(MUITOS) Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Fevereiro de 2019 e Um Esperneio Necessário

Foi só reclamar da demora dos checklist que, pluft!, eles apareceram. Ótimo! Então aqui estamos com mais um checklist da DC Comics pela Panini Comics. Temos bastante novidades noas lançamentos, mas a novidade ruim é que os preço continuam aumentando e aumentando! Muita gente tem relatado que está ficando difícil de acompanhar as revistas de linha por causa dos reajustes radicais que a Panini vem fazendo, mês a mês, uma surpresinha para nós, leitores. E o serviço continua a mesma porcaria de sempre, ou pior, cheio de erros e sinais de preguicite editorial. Justificativa? O leitor não tem alguma sequer. E vamos aos destaques de fevereiro antes que você comece a chorar.

– DIGA TCHAU, LILICA! – TCHAU, LILICA!
Este mês nos despedimos de mais uma revista mensal da DC Comics. É a vez de Liga da Justiça da América. A Panini vem diminuindo drasticamente o número de mensais tanto na DC Comics quanto na Marvel. Liga da Justiça da América, entretanto, encontra um fim natural, uma vez que o título também se encerrou nos EUA. Já na revista da Liga principal, temos a segunda e última parte da minissérie Sem Justiça, que vai abrir as portas para uma nova linha de gibis, chamada lá fora de New Justice. Se a Panini vai renumerar a revista da Liga da Justiça, só ela mesma sabe, porque os leitores não importam mesmo, né… Eu, daqui, gostaria que renumerasse porque o volume anterior foi bem esquecível com histórias medonhas! As mais medonha de todo Renascimento DC.

BATMAN 80 ANOS
A morcegona tá fazendo 80 anos e já tá na hora de levar ela pra um Asilo… e pode ser o Arkham sim, eu fico satisfeito. Falando sério, espero que pelo menos saiam alguns textos editoriais falando da personagem, sua importância cultural nesses 80 anos e coisa e tal. É um papel de uma editora que detém os direitos de publicar personagens tão queridos pelo público de aproveitar esses momentos para agradar ao leitor. E não fazer o fiasco que foi a edição de 80 anos de Superman e Action Comics, que tinha uma batelada de capas e ZERO texto. Mas eu acho que a Panini é tão poderosa que ela não está nem aí para agradar consumidor. Acho não, tenho certeza, é o que os últimos anos dessa empresa “vital” tem mostrado. Mas eu, como consumidor, tenho direito de reclamar, porque já perdi muita grana com os vai e vens dessa “empresa vital”.

Agora falando dos especiais, a Panini vai trazer o celebrado As Dez Noites da Besta, que traz a estreia do personagem KGBesta, criado por Jim Starlin, e ligado com o cenario da Guerra Fria. Sinceramente, eu não acho essa historia lá essas coisas, acho bem ruim até. Mas esse encadernado vai trazer algumas outras histórias do Starlin no Batman. Não que sejam melhores, sei lá… Batman: Veneno, em capa cartão e mais acessível, tem as histórias de Tales of The Dark Knight que dão origem à droga que faz com que Bane fique superforte, então é uma boa pedida para os fãs de Bane. (Diferente de A Queda de Bane, stay out!)

A minissérie Batman & O Sinal, traz as aventuras de Bruce Wayne com seu novo tutelado, Duke Thomas, que trabalha de dia como O Sinal e seus poderes luminosos, enquanto a morcega arrepia na noite preta de Gotham. É como naquela marchinha de carnaval Maria Sapatão: “de dia é Maria, de noite é João”. Ela teve uma trajetória bem polêmica de atrasos nos EUA. Eu vou pegar só de curiouso que sou e verme que me fiz ser. Temos mais aventuras da outra morcega, mas essa sim, assumida como mulher, a Batgirl. Ela vai se unir a um parceiro improvável, o Pinguim para salvar Gotham de… ah, enfim, salvar Gotham. É Batman e vende mesmo.

ESPECIAIS RENASCIMENTO DC
Aqui temos dois especiais. Um deles é muito bom e o outro é muito ruim. E, por incrível que pareça, o muito bom é o azarão Novo Super-Man, que tem umas das melhores histórias da iniciativa Renascimento DC, trazendo personagens fora do usual. Já Titãs, meldels, coitados desses xófens. Eu não sei o que eles fizeram para a DC Comics, mas desde os Novos 52, a vida de publicações dos Titãs têm sido de mal a pior.  Histórias chatas, desenho terríveis, explicações bestas, tão bestas como o KGBesta. Recomendo comprar Novo Super-Man e esquecer Titãs.

CAPAS BURRAS, OPA, CAPAS DURAS
Se tem uma coisa que não precisava de republicação é Antes de Watchmen. Ainda mais com essa duplinha aí, que são algumas das piores minisséries desse “evento” da DC Comics. Mas, sei lá, né, tem gente que é masoquista e vai comprar isso em capa dura. Cada um sabe de onde extrai seu prazer. E a Patrulha do Destino vindo no timing do lançamento da série de TV (que aliás, essa série em quadrinhos demorou um bocadaço para pintar no Brasil) foi muito elogiada lá fora e é escrita pelo superstar Gerard Way (não que eu considere ele alguma coisa, não). Mas capa dura, Panini?! Vocês tão vivendo no mesmo país que eu?! Sério?! Ou tá rolando mamata da máfia famiglia taliani aí também? Vai uma laranja ou um açaí de brinde?

OTRAS COSITAS MÁS…
Outra coisa que demorou pacarai pacarai pra chegar aqui foi essa Mulher-Maravilha: A Verdadeira Amazona. Pra vocês terem uma ideia, ela saiu lá nos staites durante o lançamento do filme da Mulher-Maravilha, em 2017. Só chega no Brasil dois anos depois. parece que estamos vivendo a Era do Fotolito, né mermo, minha gente?! De qualquer forma, é Mulher-Maravilha, é Jill Thompson, é compra certa. O único senão é a origem da Diana sendo recontada pela trilhésima vez. Pessoal tem que se livrar disso de contar a origem dela, pelamor! Precisamos de novas histórias da Diana! Mas todo mundo quer inventar a roda, né?!

Teremos também A Biografia Não-Autorizada de Lex Luthor para a Panini continuar sua doutrinação da moral e ética dos supervilões. Já repararam como a Panini investe em vilões? Não tá no gibi, né?! E isso que essa vai ser a TERCEIRA publicação dessa história. Já foi pela Abril, pela Mythos e agora pela Panini. E na hora de publicar heroínas mulheres, heróis gays e negros fazem biquinho. Mas vilões, que nada! Taca-le pau, Marco Véio! Taca-le pau! E, por fim, temos mais um capítulo dos lindos desenhos de Sean Murphy e seu Cavaleiro Branco.


PANcapa

Esse post foi bem reacionariozinho e rançoso, né mergulhadores? Mas é que eu, como a grande maioria de vocês, já estou de saco completamente cheio com as lambanças da Panini com os nossos bolsos e gostos. É uma editora que não faz um “ai” pra agradar seus leitores simplesmente porque ela PODE. E não diz um “ai” para justificar suas ações. Porque nós, vermes, e é isso que somos pra ela, vamos comprar. Eu acompanho a editora desde o começo. Sempre houve reclamações. Mas NUNCA houve TANTAS como nesse momento.

E sabem por que? Porque ela não se importa e nem nunca se importou. E também quando faz uma – desculpem a palavra, mas é – cagada fenomenal – ela cola um adesivinho em cima e faz que tá tudo bem. A Panini definitivamente não deseja ser amada pelos seus clientes. Um exemplo foi vender o encadernado do Senhor Milagre só no site dela. Fico com pena dos leitores que moram lá nas cucuias e têm de pagar um frete quase no valor da revista por que a Panini embromou TANTO para lançar esse gibi que o HYPE chegou a níveis estratosféricos. E aí, ao invés de disponibilizar para todo e qualquer leitor ler, não, ela faz essa merda e justo com essa revista. Testa com uma balaquice do Batman, pô! Tem tantas!

Olha, esse marketing e comunicação da Panini tá de parabéns! Ao invés de ficar de invencionice com campanhinha de Sepultura e Dragon Ball devia primeiro se ocupar de fazer o básico direito. As assinaturas são uma verguenza total. Eu perdi muita grana com essas assinaturas. Bloqueiei a Panini de me ligar no fone de tantas ligações que faziam pra minha casa, celular e até minha mãe, toda fucking semana. Ou seja, na hora de vender as “suas revistinhas”,  – com vendedores que tratam a gente que nem bebê, parecendo que só criança compra essas “suas revistinhas” -, é tudo lindo maravilhoso. Na hora de entregar é aquela chinelagem de sempre. As revistas não vêm, vêm amassadas, eles esquecem qual é o seu plano…

Para ameaçar processar e mandar fechar os sites de scans (que existem em todo o mundo) a Panini foi bem rapidinha a falar DIRETAMENTE com cada página. Agora, para fornecer um serviço de qualidade para o leitor que despende quase todo seu dinheiro em suas publicações, ela não precisa. Ela não precisa dar explicações nenhuma para ninguém. Nós, os sites pé-de-chinelo que imploram por informações da editora todo mês, sim é que temos de nos relatar à toda-poderosa caso demos um suspiro fora da partitura.

Se você escreve um e-mail para o marketing deles, eles te rejeitam porque seu site não tem XXX mil acessos diários. Isso que antigamente, a Panini dava gibis para os sites que divulgavam de graça suas revistas. Mas, claro, só os grandões. Hoje, nem os grandões. Isso que é editora autossuficiente! Só que não! Há quanto tempo eu publico esses checklists aqui? Nunca ganhei nem dez reais com esse blog. Por isso, eu tenho a certeza que a Panini fará de tudo para EVITAR quaisquer processos que venham a ser feitos contra ela, sejam os motivos quais forem. É muito lindo esse mundo de mega corporações, né, gente?! Meu sonho um dia é ser uma. =D

Abraços submersos em cartinhas, e-mails, processos judiciais, comentários nas redes sociais cheinhos de reclamções que que tem na porta da frente dessa editora! E que nenhum vai ser respondido! HAHAHAHAHA! (risada histriônica do Coringa, da editora que AMA supervilões).

Anúncios

6 comentários sobre “(MUITOS) Destaques do Checklist DC Comics/ Panini Comics Para Fevereiro de 2019 e Um Esperneio Necessário

  1. Falaê, beleza. Tu ainda esqueceu de citar duas hqs: Vilania Eterna e Wednesday Comics. Já estão, inclusive, em pré-venda!

    Creio que a tendência da Panini seja reduzir mesmo as mensais, deixando apenas os carros-chefes (Batman, Superman, Mulher-Maravilha e tals). O resto vai saindo pelo formato encadernado que, para mim pelo menos, tem dado certo (perdi muita coisa devido a estratégia de mixes de revista em almanaques; que vontade eu tinha de ler Inumanos pós-Infinito, mas não animava pagar tão caro por apenas uma revista).

    Fora que a Panini vai, daqui a pouco, vender suas mensais em formato parecido com o Cavaleiro Branco, ou seja, uma edição por mês com capa cartonada (justamente, em Vingadores do Jason Aaron). É tanta estratégia doida por aí e nós, leitores, sendo avisados de última hora. A pior, até o momento, é o relançamento de Dragon Ball em capa dura por 65 reais – devem pensar que somos ricos. Gasto uma nota preta em quadrinhos, dinheiro bem suado, aliás.

    Pegarei Batman Veneno, Novo Superman e Lex Biografia, fora as mensais que já acompanho desde o início. E vamos que vamos, pois a fase Snyder na Liga está às portas. Quero só ver como a Panini irá fazer, pois, lá fora, as edições não estão tão longe cronologicamente falando – só falta lançarem um edição por mês com capa cartão. Mas sou verme e fã dessa equipe (assim como dos mutantes), então né…

    Abraços.

    André (Brasuka)

    Curtir

    1. É verdade André, me esqueci mesmo. Mas me esqueci porque o próprio hotsite da DC Comics não constava delas. E leitor da Panini sabe que tem de sair pescando informações um pouquinho aqui e um pouquinho ali… Nem no próprio catálogo mensal deles tem Vilania Eterna…

      Inumanos pós-Infinito é bem bom. Aliás, o mix de Universo Marvel dessas grossas geralmente foi bom e que valia a pena acompanhar mesmo pelo tamanho e preço.

      Resumiu bem: estratégia doida. Eles tão pouco se fudendo pra quem eles vendem. Jogam verde pra colher maduro.

      Acho que a fase doSnyder vai ser legal.Já me disseram que avisaram (não sei aonde que Liga vai ser renumerada). Viu como a gente tem que sair pescando pra lá e pra cá as informações dessa editoreca? É foda!

      Abraços!
      =)

      Curtir

    1. Oi Thiaguinho! Então, eu vi o post, mas acho que era fake pelo formato da postagem. De qualquer forma, se tem que combater a “inimiga” com fake news pra eles apertarem e fazerem o serviço direito, que seja. Porque se não vai de boas, vai de ruim, né? QUem nem aquele cara louco Alex Jim Bill que faz aquelas campanhas contra a Panini. Tem que ser assim, pelo jeito. Porque a campanha dele deu certo e a Panini publicou o Terra X. É foda! =/ Abraços! =)

      Curtir

  2. Realmente o pessoal do telemarketing trata o cliente como se fosse uma criança de 5 anos. Fora o desconhecimento básico das informações relacionadas ao produto. Já me ofereceram renovação semestral de um título de mangá que só tinha mais dois números para conclusão. Kkkkkk

    Curtir

    1. Sim, cara! Eles trabalham com conteúdo, meu! E olha a desinformação de todos os funcionários deles! mas pra que gastar em melhorar comunicação interna e externa se as pessoas compram mesmo assim, né?! É foda! =/ Abraços! =)

      Curtir

Deixe um comentário, caro mergulhador!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.