Mês: abril 2018

Melhores e Piores Leituras de Abril de 2018

Abril está acabando! Então é hora de trazermos para vocês o que trazemos todos os meses: nossa listinha de melhores e piores leituras do mês! E olha só, esse mês temos mais de quinze mini resenhas dos mais diversos tipos de quadrinhos. Tem quadrinhos europeus, indie, de super-heróis, tem fumetti, tem para todos os gostos. Então afivela teu cinto de segurança nesse submarino e vamos mergulhar!

Onde Vivem os Monstros: Quadrinhos de Monstros da Marvel nos Anos 70

Caso você não saiba, a Marvel Comics atual se originou da editora Atlas Comics, cujo produto original eram revistas de monstros gigantes no melhor estilo Godzilla. Foi numa dessas revistas que se originou Groot, por exemplo. Entretanto, com as leis do Código de Quadrinhos dos anos 50, esse tipo de publicação ficou no limbo, até poder retornar à toda nos anos 70, quando as condições de conteúdo publicado foram afrouxadas. Hoje nós vamos falar sobre alguns desses títulos de monstro gigantes que a Marvel resolveu lançar nos anos 70.

Bem-Vindo à São Francisco, o Lar Temporário Favorito dos Heróis Marvel

Sim, eu sei que você sabe que a cidade de Nova York é a principal cidade do Universo Marvel. É lá que estão o Edifício Baxter, do Quarteto Fantásticos e a Mansão dos Vingadores. Também é lá que está sediado o Clarim Diário e muitos outros cenários das revistas da Marvel. Mas a verdade é que São Francisco também costuma ser um cenário  frequente nas revistas dos heróis da Casa das Ideias. A cidade da Golden Gate, a cidade do bairro Castro, internacionalmente conhecido como o bairro mais gay do mundo, os bondes e as ladeiras, todos estão lá. Então fizemos uma lista de momento e heróis da Marvel que viveram em São Francisco por um bom tempo.

Quem São os Personagens da “X-Force” de Deadpool 2?

Depois de Vingadores: Guerra Infinita que estreia essa semana, o próximo filme da Marvel a sair nas telonas será Deadpool 2. Esse filme conta com nada mais nada menos do que a estréia da equipe da X-Force, que nos quadrinhos foi fundada por Cable. Mas no filme do Mercenário Tagarela, ela será fundada por ele mesmo, Deadpool Mello! E para perseguir Cable para impedir que ele mate um garoto mutante que pode alterar o futuro do planeta! Bem, vamos então, explicar alguns dos personagens dessa X-Force dos cinemas?

Destaques do Checklist Mythos Editora Para Abril de 2018

Olá mergulhadores! Chegamos com mais uma sessão de checklist. Dessa vez é o da Mythos Editora que continua apostando no retorno de novos títulos de fumetti para a sua linha, bem como em materiais alternativos de autores consagrados e a nata do quadrinho europeu. Tudo isso nos costumeiros formatos luxuosos. Bem, sem mais enrolação, convido a darem uma olhada nos destaques da editora para este mês de abril. ORKS, DE NICOLAS TACKIAN E NICOLAS GUENET A Mythos dá continuidade na linha de álbuns que dá destaque para raças mitológicas da alta fantasia. O álbum da vez, da dupla de Nicolas, é Orks, encarando a raça bárbara de homens e mulheres brutos e desfigurados. Estes orks podem ser violentos e bárbaros, mas também são profundamente ligados ao planeta e à natureza, tentando preservar seus costumes ancestrais. Já os humanos são o grande flagelo do planeta. Expansionistas, conquistadores, escravizam as raças antigas com a ajuda de anões e suas terríveis máquinas de guerra. E a situação piora muito quando as raças ameaçadas (que influem os elfos) entram em um sangrento conflito para definir o destino do mundo! HERÓI NENHUM, …

15 Monstros Clássicos do Terror da Marvel

As revisões do Código de Quadrinhos dos Anos 70 deu a oportunidade para as editoras de super-heróis explorarem o lado sobrenatural de seus universos. Assim, legiões de monstros começaram a infestar principalmente os gibis da Marvel, inspirados em monstros clássicos da literatura e dos cinemas. Fizemos um compilados das 15 criações – ou seriam recriações – mais interessantes da Marvel nesse período sombrio e sobrenatural. Será que o seu preferido está entre eles? Será que você conhece todos esses horrores?

O Aranha de Garth Ennis. Homem-Aranha: Uma Teia Embaraçada, de Garth Ennis, John McCrea, Paul Pope, Brian Azzarello e Outros

Garth Ennis é um escritor de quadrinhos que todo mundo sabe, é avesso aos super-heróis. Ele realmente não gosta deles. Entretanto, de vez em quando ele acaba escrevendo esses personagens. É o caso de Justiceiro, Thor, Nick Fury e, aqui neste post, do Homem-Aranha. Por mais que os resultados saiam de maneira heterodoxa, não é possível dizer que o trabalho de Ennis nos super-heróis seja algo ruim, pelo contrário. Nesse post foi falar um pouco então, sobre o trabalho de Ennis no Aranha, como também falar um pouco sobre a série Tangled Web, que possibilitou essas histórias.

O Título da Gwen-Aranha Chegou ao Fim. Será isso ruim ou bom?

Esta semana a Marvel anunciou que o título da Gwen-Aranha chegaria a “um fim natural”, com a edição de número 34 do seu segundo volume. Escrita por Jason Latour e desenhada na maior parte das edições por Robbie Rodriguez, a Gwen-Aranha também foi criada por eles. Portanto, era de se esperar que chegasse ao fim também por suas mãos. Mas será que o fim da Gwen-Aranha significa que a diversidade falhou ou que o título era ruim mesmo? Bem, é sobre isso que vamos falar neste post.

Dupla Representatividade: Pantera Negra – Mundo de Wakanda Recebe o Prêmio GLAAD

Na metade de abril de 2018 foi anunciado o prêmio GLAAD (Gays and Lesbians Alliance Against Defamation) para a produção de quadrinhos de destaque deste ano. A revista ganhadora foi Black Panther: World of Wakanda, de Roxane Gay e vários outros contribuidores, focando no casal gay formado pela dupla de ex-Dora Milaje, Ayo e Okoye, as atuais Anjos da Meia-Noite. Neste post pretendo discutir como a premiação de uma revista como essa é de suprema importância tanto para movimentos negros, feministas e queers, como para a representatividade dessas parcelas da sociedade, bem como aquela parcela que faz intersecção desses três movimentos. Vamos lá!

Saudades: CD-ROM Universo dos Super-Heróis e a Revista HQ CD

Antes da Internet e antes da Wikipédia, como as pessoas ficavam sabendo sobre os inúmeros super-heróis que existiam nas diversas revistas em quadrinhos? Era bem difícil. Na década de 90, quando começamos, eu e meu irmão, a nos interessarmos por super-heróis, não havia tantas revistas e enciclopédias que falavam da diversidade de super-heróis. Havia sim, a revista Wizard e a revista Herói, mas elas não eram um compilado de diversos heróis, embora trouxessem matérias especiais sobre eles. Então, apareceu nas bancas uma coisa bem peculiar: um CD-Rom, isso mesmo, que trazia uma enciclopédia sobre super-heróis e é sobre ele que vou falar agora nesse post.

Poucos Destaques do Checklist Marvel / Panini Comics Para Abril de 2018

Bem, mergulhadores, este é o mês em que todos os olhos (inclusive o terceiro) dos marvetes estão voltados para o filme Vingadores: Guerra Infinita. Claro que os lançamentos da Panini Comics para este mês estariam relacionados com o Titã Louco, Thanos. Nas revistas mensais não teremos nenhum novidade, a princípio. E temos mais alguns encadernados gatos pingados aqui e ali. Bem, vamos à eles.

Aventura Pelo Sangue Satânico: Carnificina, de Gerry Conway e Mike Perkins

Nunca pensei que um arco do Carnificina iria ser a razão principal de eu comprar uma revista mix, no caso Homem-Aranha: Aranhaverso. Mas a verdade é que Carnificina é uma das melhores séries saindo mensalmente nas bancas brasileiras. Escrita pelo veteraníssimo Gerry Conway e desenhada pelo artista das revistas noir de heróis, Mike Perkins, o título do Carnificina é uma mistura de aventura, suspense, terror e tramas bem elaboradas. Os personagens utilizados na narrativa também são bem utilizados e trabalhados. Essa é minha resenha da série até então e meu convite para que você também a acompanhe.

Com Grandes Poderes de Compra, Vem Grandes Responsabilidades Sociais

Estamos vivendo um tempo em que a política virou um verdadeiro FLA FLU, não existe nenhum número entre 8 ou 80, ou se é isso ou se é aquilo. Isso fala muito sobre a identidade da sociedade que, ao mesmo tempo que incorre em uma ambivalência maior, por outro lado estabelece acirradas fronteiras ideológicas. Essa identidade e essa fronteira também tem a ver com os produtos que consumimos. Veganos vs carnívoros. Orgânicos x transgênicos. Mão de obra escrava versus trabalho digno. Comércio livre versus monopólio corporativista. Essa é a política do consumo, mas também é o consumo da política. E isso afeta aos quadrinhos também, vistos os recentes boicotes à produção da Marvel Comics e da Panini Comics Brasil. E é sobre a política que afeta nossas compra que vou falar a seguir.

Destaques do Checklist DC Comics / Panini Comics Para Abril de 2018

Depois de uma dificuldade técnica e comunicacional da Panini no mês passado, esse Mês os hotsites voltaram a funcionar e, com eles, vieram os checklists. Pelo menos o da DC Comics. Este mês tem novidades para todos os gostos e formatos, dando destaque para a publicação do Superman de Curt Swan e Dennis O’Neil, comemorando os 80 anos do personagem. Sem mais delongas, vamos aos destaques.

A Ascensão dos Monstros Internos – Monstress: Despertar, de Marjorie Liu e Sana Takeda

Marjorie Liu e Sana Takeda já trabalharam juntas na revista da X-23 para a Marvel. A partir dessa experiência e de algumas outras a nível pessoal, resolveram criar o universo e os personagens de Monstress, um quadrinho que foi bastante premiado no ano de seu lançamento, 2016. A Pixel Editora lançou o quadrinho no Brasil ano passado. Depois de lido, eu saí de um mergulho em um universo mágico e sobrenatural como eu nunca vi antes e numa história com fôlego e estofo para ser comparada a outras histórias de alta fantasia como Senhor dos Anéis e Game of Thrones. Gostei tanto desse quadrinho que resolvi dedicar um post no blog só para ele. E é isso que você vai ler a partir de agora.

Os Crossovers de Beavis & Butt-Head com os Personagens da Marvel

Archie versus Justiceiro? X-Men versus Obnóxio, o Palhaço? Looney Tunes versus DC Comics? Inesperado, claro. Mas tem um crossover que ninguém esperava e quase ninguém se lembra, que são as páginas únicas dos encontros de Beavis and Butt-Head, os aloprados personagens da MTV liam e “se encontravam” com os super-heróis da Marvel dos anos 90. Então, minha função é trazer essa cultura inútil, porém deveras divertida para que vocês a aproveitem novamente e deem boas gargalhadas. Acompanhem-me, então para a visão do Universo Marvel dos anos 90 através dos olhos de Beavis and Butt-Head!