Todos os posts em: 5 HQs

Nessa sessão, falo sobre 5 HQs de um determinado segmentoe porque elas devem ser lidas.

0bucapa

5 Músicas e 5 Quadrinhos da Marvel Sobre Bullying

Estará mentindo quem disser que nunca sofreu bullying ou foi trollado por alguém na internet. O que é o bullying? Bullying é o assédio sofrido por pessoas do mesmo nível. Ou seja, os queridos coleguinhas, sejam eles de trabalho ou de escola. Eu já sofri bullying tanto na escola como no trabalho. E se, você está nessa situação, siga o meme dos gays “It Gets Better”! Mas pra ajudar ainda mais vocês, aqui vão 5 quadrinhos que falam sobre bullying e 5 músicas pra dar a trilha sonora deles.

Anúncios
natcapa

5 Histórias Natalinas dos X-Men (Merry X-Mas!)

O Natal vem vindo, vem vindo o Natal! Para entrar no ritmo e no espírito natalino, preparei uma lista com cinco histórias das festas de final de ano com os X-Men, minha equipe de super-heróis favorita. Dê uma olhada nessa lista e veja se você já leu alguma dessas histórias ou não, ou se pelo menos conhece elas! Ho ho ho!

rurcapa

Roteiristas Que (Quase) Todo Mundo Adora Odiar

Como nossas duas listinhas de desenhistas odiados fizeram sucesso aqui no blog, dessa vez resolvemos trazer para vocês roteiristas que são uma quase unanimidade do ódio entre os leitores. Histórias fracas, personagens, mal construídos, plots sem pé nem cabeça são alguns dos males que acometem esses senhores estes senhores aqui listas.  Venha ver quem são!

wilcapa

O Que Retomar e O Que Esquecer na Volta do Universo WildStorm

Warren Ellis está de volta com aquilo que lhe fez famoso: o Universo Wildstorm com os heróis criados pelo superastro Jim Lee. Foi lá que ele trouxe à tona materiais como The Authority e Planetary, bem como diversas criações próprias, como R.E.D.: Aposentados e Perigosos e Oceano. Mas além das coisas trazidas por Ellis, o que vale a pena e o que não vale trazer de volta nesse universo?

ruimcapa

Desenhistas Que (Quase) Todo Mundo Adora Odiar

Bem, nós sabemos que nem tudo é consenso nesse mundo, mas tem alguns desenhistas de quadrinhos de super-heróis que caíram nas graças (ou desgraças?) de um monte de gente como sendo desenhistas MUITO ruins. Fizemos, assim, uma lista gente que, apesar de terrível, já teve seu lugar no mercado e, certamente no coração de alguma boa parcela de compradores de quadrinhos. Vamos à nossa breve lista!

VALemma

[VALENTINE’S DAY] X-Men: Romance e… Tragédia!

Claro que uma das coisas que os leitores – e principalmente as leitoras – de X-Men mais gostam são os dramas românticos vividos pelos mutantes. Então, aproveitamos o Dia dos Namorados para fazer uma listinha dos casais mais românticos, apaixonados e melosos que os X-Men e adjacências já tiveram. Aqueles que tiveram de superar enormes obstáculos para manter acesa a chama do amorrrr. De quebra, indicamos para vocês algumas histórias bem trágicas e românticas. Preparem seus lencinhos de papel e vamos lá!

QUEcapa

QUE TAL… Super-Heróis Escritos Por Quentin Tarantino?

Nos cinemas temos a estreia do novo filme de Tarantino, os Oito Odiados, com o diretor fazendo mais uma homenagem a um gênero e realizando um mash-up entre eles. Tarantino também ajudou na adaptação da minissérie de Django para as HQs, numa minissérie em oito edições pela DC Comics. Mas e se ele escrevesse super-heróis? Quem ele arrasaria escrevendo? Escolhemos aqui cinco candidatos baseados em seus filmes.   ESQUADRÂO SUICIDA (CÃES DE ALUGUEL): É, amigos, o Esquadrão está com tudo no ritmo de umas musiquinhas bem pop como Seven Nation Army e Bohemian Rapsody, mas foi o pioneiro de colocar essas musiquinhas pop incidentais – bem, talvez músicas protopop – nos filmes? O Tio Taranta. Ele fez isso com uma trilha extraordinária em Cães de Aluguel, meu filme preferido dele. Mr. Blue, Mr. Brown, Mr. Pink, é podia ser uma história da Tropa dos Lanternas Verdes, mas eles são fora-da-lei num tipo de delação premiada da Lava-Jato, onde o prêmio não é nada mais que ficar vivo. Já imaginou um quadrinho do Esquadrão Suicida que …

SVTcapa

Cinco Supervilões da Marvel e Suas Inspirações

Sabemos que muitos autores usam referências como inspiração para criar personagens. Algumas dessas referências podem ser outros personagens, podem vir da mitologia ou da religião, pessoa famosas e até amigos e inimigos da vida real de seus criadores. Agora trazemos para vocês cinco supervilões da Marvel e suas inspirações e referências!

VERcapa

Destaques do Checklist Vertigo/Panini Para Dezembro/2015

Mês de novos encontros e velhas despedidas na Vertigo, mas também de continuidade de séries muito legais. Vamos saber quais são? PATRULHA DO DESTINO: RASTEJANDO DOS ESCOMBROS Quando a realidade não é mais a mesma e tudo é muito estranho para que você conviva com naturalidade no mundo, a quem você deve chamar? À Patrulha do Destino, a equipe mais estranha de todas! Criada nos anos 60, a Patrulha era uma equipe que morria e retornava dos mortos. Quase 30 anos depois, nas mãos de Grant Morrison, a equipe voltava com uma pegada que não é fácil de definir: surrealista, dadaísta, niilista? Bem, o importante que era fora do real e se tornou um dos quadrinhos mais loucos de todos os tempos. É bom frisar que Flex Mentallo também surgiu nas páginas da Patrulha de Morrison!   ASTRO CITY: O ANJO MACULADO Depois de nos brindares com uma história irretocável como Confissão (que você pode ler uma resenha nesse link), Kurt Busiek, Alex Ross, Brent Anderson e companhia nos trazem a história do homem blindado …

APOcapa

5 Histórias com Apocalipse para Ler Antes do Novo Filme dos X-Men

Ele é o primeiro mutante da face da Terra, chamado Em Sabah Nur, ele reinou no Egito antigo por anos e foi responsável pela construção das pirâmides. Ele acredita na sobrevivência dos mais fortes, ou seja, os humanos devem perecer em prol dos mutantes. Separei aqui algumas histórias importantes com Apocalipse para serem lidas antes do filme:

80-0

5 Equipes Obscuras dos Anos 80

OS NOVOS DEFENSORES – OS HERÓIS MAIS ESTRANHOS DE TODOS! Sim, eu sei que essa é a tagline dos X-Men, mas veja bem, na equipe dos Novos Defensores haviam três deles: Anjo, Homem de Gelo e Fera, sendo o Fera o líder da equipe. Completavam a equipe o feioso Gárgula, a mística Serpente da Lua, a mulher/homem Nuvem, a asgardiana Valquíria. Houveram, claro outros integrantes estranhos, mas o que fazia as aventuras dos Novos Defensores muito legais de se acompanharem eram os roteiros de Peter B. Gillis, um renomado romancista da década de 80. Ele trabalhava os personagens à fundo e ousava trazendo temas incomuns como satanismo, preconceito, transexualidade. Além disso, a série tinha ótimos coadjuvantes como a namorada do Anjo, Candy Southern e o cãozinho Satanás (acharam que foi só a Bruxa do 71 a ter essa ideia?). O fim dos Novos Defensores foi apoteótico: todos os integrantes (com exceção dos mutantes) viraram pedra para salvar nosso planeta. As aventuras deles foram publicadas na revista Capitão América aqui no Brasil. – GS QUARTETO FUTURO …

GAY5won

Os 5 Casais Gays Pouco Conhecidos dos Quadrinhos

Sim, existem casais gays menos famosos que os colocados no post anterior. Mas esses personagens e suas séries são bastante emblemáticos e sim, são eles que são citados quando se pensa em personagens gays. O engraçado é que dessa vez temos mais casais lésbicos do que casais gays. E não, não vou colocar Superman e Batman para ilustrar esse post para não correr risco de morte. O fato é que o post dos casais gays foi o mais acessado de todos os tempos do blog. Então, vamos dar ao povo o que o povo quer. Os 5 casais gays pouco conhecidos dos quadrinhos: ROCKY & HUDSON (Criados dor Adão Iturrusgaray) Rocky & Hudson surgiram bem antes do filme Brokenback Mountain fazer polêmica e sucesso nas telonas do cinema. Mas não antes do conto que deu origem ao filme, talvez Adão tenha se inspirado no conto. Mas o fato de que os cowboys povoam a fantasia gay não é de hoje, visto que um dos integrantes do Village People se vestia assim. Claro que Rocky e …

My France will never be the same, I'm glad Ronald McDonald came...

Os Quatro Quadrinhos Mais Influentes da Infância #fourcomics #4hqs

Ontem, 22 de janeiro, a editora Archie Comics lançou no twitter um desafio de postagens, no estilo #musicmonday. A ideia era selecionar as capas dos quatro quadrinhos mais influentes na sua infância. Logo, ditando a hashtag #fourcomics a timeline estava cheia de quadrinistas, fãs e profissionais da área declarando suas paixões da infância. Algumas podem parecer óbvias, postando só revistas de super-heróis, mas outras não, como por exemplo as de Kurt Busiek, que colocou quase só quadrinhos europeus. Detalhe: Busiek passou a infância na França. Eu também coloquei os meus e, como uma boa criança brasileira dos anos 80, as influências não poderiam ir muito além dessas. Mas como esse blog é meu e eu faço nele o que eu quero, eu vou explicar melhor essas influências e como elas transformaram minha vida: AS HISTÓRIAS DE PARÓDIAS DA TURMA DA MÔNICA Sim, a primeira mesmo foi Cebolinha e Mônica em Romeu e Julieta, lá nos anos 70. Mas eu não tinha chegado ao mundo naquela época, então peguei as paródias de filmes da turminha como …

desdc

Os Melhores Destinos do Verão no Universo DC

Devido à grande procura de reservas em nossos pacotes para o Universo Marvel, resolvemos fazer uma parceria com uma agência de viagens homônima na Universo DC e oferecer também pacotes para os lugares mais selecionados do Universo da Lendas, neste verão que fará Mefisto e Blaze morrerem de inveja. Santa Prisca Priscaaa, quiero bailar la salsa! Priscaaa! Um paraíso tropical que se tornou um enclave revolucionário no Mar do Caribe. A magia da militarização pode ser sentida nas suas belíssimas torturas, obrigações e restrições. Você sentira na pele como é ser um priscano ao visitar esse país proibido pelos Estados Unidos. Apenas alguns bons cidadãos conseguem chegar a essa ilha. Entre seus mais ilustres frutos está o porradeiro Bane. Aproveite nossa oferta de verão para Santa Prisca e ganhe uma garrafa do drinque local, Veneno! Ilha do Arqueiro Verde Tem horas que o mundo te incomoda tanto com seus barulhos, cheiros e obrigações que tudo que você quer é ficar sozinho numa ilha deserta. Nada tema. Nossos agentes autorizados estão preparados para simular um desastre …

DESMarvel

Os Melhores Destinos do Verão no Universo Marvel

Não sabe para onde ir nesse verão? Cansado das opções chatas como praia, montanha e casa da sogra? Acha que o dólar subiu tanto que a próxima viagem que você vai fazer é pro Microverso? Não se preocupe, selecionamos vários pacotes turísticos acessíveis para incríveis lugares no Universo Marvel! Confira! Madripoor No melhor estilo favela chic, em Madripoor convivem a tecnologia dos gigantescos arranha-céus com a rusticidade dos casebres em palafitas. Ideal para quem gosta de conhecer os costumes locais como roubar, traficar, praticar crimes a mando de algum supervilão como para os que gostam de compras de luxo, participando de leilões de grandes jóias, automóveis e outros olhos da cara da alta sociedade. Um dos pontos que nosso guia recomenda é o Bar Princesa, local de lutas de bar como você nunca viu antes e é muito capaz de você se encontrar com Wolverine ou a Mulher-Aranha por lá. Fique de olho no tapa-olho! Ilha da IMA Localizada no belíssimo Caribe, a Ilha da IMA fica no lugar onde era a ilha de Barbuda. …

As Melhores Graphic Novels Americanas que li em 2013

BONE – THE COMPLETE CARTOON EPIC IN ONE VOLUME, JEFF SMITH Se alguém me parasse na rua e me suplicasse: “Guilherme, eu PRECISO de um quadrinho bom, os que eu tenho lido são uma mesmice disparatada. O que você me recomenda para salvar minha vida?” Eu diria que recomendo Bone. Essa HQ é épica e ao mesmo tempo é simples. É uma aventura disparatada e também tem uns personagens fofinhos. Parece Senhor dos Anéis e Game of Thrones, mas também tem um quê de Calvin, Peanuts e a gente entende de onde o Frank Cho tirou inspiração para o Liberty Meadows. O cenário é medieval, tem feitiço, tem sonhos premonitórios, mas também é lotado de humor e reflexões irônicas. Eu acho que não tem como não gostar de Bone. É preciso ser uma pessoa bem chata para isso. Ele tem elementos do Carl Barks, tem coisas de Cerebus, tem um pouquinho de coisas Gaimanianas. O traço de Jeff Smith é suave, lembrando muito a linha clara, mas dá pra ver que a inspiração dele vem …

Os Melhores Romances que Li em 2013

1Q84 – Livro 1, Haruki Murakami Ler esse novo sucesso do autor japonês mais cultuado no mundo de hoje, me fez embarcar na vida dos personagens. Fez com que eu fizesse parte de um Japão moderno, nada tradicional. Fui buscar por mais leituras de obras orientais – estou falando dos mangás – que comportassem aquele clima que o livro me passou. Mas ainda fico na dúvida do que se trata o livro e a que ele veio: um mistério que só vou conseguir entender quando ler os Livros 2 e 3. Ele trata de amor, em primeiro lugar, claro, os dois personagens principais possuem uma relação que só será elucidada no fim da trilogia (espero). O livro é uma homenagem a 1984, de George Orwell – o ano em que nasci – e se passa também no mesmo ano. Entretanto, se você está esperando o Grande Irmão, ministérios, duplipensar, censura, vai demorar um pouco para entender como esses elementos estão presentes. Talvez a maior qualidade de Murakami seja a sutileza, mas não se trata de …

Os Melhores Mangás que li em 2013

Então, primeiro quero pedir desculpas pelo meu total desconhecimento sobre o universo dos Mangás. Se eu falar alguma besteira, me corrijam. Nunca fui muito desse tipo de leitura, mas não por não curtir o estilo, e sim, porque os títulos errados caíram em minhas mãos. Tentando corrigir esse lapso na minha formação quadrinhística, tentei ler alguns. Os melhores foram estes:  ADOLF, OSAMU TESUKA O Deus do Mangá não poderia ficar de fora da lista de iniciação aos quadrinhos japoneses. Além de Adolf, li A princesa e o cavaleiro, um dos grandes clássicos do mestre. A diferença de teor entre os dois é enorme, seja no traço ou no conteúdo narrativo.  Dizem que Adolf foi o primeiro quadrinho adulto de Tesuka e a história tem coisas para maiores de 18 anos como sexo e muita violência, mas, claro, à maneira Tesuka. Notei nos dois mangás uma influência de Shakespeare, seja nas tragédias, nos encontros e desencontros ou nas trocas de papéis, como já bem diz o título que comporta três Adolfs diferentes. Além disso, há a …

As Melhores HQs Estrangeiras que li em 2013

* Por Estrangeiras quero dizer não Brasileiras e não Americanas. Já que ambas têm categorias próprias. A ARTE DE VOAR, ANTONIO ALTARRIBA E KIM ESPANHA Como eu falei em algum lugar, eu havia ouvido falar dessa HQ lendo no site espanhol Zona Negativa. Tenho um fraco (ou um forte?) para essas histórias que abordam relações familiares. Achei muito atraente a proposta, principalmente porque começa com o pai do autor – cuja história, e que história, será contada ao longo da graphic novel – se suicidando. Antonio Pai torna-se anarquista (pô, já tava na moda naquela época? ¬¬’), luta contra o franquismo, é obrigado a lutar na Segunda Guerra Mundial e em meio a tudo isso conhece lugares e participa de situações que nunca um humilde camponês sonharia em realizar. Torna-se um homem de “negócios”, constitui família e acaba depressivo, num abrigo para idosos. Para mim, a melhor parte é essa mesma: o final. Nem todas as grandiloquentes aventuras de Antonio Altarriba nas guerras ou seus negócios mafiosos são tão orquestrados quanto o final da sua …

Os Melhores Quadrinhos da Vertigo que li em 2013

FLEX MENTALLO, GRANT MORRISON E FRANK QUITELY Quiçá Flex Mentallo seja a obra-prima do careca escocês. Quiçá seja a obra que melhor resuma seu trabalho e estilo. Quiçá seja a história de Morrison mais difícil de dizer: ela trata disso e não daquilo. Mas deixando os Quiçás de lado o fato é que Flex Mentallo permite várias leituras, sejam elas sobre super-heróis e maturidade; sejam sobre a origem e o destino das ideias; seja sobre sexualidade ou até mesmo sobre seus próprios leitores. Só aqui no blog ela já rendeu todas essas interpretações. Foi um grande acerto da Panini Comics ao lançar a edição aqui no Brasil com extrema rapidez, visto que sua reprodução estava proibida nos EUA e fora de lá. OCEANO, WARREN ELLIS, CHRIS SPROUSE E KARL STORY Oceano é uma ficção científica. Oceano é um drama. Oceano é uma história de super-heróis. Oceano é um thriller de espionagem. Oceano é da Wildstorm e não é da Verigo, mas tem um gostinho do selo também.  Já falei bastante da história e algumas análises …