10 Capas de Álbuns de Rock Inspirados na Linguagem dos Quadrinhos

Duas coisas que não saberia viver sem são quadrinhos e música. Mas nem sempre que eles se encontram as coisas saem direitinho, mas algumas vezes saem. Existem muitas capas de rock que foram desenhadas por renomados artistas de quadrinhos, assim como existem alguns artistas de quadrinhos, como Mike Allred, que já se aventuraram a gravar álbuns de rock. Os quadrinhos undergrounds de Robert Crumb e o rock tem muito a ver entre si e a contracultura. Mas neste post escolhemos 10 capas de álbuns de rock que se utilizam da linguagem dos quadrinhos (layouts, requadros, balões, personificação) para comunicar com seus comunicadores. Então, estão preparados? Let’s rock! (and roll). Continuar lendo “10 Capas de Álbuns de Rock Inspirados na Linguagem dos Quadrinhos”

Melhores e Piores Leituras de Agosto de 2018

Este mês de agosto foi bastante carregado. Eventos, trabalhos, estudos, de tudo um pouco. Até a umidade do ar aqui em Porto Alegre ficou carregada, chegando até a 100%. Desse jeito não tem ser humano que não se sinta cansado ao chegar o final do mês. Mas mesmo assim, atingimos o recorde de 40 resenhas neste mês. parece que quando a gente está mais atrolhado de coisas é que acaba fazendo muito mais. Ironias da vida, também atingimos número recorde de leituras ruins no mês, que são 10. E isso também são ossos do ofício. Bem, chega de trololó e vamos para a lista de melhores e piores leituras do mês. Continuar lendo “Melhores e Piores Leituras de Agosto de 2018”

Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis

Hoje faleceu Marie Severin, uma das mais atuantes mulheres da Marvel Comics em seu início, ao lado da influência da esposa de Stan Lee e da secretária da Marvel, Flo Steinberg. As três deixaram nosso mundo em um coincidente curto espaço de tempo. Embora os quadrinhos americanos e, principalmente os de super-heróis, foram um espaço masculino, sempre existiram mulheres que resistiram à essa tradição e representaram o sexo feminino. Marie Severin foi uma dessas figuras, dona de um fôlego incansável e de um humor que não poupava ninguém, produziu inúmeros trabalhos na Marvel, sendo mais conhecida pelo Incrível Hulk e a revistas de humor e paródias da própria Marvel, Not Brand Echh!, lançada nos anos 70, como uma resposta à MAD. Convido vocês para conhecer mais sobre essa pioneira dos quadrinhos de super-heróis feitos por mulheres, como uma maneira de prestar uma singela homenagem à sua existência. Continuar lendo “Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis”

Quem Era Satanax, o Super-Herói Francês Esquecido?

Volta e meia nos deparamos com super-heróis desconhecidos para a gente, mas que são conhecidos para muitos outros. Conforme vamos adentrando no mundo dos super-heróis e mais deles ficamos conhecendo, bem, a verdade é que pouco acabam ficando desconhecidos. Dessa vez, vou falar de um super-herói ainda mais desconhecido, por ser francês – um país que nada tem a ver com esse estilo e corrente de criação -, e por ostentar um nome bem peculiar: Satanax. O mais peculiar ainda é que ele chegou a ser publicado em terras brasileiras. Ficou curioso para saber quem era esse tal Satanax, de onde ele veio, quais seus poderes e outras curiosidades? Então eu convido a todos a lerem este post! Continuar lendo “Quem Era Satanax, o Super-Herói Francês Esquecido?”

Melhores e Piores Leituras de Junho de 2018

Olá mergulhadores! Chegamos ao fim de mais um mês, o mês de junho, o mês da visibilidade e representatividade LGBT. Por isso, esse mês tivemos vários posts dedicados a esse tema. Contudo, nossas leituras do mês não ficaram só nisso. Tem muitos super-heróis, Renascimento, capas duras, coleções históricas, Vertigo… mas o que mais impactou nesse mês foi a quantidade de leituras que foram classificadas como ruins. Fazia tempo que não tínhamos tantas aqui no nosso melhores/piores do mês! São mais de vinte resenhas para você ler e tirar suas próprias conclusões! Então, sigam-se os bons e aproveitem! Continuar lendo “Melhores e Piores Leituras de Junho de 2018”

Como e Por Que Batman Se Tornou, De Repente, Um Personagem Cômico Nos Anos 60?

O Batman! Ele se esgueira pelas noites assustando os fora da lei, castigando os criminosos, massacrando os vilões e… fazendo rir a família americana durante o horário nobre. Pera, não é o Batman que você conhece? Ah, mas é o Batman que toda uma geração de americanos passou a conhecer a partir dos meados dos anos 60, com o famoso seriado do SOC! BIFF! BANG! Mas como foi que o cruzado embuçado se tornou motivo de riso de todo um país se ele foi criado para meter medo nos criminosos e também nos leitores. Se era para respeitar o Batman, por que todos riam dele nos anos 60? A resposta você vai ler neste post. Continuar lendo “Como e Por Que Batman Se Tornou, De Repente, Um Personagem Cômico Nos Anos 60?”

A Editora Que o Pato Pagava Está Pagando o Pato?

Esta semana o mercado de quadrinhos foi pego de surpresa. A Editora Abril estava cancelando sua linha Disney, que nos últimos anos vinha focando em trazer encadernados de luxo das fases de ouro de personagens como Pato Donald, Tio Patinhas e Mickey Mouse. Décadas atrás, a Editora Abril era a editora que monopolizava a produção de quadrinhos nacionais, publicando Turma da Mônica, Disney, Marvel, DC Comics e mais tudo que se imaginasse de grandes marcas licenciadas. Hoje, saiu um relatório financeiro da empresa dizendo que, no ano passado, a editora teve um prejuízo de mais de 300 milhões de reais. Vamos falar um pouco sobre a Editora Abril? Continuar lendo “A Editora Que o Pato Pagava Está Pagando o Pato?”

Onde Vivem os Monstros: Quadrinhos de Monstros da Marvel nos Anos 70

Caso você não saiba, a Marvel Comics atual se originou da editora Atlas Comics, cujo produto original eram revistas de monstros gigantes no melhor estilo Godzilla. Foi numa dessas revistas que se originou Groot, por exemplo. Entretanto, com as leis do Código de Quadrinhos dos anos 50, esse tipo de publicação ficou no limbo, até poder retornar à toda nos anos 70, quando as condições de conteúdo publicado foram afrouxadas. Hoje nós vamos falar sobre alguns desses títulos de monstro gigantes que a Marvel resolveu lançar nos anos 70. Continuar lendo “Onde Vivem os Monstros: Quadrinhos de Monstros da Marvel nos Anos 70”

15 Monstros Clássicos do Terror da Marvel

As revisões do Código de Quadrinhos dos Anos 70 deu a oportunidade para as editoras de super-heróis explorarem o lado sobrenatural de seus universos. Assim, legiões de monstros começaram a infestar principalmente os gibis da Marvel, inspirados em monstros clássicos da literatura e dos cinemas. Fizemos um compilados das 15 criações – ou seriam recriações – mais interessantes da Marvel nesse período sombrio e sobrenatural. Será que o seu preferido está entre eles? Será que você conhece todos esses horrores? Continuar lendo “15 Monstros Clássicos do Terror da Marvel”

Melhores, Piores e Leituras MEH! de Março de 2018

Hello, hello, hello, my girls! Enquanto vocês tomavam seus drinques no lounge das ilusões, nosso júri deliberou e já sabe quais as garotas que ficam e as que vão ter que dublar por sua vida nesse mês de março! Deixando os jargões da RuPaul de lado, março foi um mês de intensas leituras tanto de livros quanto de quadrinhos. Mas o que importa mesmo para nossos leitores do blog são os quadrinhos – não que livros relacionados não possam aparecer por aqui de vez em quando, como ocorreu mês passado. Então vou deixar vocês com as leituras do mês de março! São quase 20 mini reviews e quem se deu mal esse mês foi o polêmico e prolífico Garth Ennis. Lip Sync for your life! And… may the best woman, WIN! Continuar lendo “Melhores, Piores e Leituras MEH! de Março de 2018”

Reclamações Contra Representações Mal-Feitas de Minorias São Coisa de Agora?

Algumas páginas do Facebook e blogs estão usando exemplos de “o que aconteceria se os contras e os ranços reclamassem da diversidade nos anos 70”. Na verdade naquela época eles não reclamavam disso, pois essa representação na ameaçava o status quo e nem as suas belas famílias construídas nas rígidas regras sociais. Ninguém dava a mínima para gibis. Eles não fediam e nem cheiravam para ninguém. No passado, eles não enriqueciam ninguém. Hoje, a coisa mudou. Mas, claro, a representação errônea da diversidade incomodava aos diversos. Este post vai mostrar como o “mimimi” em prol da diversidade já existia e já era importante desde os anos 70, enquanto todo o movimento contra a diversidade só surgiu como uma forma de garantir às elites seus benefícios e dar continuidade à hegemonia em favor de poucos. Continuar lendo “Reclamações Contra Representações Mal-Feitas de Minorias São Coisa de Agora?”

MUITOS Mini-Reviews de Quadrinhos Para Janeiro de 2018

Hey, hey, hey, mergulhadores! Como estão as férias? (para quem tem o luxo de ter férias, claro!) Aqui do meu lado, tomei um fartão de mestrado e resolvi ler bem mais quadrinhos do que livros, então esse mês vocês vão acompanhar, como dizem, “uma caralhada” de mini-reviews aqui no blog. Afinal, eu também mereço curtir férias e, como não vou viajar pra praia como todo mundo, nada melhor do que ficar num oásis de ar condicionado e ler coisinhas boas (ou nem tão boas). TEMOS 20 REVIEWS ESSE MÊS! Bem, dizendo isso, me despeço e deixo vocês com as resenhinhas. Espero que sirvam para alguma coisa pra vocês! Continuar lendo “MUITOS Mini-Reviews de Quadrinhos Para Janeiro de 2018”

Os Bebês Mais Fofinhos dos Quadrinhos de Super-Heróis

Hoje nosso país está em pé de guerra, num julgamento mais comentado que o de OJ Simpson ou do Gavião Arqueiro por ter matado o Hulk. Bem, no meio desse clima de guerra, vim trazer mensagens de amor. E nada mais amor do que filhotinhos, e filhotinhos de humanos, ainda mais! Então pegue o seu babeiro, mamadeira e chupeta, que nós vamos te embalar no bercinho e cantar cantigas de ninar com os bebês mais fofinhos dos quadrinhos. BABALITY! Continuar lendo “Os Bebês Mais Fofinhos dos Quadrinhos de Super-Heróis”

Quem é o Lúcifer da Série de TV e dos Quadrinhos?

A série Lúcifer estreou ano passado no Brasil pelo canal à cabo Universal Channel. Mas o que poucos sabem é que ela trata de uma adaptação de uma série de quadrinhos. O personagem foi criado por Neil Gaiman, para sua série em quadrinhos Sandman, baseado no anjo Lúcifer da lenda cristã. Anos mais tarde ele ganhou uma série solo de quadrinhos que durou mais de setenta edições pelo selo adulto Vertigo. Neste post vou falar mais sobre o personagem dos quadrinhos, compará-lo com o da série e explicar porque a série corre o risco de cancelamento, embora tenha se tornado muito popular aqui no Brasil e fora dele. Continuar lendo “Quem é o Lúcifer da Série de TV e dos Quadrinhos?”

[Retrospectiva HQ] As 15 Notícias Mais Impactantes dos Quadrinhos em 2017

Sim! Esse é um blog de análises e opinião e não um site de notícias. Mas que elas têm impacto na forma como encaramos essa “indústria vital”, ah elas tem. Por isso decidimos ranquear as notícias de maior impacto nos corações e mentes dos leitores de quadrinhos neste ano de 2017. Selecionamos algumas notícias, 15 para ser exato. Claro, é uma lista e, como todas elas, são subjetivas. Certo que muita coisa ficará de fora. Veja se a sua notícia preferida entrou na nossa seleção: Continuar lendo “[Retrospectiva HQ] As 15 Notícias Mais Impactantes dos Quadrinhos em 2017”

A HQ de Diversidade Que Resolveu os Problemas do Mercado e Permitiu A Criação da Vertigo

Estamos encarando um sério problema com a Marvel. Ela está em cima do muro, ela não sabe mais a quem agradar. Um problema semelhante ao que ocorreu com o Santander e a exposição QueerMuseu. Ora, a Marvel apoia os conservadores, ora, apoia os liberais. Dessa maneira, assim como o Santander, todos vão parar de comprar suas revistas ou, no caso do banco, de ter conta, por causa de forças ideológicas. Mas o que eu quis trazer com este post não é pra levantar mais discussão de o que vende mais e/ou do que vende menos. É para aprender com a História com H maiúsculo. A Marvel já passou por problemas com revistas canceladas e diversidade. E como ela resolveu? Bem, você vai saber lendo isso aqui. Continuar lendo “A HQ de Diversidade Que Resolveu os Problemas do Mercado e Permitiu A Criação da Vertigo”

Os Melhores Quadrinhos Americanos (Fora das Duas Grandes) Que Li em 2017

Hey mergulhadores! Vamos dar continuidade ao nosso projeto de melhores leituras de 2017. E agora, essa categoria que eu chamo de Quadrinhos Americanos, mas como eu acho que fica difícil para entenderem, coloque entre parênteses (Fora das Duas Grandes). Ou seja, quadrinhos publicados nos Estados Unidos e que não são nem DC Comics e nem Marvel. Combinado? Então vem comigo que tem coisa boa! Continuar lendo “Os Melhores Quadrinhos Americanos (Fora das Duas Grandes) Que Li em 2017”

A Trajetória da Série em Quadrinhos de Os Bravos e Os Audazes

Mês passado saiu a notícia de que a DC Comics voltaria com a série de quadrinhos The Brave and The Bold (O Bravo e o Audaz, em português do Brasil, ou ainda Os Bravos e Os Destemidos), que seria estrelada pela Mulher-Maravilha e o Batman. Nessa série, escrita e desenhada pelo artista da Mulher-Maravilha, Liam Sharp, os dois heróis iriam investigar o panteão dos deuses celtas. É inegável que a revista The Brave and The Bold foi de suma importância na DC Comics. Gostaria de pedir sua licença (e seu acesso) para contar um breve trajetória dos volumes dessa publicação tão importante para a editora das lendas e os decenautas. Quem for bravo e audaz pode me seguir nesse caminho até o post! Continuar lendo “A Trajetória da Série em Quadrinhos de Os Bravos e Os Audazes”