O Chama do Remorso, Alan Moore e os Filmes de Super-Heróis

Faz tempo que o grande escritor de quadrinhos, Alan Moore, vem difamando os super-heróis, bem como os filmes derivados delas. O autor de Watchmen, Monstro do Pântano, A Liga Extraordinária e tantos outros quadrinhos de sucesso, ainda se ressente do tratamento que a indústria de quadrinhos de super-heróis americana tratou os direitos autorais de suas criações, de forma que ele poderia estar ganhando muito mais royalties com seus trabalhos. Assim, ele começou a falar mal dos super-heróis que trabalhou por muito tempo, dizendo, entre outras coisas, que eles são “a catástrofe do século XX”. Em seu último trabalho em quadrinhos, Cinema Purgatório, Moore dispara novamente sua metralhadora contra os filmes de super-heróis. Ou ele estaria disparando contra si mesmo? Comentamos tudo isso, a seguir. Continuar lendo “O Chama do Remorso, Alan Moore e os Filmes de Super-Heróis”

Seriam os X-Men Uma Cópia da Patrulha do Destino?

Pensem bem: os X-Men são uma equipe de desajustados, esquisitos, que todo mundo odeia, cujo líder é uma mente magnífica encerrada em uma cadeira de rodas. A Patrulha do Destino é uma equipe de desajustados, esquisitos, que todo mundo odeia, cujo líder é uma mente magnífica encerrada em uma cadeira de rodas. Em seu livro “Pancadaria: O Conflito Épico Marvel vs. DC”, o autor Reed Tucker conta que sempre houve uma desconfiança por parte da DC Comics de que a Marvel havia a copiado no caso X-Men/Patrulha do Destino. Arnold Drake, o criador da Patrulha do Destino, morreu com a certeza de que Stan Lee havia plagiado-o. Mutação de idéias? Destino malfadado? Vamos comentar um pouco sobre essa possível cópia de ideias. Continuar lendo “Seriam os X-Men Uma Cópia da Patrulha do Destino?”

Dentro da História: Representatividade, Cultura Pop e Infância

Sabe o pessoal que vive dizendo que diversidade não vende, que só tem histórias ruins com diversidade e que acham que diversidade não serve para nada? E ao mesmo tempo acreditam que diversidade é só um mote pra vender mais? Preparamos uma entrevista com Diego Moraes, o co-fundador e designer principal da Dentro da História. Essa empresa tem como missão trazer o leitor, principalmente o infantil, para dentro das histórias, através de ferramentas de customização do conteúdo e do design dos livros e das revistas, usando personagens extremamente conhecidos do público, como por exemplo a Turma da Mônica. O Diego contou histórias muito interessantes e explicou melhor a relevância da diversidade para o público e para as empresas. Dessa vez não sou eu quem está falando, mas quem convive com esse mercado todos os dias. Vamos ler a entrevista?  Continuar lendo “Dentro da História: Representatividade, Cultura Pop e Infância”

Destaques do Checklist Marvel / Panini Comics Para Setembro de 2018

Já estamos quase na metade do mês, mergulhadores! Mas para mim, parece que ele recém começou. A verdade é que já aconteceram muitas e muitas coisas esse mês: mortes, prisões, reviravoltas e facadas. Ok, ok, chega de tanta coisa ruim, vamos logo para as novidades dos destaques do checklist da Marvel pela Panini para setembro de 2018. Continuar lendo “Destaques do Checklist Marvel / Panini Comics Para Setembro de 2018”

A Decadência da Vertigo Após a Saída de Karen Berger

Caros leitores do blog, caso alguns de vocês têm acompanhado as novas séries da Vertigo que foram lançadas no Brasil, devem ter reparado que muitas delas seguiram para um final abrupto. Foi o caso de Coffin Hill, Art Ops, Hinterkind, Sala Imaculada, entre alguns dos títulos. A maioria das séries parecia promissora em suas propostas e, pareciam que iriam durar muito mais que apenas dois ou três encadernados, principalmente ao se observar o enredo das mesmas. Mas algo deu errado no processo. O selo adulto da DC Comics tem sofrido uma espiral de revezes desde que Karen Berger deixou de cuidar da linha editorial. Vamos fazer uma volta no tempo e uma análise para tentar entender essas mudanças. Continuar lendo “A Decadência da Vertigo Após a Saída de Karen Berger”

Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis

Hoje faleceu Marie Severin, uma das mais atuantes mulheres da Marvel Comics em seu início, ao lado da influência da esposa de Stan Lee e da secretária da Marvel, Flo Steinberg. As três deixaram nosso mundo em um coincidente curto espaço de tempo. Embora os quadrinhos americanos e, principalmente os de super-heróis, foram um espaço masculino, sempre existiram mulheres que resistiram à essa tradição e representaram o sexo feminino. Marie Severin foi uma dessas figuras, dona de um fôlego incansável e de um humor que não poupava ninguém, produziu inúmeros trabalhos na Marvel, sendo mais conhecida pelo Incrível Hulk e a revistas de humor e paródias da própria Marvel, Not Brand Echh!, lançada nos anos 70, como uma resposta à MAD. Convido vocês para conhecer mais sobre essa pioneira dos quadrinhos de super-heróis feitos por mulheres, como uma maneira de prestar uma singela homenagem à sua existência. Continuar lendo “Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis”

O Incrível Caso dos Desenhistas Clones

Existem desenhistas que, de enxergar de longe, você já sabe de quem é a autoria do desenho. Outros, nem enxergando bem de pertinho. Porém, existe um caso ainda mais incrível que essa discrepância. O caso dos desenhistas clones. Aquelas obras de desenhistas que são tão parecidas que, às vezes fica difícil dizer de quem é qual. Fizemos uma lista com trinta desenhistas e quinze pares de clones. Não colocamos desenhistas brasileiros para não rolar aquele processinho esperto. Mas basta dizer que nos anos 90, o mercado queria era muito mais Jim Lees e muitos mais Rob Liefelds, Marc Silvestris e coisas assim. Isso acabou criando uma escola, não só no Brasil. Mas deixa o Brasil, que aqui só se pode falar bem dos nossos autores, não é mesmo? Vamos é mexer com os gringos. Preparados? Apontar… Fogo! Continuar lendo “O Incrível Caso dos Desenhistas Clones”

10 Sugestões Sobre Como Formar Novos Leitores de Quadrinhos

Vai e volta surgem teorias apocalípticas que o mercado de quadrinhos vai acabar. Agora estamos no olho do furacão, quando a teoria apocalíptica não é só que o mercado de quadrinhos vai acabar, mas que todo o mercado editorial vai sofrer um colapso e se adaptar para as novas gerações. No meio de tanta mudança, como amealhar novos leitores para publicações? E publicações de quadrinhos? Sabemos que novas gerações de leitores são a motivação que vai manter o mercado para os mais velhos. Mas os mais velhos também têm de ter consciência que para o mercado ser mantido, ele precisa mudar. É a velha “mão invisível” e a lei da oferta e da procura de Adam Smith se fazendo valer no capitalismo em que estamos encerrados. Neste texto vamos discutir possibilidades para que o mercado da leitura de quadrinhos se renove. Continuar lendo “10 Sugestões Sobre Como Formar Novos Leitores de Quadrinhos”

[TOP 25] Curiosas Personalidades Que Já Tiveram Gibi Próprio

Olá mergulhadores! Volta e meia nós viemos com aqueles posts de curiosidades bizarras sobre os quadrinhos. Bem, este aqui é um deles. Fizemos uma seleção de celebridades, pessoas públicas e personalidades famosas que já tiveram gibis próprios em algum momento. Claro, que isso se deu muito mais nos anos 80 e 90, quando os gibis estavam em maior evidência e o culto à personalidades televisivas também. Deixamos de fora as personalidades dos anos 70 para cima, porque a maioria dos leitor do blog não iria se identificar e, talvez, nem reconhecer, como Mazzaropi, e os palhaços Pimentinha, Arrelia e Carequinha. Dito isso, apertem seus cintos e vamos viajar pelas personalidades que, bizarramente,  ou nem tanto, já tiveram gibis! Continuar lendo “[TOP 25] Curiosas Personalidades Que Já Tiveram Gibi Próprio”

Como Foi o Seminário “O Negócio do Livro”, que Discutiu Inovação no Mercado Editorial

Aconteceu hoje o seminário “O Negócio do Livro”, no Goethe-Institut de Porto Alegre. O evento é organizado há mais de 10 anos pelo Clube dos Editores do Rio Grande do Sul e pela Papel Pólen. Neste ano, o tema foi inovação sob o título “Uma Nova Página Para o Futuro”. O elemento em comum entre todas as palestras foi a força das pessoas nesse negócio, tanto do público com um canal de divulgação quanto daquelas pessoas agentes das editoras como indivíduos multitarefas. Todos destacaram a necessidade de se ouvir o público e de produzir uma comunicação cada vez mais estreita com o consumidor final. Palestrantes de áreas de negócios, design, crowdfunding e customização trouxeram suas ideias durante um dia inteiro de palestras. Trouxemos um apanhado das principais ideias discutidas no evento. Continuar lendo “Como Foi o Seminário “O Negócio do Livro”, que Discutiu Inovação no Mercado Editorial”

(Poucos) Destaques dos Lançamentos da Mythos Editora Para Agosto de 2018

Caros mergulhadores! Chegamos com mais um post de destaque dos lançamentos da Editora Mythos para este mês. Demorou um pouquinho mais para sair este mês, mas aqui está. Tempos poucas novidades neste mês de agosto porque muitos lançamentos do mês passado foram reprogramados. Confira aí o que vem de novo na Mythos Editora para agosto de 2018. Continuar lendo “(Poucos) Destaques dos Lançamentos da Mythos Editora Para Agosto de 2018”

Arquivos Digitais: Por Que São Importantes Para Publicar Uma HQ?

Sempre quando um leitor, desses bem newbies, bem desavisados, ou ainda, uma daqueles bem raiz, bem perdidos no tempo, pedem um quadrinho absurdo para a Panini e outras editoras, – por exemplo a continuação de Shade -, é respondido que a publicação depende da disponibilidade de Arquivos Digitais. Muitos materiais que fizeram sucesso no Brasil, como algumas séries da Vertigo e materiais da linha Marvel 2099, não possuem arquivos digitais nos Estados Unidos, e isso resulta que as editoras brasileiras não tenham como publicá-los. Mas, afinal, o que são esses tais “arquivos digitais”, para que servem e por que ninguém nunca teve paciência para te explicar? Bem, eu vou te explicar aqui e agora, é só ler a seguir. Continuar lendo “Arquivos Digitais: Por Que São Importantes Para Publicar Uma HQ?”

12 Sintomas do Caos no Mercado Editorial de Quadrinhos Brasileiro

É, amigos… Diziam que era só tirar a Dilma, depois se tirava o resto. Que o governo dela estava afundando a economia brasileira. Por isso, era necessário o impeachment. Então a presidente da república foi tirada do poder, e o Brasil entrou na pior recessão econômica que já viu em sua História recente. Não acredite em tudo que alardeiam por aí. Mesmo que você não goste de discutir política, ela acaba nos afetando bastante. Garanto que nos dois últimos anos, você parou de comprar muitos quadrinhos que comprava antes. E a coisa só piora. Trouxemos, neste post, dez sinais que demonstram o buraco onde nossa economia se enfiou e como isso afeta nossos amados quadrinhos, infelizmente… Continuar lendo “12 Sintomas do Caos no Mercado Editorial de Quadrinhos Brasileiro”

Levi Trindade Revela Novidades da Panini Comics na Comic Con RS 2018

Olá mergulhadores! Acabou o primeiro dia da ComicConRS 2018. Este ano, o festival de quadrinhos gaúcho ganhou um andar a mais dedicado às suas atividades no prédio da ULBRA em Canoas/RS. Outros destaques deste ano foram simulação de dança, a biblioteca de quadrinhos do SESI, um espaço dedicado a Harry Potter e outro, dedicado a Star Wars. Hoje, eu participei como convidado em um painel sobre Representatividade. Também acompanhei a revelação de novidades feitas pelo editor da Panini Comics, Levi Trindade, que também é um dos homenageados do evento. Sei que você está ansioso pelas novidades, então, vamos logo a elas. Continuar lendo “Levi Trindade Revela Novidades da Panini Comics na Comic Con RS 2018”

(Muitos) Destaques no Checklist Marvel / Panini Comics Para Julho de 2018

Caros mergulhadores, esse mês não vou dar chapoletada na Panini porque é que nem o Willie Lumpkin tentando enfrentar o Galactus. Por mais que ele entregue cartas, o Galactus vai acabar devorando o planeta de qualquer maneira. A não ser que o Vigia tome uma atitude no seu juramento de não-intervenção. Mas isso só acontece nas histórias de super-heróis. Por isso, vamos rapidamente pular para os vários destaques do checklist do mês antes que o Galactus devore o seu salário do mês! Continuar lendo “(Muitos) Destaques no Checklist Marvel / Panini Comics Para Julho de 2018”

Os Quadrinhos Nacionais Nos Rankings do Guia dos Quadrinhos

Essa semana escrevi um post falando sobre os quadrinhos mais bem avaliados do site de catalogação e colecionismo Guia dos Quadrinhos. O post gerou algumas boas discussões. Até que alguém trouxe à baila a situação dos quadrinhos brasileiro. Realmente, apesar de nosso cenário se mostrar mais diverso, com publicações para todos os gostos, parece que isso não se reflete na preferência nacional e também não gira tanto capital quanto os quadrinhos estrangeiros. Ao menos através da óptica dos frequentadores do site Guia dos Quadrinhos. Mas vamos um pouco mais à fundo nisso e vamos discutir esses rankings com mais detalhes. Se ficou interessado, continue lendo. Continuar lendo “Os Quadrinhos Nacionais Nos Rankings do Guia dos Quadrinhos”

DC Comics Vai Vender Revistas Exclusivamente Através do Walmart. Será Que Isso é Bom?

Essa semana a DC Comics anunciou uma nova estratégia de vendas para suas revistas. Novos títulos de 100 páginas focando os principais heróis e equipes da editora fazem parte da iniciativa Giant. O título trará três histórias que serão republicações e uma história inédita. O interessante é que a DC Comics chamou medalhões para cuidarem das histórias de Superman e Batman a partir da edição 3 dessas revistas. A venda dos quadrinhos será de exclusividade da rede de lojas Walmart. Neste post vamos discutir essa nova jogada de marketing da DC, o quanto ela é importante para o mercado de quadrinhos como um todo e, claro, também o conteúdo dela com histórias antigas e inéditas. Continuar lendo “DC Comics Vai Vender Revistas Exclusivamente Através do Walmart. Será Que Isso é Bom?”

Destaques dos Checklists Inexistentes da Marvel, DC Comics e Vertigo da Panini Comics Para Maio de 2018

É algo assustador como a Panini Comics Brasil consegue ter uma comunicação com seu leitor e com os blogs, videoblogs, podcasts de quadrinhos tão incrivelmente ruim. Para quem olha de fora, deve imaginar que trabalhar no marketing da Panini deve ser um mar de rosas, porque não vemos a editora mexer um dedo para divulgar as suas coisas do jeito correto. Para se ter uma ideia, estamos a pouco dias do fim do mês de maio e seus hotsites não foram atualizados. E todo bendito mês é o mesmo drama. A maldita editora não manda um newsletter para seu público e nem release para os blogs e cada vez dificulta mais o acesso às informações de suas publicações. Caçando lá e cá aqui e ali só no final do mês, com as publicações já nas bancas podemos comentar seu “checklist inexistente”. Continuar lendo “Destaques dos Checklists Inexistentes da Marvel, DC Comics e Vertigo da Panini Comics Para Maio de 2018”