O OUTRO Thor de Walter Simonson na Série Ragnarök

Walter Simonson, um dos grandes quadrinistas dos anos 80, foi aquele que cunhou aquela que é considerada a fase de ouro de Thor, o deus do trovão da Marvel nos quadrinhos. Foi durante sua fase que se deu a extensa Saga de Surtur, que o Thor Bill Raio-Beta surgiu e claro, que também foi nela em que Thor foi transformado em sapo. A Mythos Editora lançou dois encadernados da série Ragnarök, que saiu originalmente pela IDW, e traz uma versão desmorta e pós-fim-dos-tempos do Poderoso Thor. Neste post vamos falar mais sobre ela.

O projeto de Ragnarök começou há muito tempo atrás, no final dos anos 90, enquanto a Wildstorm ainda pertencia à Image Comics. Nessa época, o editor Scott Dunbier, ofereceu a Simonson uma edição onde ele poderia trabalhar as mitologias nórdicas da forma como quisesse – afinal, o personagem Thor está em domínio público, pois faz parte do panteão viking. A princípio, Walter recusou a ideia, devido a seu volume de trabalho para outras editoras. Entretanto, a história que havia pensado pára Ragnarök, diz ele, sempre ia e voltava em sua mente enquanto fazia rascunhos de ideias.

RAGthor

O momento propício chegou em 2011, quando Scott estava agora na editora IDW. A IDW naquela época estava arrebanhando várias marcas do cinema e da TV, como Power Rangers, Transformers e Caça-Fantasmas, da mesma forma que a Dark Horse havia feito três décadas anteriormente. A editora estava crescendo e o interesse por Walter Simonson nas editoras mainstream estava caindo. Portanto, o momento de tomar alguma atitude em relação a esse projeto era aquele.Foi por causa de Ragnarök, que Walter Simonson acabou desenhando duas edições do Hulk de Mark Waid em que Thor participa, durante a fase que ficou conhecida como Nova Marvel.

RAGhulk

Ragnarök apresenta um Thor diferente dos outros. Um Thor desmorto que foi confinado a uma cela espacial dentro de um calabouço fendido e cerrado pelo Mjolnir. Aqueles que tocassem o martelo seriam tornados pó instantaneamente. Entretanto, uma assassina elfa negra foi mandada pelo Senhor dos Mortos, o rei das atuais Terras do Crepúsculo pós fim dos tempos, para dar cabo de Thor. Ela consegue penetrar na câmara onde o deus do trovão foi enclausurado, mas acaba sucumbindo a ele em batalha.

Ao mesmo tempo, de sua casa, o marido da elfa negra percebe que sua amada morreu e toma para si a missão de exterminar Thor. Os dois queriam proteger sua filha criança que estava destinada a se tornar uma grande sacerdotisa clarividente. Para que o elfo não falhe como sua mulher, o Senhor dos Mortos confere a ele uma espada que, se desembainhada, só voltará a ser guardada se ferir ou matar aquele cuja intenção de sucumbir ele fora tirada. O elfo negro e sua filha iniciam sua jornada em busca da morte de Thor, mas seus caminhos acabam se entrelaçando de outra forma e precisam, juntos, encerrar domínio do Senhor da Morte, para o bem da criança e de toda a Terra do Crepúsculo.

RAGserpent

Ragnarök mostra que Simonson não perdeu o viço da narrativa nem o afã pela mitologia dos vikings. Seus desenhos, abrilhantados pelas sensacionais cores da premiada Laura Martin captam toda a aridez de um mundo devastado e desolado que são as Terras do Crepúsculo. Portanto, Ragnarök é uma bela homenagem ao Thor da Marvel e das lendas e também uma ótima forma de matar a saudade daquelas histórias épicas dos anos 80.

RAGundead

O segundo volume acaba prometendo mais histórias, mas mais delas não foram lançadas há muito tempo nos Estados Unidos, pela editora IDW onde saiu originalmente. Nesta empreitada Walter Simonson mostra que está atualizado e antenado no novo “pace” – o ritmo da narrativa – dos comics atuais, tanto na sua narrativa visual como nos diálogos que se utiliza. A história, nesse volume, se torna um tanto mais envolvente e chama mais a atenção, já que muitas “lendas” do Ragnarök são contadas nela e envolvem a história de nossos três protagonistas.

A verdade é que se você gostou do que Simonson fez com o Thor nos anos 80, mas deseja ver uma narrativa sua mais atual e mais a ver com o que está sendo hype por aí – como zumbis – provavelmente vai gostar de Ragnarök. Ao mesmo tempo que verdadeiros fãs de Thor e se Simonson não devem perder esses dois encadernados lançados aqui no Brasil pela Editora Mythos.

Anúncios

Um comentário sobre “O OUTRO Thor de Walter Simonson na Série Ragnarök

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s