Popeye: 90 Anos do Marinheiro Predecessor dos Super-Heróis

Neste ano de 2019, o marinheiro Popeye está fazendo seus 90 anos. Famoso nos desenhos animados, ele surgiu primeiro nas tiras de jornais em 1929 e foi criado por E. C. Segar, um veterano dos quadrinhos com muita verve para o humor. O que Popeye tem de interessante para os fãs de super-heróis é que ele traria um modelo que seria seguido por vários deles, inclusive o Superman, que surgiria nove anos depois. Ele tem uma condição mágica ou tecnológica que lhe garante força e poder, a espinafre; ele tem um eterno interesse romântico, Olívia Palito; bem como possui um eterno antagonista, o Brutus. E uma lista longa de coadjuvantes peculiares, como Gugu, Dudu, Alice e a Bruxa do Mar. Para homenagear esse curioso personagem trazemos uma citação do livro The Comics Before 1945, de Brian Walker, que fala sobre a carreira de E. C. Segar e da criação de Popeye.

Continuar lendo “Popeye: 90 Anos do Marinheiro Predecessor dos Super-Heróis”

Chrises (Evans) Nas Infinitas Telas

Ah, Chris Evans, seu danadão! Você conquistou nossos corações! Mesmo que muitos não gostassem deste ator quando ele fez o Tocha Humana no filme do Quarteto Fantástico, todos tiveram que dar o braço a torcer para o seu Capitão América que não entendia as referências. Evans representa o ideal de beleza americano, o All-American Guy, loiro, de olhos azuis e de corpo perfeito e como nós, brasileiros consumimos tudo que os estadunidenses nos empurram, também valorizamos esse tipo de beleza. Então foi fácil que se associasse o ator Chris Evans como um modelo perfeito de intérprete para personagens de filmes de super-heróis ou ainda de quadrinhos. Nesse post vamos listar alguns desses papéis realizados pelo ator. Continuar lendo Chrises (Evans) Nas Infinitas Telas

Ramona Fradon: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos da Era de Prata

A Era de Prata é lembrada como aquela época em que as histórias dos super-heróis assumiram suas formas mais bizarras. Isso porque existia o Código de Ética do Quadrinhos que censurava diversos aspectos das histórias de quadrinhos que hoje em dia estão liberadas. Pense bem: lobisomens, vampiros e mortos-vivos não poderia aparecer, personagens femininas eram desencorajadas para serem usadas pelos criadores, sexo e violência então, nem pensar. Imaginem então como devia ser uma mulher criadora de quadrinhos em tempos como estes. Uma das poucas que se destacava naquela época foi Ramona Fradon, que desenhou diversas histórias de heróis da Era de Prata. Você vai conhecer um pouco mais sobre ela neste post. 

Continuar lendo “Ramona Fradon: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos da Era de Prata”

“Ah, é Só um Quadrinho!”. “Ah, é Só um Filme!”. Será?

Até onde vai a nossa responsabilidade quando não deixamos que a membrana permeável que se estabelece entre a ficção e a realidade atue sobre nós e o nosso mundo concreto? O quanto a mediação de uma tela ou de uma página nos afasta e nos aproxima de nossa atuação enquanto seres humanos agentes da mudança e o quanto nos relega a simples espectadores das manipulações que nos tornamos vítimas? Em que medida um filme é só um filme e um quadrinho é só um quadrinho se banalizamos sua mensagem e as trocamos pelo mero consumismo e à veneração de outras mensagens, distorcidas, explicitadas nestas produções culturais? Qual é a mudança que precisamos estabelecer para provarmos que estamos realmente vivos quando nos deparamos com um quadrinho e/ou um filme? Continuar lendo ““Ah, é Só um Quadrinho!”. “Ah, é Só um Filme!”. Será?”

Gen: Pés Descalços: o Célebre Mangá Autobiográfico de Keiji Nakazawa

Enquanto os americanos possuem uma extensa tradição em produzir quadrinho autobiográficos, principalmente a partir do advento dos quadrinhos undergrounds, é difícil ver mangás autobiográficos que cruzam a fronteira do Japão e chegam ao Ocidente. Uma honrosa exceção é Gen: Pés Descalços, o célebre mangá sobre a queda da bomba atômica sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki. Composto de dez volumes em mangá, foi publicado no Brasil pela Editora Conrad e também foi transformado em anime. Gen serve como um aviso para as próximas gerações dos horrores que a guerra e seu último recurso, a bomba atômica podem causar nas vidas das vítimas. Vamos falar um pouco mais sobre Gen: Pés Descalços e a sua importância. Continuar lendo “Gen: Pés Descalços: o Célebre Mangá Autobiográfico de Keiji Nakazawa”

Batman: O Cavaleiro Branco é Um Contraponto a Batman: O Cavaleiro das Trevas

O nove grande e vanguardista quadrinho do universo do Batman é, sem dúvidas, Batman: O Cavaleiro Branco, realizado por Sean Gordon Murphy e com cores de Matt Hollingsworth. Nele, o Coringa se torna uma ferramenta para acabar com o reinado de violência desmedida do Batman. Um Coringa regenerado, humano, que toma remédios para controlar sua loucura. Nisso, ele acaba se tornando vereador da cidade de Gotham City, mas essa ascensão do Coringa vai despertar forças sombrias que estavam encerradas há muito tempo. Se pensarmos por um lado, Cavaleiro Branco acaba se tornando um contraponto à famosa obra de Frank Miller. Se nem tanto no layout e na forma narrativa, em muito no conteúdo. É sobre isso que vamos falar aqui. Continuar lendo “Batman: O Cavaleiro Branco é Um Contraponto a Batman: O Cavaleiro das Trevas”

A Piada Sem Sal: Quando o Zé Carioca Parodiou o Batman

A Piada Mortal é uma das histórias mais clássicas do Batman. Em 1995, a Editora Abril criou, a partir de sua produção nacional de quadrinhos originais Disney, uma paródia desta história estrelada pelo Zé Carioca. Na verdade não exatamente o Zé Carioca, mas seu alter-ego super-heróico, o “Morcego Verde”, uma espécie de Batman mas que é um papagaio carioca caloteiro. Essa história farsesca foi publicada mais uma última vez pela Editora Abril em 2016 e é sobre ela que vamos falar neste post. Sigam nos os positivados e os negativados no SPC! Continuar lendo “A Piada Sem Sal: Quando o Zé Carioca Parodiou o Batman”

“Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop

Os Super-Gêmeos, integrantes da Liga da Justiça, no desenho Superamigos, são muito famosos na televisão. Mas eles nunca tiveram uma versão nos quadrinhos que se tornou cânone, ou seja, oficial. Isso muda este mês, quando a DC Comics lança o gibi Wonder Twins, dentro da linha Wonder Comics, capitaneada pelo roteirista Brian Michael Bendis. A intenção do escritor é dar um lugar para os gêmeos no universo de quadrinhos da editora, tornando-os estagiários da Liga da Justiça. Lemos a primeira edição do título e vamos falar um pouco mais sobre os Super-Gêmeos e suas tentativas de chegarem aos quadrinhos da DC Comics. Continuar lendo ““Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop”

Howard: Quando Um Pato Concorreu à Presidência

Você já deve ter ouvido falar que quando as cédulas de votação eram de papel, um rinoceronte do zoológico do Rio de Janeiro, chamado Cacareco, quase se elegeu para vereador da cidade. Mais recentemente, o palhaço Tiririca foi eleito a deputado estadual pelo estado de São Paulo, com o slogan “pior que tá, não fica”. Então o que impediria o pato mais famoso da Marvel, Howard, a se eleger presidente dos Estados Unidos? Com o tipo de candidato que anda se elegendo mundo afora, praticamente nada. Foi esse tipo de crítica social que o roteirista Steve Gerber e o desenhista Gene Colan fizeram na revista Howard The Duck #8. Eu vou contar um pouco dela para vocês! Continuar lendo “Howard: Quando Um Pato Concorreu à Presidência”

O Que é Alchemax, a Empresa de Homem-Aranha: no AranhaVerso, nos Quadrinhos?

Na animação Homem-Aranha: no Aranhaverso, a aranha que pica o adolescente Miles Morales possui uma inscrição nas costas: “Alchemax 42”. Esse é o nome da empresa de Wilson Fisk, o Rei do Crime, possui. Ela é a catalisadora do encontro entre as várias versões de Homens-Aranha que encontramos no filme longa-metragem. Mas querem saber um segredo? A Alchemax nos quadrinhos não está ligada ao Miles Morales, mas sim, a um outro Homem-Aranha. E eu vou contar tudinho, tim tim por tim tim neste post a seguir! Continuar lendo “O Que é Alchemax, a Empresa de Homem-Aranha: no AranhaVerso, nos Quadrinhos?”

Quem São os Aranhas em “Homem-Aranha no Aranhaverso”?

É isso aí, mergulhadores, logo mais estreia o longa-metragem de animação do Homem-Aranha que vai trazer inúmeras versões do herói aracnídeo para as telonas. Eu estou bastante empolgado para esse filme. Tudo que ouvi falar e os trailers que vi parecem ser muito divertidos. Tudo bem, tudo bem. Mas você sabia que todas essas versões do Homem-Aranha já apareceram nas histórias em quadrinhos? É verdade, sim! Então eu resolvi fazer aqui uma listinha com os principais aracnídeos que vão aparecer no filme de animação que chega loga logo às telonas! Sigam-me se quiserem que uma aranha irradiada pique vocês! Continuar lendo “Quem São os Aranhas em “Homem-Aranha no Aranhaverso”?”

Um Passeio Pela Exposição “Quadrinhos”, do MIS

Até o dia 31 de março de 2019 fica em exposição a mostra Quadrinhos, no Museu da Imagem e do Som, o MIS, localizado no Jardim Europa, em São Paulo. A exposição foi liderada e organizada por Ivan Freitas da Costa, um dos sócios da Comic Con Experience. Aproveitando que já estaria em São Paulo para a CCXP 2018, resolvi dar um pulo na exposição Quadrinhos, no único dia em que eu poderia vistá-la durante minha estadia. Tirei mais de 200 fotos lá, mas separei algumas muitas para vocês . Neste post contarei um pouco do meu passeio na exposição, com o intuito de também instigá-los a visitar esta incrível, sensacional, magnânima mostra!

Continuar lendo “Um Passeio Pela Exposição “Quadrinhos”, do MIS”

Quem é Manchester Black, que Estreia na Série da Supergirl?

Manchester Black foi criado como uma resposta dos novos tempos – mais extremos – ao bom-mocismo, à educação e ao juramento de não matar do Superman. O supervilão do Homem de Aço veio na onda de quadrinhos em que os super-heróis precisam tomar quaisquer atitudes para evitar o mal maior, como no Authority de Warren Ellis e Bryan Hitch, em que os heróis não poupam os meios para atingir seu fim. Manchester Black é, então, uma crítica a heróis extremistas e serve para contrabalançar e reforçar as boas intenções do Superman, em uma realidade onde todos estão interessados em satisfazer seu próprio ego e não o bem maior. Manchester Black vai estrear na próxima temporada do seriado da Supergirl, pelo Warner Channel e é sobre ele que vamos falar mais neste post. Continuar lendo “Quem é Manchester Black, que Estreia na Série da Supergirl?”

Conheça a Wonder Comics, a Linha de Personagens Jovens da DC Comics, Capitaneada Por Brian M. Bendis

Na New York Comic Con de 2018, a DC Comics apresentou o novo projeto de Brian Michael Bendis na editora, a linha Wonder Comics, dedicada ao universo jovem dos seus personagens. Bendis, na verdade, só vai escrever o título da Justiça Jovem, que será o principal da linha. Enquanto isso, os demais títulos serão desenhados e escritos por equipes criativas escolhidas e coordenadas pelo escritor careca de Cleveland, que também está no comando da linha de títulos da família do Superman e vem provocando grandes mudanças por lá. Neste post vamos falar um pouco do histórico das revistas revitalizadas e criadas especialmente para a linha Wonder Comics. Coloque sua capa, seus tênis, masque seu chiclete e coloque os fones nos ouvidos porque vamos sentir o espírito jovem! Continuar lendo “Conheça a Wonder Comics, a Linha de Personagens Jovens da DC Comics, Capitaneada Por Brian M. Bendis”

10 Personagens do Universo DC Que Já Se Chamaram Starman

Nos últimos dias ficamos sabendo que Scott Snyder, o novo roteirista da Liga da Justiça, pretende incluir na nova formação da equipe um antigo Starman, chamado Will Payton. O universo DC, entretanto, já abrigou inúmeros Starmen em suas revistas, muitos deles tendo título próprios, como no caso de Will. Neste post vamos falar sobre os diversos super-heróis que já tiveram a alcunha Starman, desde a Era de Ouro, com Ted Knight até essa nova aparição de Will Payton no novo volume da Liga da Justiça por Scott Snyder e James Tynion IV. Ergam seus bastões cósmicos e se preparem para nossa singela listinha! Continuar lendo “10 Personagens do Universo DC Que Já Se Chamaram Starman”

Diabolik: Bandido Bom ou Bom Bandido?

Diabolik é o bandido mais astuto dos quadrinhos. Esqueça os supervilões. Diabolik não possui poderes, ele tem a manha, ele saca dos paranauês. Ele tem os equipamentos e o treinamento necessários para aplicar grandes golpes, roubar grandes fortunas, obras de arte, jóias caríssimas, artefatos antigos. E o melhor (ou pior) disso tudo? Os leitores o amam. principalmente na Itália. Ausente das publicações do Brasil por por pelo menos 25 anos, o personagem foi trazido de volta pela Editora 85, que publicou este volume em questão através de uma campanha do Catarse. É sobre Diabolik que vou falar neste post. Acompanhe! Continuar lendo “Diabolik: Bandido Bom ou Bom Bandido?”

Os Crossovers de Beavis & Butt-Head com os Personagens da Marvel

Archie versus Justiceiro? X-Men versus Obnóxio, o Palhaço? Looney Tunes versus DC Comics? Inesperado, claro. Mas tem um crossover que ninguém esperava e quase ninguém se lembra, que são as páginas únicas dos encontros de Beavis and Butt-Head, os aloprados personagens da MTV liam e “se encontravam” com os super-heróis da Marvel dos anos 90. Então, minha função é trazer essa cultura inútil, porém deveras divertida para que vocês a aproveitem novamente e deem boas gargalhadas. Acompanhem-me, então para a visão do Universo Marvel dos anos 90 através dos olhos de Beavis and Butt-Head! Continuar lendo “Os Crossovers de Beavis & Butt-Head com os Personagens da Marvel”

A Família Moderna da Idade da Pedra. Os Flintstones, de Mark Russell e Steve Pugh

Depois de ter lançado Future Quest, uma história reunindo os personagens de aventura dos desenhos da Hanna Barbera, como Johnny Quest, Os Herculóides, Space Ghost e Os Impossíveis, agora a editora italiana trouxe ao Brasil, um encadernado com Os Flintstones. Entretanto, diferente de Future Quest, que se baseia em aventura, ficção científica e espionagem, Flintstones é uma comédia voltada para a sátira social. E, claro, muita gente não gosta de se ver ou de ter os seus hábitos, a que estão tão apegados, sendo criticados de maneira jocosa. E é isso que faz essa HQ dos Flintstones o máximo. Mais, a seguir… Continuar lendo “A Família Moderna da Idade da Pedra. Os Flintstones, de Mark Russell e Steve Pugh”