[MUITOS] Destaques do Checklist Marvel/ Panini Comics Para Março de 2019

Depois dos lançamentos do checklist da DC Comics, temos os lançamentos da Marvel Comics para março de 2019. Como sempre, é bastante complicado achar todas as capas e sinopses das revistas da Marvel pela Panini, principalmente as que não são de Vingadores e Homem-Aranha. Por isso vocês vão encontrar aqui capas provisórias ou ainda capas americanas. Mesmo com o catálogo de lançamentos da Panini é bem difícil para nós que divulgamos seu material fazer isso. É como diz o ditado “quanto mais as coisas mudam, mais permanecem as mesmas”. E vamos aos destaques comentados do checklist.

NOVOS NÚMERO UM DA INICIATIVA FRESH START
A Panini então coloca nas bancas as mensais mais caras da história da empresa. Uma revista de duas histórias vai sair por R$ 10,50, quando no início da Panini no Brasil em 2002, podia-se comprar uma revista maior e como o mesmo papel, com 100 páginas por R$ 7,50. Na revista do Homem de Ferro, teremos a equipe de Dan Slott e Valerio Schitti, numa elogiada fase que, contudo vem sofrendo diversos atrasos. Outra série bastante elogiada é a dos Vingadores, cujos encarregados são Jason Aaron – o grande nome da Marvel atual – e Ed McGuinness. Já o Deadpool fica ao cargo de Skotie Young. Esta é uma série que não vejo elogios lá fora. Afinal, basta ser Deadpool para vender. As pessoas não têm muito critério quanto a isso.

ARACHNEWS
No universo do Homem-Aranha, teremos diversas novidades, principalmente envolvendo o Venom. Mas vamos falar de Peter Parker antes. Teremos um encadernado capa dura Nova Marvel da nova fase de Dan Slott no Homem-Aranha após a saga do Homem-Aranha Superior, neste encadernado ele repte os primeiros passos do herói aracnídeo e cria um novo supervilão, o Clash. Também teremos uma primeira edição encadernada de Homem-Aranha/Deadpool, título que está muitíssimo atrasado no Brasil desde que a Panini cancelou a revista Homem-Aranha/Deadpool no período de explosão dos títulos pela editora ítalo-brasileira.

E então é isso, quando um personagem faz sucesso nos quadrinhos ou nos filmes, ou ainda, nos dois, as editora dão um jeito de fazer mais quadrinhos e versões deles o máximo possível. É o caso dessa minissérie Venomizados, em que vários super-heróis da Marvel passam a ter um klymtar como simbionte, num ataque massivo da raça dos peçonhentos. É ou não é aquela HQzona pra agradar os massavéios? Seguindo esse caminho, temos o crossover entre Venom e a equipe azul dos X-Men, os novinhos originais. Esse crossover está no “momento cronológico correto” das histórias do Venom, mas uns dez números à frente das histórias dos X-Men, e acaba dando um destino insólito para o filho alternativo de Wolverine, Jamie Howlett.

FÊNIX
Estes dois encadernados estão interligados, mas nada impede você ler um e não ler o outro. No segundo encadernado de Jean Grey, vemos Jean unir esforços para evitar que a Fênix retorne e tome seu corpo. Para isso, ela vai contar com a ajuda de todo esse pessu ali na capa. Já em A Ressurreição da Fênix, teremos a volta da Fênix… dã! mas também da própria Jean Grey, o que vai desembocar na elogiadérrima fase de Tom Taylor e Mahmud Asrar em X-Men: Vermelha, equipe liderada e criada pela própria Jean.

GAVIÃO ARQUEIRO
É, gente, pelo jeito a Dona Panini Misógina vai deixar mesmo de lado as elogiadíssmas histórias da Gaviã Arqueira, por Kelly Thomspon e pelo brasileiro Leonardo Romero. Sobre o Gavião Arqueiro ela vai publicar, dentro da iniciativa Marvel Legado, o encadernado Contos de Suspense: Gavião Arqueiro & Soldado Invernal, onde os ex-namorados de Natasha Romanoff, a Viúva Negra, vão atrás de indícios que mostram que ela ainda está viva. Já em O Velho Gavião Arqueiro, veremos uma prequel de O Velho Logan, estrelada por Clint Barton nas Terras Arrasadas.

OUTROS DESTAQUES DOS ENCADERNADOS
Brian Michael Bendis e Michael Gaydos encerram sua segunda e elogiada fase em Jessica Jones neste terceiro encadernado que promete um confronto com Zebediah Killgrave, o Homem-Púrpura. Teremos também o terceiro encadernado de Thanos, dessa vez por Donny Cates, onde ele introduz uma realidade paralela onde Thanos é o senhor do universo é servido por um Justiceiro tornado Motoqueiro Fantasma Cósmico. E por falar em Motoqueiro Fantasma, Johnny Blaze retorna em Espíritos da Vingança, uma minissérie do Marvel Legado em que ele se reúne com Blade, o caçador de vampiros e os filhos de Satã, Satana e Daimon Hellstrom.

RELANÇAMENTOS
A Panini relança “este mês” algumas capas duras. A primeira delas só havia saído em capa cartão, que é Demolidor: Diabo da Guarda, uma das séries mais elogiadas do Demolidor nos últimos anos e que tem um papel essencial exercido por Mystério, vilão de Homem-Aranha: Longe de Casa. A editora também traz de volta às prateleiras a popular e polêmica maxissérie Guerras Secretas, sucesso dos anos 80. Por fim, retorna às vendas o encadernado da elogiada fase de Brian Michael Bendis e Mike Deodato Jr. nos Vingadores Sombrios de Norman Osborn. Este encadernado há muito tempo estava esgotado nas livrarias.

LANÇAMENTOS CAPA DURA
Todos estes “lançamentos” em capa dura registrados aqui já haviam saído de alguma outra forma pela Panini, então são também reedições, embora em outro formato. Temos o final da fase de Bendis em Vingadores, no encadernado Vingadores: A Essência do Medo, que eu acho um spin-off totalmente dispensável de um crossover totalmente dispensável. Na esteira do filme da Capitã Marvel, temos o lançamento do primeiro encadernado da personagem em capa dura, já na iniciativa Nova Marvel. Ele é muito bom, eu recomendo, mas atento que essa é a segunda fase de Kelly Sue DeConnick no título da heroína, portanto, outras histórias vieram antes. Já o encadernado do Loki, traz a continuação das suas histórias-solo, dessa vez ligadas ao evento (também dispensável) Eixo. As histórias tomam parte quando o deus da mentira fica “bonzinho” e é pego em uma chantagem através da qual ele não pode mentir para evitar que um feitiço vire contra ele.


É isso aí, mergulhadores! Viram como eu fui bonzinho dessa vez? É que andaram reclamando que eu estava “grumpy” demais. Mas como não ficar reclamão e de ** azedo com a Paninadas que a Panini apronta? Impossível! Enfim, espero que tenham gostado dos comentários sobre as revistas e se quiserem fazer os seus próprios na caixa abaixo, são mais que bem-vindos. Abraços submersos em grumpy cats!

4 comentários sobre “[MUITOS] Destaques do Checklist Marvel/ Panini Comics Para Março de 2019

  1. É isso aí, Guilherme. É chegada a hora do fresh start da Marvel, uma espécie de volta ao básico da editora depois da tentativa, até bem sucedida, do Legado. Eu não acompanhei Vingadores nessa fase – por culpa do Deadpool, o qual não suporto – mas se rolar encadernados no futuro, quem sabe dou uma chance. Agora, essa nova fase do Aaron, vou acompanhar só porque no futuro teremos a saga do Thor, ” War of Realms” só a batuta do próprio escritor da paquita empoderada kkkkkkkkkkkk Aaron vem escrevendo bem a fase do filho do Odin.

    E, certo de que levarei bronca, viu comprar Venom porque sou verme fissurado no simbionte. Mesmo com histórias questionáveis, continuo seguindo até por conta da chegada do Donny Cates. Aliás, esse encadernado do Thanos vai pra coleção rsrsrs E será que esse Velho Gavião Arqueiro presta?

    Agora, espero que a iniciativa de republicar Vingadores Sombrios resulte na continuação do mesmo, haja visto que a Panini não deu sequência e só tenho a versão mensal. E tem a saga Essência do Medo que irei comprar (botei na cabeça de que compraria toda a fase Bendis à frente dos Vingadores em edição de luxo).

    Ser nerd colecionador dói o bolso.

    Curtir

    1. Oi André! Então, estou empolgado para o Vingadores do Aaron e também para o Venom do Donny Cates. As críticas para o Velho Gavião Arqueiro lá fora foram boas e foi bem recepcionado pelo público, tanto que tá rolando uma continuação, Old Man Quill.

      Quanto aos Vingadores Sombrios, a Panini não incluiu no encadernado as edições que fazem parte do evento Utopia, crossover com os X-Men e com O Cerco, que deve ter sído no mesmo encadernado. Por isso, acho que não vai rolar outro.

      Abraços! =)

      Curtir

    1. Oi Dê! Tudo bem? Então, seria spoiler uma história de 20 anos atrás? É que nem dizer que o significado de Rosebud em Cidadão Kane é Spoiler e filme tem quase 100 anos… pra mim, spoiler é algo que é de uma produção recente e não de uma tão comentada como essa! Abraços! =)

      Curtir

Deixe uma resposta para Delicia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.