Saiba Mais Sobre o Casamento (e a Separação) Entre Pantera Negra e Tempestade

Amigos mergulhadores, o filme do Pantera Negra está chegando nos cinemas e leitores, curiosos e cinéfilos estão querendo saber mais sobre o personagem. Uma curiosidade sobre ele é que foi casado com a integrante dos X-Men e Rainha dos Ventos, Tempestade. Entretanto, o enlace dos dois não durou muito tempo. Nem no tempo dos leitores e nem no tempo dos personagens, porque a união, todos podiam ver, era forçada e não fazia jus nem à personalidade e nem à cronologia dos personagens. Neste post vou falar um pouco mais sobre esse matrimônio e suas consequências.

O primeiro encontro entre Pantera Negra e Tempestade se deu na adolescência dos dois e foi publicado retroativamente pela Marvel em Marvel Team-Up #100 (publicada no Brasil em Superaventuras Marvel #32, de 1985). Em 2006, essa história foi alterada e expandida para caber na minissérie Tempestade (Storm, publicada no Brasil em Marvel Especial#2, da Panini Comics, em 2007). A história da minissérie servia como um prelúdio para o casamento dos dois personagens e, se era assim, me faz questionar por que o título era só Tempestade e não Tempestade e Pantera Negra. Seria porque relacionamentos e casamentos são uma coisa estritamente feminina para a Marvel?

stormpantherfirst
Marvel Team-Up #100 (dezembro de 1980): o priemeiro encontro de Tempestade e Pantera Negra, escrito por Chris Claremont e desenhado por John Byrne.

A história é a seguinte: durante sua peregrinação pela África, Tempestade vai parar no campo de crianças-ladras do Instrutor, um amigo de Achmed el-Gibar, o professor de Tempestade nas artes da punga e de arrombamento de fechaduras. Depois de quase ser pega por roubar uma câmera fotográfica que lembrava do seu pai, que era jornalista fotográfico, Ororo Monroe, invoca um vento para carregá-la e escapar dos perseguidores. Ao passo que um prêmio é colocado por ela. Quando é acertada por um dardo tranquilizante, é salva por T’Challa, que viajava para fora de seu país como parte de sua formação como Pantera Negra. Levada de volta para o campo do Instrutor, os dois se apaixonam e não param mais de conversar. Semanas depois, trocam beijos e fazem amor pela primeira vez.

stormblackpanthermarriage1
“O que eu poderia roubar de você?” “Meu coração, T’Challa, meu coração”. Gente, isso sim que é diálogo ruim.

A vingança do dono da câmera vem quando O Touro, um homem humilhado pelo pai de T’Challa, mata o Instrutor e destrói seu campo de crianças ladras. Tudo isso enquanto nossos dois heróis fazem amor na selva. Ororo, então é capturada e levada dentro de um caixão de vibranium num helicóptero. Devido a sua claustrofobia (ativada quando foi a única sobrevivente do desastre que matou e enterrou vivos seus pais), os poderes de Ororo fizeram o helicóptero bater e, assim, se libertou, salvando a ela e T’Challa da queda por causa da corrente de vento. Entretanto, o caminho dos dois se bifurcou, mesmo tendo passado meses juntos, devido aos deveres de T’Challa com Wakanda e o sonho de Tempestade de salvar o Quênia da fome e da seca, onde era adorada como deusa dos ventos e das chuvas.

stormblackpanthermarriage2
Fazer amor de madrugada! Em cima da canga, embaixo da árvore!

A grande reaproximação de Tempestade e Pantera Negra se deu a partir de 2005, quando o Pantera tinha (no nosso mundo) recebido seu terceiro título-solo pelas mãos de Reginald Hudlin, que foi o cara que fez todo o lobby para que o casamento dos dois acontecesse. No Brasil, essas histórias do Pantera Negra começaram a ser publicadas no título Demolidor e as demais, incluindo o fatídico casamente, foram publicados no  título Marvel Action.

stormblackpanthermarriage3
Sim, sim, sim! Esse amor é tão profundo (como um pires), eu vou gritar pra todo mundo!

Hudlin, em minha opinião, apesar de manter o título vendendo por um bom tempo, fazia um Pantera Negra detestável, que precisava se afirmar todo o momento, o que denota uma fraqueza imensa de T’Challa. Ele não era o monarca da maior nação e mais rico país africano? Alguém assim não precisa ficar passando carteiraço o tempo todo e mesmo quando ninguém estava vendo – mas o leitor sim – ele precisava dizer que era fodão. E realmente ODEIO o Pantera de Hudlin, sem falar que os enredos são muito ruins, fora o primeiro arco Quem é o Pantera Negra?, que é interessante e legal. E não tem o Pantera Negra se achando o máximo o tempo todo.

stormblackpanthermarriage4
Tambores e repiques a soar, na magia desse dia de festa, é pra levantar poeira, solte o corpo, Salvador, ficar parado é bobeira!

O que a fase de Hudlin fez de diferente das fases anteriores do Pantera, mesmo a cultuada fase de Christopher Priest, que é inédita no Brasil,foi transformar a revista um panteão de heróis negros. Como na história em que ele se une à Monica Rambeau, Doutor Vodu e Luke Cage para lidar com a passagem do furacão Katrina por Nova Orleans. Por isso, a revista era bem quista pelos leitores e, principalmente os leitores negros. Assim, a Marvel e Hudlin viram que tinham carta branca para casar seus principais heróis negros, mesmo que desde a década de 80 eles não trocavam uma palavra. Isso começou a acontecer num crossover entre as revistas X-Men e Black Panther, chamado Reino Selvagem (no Brasil, publicado em X-Men #60, da Panini), com dois números de cada título original.

wildkingdom
“Reino Selvagem”, mais uma produção Marvel mostrando como vocês, pessoas do Terceiro Mundo, são atrasados e se parecem com animais. Parabéns aos envolvidos!

Neste crossover, escrito por Reginald Hudlin e Peter Milligan e desenhado por Salvador Larroca e David Yardin, animais mutantes se tornam políticos no país de Niganda, vizinho a Wakanda. Tempestade se une à equipe de Destrutor para investigar o ocorrido. No meio de uma guerra civil, Tempestade retoma seu papel como deusa dos ventos e das chuvas para intimidar o povo e buscar a reconciliação, ao mesmo tempo em que encontra T’Challa. Isso a faz se reconectar com a África e T’Challa lhe oferece passar um tempo em Wakanda. Ela não o faz, mas resolve passar um tempo peregrinando pela África. Numa dessas paradas, ajuda o mutante Wakandano, Gentil (Nezhno) a fazer sua adaptação para a Escola Xavier. Para mim, esse crossover é um dos piores que os X-Men já se meteram. Pois vejam: mutantes animais na África. Baita conceito ruim, hein? Não fica longe da ideia americana de que no Brasil só existe selva e animais. Leão, até, se bobear. Tempestade, assim como o Pantera, precisa se impor e apelar à agressividade para ser respeitada. Uma ideia bastante errada da população negra, estou certo, não é?

stormweddingdress
Croqui do vestido de Tempestade pelo figurinista Shawn Dudley

De repente, não mais que de repente, Tempestade é surpreendida pela proposta de T’Challa para que Ororo Munroe se casasse com ele. Depois de muito pensar, ela acaba aceitando. O casamento dos dois acontece durante um cessar-fogo bem no meio da primeira Guerra Civil dos Super-heróis, fazendo o Capitão América, o Homem de Ferro e seus aliados tendo de conviver no mesmo espaço ao mesmo tempo. O vestido de casamento de Tempestade foi exclusivamente desenhado pelo figurinista de cinema Shawn Dudley, que fez figurinos para filmes como Elizabeth: A Era de Ouro. Sue Storm, a Mulher-Invisível do Quarteto Fantástico, foi a madrinha do casamento e Kitty Pryde foi a dama de honra. Durante a cerimônia, Tempestade passou por uma provação através da deusa-pantera, Bast, que concordou com a união.

 

stormpantherweddingcapa
Bishop! Eu disse pra você não ir no casamento com conjuntivite! Vai passar pra todo mundo!

Depois da Guerra Civil, Pantera Negra e Tempestade passaram a fazer parte do Quarteto Fantástico, ao lado do Coisa e do Tocha Humana, enquanto o Senhor Fantástico e a Mulher-Invisível tentava se reconciliar após seu conflito durante a Guerra. Durante todo esse tempo, Tempestade se manteve ao lado do Pantera Negra e longe dos X-Men, para a decepção dos fãs dos mutantes. Foi quando Shuri se tornou a regente de Wakanda e Pantera Negra oficial, que Tempestade passou a voltar aos poucos a fazer parte das missões dos X-Men. Durante esse tempo, Tempestade fundou uma nova equipe de X-Men, uma revista que era escrita por Brian Wood e o Pantera Negra foi substituir o Demolidor como defensor da Cozinha do Inferno.

storm63
Todo mundo peladão com uma panterona! #inesbrasilfeelings

Depois do Cisma dos X-Men, Tempestade foi colocada contra a parede por Ciclope para que escolhesse entre a equipe mutante e Wakanda. O que deixou Tempestade com o coração na mão. Mas foi durante o crossover Vingadores versus X-Men que tudo degringolou. Tempestade, que recentemente havia se tornado uma Vingadora, agora estava ao lado dos X-Men e precisou confrontar fisicamente T’Challa durante o confronto. O casamento já abalado, desmoronou nesse campo de batalha, já que a Pantera Negra desencadeou contra-medidas especificamente projetadas para neutralizar sua esposa em combate. Ao perceber o que acontecia, Ororo atacou T’Challa por sua teimosia, seus segredos, a distância que ele insistia em manter entre eles, tudo. A luta seguiu no mano-a-mano, e Tempestade apenas parou quando so X-Men seguiram para outro campo de batalha. Por fim, Ororo deixou seu anel de casamento na terra quando todos partiram de Wakanda

storm80
T’Challa, seu macho porco chauvinista! Tempestade, sua mulher gata chuvanista!

Quando a poeira do conflito baixou, Tempestade foi conversar novamente com o Pantera Negra. Quando se aproximou de T’Challa para expor suas opiniões, o Pantera Negra rejeitou fortemente a oferta de Tempestade para ajudar na restauração de Wakanda. Ele informou Ororo Munroe de que seu casamento havia sido anulado por ordem do sumo sacerdote da religião da Pantera… ELE MESMO. As ações de Namor – que afundou mais de um terço do país africano – foram consideradas uma declaração de guerra pela Atlântida e Utopia – a ilha-nação dos mutantes -, e os X-Men não eram mais bem-vindos em Wakanda. A antiga rainha de Wakanda era agora oficialmente inimiga do estado, e poderia ser alvejada por qualquer cidadão do país, sem constituir num crime.

stormblackpanthermarriage8
E você reclamando do término do seu relacionamento… Sabe de nada inocente!

Ororo estava experimentando uma série de rápidas mudanças em sua vida: a anulação de seu casamento, a queda de Utopia e seu retorno a Westchester. Ela também foi nomeada como diretora da Escola Jean Grey no lugar de Kitty depois que esta última se demitiu para instruir pessoalmente os cinco X-Men originais, que foram trazidos do passado para o futuro por Hank McCoy, o Fera, em uma tentativa desesperada de mudar o caminho da revolução de Ciclope. Para homenagear este novo capítulo em sua vida, Tempestade voltou ao seu penteado anterior, um moicano selvagem, além de começar uma “amizade colorida” com seu co-diretor, Wolverine. Quando avisou o Pantera Negra de seu novo relacionamento, T’Challa deixou Tempestade com a mensagem “Todos, menos ele”.

stormblackpanthermarriage11
Primeiro, o cara se faz de gostosão e acaba o relacionamento num escândalo causativo. Depois, quer impor condições para os próximos relacionamentos da sua ex. Onde é que já vimos isso antes, mesmo?

E essa foi a história autorizada do rápido e rasteiro casamento de Tempestade e Pantera Negra. E, embora para nós tenha durado seis anos e um mês, nos quadrinhos durou apenas quatro meses. Realmente algo digno de se arregalar as sobrancelhas tanto no mundo dos leitores quanto no mundo fictício dos super-heróis. Isso só prova que forçar personagens que não possuem uma vasta tradição de histórias que sublinham e explicitam seu amor e cumplicidade um com o outro pode ser um fracasso.

stormblackpanthermarriage14
Voltando para o Moicano! Issaê!

Esse mês, a Marvel anunciou outro “Casamento do Século”, o de Piotr Rasputin, o Colossus, e Kitty Pryde, a Lince Negra. Esse, entretanto, com uma enorme tradição e momentos “ownnn” entre os dois. mas, para falar a verdade, casamentos de heróis estão me cansando. São sempre chatos e triviais. Está na hora de alguém mudar isso. Será que vai ser o casamento destes dois mutantes? Ou ainda, o aguardado casamento do Batman com a Mulher-Gato na DC Comics? Só a História dos Quadrinhos poderá legislar!

Anúncios

7 Comments

  1. Muito legal a retrospectiva, só acho que poderia parar de forçar a barra com questionamentos bobos pra ganhar likes do tipo: “Seria porque relacionamentos e casamentos são uma coisa estritamente feminina para a Marvel?”.

    Curtir

    1. Hehehe! Valeu! Mas será que é um questionamento bobo? Por que pra ganhar likes não é, afinal nem todo mundo vai ler o texto inteiro e depois vai dar like. Então deixo este outro questionamento bobo. Será que é forçar a barra? =P Abs!

      Curtir

  2. 1 ano e 6 meses? Foram uns 6 anos, não?

    Vale lembrar que eles tiveram um repeteco na fase dos Novos Vingadores do Hickman, quando Tchalla achou que o mundo fosse acabar. Eles reafirmaram o sentimento um pelo outro, mas decidiram seguir cada um seu caminho.

    Curtir

  3. Não tinha me ligado muito nessa lenga-lenga do casório da Ororo com o Pantera. Só sabia que aconteceu, mas nem fazia ideia de como oi esse divórcio.
    Ah, também gosto do penteado moicano dela. :3

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s