Todos os posts com a tag: brian k. vaughan

10 Super-Heróis Que Já Foram Eleitos

Em épocas de Temer e Trump, pode-se pensar que qualquer um poderia ser um presidente melhor. Mas e o que dizer de um super-herói presidente? Ou de um super-herói prefeito? Será que esses heróis em uma posição privilegiada sobre aqueles que defendem e podendo tomar grandes decisões pelo mundo tomariam atitudes inteligentes e que auxiliassem o povo? Ou poder os corrompe de forma inevitável? Aqui, além de algumas histórias imaginárias, veremos alguns heróis que já concorreram e/ou foram eleitos para cargos públicos nas histórias em quadrinhos.

Anúncios

Melhores Quadrinhos Americanos Que Li em 2016

Caros mergulhadores, dando continuidade às nossas listas espertas de melhores leituras do ano, lhes apresento agora os melhores quadrinhos americanos! Por quadrinhos americanos quero dizer quadrinhos publicados nos EUA, mas que não são nem Marvel, nem DC e nem Vertigo. E esse ano eles vêm com tudo! Venham, amigos! Venham ver!

Os 10 Melhores Quadrinhos de 2016 Segundo o GoodReads

Olá mergulhadores! O ano está acabando e as listas de melhores do ano já começaram a sair. Esta semana o site internacional de avaliação de livros selecionou os 10 finalistas de várias categorias. Entre elas, está a categoria de Melhores Graphic Novels & Quadrinhos. Agora nós vamos mostrar a vocês quais foram os dez melhores na opinião do público do site, falar um pouco sobre eles e aguardar a votação para o grande vencedor! Venham ver!

Melhores e Piores Leituras de Setembro de 2016

Uhlala! Tivemos uma lista longa nesse mês de Setembro em que a flora floresce e a fauna acasala. Muitas coisas boas, mas muitas coisas ruins também. A Coleção Marvel de Graphic Novels da Salvat em sua versão Clássicos tem feito cadeira cativa aqui na nossa sessão mensal. Muita coisa foi resenhada com mais cuidado, mas aqui vão algumas minirresenhas da nossa seleção!

10 Equipes Teens da Marvel Para Reavivar Seu Espírito Jovem

Esta semana a Marvel anunciou que, como final do evento Civil War II, os membros jovens da equipe dos Vingadores vão se demitir. Assim, será formada uma nova equipe, os Campeões, resgatando um nome antigo da Casa das Ideias. Miss Marvel, Nova e Miles Morales se juntarão ao Hulk Amadeus Cho, ao jovem Ciclope e à filha do Visão para proteger o mundo. Mas não foi a primeira vez que jovens adolescentes tiveram esse papel. Começando pela equipe dos X-Men, que eram os adolescentes mais estranhos de todos! Preparamos aqui uma lista de equipes jovens que já figuraram pela Marvel. Junte-se a nós!

Os Melhores Quadrinhos e Graphic Novels segundo o GoodReads

O GoodReads, para que não conhece, é uma rede social de leitura de livros, entre eles, claro, estão, quadrinhos e graphic novels. Todo ano no site acontece o GoodReads Choice Awards e ano passado não foi diferente. Então como um pretexto para que você conheça o GoodReads eu vou listar aqui os quadrinhos e graphic novel melhores avaliados pelos usuários do site em 2015. Mas atenção: apenas aqueles disponíveis no Brasil, valeu?

10 Incríveis Macacos da DC Comics

Macacos me mordam! (Perae, não me mordam não!) A DC Comics é uma editora de macacadas, vocês bem sabem, por isso ela está tão recheada desses símios simiescos que nós gostamos tanto por serem tão parecidos com a gente. Para demonstrar que a editora das Lendas adora uma macacagem, fizemos aqui um lista dos seus 10 principais símios

Destaques do Checklist Marvel/Panini Para FEVEREIRO de 2016

Amigos, eu não sei vocês, mas eu estou completamente perdido nesse checklist da Marvel/Panini. Já nem sei mais em que mês estamos pelo calendário deles na internet e pelo calendário deles nas bancas. Só posso concluir que isso é uma artimanha do Homem-Calendário, que não satisfeito em aprontar com o Batman na DC, resolveu bagunçar todo o Universo Marvel, começando pela Panini Brasil. Mas vamos ao que interessa que são os destaques do mês (?) de fevereiro.

10 Pragas Mortais e Epidemias Fatais dos Quadrinhos

Em tempos de conscientização contra o Zika Vírus, a Dengue e a Febre Chickungunya, nada mais atual que falarmos de epidemias e pragas que assolaram nossos queridos personagens de quadrinhos e como eles se viraram contra elas. Então jogue fora seus pneus velhos cheios d’água, coloque terra nos pratinhos dos vasinhos de flores, não deixe água parada para evitar possíveis criadouros de mosquito. E use muito repelente, principalmente se você for mulher e estiver grávida. Agora, vamos ao texto!

10 Comics dos Anos 2000 Que Você Não Pode Deixar de Ler

Quando te falam 10 anos atrás, você pensa nos anos 2000 ou nos anos 90? O negócio é que muita gente parou de ler HQs no final dos anos 90 por causa de uma crise econômica real, que cada vez mais que eu converso com colecionadores de quadrinhos eles dizem o mesmo. Parei de ler nos anos 2000 e só voltei ali por 2005, o que dá mais ou menos uns 10 anos. Então, para você ir atrás do que perdeu listamos aqui 10 HQs destra época para que você vá atrás!

As TOP 10 Musas dos Comics e Seus Desenhistas Perfeitos

Chegou o momento mais aguardado desde… hã… ontem! Chegou a hora de revelar nossa seleção de 10 musas dos quadrinhos de super-heróis e os desenhistas que melhor as representam! Ficou com água na boca? Pois então deixa o queixo cair com tanta voluptuosidade. Porque se tem uma coisa que as personagens dos comics sabem ser é ser voluptuosas. Vamos lá! CANÁRIO NEGRO, DE ED BENES Ed Benes é o cara que a DC Comics proibiu de dar muito destaque na parte posterior das heroínas, se é que você me entende! Esse brasileiro desenhou duas vezes a Canário Negro: uma vez nas Aves de Rapina e em outra oportunidade quando ela foi a líder da Liga da Justiça de Brad Meltzer. Dinah Lance, a Canário, faz parte das meninas da meia-arrastão, assim como a Zatanna. Se aquela meia já realça as coxas e a parte que o Benes foi proibido de acentuar, imagina só ela tirando essa peça beeeem devagarinho? É ou não é um arrastão, minha gente? GATA NEGRA, DE TERRY DODSON Com a ajuda …

Num podchy!

Os 10 Casais Gays Mais Famosos dos Quadrinhos

Muito mais importante que listar um monte de personagens gays dos quadrinhos é destacar os casais que existem na junção destes dois universos tão especiais. Casais gays podem ser como outros casais: normais e estranhos, bonitos e feios, destrutivos e construtivos, sacanas e santarrões, que provocam inveja e que não estão nem aí, caseiros e baladeiros, a diferença apenas existe na forma como fazem para ter prazer. E aí estou falando apenas do prazer sexual. Casais gays gostam de dormir e acordar juntos. De comer e beber juntos. De rir e chorar de rir juntos. E casais gays podem ser superheróicos ou até supervilanescos. Por que não? Como você vai perceber existem muitos casais gays estranhos no mundo dos super-heróis, tudo para pode passar pela censura e pelo gosto duvidoso da massa nerd que lê gibi. Mas eles existem. Não adianta fingir que não viu. E eles só querem ser tratados como qualquer outro casal: com respeito. Well, ladies, the time is coming for you to… gay-synch for you life! Chantay you stay (Reading this …

As Melhores Graphic Novels Americanas que li em 2014

Deixa eu explicar essa categoria: aqui se encaixam HQs produzidas nos EUA que não foram feitas nem por DC Comics, Marvel, Vertigo, mas sim por alternativas a essas editoras. Vamos a elas em nenhuma ordem de qualidade, mas sim, ordem alfabética: ASSASSIN’S CREED: BRÂMAN, de BRENDAN FLETCHER, KARL KERSCHL E CAMERON STEWART Publicação da estreante Alto Astral no Brasil, que tem feito acertos e erros na sua linha editoria. Esse, entretanto é um grande acerto, mas do que uma franquia de videogames bem-sucedida, Karl Kershl e Cameron Stewart têm acertado com as histórias dos descendentes de assassino. Brâman, entretanto é uma história que lida com realidade virtual e  lendas sikh, além de ter um lido visual. Indico essa edição do universo quadrinístico de Assassin’s Creed porque é autocontida e não precisa conhecer o jogo para lê-la. Não por acaso que Brendan Fletcher e Cameron Stewart foram chamados para fazer as histórias da novíssima Batgirl. CARNET DE VOYAGE, de CRAIG THOMPSON Comprei essa HQ na promoção anual que a Top Shelf faz todo ano, mas ela …

SAGA, Volume Um, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples (Devir, R$ 56, Tradução: Marquito Maia)

A Saga da Paternidade: SAGA, Volume Um, de Brian K. Vaughan e Fiona Staples

SAGA é a HQ mais aguardada do ano no Brasil. Ela ganhou três Eisner Awards e seis Harvey Awards em 2013. O primeiro volume recebeu o cobiçado Hugo Award para Melhor História Gráfica e o British Fantasy Award para Melhor Novela Gráfica em 2013. Fora isso, SAGA é uma concepção da mente criativa de Brian K. Vaughan, responsável por sucessos cults e de crítica como Y: O Último Homem, Fugitivos, Leões de Bagdá, Ex Machina e que também foi um dos roteiristas do seriado LOST a partir da terceira temporada. Fiona Staples, a artista, por sua vez vem do mercado independente, tendo feito apenas séries desconhecidas dos brasileiros. Entretanto, a arte de Fiona é de encher os olhos, versada em cores e traços dinâmicos, também tem de se destacar seu design de personagens, que povoam as histórias de saga os mais diferentes seres alienígenas. A história começa com a bebê Hazel narrando seu nascimento. Ela é filha de duas espécies em guerra, os chifrudos, que habitam a Lua e dos alados, que habitam o planeta. …

O Conflito do Vietnã #19, da série The 'Nam, o que aconteceria se os vingadores vencessem a Guerra do Vietnã?

A intrínseca relação entre os super-heróis e as guerras

Basta reparar: as revistas de super-heróis possuem suas maiores vendas em tempos difíceis. São nessas épocas que o povo se torna mais acanhado, sem esperanças e vão busca forças nas revistas dos super-heróis. Desde o começo, as revistas de super-heróis mostraram os mesmos em suas capas lutando contra os inimigos da guerra. Capitão América dava um soca na cara de Hitler logo em sua primeira edição. Superman, Batman e Robin acertavam bolinhas na cara de Hitler, Mussolini e Hiruito. Mas enquanto na Marvel o confronto era direto, a DC Comics, ao longo dos anos, deletou essa luta da Segunda Guerra Mundial das páginas de Superman. Embora existam histórias do Homem de Aço lutando no front, uma história mostra que Clark Kent burlou o exame oftalmológico para que não servisse na guerra. Anos depois, a DC iria justificar a ausência da Sociedade da Justiça na guerra, afirmando que Adolf Hitler estava de posse de um artefato sobrenatural chamado Bastão do Destino, que criava uma barreira mística na Europa e na Ásia para ficarem à mercê do …

Saudades: Coleção Pocket Panini

Almanacões! Quem não gosta de ter uma HQ de muitas págians para ler? Elas lembram a nossa infância, quando ficávamos doentes e tínhamos que ficar na cama lendo gibis. Elas lembram as férias, que passávamos lendo o Almanação de Férias da Turma da Mônica e fazendo passatempos e colorindo ficguras. São os Superalmanques Marvel e Dc, Hanna Barbera. As recompilações de minisséries, nos famosos encalhernados. Os Especiais do Mês. E aqui um digno representante dos Almanacões da última geração: a Coleção Pocket Panini!   Dados Gerais: Coleção Pocket Panini (Panini Comics) Duração: 6 números – Dezembro de 2005 a Maio de 2006 O Contexto: A Marvel na Panini se expandia e se expandia, mas muitas séries ficavam de fora dos mixes. A solução encontrada foi reativar o formato econômico, mas, dessa vez, em superencadernados que lembravam os Superalmanaques da Editora Abril. Muitas das séries que saíram na Coleção Pocket Panini já haviam sido canceladas há um bom tempo na Marvel, mas nem por isso deixavam de ser um ótimo material que deveria ser conhecido pelo …

Y: O Último Homem – Uma Análise

Y: O Último Homem faz parte de uma tendência de histórias escritas no rastro do 11 de setembro de 2001. O atentado às Torres Gêmeas propiciou a volta de temáticas pós-apocalipticas como uma espécie de mecanismo de defesa para os americanos. Refilmagens de filmes de mortos-vivos como Madrugada dos Mortos, de Zack Snyder e Extermínio, de Danny Boyle. Mais recentemente temos a refilmagem de Eu Sou a Lenda, protagonizado por Will Smith (duas versões anteriores haviam sido feitas; uma estrelada pelo mais notável ator de filmes de terror, Vincent Price, em 1964, e outra, por Chalton Heston, em 1971),  filme que conta a batalha de um homem contra outros homens que se tornaram vampiros. Heidi MacDonald, a editora original da série de Yorick chama o título de “ficção científica social”:”Enquanto há muito drama e aventura no gibi, também existe uma surpresa em toda edição. Brian fez uma tonelada de tema de casa e criou um mundo inteiro que é ao mesmo tempo familiar e também horrivelmente chocante”.Mas é em Filhos da Esperança, filme de 2006, …

O mundo e os personagens de Y: O Último Homem

“Na ficção, todas as sociedades formadas apenas por mulheres são geralmente retratadas tanto como reinos perfeitos onde a guerra e a intolerância foram completamente eliminadas, ou como impérios fascistas governado por lésbicas que odeiam homens”, disse Vaughan. “Estes mundos sem homens quase nunca refletem a complexidade e diversidade das mulheres reais”. Duas delas têm uma importância vital na série Y: O Último Homem: a Agente 355 e a Dra. Allison Mann. A Agente 355 serve como guarda-costas de Yorick. Versada nas mais diferentes formas de combate ela guarda consigo o segredo do Culper Ring e a missão de conduzir o último homem a um destino seguro. Adepta das armas de fogo, sua principal arma é um cacetete. O nome da personagem nunca é revelado na trama, mas o escritor confessou que muitas pistas foram plantadas no sentido do leitor descobri-lo. Na realidade, existiu um agente 355 durante a Revolução Americana, ele era um espião cuja identidade nunca foi revelada. A Dra. Allison Mann se sente culpada por ter iniciado a praga, devido a suas pesquisas …