10 Grandes Editoras dos Comics: Hoje e Sempre

Vamos falar sobre grandes editoras dos comics? Bom, quando falamos em grandes editoras não queremos falar sobre casas publicadoras como a Marvel e a DC Comics. Queremos falar da força das mulheres por trás de grandes publicações da indústria dos comics norte-americanos. Muita gente por aí não valoriza o trabalho das mulheres e acha que elas ficam a dever quando se trata de qualidade. Este post serve para desfazer esse mito, mostrando que muitos dos trabalhos importantes dos quadrinhos foram feitos a partir da orientação de mulheres. Estão preparados para conhecê-las? Então vamos lá!

JEANETTE KAHN

Vinda dos livros infanto-juvenis, Jeanette Kahn foi a primeira mulher a ocupar um cargo executivo na DC Comics, tornando-se no início dos anos 1970, a pessoa mais poderosa da Editora das Lendas. Jeanette Kahn foi a responsável pela entrada da DC Comics na venda através do mercado direto, movimento este que facilitou que o conteúdo adulto fosse publicado pela editora. 

Trabalhos que participou: a publicação de trabalhos como Crise nas Infinitas Terras e as publicações de luxo de Camelot 3000, Batman: O Cavaleiro das Trevas e Ronin

Leia um post que fala mais do legado de Jeanette Kahn.

KAREN BERGER

Karen nunca se ajustou muito bem com os super-heróis, ela cresceu lendo histórias de horror e eram elas que editava no início de sua jornada trabalhando com quadrinhos. A partir daí, ao lado do editor Dick Giordano ela catapultou a “invasão inglesa” aos quadrinhos americanos, que trouxe Alan Moore, Neil Gaiman, Grant Morrison e mais para os quadrinhos dos Estados Unidos. Ela também foi a criadora do selo Vertigo nos anos 1990.

Trabalhos que participou: A Saga do Monstro do Pântano, Homem-Animal, Sandman, Hellblazer, Preacher, entre muitos outros do selo Vertigo. 

Leia um post que fala um pouco mais sobre a influência de Karen Berger.

DIANA SCHUTZ

Diana Schutz começou como vendedora em uma comic shop bastante badalada e se tornou uma referência feminina na crítica dos quadrinhos. Ela começou na Marvel e editou o trabalho de Frank Miller no Demolidor. Depois, ajudou a fundar a Dark Horse Comics, em que trabalhou com Concreto, Hellboy e muitos trabalhos de Miller na editora como Martha Washington, Sin City e 300 de Esparta.

Trabalhos que participou: Demolidor, Martha Washington, Concreto, Sin City, Hellboy, 300 de Esparta.

LOUISE SIMONSON

Louise Simonson não foi apenas uma grande editora, mas como uma grande autora dos quadrinhos. Ela foi a responsável por histórias dentro do universo dos X-Men, que também editou por um tempo, como escreveu tramas para o X-Factor e os Novos Mutantes. Na Marvel foi co-criadora com June Brigman da equipe Quarteto Futuro. Na DC Comics participou das revistas relacionadas com a morte e o retorno do Superman, em especial da criação do Aço. Ela também foi casada com dois grandes criadores dos quadrinhos, sendo um deles Walter Simonson, célebre escritor e desenhista do Thor. 

Trabalhos que participou: X-Men, X-Factor, Novos Mutantes, Quarteto Futuro, Superman, Aço.

DOROTHY WOOLFOLK

Dorothy Woolfolk foi uma das primeiras mulheres a trabalhar na indústria dos quadrinhos como uma editora de grandes editoras mainstream. Ela trabalhou com os títulos da família do Superman ainda no final da Era de Ouro. Dorothy, por exemplo, ajudou a consolidar e criar o mito da kriptonita nas histórias do Homem de Aço. Ela também chegou a escrever histórias da Mulher-Maravilha nos anos 1940. Conheceu seu terceiro marido, William Woolfolk quando rejeitou um roteiro que ele havia submetido para publicação na revista do Superman.

Trabalhos que participou: Superman, Wonder-Woman, Supergirl, Superman’s Girlfriend Lois Lane, Young Romance, Action Comics, Superboy

HEIDI MACDONALD

Hoje, Heidi MacDonald é responsável por um dos mais influentes informativos sobre a indústria dos quadrinhos norte-americanos, o The Beat. Mas anteriormente ela trabalhou com diversos títulos dos quadrinhos, principalmente voltados para o público adulto como Y: O Último Homem. Antes ainda, ela trabalhou com a linha de quadrinhos da Disney e da Warner Bros. Seu site The Beat chegou a ser parte da revista Publishers Weekly durante cinco anos e, posteriormente voltou a ser um site independente.

Trabalhos que participou: Y: O Último Homem, Transmetropolitan, Monstro do Pântano, Os Livros da Magia

SHELLY BOND

Shelly Bond, nascida Shelly Rosberg, foi uma das editoras e editores a substituírem Karen Berger na Vertigo. Ela foi contratada como editora assistente de Karen Berger um mês depois do selo ter sido criado. Em 2013 se tornou vice-presidente da Vertigo, mas abandonou o selo em 2016 para criar o seu próprio na IDW Publications chamado Black Crown, baseado em um pub fictício. Ela é casada com o artista Philip Bond, famoso por suas contribuições com Grant Morrison. 

Trabalhos que participou: 100 Balas, Fábulas, Os Invisíveis

ANN NOCENTI

Ann Nocenti, além de editora na Marvel também foi uma das mais celebradas escritoras do título do Demolidor. Mas ela também trabalhou com personagens como Capitão América e o Incrível Hulk, nas histórias que ela chegou a figurar durante o famigerado Mês do Editor Assistente de 1982 na Marvel. Nocenti também escreveu histórias na DC Comics durante Os Novos 52 para o Arqueiro Verde e para a Katana. Também escreveu por um período as histórias da Mulher-Gato.

Trabalhos que participou: Demolidor, Katana, Incrível Hulk, Mulher-Gato, Capitão América, Arqueiro Verde

Leia mais sobre o divertido e louco mês do editor assitente de 1982 na Marvel.

FRANÇOISE MOULY

Françoise Mouly é uma quadrinista francesa que começou a publicar seus trabalhos na Europa, mas se radicou nos Estados Unidos. Lá, ao lado do marido Art Spiegelman ajudou a produzir diversas publicações independentes como por exemplo a RAW, publicação onde Maus surgiu pela primeira vez. Mais tarde ela se tornou editora de New Yorker, uma das revistas mais celebradas por artistas da indústria de ilustração, quadrinhos e caricaturas.

Trabalhos que participou: RAW, Maus, New Yorker

JO DUFFY

Também conhecida como Mary Jo Duffy, ela teve um fluxo de trabalho intenso nos anos 1980 e 1990. Foi responsável por uma das fases mais longas e importantes de Luke Cage e Punho de Ferro, na Marvel, onde também trabalhou com Star Wars, Wolverine e criou a equipe mutante dos Anjos Caídos. Na DC Comics foi responsável pelos 14 primeiros números de Mulher-Gato e com o famigerado Rob Liefeld escreveu algumas edições de Glory. Atualmente ela trabalha como atendente em um escritório da imigração americana.

Trabalhos que participou: Luke Cage e Punho de Ferro, Star Wars, Wolverine, Glory

Deixe um comentário, caro mergulhador!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.