Union Jack, o Super-Herói Inglês da Marvel Que Pertence à Classe Operária

Quando se pensa em super-herói inglês da Marvel, os um pouco mais entendidos vão logo citar o Capitão Bretanha, Brian Braddock, o irmão da Psylocke dos X-Men. Mas, claro, existem muito mais super-heróis britânicos que vieram das terras da Rainha. Dois deles vestem a bandeira do Reino Unido. Um, claro, é o Capitão Bretanha, mas aquele herói do povo que mais se aproxima do Capitão América é o Union Jack. Esse também é o nome da bandeira do Reino Unido, que acabou dando a alcunha do nosso herói. Mas calma, o Union Jack nem sempre foi um herói das camadas populares. Sua origem esteve ligada à aristocracia. Foi somente com o terceiro e último Union Jack até agora, Joey Chapman é que ele acabou assumindo esse posicionamento. Então, para quem quiser vamos falar mais do(s) Union Jack(s) na história da Marvel Comics.

jackinavdersComo falei para vocês, quando se pensa em herói inglês da Marvel, se pensa em Brian Braddock, o Capitão Bretanha. Mas ele não foi o primeiro herói inglês da Marvel a ser criado. O primeiro deles foi Blade, por Marv Wolfman e Gene Colan em 1974 e o segundo, então, foi o Union Jack. O primeiro Union Jack surgiu em 1975, como parte da equipe dos Invasores e foi criado retroativamente por Roy Thomas e Frank Robbins. Digo retroativamente porque as histórias dos Invasores se passavam durante a Segunda Guerra Mundial, na época em que personagens da Marvel (na época Timely), como o Capitão América, Namor e Tocha Humana figuravam nas revistas da editora. Não era o caso de Union Jack e outros personagens criados na década de 70. De qualquer forma, o Union Jack passou a fazer parte da continuidade da Marvel como se sempre estivesse lá: a parte inglesa, junto com Spitfire, da equipe de super-heróis dos Aliados, Os Invasores.

jackorigin

O Union Jack da Segunda Guerra era o Lorde James Falsworth, e ele foi apresentado como um tipo de espião a serviço da rainha. Quem criou o seu visual foi John Romita Sr., que geralmente era encarregado de todos os characters designs da Marvel na época. Ele se baseou, obviamente, na bandeira da Inglaterra que é chamada de Union Jack. James acabou ficando inválido e sua filha, Jacqueline Falsworth, se juntou aos Invasores como a heroína Spitfire. Ao mesmo tempo, Brian Falsworth, o filho de James, assumiu o manto de Union Jack.

jackbyrne

Brian Falsworth, no entanto, não foi muito popular nas histórias da Marvel. Ele acabou esquecido quando Roger Stern e John Byrne, em sua memorável passagem pelo Capitão América fizeram o Vingador enfrentar o Barão Sangue, um vampiro irmão do Lorde James, que era um envelhecido Union Jack. James revelou que seu filho, Brian, havia morrido em um acidente de carro nos anos 1950. Quando o Capitão América derrotou o Barão Sangue e tanto o vampiro como o antigo Union Jack, James, morreram no processo, não havia mais nenhum Falsworth que pudesse herdar o manto do Union Jack. Isso fez com que um pintor de casas, chamado Joey Chapman, assumisse essa identidade.

jackbyrne2

A intenção de Stern e Byrne era a de distanciar o Union Jack da aristocracia, uma vez que o Capitão Bretanha também era um herói aristocrático. Assim, Joey iria ser o herói do partido trabalhista da Inglaterra que, nos anos 80, em que foi criado, vivia às turras com a premiê Margaret Thatcher, a dama de ferro da Inglaterra e sua política que se aproximava do totalitarismo e que apertava o cinto sobre a economia e os direitos civis. Assim, ele tinham um herói para praticar uma crítica de como esse tipo de regime acaba atingindo mais contundentemente as camadas mais necessitadas da população de um país.

jackcassaday2

Mas o personagem acabou, mais uma vez esquecido, usado aqui e acolá em séries como Marvel Comics Presents e Knights of Pendragon. Ele também fez algumas aparições na revista-solo do Namor. A dicotomia entre as classes aristocrática e trabalhadora, no entanto, estava presente na primeira minissérie do herói, lançada em 1998, bem como a ameaça sempre presente dos vampiros. Escrita por Ben Raab, escritor inglês que esteve vinculado com personagens anglo-saxônicos como o Excalibur e o Cavaleiro Negro, e desenhada pelo superstar John Cassaday em início de carreira, a aventura em três edições é bastante divertida, deixando a comer poeira trabalhos atuais em minisséries como as de Brian Michael Bendis, por exemplo. A edição que eu li foi compilada pela Salvat em sua coleção vermelha junto com outra minissérie boa e recente do herói. Além disso, existe a grande batalha contra os vampiros que migraram para a Grã-Bretanha e os problemas envolvendo as família de Lorde Falsworth, o Union Jack original e Jacqueline Falsworth-Crichton, a Spitfire original. Union Jack, então, dá conta de uma nova geração vampírica neste volume.

jackcassaday

Nos anos 2000, o Union Jack Joey Chapman fez parte de uma nova equipe de heróis, os Novos Invasores, que seguiam a onda dos Novos Vingadores. Eles haviam sido introduzidos na própria revista dos Vingadores, quando foi criada uma nova Capitã Bretanha, que depois ficou conhecida como a heroína Coração de Leão. A revista, bem como a criação da equipe, foram obra do polêmico Chuck Austen, conhecido por ser um dos piores escritores dos mutantes X-Men, também nos anos 2000. Mas, lá pela metade da década, em 2006, Ed Brubaker e Steve Epting estavam revitalizando o Capitão América. Steve Rogers estava em busca de Bucky Barnes na Inglaterra (mais tarde ele saberia que Bucky havia se tornado o Soldado Invernal), então Spitfire e o Union Jack apareceram mais uma vez para dar uma força ao bom Capitão. Assim, Union Jack passava mais uma vez para os holofotes dos leitores da Marvel.

jacknewinavders

No mesmo ano de 2006, a revista do Capitão América ganhou uma minissérie spin-off. Nos planos iniciais era para ter sido protagonizada pelo inimigo figadal do Capitão, o Ossos Cruzados, mas Brubaker sugeriu, então que fosse Union Jack a estrela dessa produção. Eu já havia lido esta minissérie do Union Jack na época da falecida revista Marvel Action, da Panini Comics, que também publicou concomitantemente a minissérie Doutor Estranho: Juramento. Na época, foram duas das melhores leituras de super-heróis que tive. Na minissérie ele era desenhado pelo mesmo Mike Perkins que fez um ótimo serviço como artista fill-in de Steve Epting em Capitão América.

jackperkins

A nova minissérie também tem como mérito colocar no holofote outros heróis classe B/C da Marvel, como a israelense Sabra e o saudita Cavaleiro das Arábias, que formam um “odd couple”. Completa a equipe a Contessa Valentine DeFontaine, amante de Nick Fury pai, desalojada pela SHIELD. A equipe baseada em Londres tem como missão evitar diversos ataques terroristas ao redor da cidade por supervilões acostumados com o terreno americano. O escritor da minissérie era Christos N. Gage, um prolífico escritor de várias minisséries e spin-off da Marvel e que tem um texto bastante verborrágico mas, nem por isso faz um trabalho ruim, pelo contrário.

jackcap

Cage chegou a declarar-se fã da primeira aparição de Chapman, nos anos 80, em Capitão América: “Para mim, o encanto de Union Jack é ele ser um homem defendendo seu país com nada mais do que um punhal, uma pistola e sua coragem”, contou o escritor. “Gosto especialmente de Joey Chapman como Union Jack porque ele é um herói da classe trabalhadora defendendo um país com um tradição de realeza, de aristocracia. Acho que isso acrescenta uma textura interessante ao personagem”. Union Jack: Londres Caindo é uma bela HQ de contra espionagem recheada de ação, mas que não é aquela ação besta e brucutu dos filmes dos anos 80, é uma ação mais inteligente ao nível da espionagem britânica mesmo.

jackmi13

Depois desta minissérie, Joe se uniu ao MI-13, uma equipe de seres superpoderosos do governo britânico, que era liderada por Brian Braddock, o Capitão Britânia. Na ocasião, a equipe teve de lidar com Vlad Drácula e seu exército de vampiros. Durante a Revolutionary War, um evento de 2014, que reuniu e revitalizou os personagens ingleses da Marvel, o Union Jack voltou a atuar com os Cavaleiros de Pendragon contra ameaças sobrenaturais. Depois, ele fez breves aparições nas revistas Arena dos Vingadores e na série Novíssimos Invasores.

falsworth-1

No filme Capitão América: O Primeiro Vingador, de 2011, o Lorde James Falsworth é um dos prisioneiros que o Capitão América liberta das garras da Hidra. Ele é interpretado pelo ator JJ Field. Em 2018 foi noticiado que um dos produtores executivos do filme Pantera Negra estava tentando trazer o Union Jack para um filme-solo nos cinemas no Universo Cinemático da Marvel. Já em 2016, no jogo online da Marvel Avengers Academy, foi revelado que o Union Jack daquela realidade era gay. No jogo, a Viúva Negra fala que ele foi o único homem da Academia que não deu em cima dela. Jack educadamente responde: “Sem ofensa, mas você não é o meu tipo”. Ela não consegue entender a dica, então ele confirma com todas as letras: “Estou dizendo que sou gay”.

marvel_avengers_academy_union_jack_black_widow

Union Jack é um personagem interessantíssimo que, com todas essas nuances é mais um do rol de personagens diferentes criados ao longo dos tempos para servir o mercado inglês da Marvel. E você, caro mergulhador, o que achou do Union Jack? Já conhecia ele? Já sabia todas essas informações? Ou ele foi apresentado agora para você? Não deixem de comentar! Abraços submersos para a sua rainha interior!

 

Anúncios

7 comentários sobre “Union Jack, o Super-Herói Inglês da Marvel Que Pertence à Classe Operária

  1. Adorei Smee ! Um momento super emocionante com o Union (apesar de não ser bem ele ) foi naquela história do Namor ,acho que edição 12 americana que apareceu em Hulk 144 ,aqui no Brasil ,quando bem desidratado e delirante , enxerga o Union Jack e Spitfire , achei interessante a fala do Gage sobre a classe trabalhadora,não é todo dia que um americano usa esse termo

    Abrações

    Curtir

Deixe um comentário, caro mergulhador!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.