Mês: janeiro 2018

Panini Comics Brasil: Uma Relação de Amor e Ódio

O aumento de quase 50% do preço de capa de algumas publicações da Panini Comics Brasil que vem se deflagrando desde o final do ano passado, está causando revolta e brigas nas redes sociais. Entretanto, eu não vim aqui insistir nessa tecla que venho falando de tempos em tempos sobre os problemas de transparência, comunicação e marketing da empresa Panini Comics Brasil. Dessa vez eu vou estudar o caso da empresa através do livro Lovemarks, de Kevin Roberts, e como uma relação transparente e baseada no respeito ao consumidor pode ser válida para as editoras de quadrinhos, principalmente nossa querida multinacional monopolizadora Panini Comics.

MUITOS Mini-Reviews de Quadrinhos Para Janeiro de 2018

Hey, hey, hey, mergulhadores! Como estão as férias? (para quem tem o luxo de ter férias, claro!) Aqui do meu lado, tomei um fartão de mestrado e resolvi ler bem mais quadrinhos do que livros, então esse mês vocês vão acompanhar, como dizem, “uma caralhada” de mini-reviews aqui no blog. Afinal, eu também mereço curtir férias e, como não vou viajar pra praia como todo mundo, nada melhor do que ficar num oásis de ar condicionado e ler coisinhas boas (ou nem tão boas). TEMOS 20 REVIEWS ESSE MÊS! Bem, dizendo isso, me despeço e deixo vocês com as resenhinhas. Espero que sirvam para alguma coisa pra vocês!

Saia Justa: O Feminino, o Feminismo e o Femismo nos Quadrinhos de Heróis

Por décadas, os criadores de quadrinhos de super-heróis presumiram que o público de suas histórias era predominantemente masculino. Houve muitas heroínas durante a história dos comics, mas a maioria tinha antes o propósito de alimentar as fantasias de garotos adolescentes do que focar o interesse de uma audiência feminina. Poucas delas tinham um título regular de sucesso. Stan Lee se perguntava: “poucas garotas lêem quadrinhos porque eles são voltados para um público masculino ou eles são voltados para um público masculino porque poucas garotas os lêem?”.

A Superwoman de Phil Jimenez: Empolgação e Dores de Cabeça

Eu havia feito um post no blog dizendo que havia adorado as primeiras edições de Superwoman, e que era uma carta de amor aos anos 50, mais precisamente às histórias de Lois Lane. Pois bem, lendo esse encadernado percebi que não. O título é uma homenagem às BOAS histórias do Superman e à sua mitologia, que não vinha sendo bem utilizada desde os Novos 52. Com personagens antigos sendo bem reaproveitados, mostrando que as histórias dos Novos 52 só não eram boas por algum erro de percurso ou de orientação. Li todo o encadernado que a Panini lançou e esse post vai dizer mais coisas pra vocês! Sigam-me os super-homens e as super-mulheres!

Os Bebês Mais Fofinhos dos Quadrinhos de Super-Heróis

Hoje nosso país está em pé de guerra, num julgamento mais comentado que o de OJ Simpson ou do Gavião Arqueiro por ter matado o Hulk. Bem, no meio desse clima de guerra, vim trazer mensagens de amor. E nada mais amor do que filhotinhos, e filhotinhos de humanos, ainda mais! Então pegue o seu babeiro, mamadeira e chupeta, que nós vamos te embalar no bercinho e cantar cantigas de ninar com os bebês mais fofinhos dos quadrinhos. BABALITY!

Afinal, os Super-Heróis São Guerreiros da Justiça Social (SJWs) ou Não?

Essa semana os tweets do desenhista de Thunderbolts e Cable, Jon Malin deram o que falar na internet. Ele comparava os X-Men a Judeus e os SJW (Social Justice Warriors, ou em português, Guerreiros da Justiça Social) aos nazistas. Acho que alguém andou perdendo muitas aulas de História para jogar videogame. Comparações históricas como essa, só fazem envergonhar a classe dos desenhistas de quadrinhos, como as declarações de Ethan Van Sciver, ardoroso apoiador de Trump. Mas será que, pensando bem, não são todos os super-heróis SJW? Até mesmo gente como o Batman e o Justiceiro? Vamos discutir isso nesse post.

Quem é o Lúcifer da Série de TV e dos Quadrinhos?

A série Lúcifer estreou ano passado no Brasil pelo canal à cabo Universal Channel. Mas o que poucos sabem é que ela trata de uma adaptação de uma série de quadrinhos. O personagem foi criado por Neil Gaiman, para sua série em quadrinhos Sandman, baseado no anjo Lúcifer da lenda cristã. Anos mais tarde ele ganhou uma série solo de quadrinhos que durou mais de setenta edições pelo selo adulto Vertigo. Neste post vou falar mais sobre o personagem dos quadrinhos, compará-lo com o da série e explicar porque a série corre o risco de cancelamento, embora tenha se tornado muito popular aqui no Brasil e fora dele.

O Que Faz Um Bom Quadrinho?

Volta e meia surge uma discussão, seja entre amigos, entre leitores, nas redes sociais, sobre que conjunto de elementos fazem um bom quadrinho. Seria usar mais palavras que imagens? Seria usar bem o ritmo? Ou então, será que é por quanto tempo essa HQ dura e nos prende dentro dela. Sempre tive comigo que uma leitura valiosa seria aquela de nos transformar, de mudar nosso pensamento, de abalar nossas certezas, de nos despedaçar para nos reconstruir de novo. Mas eu não tinha minha certeza. Então fui pesquisar o que grandes nomes falam sobre grandes leituras. E o resultado está aqui.

Saiba Mais Sobre o Casamento (e a Separação) Entre Pantera Negra e Tempestade

Amigos mergulhadores, o filme do Pantera Negra está chegando nos cinemas e leitores, curiosos e cinéfilos estão querendo saber mais sobre o personagem. Uma curiosidade sobre ele é que foi casado com a integrante dos X-Men e Rainha dos Ventos, Tempestade. Entretanto, o enlace dos dois não durou muito tempo. Nem no tempo dos leitores e nem no tempo dos personagens, porque a união, todos podiam ver, era forçada e não fazia jus nem à personalidade e nem à cronologia dos personagens. Neste post vou falar um pouco mais sobre esse matrimônio e suas consequências.

Poucos Lançamentos Marvel / Panini Comics Para Janeiro de 2018

Janeiro está aqui e todo mundo está na praia! Menos eu! Oba! (também nem queria mesmo…) O fato que nos interessa aqui é que janeiro vem com poucos destaques na linha da Marvel. A Guerra Civil 2 está se aproximando do seu final, e logo mais novos títulos devem mexer com os mixes da Panini, ao passo que outros se encerram. Enquanto isso não acontece, vim mostrar pra vocês os poucos destaques de janeiro. Se prepare para o mergulho!

Quem Ganha Com a Briga Entre Pessoas a Favor e Contra a Diversidade ?

Quando a discussão da representação da diversidade vem à tona, a sociedade se divide. Progressistas são a favor. Conservadores são contra. Os dois ficam se digladiando de montão na internet e nos espaços sociais e os dois lados saem combalidos. Mas vale perguntar: quem lucra com essa discórdia? A resposta é fácil. São as empresas que se fazem de boazinhas ao representar as minorias. Elas se aproveitam de um momento de abertura da sociedade e do progresso social dos indivíduos estigmatizados e lucram com toda e qualquer polêmica sobre seus produtos. E é sobre isso que vamos falar: nem Marvel, nem Disney, nem Warner, nem DC Comics são essa Coca-Cola toda da Pabllo Vittar. E muito menos a Coca-Cola é inofensiva e boazinha para ninguém. Tolinhos.

Quem é Quem no Filme do Pantera Negra?

É, queridos mergulhadores! O filme do Pantera Negra está com tudo e não está prosa (está quadrinhos – ta, dum, tss!). Os ingressos antecipados já estão esgotados nos Estados Unidos. Mas vamos dizer que os personagens da mitologia do Pantera Negra não são muito conhecidos do público em geral, como são de outros super-heróis. Mas não se desespere! A gente salva a sua vida em Wakanda, dizendo quem é que no filme do maior super-herói negro de todos os tempos.

O Design dos Super-Heróis: Identidade, Cores e Uniformes

Descubra como o design de um personagem pode auxiliar a maneira como uma história é contada e como ele pode reforçar sentimentos e qualidades de suas identidades. Saiba por que identidade pessoal e identidade visual não estão ligadas. Entenda por que a identificação visual de um personagem é importante e como isso faz com que seu direcionamento na história se torne mais claro. Veja como os símbolos e as histórias que eles contam e que contam sobre eles possuem um poder imenso sobre nós.

[Retrospectiva HQ] As 15 Notícias Mais Impactantes dos Quadrinhos em 2017

Sim! Esse é um blog de análises e opinião e não um site de notícias. Mas que elas têm impacto na forma como encaramos essa “indústria vital”, ah elas tem. Por isso decidimos ranquear as notícias de maior impacto nos corações e mentes dos leitores de quadrinhos neste ano de 2017. Selecionamos algumas notícias, 15 para ser exato. Claro, é uma lista e, como todas elas, são subjetivas. Certo que muita coisa ficará de fora. Veja se a sua notícia preferida entrou na nossa seleção:

A HQ de Diversidade Que Resolveu os Problemas do Mercado e Permitiu A Criação da Vertigo

Estamos encarando um sério problema com a Marvel. Ela está em cima do muro, ela não sabe mais a quem agradar. Um problema semelhante ao que ocorreu com o Santander e a exposição QueerMuseu. Ora, a Marvel apoia os conservadores, ora, apoia os liberais. Dessa maneira, assim como o Santander, todos vão parar de comprar suas revistas ou, no caso do banco, de ter conta, por causa de forças ideológicas. Mas o que eu quis trazer com este post não é pra levantar mais discussão de o que vende mais e/ou do que vende menos. É para aprender com a História com H maiúsculo. A Marvel já passou por problemas com revistas canceladas e diversidade. E como ela resolveu? Bem, você vai saber lendo isso aqui.

Gambit Poderia Ter Sido Bissexual. Que Tal?

Hoje fomos relembrados no site CBR sobre a última série-solo de Gambit nos quadrinhos. Uma revista desenhada por um dos principais artistas das beldades masculinas, que é Clay Mann. A revista era escrita por James Asmus na época e é inédita no Brasil. Um dos pitchings da série seria explorar a sexualidade de Gambit, mostrando que ele poderia ser bissexual. Entretanto a Marvel negou esse desenrolar. Vamos saber um pouco mais sobre Gambit, sobre bissexualidade e esse caso em particular. Basta ler o post!

Os Melhores Romances Que Li em 2017

Ahá, mergulhadores! Eu disse que teria um surpresinha sobre os Melhores do Ano esse ano. Me ferrei nas leituras de livros neste ano do mestrado, mas também consegui ler uns romances e posso indicar os melhores que li para vocês. Quem gosta de ficção literária vai gostar dessa iniciativa. Quem não gosta… bem, não posso fazer nada. Não sabem o que perdem. Então, começamos a lista!

Alguns Destaques do Checklist da DC Comics /Panini Comics Para Janeiro de 2018

Olá, queridos mergulhadores! Começaram o ano com o pé direito? Eu não sei vocês, mas estou muito feliz de trazer esse destaques do checklist porque uma série de uma personagem que eu adoro está começando. E por outro lado, outra série que eu adoro está acabando, cumprindo o seu ciclo. Tá curioso pra saber quais são. Bem, então acessa aí e descobre!