Os 10 Comics Mais Bem-Avaliados do Guia dos Quadrinhos [Edição 2018]

Além de poder cadastrar e catalogar suas revistas no site Guia dos Quadrinhos, também é possível avaliá-las. Na capa do site encontramos duas listas. Uma das revistas mais colecionadas pelos usuários do site e outra com um ranking das revistas em quadrinhos mais bem avaliadas pelos usuários do Guia dos Quadrinhos. Já havíamos feito um desses rankings em 2015 (que você pode acessar logo abaixo), mas de lá para cá muita coisa mudou. Se passaram três anos e apenas quatro daquelas dez revista continuaram no TOP 10. Vale lembrar que aqui só colocamos comics e não quadrinhos japoneses e europeus. Quer saber quais são essas revistas? Então continue lendo este post.

Link para o ranking feito em 2015 dos 10 Comics mais bem-avaliados do Guia dos Quadrinhos.

TOPsandman3

10) SANDMAN: PRELÚDIO – VOLUME TRÊS

Para vocês verem como as vendas e o hype funciona na cabeça dos leitores, em 2015 era Sandman: Prelúdio – Volume Um que figurava na lista. Mas claro, o belo trabalho de Neil Gaiman e J. G. Jones contando os anos perdidos de Lorde Morpheus merecia uma edição única e não ser cortado em vários volumes. Porém, é o que temos para hoje na décima posição.

TOPburden

9) BEASTS OF BURDEN: RITUAIS ANIMAIS

Outro quadrinho que leva mais o hype nas costas do que qualquer outra coisa. Em nenhuma lista fora do país, Beasts of Burden sequer figurou como grandes coisas, grandes obras, grandes quadrinhos já produzidos. Mas pelo boom que o canal e editora Pipoca & Nanquim fez dessa edição, ela atingiu o notável nono lugar. Para vocês verem, como diz meu amigo Wagner Willian, que a propaganda é a desalma do negócio.

TOPsupers

8) OS MAIORES SUPER-HERÓIS DO MUNDO

Outro fator do hype dessas revistas: a Panini mal relançou Os Maiores Super-Heróis do Mundo e ela já figura em oitavo lugar das revistas mais bem-avaliadas. Convenhamos, embora Paul Dini e Alex Ross tenham feito um bom trabalho em alguns desses álbuns, em outros eles deixam a desejar. E além disso, será que poderíamos considerar essa publicação uma história em quadrinhos?

TOPborn

7) DEMOLIDOR: A QUEDA DE MURDOCK

Finalmente chegamos a um quadrinho que, realmente, costuma constar da lista dos quadrinhos mais queridos produzidos nos Estados Unidos. Essa é história definitiva (talvez?) do Demolidor, feita por Frank Miller e David Mazzucchelli, que conta a derrocada de Matt Murdock pelo Rei do Crime depois de ele pagar a identidade secreta do herói por doses de heroína para sua antiga namorada.

TOPkingdom

6) O REINO DO AMANHÃ: EDIÇÃO DEFINITIVA (ANTES: 10º LUGAR)

O Reino do Amanhã é outra obra de Alex Ross, embora eu considere Marvels muito melhor que esta, Marvels não está nos dez mais. Vale notar que o trabalho de Ross e Mark Waid já havia aparecido na última posição deste TOP 10 em 2015. Ela não apenas se manteve, como subiu quatro posições no ranking.

TOPvendetta

5) V DE VINGANÇA (ANTES: 5º LUGAR)

Quando fizemos essa lista em 2015, o Brasil tinha acabado de sair de um período tumultuado, quando as máscaras de V de Vingança infestavam as ruas. E a Panini? A Panini não tinha um mísero exemplar de V de Vingança para vender, as pessoas recorriam aos importados – para variar. Depois de uns dois anos saíram novas edições e, aqui, nessa mesma quinta posição se manteve firme e forte esse quadrinho atemporal.

TOPheart

4) AO CORAÇÃO DA TEMPESTADE

Will Eisner aqui nesta lista é praticamente um extraterrestre. Já que a lista é dominada por quadrinhos da Vertigo e de super-heróis. Mas é bom saber que o Will velho de guerra (literalmente) ainda aquece alguns corações joviais com suas narrativa semi autobiográficas. Will Eisner figura nessa lista para mostrar que quadrinhos bons não são apenas quadrinhos com colantes e porradas.

Leia uma resenha de Ao Coração da Tempestade, de Will Eisner neste link. 

TOPsandman1

3) SANDMAN: EDIÇÃO DEFINITIVA – VOLUME UM

Vejam que interessante esse fenômeno do hype. Em 2015 a edição de Sandman que figurava na lista era a Definitiva volume quatro, com as histórias Entes Queridos e outros arcos. Agora, por ser a edição mais recente relançada pela Panini, é o volume um que está em evidência e na terceira posição, no pódio! O volume um, com Prelúdios e  Noturnos e A Casa de Bonecas tem muito mais apelo ao terror.

TOPwatchmen

2) WATCHMEN: EDIÇÃO DEFINITIVA (ANTES: 1º LUGAR)

Watchmen estava em primeiro lugar em 2015, outro fator hypístico que estava ao seu favor era um relançamento da segunda reedição da “edição definitiva”. Dessa vez, como faz um certo tempo que a Panini não relança essa maxissérie, as pessoas deram menos valor para Watchmen. Isso deverá mudar de figura quando a Panini lançar mais uma “edição definitiva”.

TOPmaus

1) MAUS (ANTES: 3º LUGAR)

Embasbacantemente temos Maus em primeiro lugar. Talvez a obra-prima mais elogiada dos quadrinhos, uma das poucas a ganhar o Prêmio Pulitzer. Maus estava no terceiro lugar quando verificamos o ranking do Guia dos Quadrinhos em 2015. Por alguma razão que não sei dizer, ele alçou duas colocações no pódio e ganhou a sua mais que merecida medalha de ouro.


É, amigos mergulhadores, acho que está na hora de eu começar a votar nas minhas revistas preferidas lá no Guia dos Quadrinhos. E você? Tem conta lá no Guia? É gratuito e você pode acessar para cadastrar e catalogar suas revistas. Você também pode votar nas suas revistas preferidas e, quem sabe, mudar esse ranking. Acessa lá: www.guiadosquadrinhos.com Abraços Submersos!

Anúncios

3 comentários sobre “Os 10 Comics Mais Bem-Avaliados do Guia dos Quadrinhos [Edição 2018]

  1. “O Reino do Amanhã é outra obra de Alex Ross, embora eu considere Marvels muito melhor que esta, Marvels não está nos dez mais.” Ler essa frase doeu em meu coração DCneco. Brincadeiras a parte, sei que Marvels foi um divisor de águas, ao apostar nas imagens hiperrealistas de Ross e no storyttelling inteligente do Busiek. Entretanto, acredito que Kingdom Come foi muito além, porque além de ser uma homenagem à rica mitologia da DC (calma lá, a mitologia da Marvel é igualmente importante), também foi a oportunidade de tecer uma crítica mordaz ao estilo Image dos anos 90.

    Curtir

    1. Exato. Reino do Amanhã foi uma consequência da DC Comics para Marvels, que, aliás, no começo ninguém apostava uma pataca. De qualquer forma, no estilo crítica mordaz, gosto mais de Ruínas, do Warren Ellis. Mas eu sou Marveco, e deixa assim! Abraços! =)

      Curtir

Deixe um comentário, caro mergulhador!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.