessoas viciadas em sexo. Resolvi puxar as proposições do vício em sexo para os quadrinhos.

  1. O “êxtase”. Aquilo que os indivíduos buscam quando procuram encontrar onde está a energia, seria uma forma de libertação. Quadrinhos possuem uma função catártica, mas afirmar que eles provocam êxtase naqueles que lêem talvez seja um pouco de exagero. Talvez a palavra certa seja empolgação e não êxtase.
  2. A “dependência”. Algo que abranda a ansiedade, mas logo que é suprida, a depressão e a necessidade começam de novo, portanto ela cria um círculo, claro, vicioso. Nem todo mundo é, de alguma forma dependente de quadrinhos. Eles são um bem de consumo supérfluo, mas aqueles que colecionam quadrinhos, gostam de acumular e sentem necessidade de ter cada vez mais quadrinhos.
  3. O momento de “sair do ar”. Seria o escapismo, um elemento muito próprio do entretenimento, que faz com que as pessoas vivenciem outra realidade que não é aquela em que estão inseridos. Esse não é um ato exclusivo daqueles que colecionam quadrinhos, mas também daqueles que colecionam romances, blu-rays e até artes plásticas e fotografia. Aliás, a “saída do ar” é um elemento característico de todas as formas de arte.

    VICcomic

  4. O “afastamento do eu”. O vício faz com que as pessoas se esqueçam de si mesmas e da derrota e falta de sentido que existe em suas vidas. Realmente, quadrinhos de super-heróis, biográficos e autobiográficos possuem essa força de colocar o leitor no sapato do outro e vivenciar sua vida. Mas, por outro lado, eles servem como inspiração de uma forma altruísta.
  5. A vergonha e o remorso por ter praticado o ato vicioso, causando pânico e autodestruição. A não ser que você seja perseguido por bullying na escola ou no trabalho, não tem por que sentir vergonha em ler um quadrinho.
  6. A experiência do vício como única, porque “nada mais funciona”. Aqui encontramos, talvez, a característica primária do vício. Se a pessoa só lê quadrinhos e não faz mais nada da sua vida, bem, aí com certeza ela estará viciada.
  7. Podem seguir por dois caminhos: a liberação ou a contenção. A leitura dos quadrinhos podem levar o indivíduo a consumir outras formas de arte, ou então, mantê-lo para sempre no casulo da arte sequencial, de onde, no máximo poderá virar um traça,mas nunca uma borboleta.

VICward

Esses pressupostos, retirados das páginas 85 e 86 do livro de Giddens, mostram que, se levados com parcimônia, os quadrinhos não são um vício. O vício apenas se constitui quando acaba por atrapalhar a vida daquele que mantém tal hábito. Então, fiquem tranquilos, que ninguém vai precisar ir ao rehab para se desintoxicar de quadrinhos. Eu espero…

 

Anúncios
Categorias: Tags: ,

3 Comments

  1. Eu sou seletivo demais. Me preocupo com o espaço e procuro resistir as tentações. Até porque, devo já ter dito antes, não compro mais mensais há uns 17 anos. Já comprei gibis perdidos em sebos, mas não a ponto de querer gastar desesperadamente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s