Análises, atualidades, destaque, fique de olho, quadrinhos
Comentários 8

O Que Esperar da Nova Saga dos X-Men, “A Era do X-Man”?

Nesta semana, a Marvel revelou seus planos futuros para os X-Men. Se trata do evento que virá logo em seguida a X-Men Disassembled, na recém remunerada revista Uncanny X-Men. Este evento é A Era do X-Man e, como A Era do Apocalipse, irá envolver várias minisséries de cinco edições em novos títulos mutantes e, claro, também envolverá uma mudança na realidade que conhecemos. Esta semana também saiu lá fora o primeiro número de Uncanny X-Men e, dele e das notícias já divulgadas pela Marvel, podemos imaginar algumas decisões que a Marvel tomou para os mutantes neste evento. Venha, venha especular com a gente sobre o destino dos mutantes mais queridos do mundo!

Ao ler Uncanny X-Men #1, o primeiro número da Saga X-Men Disassembled (algo como X-Men: Dispersados) podemos notar algumas semelhanças com a Era do Apocalipse. Na saga dos anos 90, uma equipe de X-Men vai ao passado para impedir Legião de matar Magneto. Nesta saga, o Jamie Madrox do futuro vem ao presente e quer evitar que várias pessoas sejam sequestradas por uma força misteriosa. Mas ele não consegue evitar que Kitty Pryde, Apocalipse e um senador que quer votar por vacinar as crianças contra se tornarem mutantes sejam sequestrados. No final da revista, depois que vemos que a equipe dos X-Men se dispersou pelo mundo após esses desaparecimentos, vemos que esses três personagens estão amarrados em cadeiras numa sala branca. Tanto a série Dispersados como a Era do X-Man são encabeçados pelos escritores Matthew Rosenberg, Ed Brisson e Kelly Thompson.

A Era do Apocalipse foi a primeira saga que trouxe vários títulos interligados lidando com uma realidade alternativa. Mas, claro, não foi a única. Durante a saga Os Doze, os títulos dos X-Men lidaram com As Eras do Apocalipse. Várias realidades alternativas que reimaginavam presente, futuro e passado dos X-Men. Depois, foi a vez de Dinastia M, quando a Feiticeira Escarlate reestruturou a realidade para uma utopia mutante, e praticamente todos os títulos da Marvel Comics foram envolvidos no evento. Por fim, foi a vez de Guerras Secretas, o evento de 2016 que reimaginou o Universo Marvel em um mundo comandado pelo Doutor Destino e dividido entre vários países em que cada um encerrava uma realidade diferente.

A nova Era do X-Man parece que vai trazer um cenário parecido com os desses eventos, com seis minisséries de cinco edições interligadas nesta Nova Era. Este lugar parece, será comandado pelo X-Man, um personagem remanescente da Era do Apocalipse original e que vinha sido deixado de lado pelos roteiristas. Ele é a versão de Cable naquela realidade. Nesta saga ele retorna com um visual semelhante ao de Jesus Cristo e todas as imagens levam a crer que o seu mundo é uma espécie de utopia e paraíso, diferente da Era do Apocalipse.

Na série solo do X-Man que se encerrou por volta dos anos 2000, com o evento Counter-X, capitaneado por Warren Ellis, o personagem havia se tornado uma espécie de xamã guardião de realidades, com um visual mais moderno com uma tatuagem com x sobre o peito. Ele só retornou na série dos Novos Mutantes para integrar a equipe, mas o lance de xamã de realidades não foi abordado. Tudo leva a crer que, dessa vez, esse aspecto será relembrado.

agenewage

Além disso essa Nova Era do X-Man, seu visual Jesus Cristo (ok, alguns disseram “visual Alan Moore”), tem muito a ver com a New Age, movimento que surgiu nos anos 70 e se popularizou nos anos 80. Era um movimento de espiritualização da humanidade que acreditava que a figura de Jesus Cristo foi manipulada pelos romanos em favor da Igreja Católica. Assim, a maioria dos ensinamentos de Cristo eram universais e não apenas de um “povo prometido”. Essa espiritualização também envolvia muitos elementos orientais do zen-budismo e muitos elementos esotéricos, como a crença na Era de Aquarius, que é a tal Nova Era em que acreditavam. Para os New Age, estamos vivendo na Era de Peixes, uma era confusa e cheia de guerras e ódio e que a humanidade vai atingir sua redenção com a chegada de um salvador que vai iniciar a Era de Aquarius, um período longo de tempo de compreensão e amor ao próximo.

O que sabemos até então sobre a série é que ela será composta de seis minisséries, sendo elas:

  • Era do X-Man: Os Maravilhosos X-Men, escrita por Lonnie Nadler e Zac Thompson (Cable) e arte de Marco Failla (Miss Marvel). A revista deve ser centrada no X-Man, uma vez que a dupla da revista do Cable já provou ter vasto conhecimento sobre o personagem. Também deverá focar a principal equipe mutante do mundo, que inclui um Colossus sem braço e uma Kitty Pryde com moicano e garras.
  • Era do X-Man: NextGen. Roteiro de Ed Brison (O Velho Logan) e arte de Marcus To (X-Men Blue). Ed Brisson já trabalhou em O Velho Logan um arco em que desenvolve mais o personagem Glob Herman, assim o título vai focar nos alunos mais jovens dos X-Men. O nome pode ser tanto uma homenagem a Generation Next, o título da Geração X na Era do Apocalipse, como GeNext, o título (horrível) em que Chris Claremont imaginava o Universo dos X-Men, caso eles tivessem tido filhos.
  • Era do X-Man: O Assombroso Noturno, escrita por Seanan McGuire (Gwen-Aranha) e arte de Juan Frigeri (Homem-Aranha). Tudo leva a crer que o Noturno vai ter um status semelhante ao da Miss Marvel durante a Dinastia M: uma celebridade querida e reverenciada por todos naquela realidade.
  • Era do X-Man: Os EXtremistas, com roteiro de Leah Williams (X-Men Black: Emma Frost) e arte de Georges Jeanty (Buffy, Bishop: The Last X-Man). Parece ser a equipe que vai apresentar resistência à equipe do X-Man. Formada por Psylocke, Blob, Homem de Gelo, Estrela Polar, Jubileu e um personagem criança que lembra o Asa, de Surpreendentes X-Men. Será que teremos um romance entre Bobby Drake e Jean-Paul Beaubier nesta minissérie? Além disso, eles lembram um pouco papel que a equipe de Polaris e Blink faz na série The Gifted.
  • Era do X-Man: Apocalipse e os Retirados: escrita por Tim Seeley (Shatterstar) e com arte de Salva Espin (Deadpool). A revista será focada em Apocalipse, mas quem serão os Retirados? Vale dizer que essa é nossa tradução para X-Tracts, que significa Extraídos. Mas estraídos daonde? Do  espaço-tempo? Da realidade? Da sociedade? Vale lembrar que em Uncanny X-Men, Apocalipse é retirado do fluxo. Na capa podemos ver Apocalipse, Cristal, Evan Sabah Nur (Kid Apocalipse), Ocular, uma moça que lembra Idie Okonkwo (Oya), mas não pelos poderes, e uma mulher loira que pode ser várias pessoas, desde Skids a Irene Merryweather. A revista trará pequenas histórias enfocando alguns mutantes.
  • A Era do X-Men: Prisioneiro X, de Vita Ayala (Batgirl) e arte de Germán Peralta (Cable). Outra reunião de mutantes que parece não ter aceito a realidade do X-Man. Temos Bishop, Fera, Polaris, Gabby Kinney e Trinária com uniformes de prisioneiros. A série parece ser uma reversão de Distrito X, em que Bishop e seus amigos estavam do lado da lei. Agora, estão contra ela.

Além disso, também incluída – só que não – nesse imbróglio pode estar a revista Uncanny X-Men, cujas capas das edições 11 e 12, quando começam os tie-ins já foram reveladas. As revistas serão escritas por Matthew Rosenberg e desenhadas por Salvador Larroca. A capa da edição 11 mostra Ciclope com as cinzas do Instituto Xavier nas mãos, com pesar pelos seus amigos, que aparecem como a fase dos anos 90 do Jim Lee (e a Tempestade com um incongruente moicano). Já a capa da edição 12, mostra Ciclope e Wolverine, lado a lado, e uma legenda dizendo “Os Últimos X-Men”.

ageannual

Somos levados a crer, então, que na nossa realidade 616 somente restaram Wolverine e Ciclope de X-Men, por alguma razão desconhecida. Vale lembrar que Logan está retornando aos poucos à Marvel e que Ciclope retornará em Uncanny X-Men Annual #1. Também somos levados a crer que Ciclope e Wolverine vão mover mundos e fundos para trazer os X-Men “sequestrados” pelo X-Man para outra realidade de volta à realidade 616. Possivelmente descobriremos esses motivos nesta mesma revista.

Vale lembrar que outro personagem de destaque dessa saga é Bishop, afinal, ele é uma das poucas anomalias temporais restantes. Cable se foi, Rachel Summers também. Bishop teve um papel essencial na Era do Apocalipse original e parece ter aqui também. Em Uncanny X-Men #1, ele e outros mutantes estão vigiando anomalias espaço-temporais, como o Fera Negro. Mas as investigações de Bishop acabam levando ele até o Homem-Doce, outro refugo da Era do Apocalipse. O vilão, então, acaba morto, depois de Bishop ter sido nocauteado. Além disso, outros sinais estão no ar nesta edição: o Anjo começa a ser dominado por uma voz e uma velhinha estranha conversa com Jean Grey e parece ser a responsável por ataque de humanos tornados mutantes. A velhinha, então, acaba morrendo, mas, no final da história, passa bem. Marvel.

Outro personagem-chave é o Legião, também envolvido na Era do Apocalipse original. Ele aparece em duas capas e, numa delas, parece estar fundido ao X-Man, por usar a tatuagem dele de xamã das realidades. É possível que essa fusão de personagens acabe resultando na tal Era do X-Man. Também temos as misteriosas aparições dos Cavaleiros da Salvação do X-Man (Anjo, Magneto, Blob e Omega Vermelho) e os Cavaleiros do Apocalipse (Fada, Glob Herman, Pedreira e Armadura), tudo leva a crer que teremos uma batalha épica entre essas duas equipes.

Bem, meus amigos mergulhadores, isso é o que sabemos até agora sobre essa misteriosa Era do X-Man. Eu estou bem empolgado para ler e saber mais detalhes sobre ela, e vocês? Essas são as minhas teorias sobre o que pode acontecer nessa saga, dado o que temos. Alguém tem uma outra teoria? Como sempre, peço que não deixem de comentar. Sempre é legal saber o que vocês pensam sobre meus posts e os quadrinhos que comento aqui. Deixo vocês com abraços submersos vindos de uma realidade alternativa!

8 comentários

  1. Glaydson Melo diz

    Parabéns e obrigado pela matéria, Smee, bem detalhada e com conteúdo, algo cada vez mais raro nos sites especializados em quadrinhos. E, pelo visto, o Ciclope que vai voltar é o da fase do Joss Whedon.

    Curtir

    • Guilherme Smee diz

      Valeu, Glaydson! Sempre bom ter esse feedback dos leitores! Pois é, parece ser o Ciclope do planeta do Ord, né?! Abraços! =)

      Curtir

  2. Como assim a Rachel se foi?
    Ela aparece naquele superposter dos X-men dessa nova fase.
    Não acho que ela vá morrer ou desaparecer em Extermination.

    Curtir

Deixe um comentário, caro mergulhador!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.