O Quadrinho Erótico do Hulk Produzido no Brasil: O Incrível (e Bem Dotado) Hukão

Era o início dos anos 1970, os anos de chumbo da ditadura estavam em seu auge junto ao chamado “milagre econômico” que deflagrou uma das maiores crises mercadológicas que o país já viu. Ansiando por abertura econômica e política do país, e também o afrouxamento da censura, muitas editoras começaram a investir pesado em publicações sobre sexo. Era a chance das bancas brasileiras verem e se abrirem para um mercado até então impossível aqui no país: as revistas pornográficas. Vendo um filão nestas revistas, além de fotografias, a editora paranaense Grafipar também resolveu investir nos quadrinhos eróticos, sob pesada censura do governo. Uma dessas publicações era Herói Erótico, que em seu número 5 trazia O Incrível (e Bem-Dotado) Hukão, com a chamada “Ele tem o maior… do mundo!”. É sobre essa revista que vamos falar neste post. Continuar lendo “O Quadrinho Erótico do Hulk Produzido no Brasil: O Incrível (e Bem Dotado) Hukão”

Anos de Chumbo, Punhos de Aço, Ditadura de Ferro: A Revista do Punho de Ferro Pela Bloch Editores

A história das adaptações dos quadrinhos gringos para as bancas brasileiras tem lá as suas histórias bizarras. Desde a mudança das cores do uniforme do Fantasma pela RGE até os inúmeros cortes feitos pela Editora Abril na famigerada publicação de Guerras Secretas, da Marvel, no Brasil. Danny Rand, o Punho de Ferro, criado na exploração dos filmes de kung-fu dos anos 1970, também não escapou destas atribulações. O fato é que quando ele chegou no Brasil, nosso país sofria uma pesada ditadura militar que fazia com que os jornais trocassem notícias que falavam mal do governo por receitas de bolo. Isso também acabou afetando os quadrinhos, mais precisamente nosso querido Danny Rand. É agora que vou explicar para vocês como isso aconteceu. Continuar lendo “Anos de Chumbo, Punhos de Aço, Ditadura de Ferro: A Revista do Punho de Ferro Pela Bloch Editores”

Valquíria: A Heroína da Marvel e Sua Relação com as Lendas Nórdicas

Há pouco tempo a Marvel Comics anunciou que trará uma nova série em quadrinhos que será estrelada pela personagem Valquíria. A atriz Tessa Thompson encarnou a versão da personagem para o MCU no filme Thor: Ragnarok poucos anos atrás. Essa versão da personagem chegou a ir para os quadrinhos fazendo parte da equipe dos Exilados, um grupo de personagens de realidades alternativas. Contudo, quando a Valquíria apareceu pela primeira vez, ela era uma personagem radical, muito diferente da atual. Neste post vamos falar um pouco mais dela e de sua relação com as Valquírias, as guerreiras de Odin na mitologia dos povos nórdicos. Continuar lendo “Valquíria: A Heroína da Marvel e Sua Relação com as Lendas Nórdicas”

Como a Mulher-Gato Serve Como Atenuante Para a Homoafetividade Entre Batman e Robin

O mito da homossexualidade latente ou revelada entre Batman e Robin é bastante difundida, seja na cultura aqui do Brasil ou mesmo em seu local de criação, os Estados Unidos. Contudo, essa relação nunca foi demonstrada nos cânones das revistas em quadrinhos. Mesmo assim, a DC Comics, editora de posse dos personagens já empreendeu diversas tentativas de livrar os personagens deste estigma. A última delas, foi a inserção de uma versão lésbica do Batman, a Batwoman. Ou seja, o Batman gosta de mulheres, mesmo quando é uma mulher. Outro fator importante de uma deshomoerotização do relacionamento entre a dupla dinâmica foi a sexualização cada vez mais acentuada da Mulher-Gato que, nas histórias recentes de Batman chegou a ser pedida em casamento pelo Homem-Morcego. Vamos falar mais sobre que papel a Mulher-Gato tem nessa tentativa de desmistificar um possível relacionamento homossexual entre Batman e Robin. Continuar lendo “Como a Mulher-Gato Serve Como Atenuante Para a Homoafetividade Entre Batman e Robin”

Conheça 20 Super-Heróis da Década de 1930

Você deve saber que os super-heróis começaram na década de 1930, mais precisamente, com o Doutor Oculto, criado por Jerry Siegel e Joe Shuster em 1935. Contudo, antes que a onda dos heróis arrebatasse as editoras em cheio nos anos 1940, alguns poucos personagens foram criados ainda nos anos 1930. Muitos deles se assemelhavam com a noção que temos de super-heróis hoje em dia, embora não necessariamente sejam considerados assim por muitos. Neste post iremos falar rapidamente sobre vinte desses personagens criados ainda na primeira década do fenômeno dos super-heróis. Sigam-me os bons! Continuar lendo “Conheça 20 Super-Heróis da Década de 1930”

As Muitas Histórias de Mauricio de Sousa

Em 2015, Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica completou 80 anos de existência. Para comemorar esta importante data, seu estúdio, o Mauricio de Sousa Produções – MSP, lançou diversos produtos. Entre eles, algumas biografias de Mauricio de Sousa em diversos formatos. Este artigo tem a intenção de discutir estas obras e seu conteúdo bem como entender como a história da vida de um empresário brasileiro de sucesso é contada pela própria empresa. Continuar lendo “As Muitas Histórias de Mauricio de Sousa”

Saudades: Os Novíssimos Vingadores

Depois das sagas Eixo e Pecado Original, uma nova trindade dos Heróis Mais Poderosos da Terra, os Vingadores, passa a figurar no Universo Marvel. Eles são o Capitão América Sam Wilson, a Poderosa Thor Jane Foster e o Homem de Ferro Superior, o Tony Stark, mas com valores e intenções muito diferentes das heroicas. O que esses super-heróis têm em comum além disso? Todos eles estrelaram suas histórias nessa nova fase na mesma revista, que ficou chamada de Os Novíssimos Vingadores para dar destaque às novas personas que encarnavam os três dos maiores heróis do Universo Marvel. E é sobre ela que nós vamos falar neste post. Continuar lendo “Saudades: Os Novíssimos Vingadores”

“Os Eternos” Promete Trazer o Primeiro Super-Herói Gay da Marvel nos Cinemas

O site gringo THS afirmou que o Marvel Studios está a procura de um ator gay para interpretar um personagem gay no vindouro filme de Os Eternos. Muita gente pode achar ridículo noticiar e comemorar isso, mas quem é queer e cresceu com modelos de conduta sempre sendo casais entre homem e mulher e que diziam que isso era o correto a se comportar, vai saber como é uma ótima notícia. Isso ainda é especulação sobre esse personagem, que não se sabe quem vai ser. Neste post vamos falar rapidamente sobre Os Eternos e sobre como representatividade queer é importante. E se você não gostou desse post, passa para o próximo e evite encher a internet de ódio. As pessoas educadas agradecem. Continuar lendo ““Os Eternos” Promete Trazer o Primeiro Super-Herói Gay da Marvel nos Cinemas”

Aquela Vez em que um Quadrinho de Alan Moore Virou um Poema Épico Gay

Ah, os anos 80! Eles eram muito parecidos com o que estamos vivendo agora, né? A ascensão de uma direita extremista no mundo todo e as minorias em risco de morte. A desinformação e a contrainformação reinando forte nas ruas e nos meios de comunicação (formais ou informais). Os quadrinhos também se tornaram mais radicais naqueles tempos sombrios. Era uma época em que distopias em que a direita extrema reinava foram escritas para os quadrinhos. Duas dessas obras se chamavam Cavaleiro das Trevas e Watchmen. Elas mudaram para sempre o cenário dos quadrinhos. Para o bem e para o mal. E ao mesmo tempo que esse cenário caótico e desesperador era admitido no coração das pessoas, um grupo de artistas resolveu falar. Entre estes artistas estava o mago de Northampton, Alan Moore. Continuar lendo “Aquela Vez em que um Quadrinho de Alan Moore Virou um Poema Épico Gay”

Como a Mulher-Maravilha se Tornou Um Símbolo do Movimento Feminista?

Quando foi criada, em 1941, pelo psicólogo William Moulton Marston, a Mulher-Maravilha tinha a intenção de passar a mensagem de liberação feminina – mas para os homens. Era a eles que suas histórias eram voltadas para que, segundo o criador da personagem, os homens acabassem submetidos às mulheres. Contudo, com o passar dos anos e das guerras, a Mulher-Maravilha se mesclou na cultura popular de tal forma que a segunda onda do feminismo resolveu encampar a personagem para si. Isso ocorreu a partir da primeira edição da revista Ms., editada pela jornalista Gloria Steinem. Essa edição provocou uma mudança não só na percepção da personagem, como nas histórias da Mulher-Maravilha. É sobre a relação da Mulher-Maravilha com a revista Ms. que vamos falar agora. Continuar lendo “Como a Mulher-Maravilha se Tornou Um Símbolo do Movimento Feminista?”

“Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop

Os Super-Gêmeos, integrantes da Liga da Justiça, no desenho Superamigos, são muito famosos na televisão. Mas eles nunca tiveram uma versão nos quadrinhos que se tornou cânone, ou seja, oficial. Isso muda este mês, quando a DC Comics lança o gibi Wonder Twins, dentro da linha Wonder Comics, capitaneada pelo roteirista Brian Michael Bendis. A intenção do escritor é dar um lugar para os gêmeos no universo de quadrinhos da editora, tornando-os estagiários da Liga da Justiça. Lemos a primeira edição do título e vamos falar um pouco mais sobre os Super-Gêmeos e suas tentativas de chegarem aos quadrinhos da DC Comics. Continuar lendo ““Super-Gêmeos: Ativar!”: A Volta dos Gêmeos Mais Famosos da Cultura Pop”

Howard: Quando Um Pato Concorreu à Presidência

Você já deve ter ouvido falar que quando as cédulas de votação eram de papel, um rinoceronte do zoológico do Rio de Janeiro, chamado Cacareco, quase se elegeu para vereador da cidade. Mais recentemente, o palhaço Tiririca foi eleito a deputado estadual pelo estado de São Paulo, com o slogan “pior que tá, não fica”. Então o que impediria o pato mais famoso da Marvel, Howard, a se eleger presidente dos Estados Unidos? Com o tipo de candidato que anda se elegendo mundo afora, praticamente nada. Foi esse tipo de crítica social que o roteirista Steve Gerber e o desenhista Gene Colan fizeram na revista Howard The Duck #8. Eu vou contar um pouco dela para vocês! Continuar lendo “Howard: Quando Um Pato Concorreu à Presidência”

Guia de Leitura: Capitã Marvel

Caros leitores e leitoras do Splash Pages, estão empolgados com o filme que vem aí da Carol Danvers, a Capitã Marvel? A primeira heroína da Marvel a ganhar um filme live-action solo? Mas se você pensa que Carol Danvers surgiu faz pouco tempo na cronologia da Marvel, bem, você está redondamente enganado. Ela anda pela Casa das Idéias desde o seu comecinho, nos anos 60, quando figurava como interesse de Philip Lawson, o Capitão Mar-Vell, dos kree. Nesse meio tempo ela foi próxima de pessoas como James Howlett, o Wolverine e Ben Grimm, o Coisa. Bem como serviu de ombro amigo para Tony Stark, o Homem de Ferro e também foi membro dos Vingadores e dos Piratas Siderais. Não é muito fácil travar um Guia de Leitura para ficar por dentro das histórias da Carol. Mas tem o que vocês não me pedem sorrindo que eu não faço chorando? Sejam bem-vindos ao Guia de Leitura da Capitã Marvel! Continuar lendo “Guia de Leitura: Capitã Marvel”

Como Jack Kirby Pode Ter Interligado os Universos da Marvel e da DC Comics?

Já vimos muitos encontros de heróis da Marvel e da DC Comics nos quadrinhos e agora um filme dos bonecos Funko promete trazer o primeiro crossover entre as duas grandes editoras de super-heróis dos Estados Unidos para o cinema. Alguns quadrinhos desses crossovers já afirmaram algumas vezes que os Universos Marvel e DC acontecem juntos. Outros disseram que se passam de duas dimensões separadas. Outros ainda dizem que somente um personagem em especial pode fazer a ligação entre estes dois universos. Mas talvez Jack Kirby tenha vindo com uma solução para tudo isso, que estava debaixo dos nossos narizes e ninguém tinha percebido. Lendo Os Novos Deuses esse estalo veio até mim. A seguir, você vai ficar por dentro desta teoria.
Continuar lendo “Como Jack Kirby Pode Ter Interligado os Universos da Marvel e da DC Comics?”

O Que é Alchemax, a Empresa de Homem-Aranha: no AranhaVerso, nos Quadrinhos?

Na animação Homem-Aranha: no Aranhaverso, a aranha que pica o adolescente Miles Morales possui uma inscrição nas costas: “Alchemax 42”. Esse é o nome da empresa de Wilson Fisk, o Rei do Crime, possui. Ela é a catalisadora do encontro entre as várias versões de Homens-Aranha que encontramos no filme longa-metragem. Mas querem saber um segredo? A Alchemax nos quadrinhos não está ligada ao Miles Morales, mas sim, a um outro Homem-Aranha. E eu vou contar tudinho, tim tim por tim tim neste post a seguir! Continuar lendo “O Que é Alchemax, a Empresa de Homem-Aranha: no AranhaVerso, nos Quadrinhos?”

Union Jack, o Super-Herói Inglês da Marvel Que Pertence à Classe Operária

Quando se pensa em super-herói inglês da Marvel, os um pouco mais entendidos vão logo citar o Capitão Bretanha, Brian Braddock, o irmão da Psylocke dos X-Men. Mas, claro, existem muito mais super-heróis britânicos que vieram das terras da Rainha. Dois deles vestem a bandeira do Reino Unido. Um, claro, é o Capitão Bretanha, mas aquele herói do povo que mais se aproxima do Capitão América é o Union Jack. Esse também é o nome da bandeira do Reino Unido, que acabou dando a alcunha do nosso herói. Mas calma, o Union Jack nem sempre foi um herói das camadas populares. Sua origem esteve ligada à aristocracia. Foi somente com o terceiro e último Union Jack até agora, Joey Chapman é que ele acabou assumindo esse posicionamento. Então, para quem quiser vamos falar mais do(s) Union Jack(s) na história da Marvel Comics. Continuar lendo “Union Jack, o Super-Herói Inglês da Marvel Que Pertence à Classe Operária”

Quando os Personagens Escapam das Intenções dos Seus Criadores

Hoje vamos falar sobre um assunto capcioso, mas que está fora do alcance dos leitores, dos produtores e das editoras de quadrinhos. É o fato de como os personagens acabam moldados no conhecimento popular, ou daquilo que se estabeleceu como memória coletiva. Muitas vezes os personagens escapam daquilo que os seus criadores intencionavam para eles, mesmo na maioria dos casos esta intenção aparecer bem clara para os leitores. Seria um problema de falta de interpretação? De interpretação errada? Ou seria de interpretar coisas a mais do que o texto e as imagens informam? Vamos discutir os casos de Rorschach, Coringa, Justiceiro, Lobo, Juiz Dredd e, claro, do Capitão Nascimento. Continuar lendo “Quando os Personagens Escapam das Intenções dos Seus Criadores”

Gays, Zumbis, Séries de TV: A Popularização de Riverdale e Sabrina

Você curte a série Riverdale, do CW Channel (Warner, aqui no Brasil), com a turma de Archie Andrews, Jughead Jones, Betty Cooper e Veronica Lodge sempre metidos em suas confusões adolescentes? E a série do Netflix, com a feiticeira demoníaca Sabrina, suas tias bruxas e seu mestre Satã? Parece que eles surgiram agora, não é? Mas Archie foi publicado pela primeira vez nos anos 1940, nos quadrinhos, e Sabrina, por sua vez, nos anos 1970. Nessa época também teve o desenho da TV de Josie e as Gatinhas, que muito passou no Cartoon Network. Bem, todos esses três universos estão interligados e nós vamos contar para vocês como foi que essas criações acabaram virando séries de TV de grande sucesso de crítica e audiência e, mais ainda, como Archie Andrew, um personagem muito do americano, acabou conquistando um mercado que ele sequer tocava: o mercado internacional! Continuar lendo “Gays, Zumbis, Séries de TV: A Popularização de Riverdale e Sabrina”