Todos os posts com a tag: falcão

10 Roteiristas e Desenhistas Negros dos Quadrinhos

Quadrinhos podem ser paradoxais para criadores negros. Afinal, quando você lê um quadrinho, não sabe que cara tem a pessoa que fez ele. E isso pode ser bom ou ruim. Se por um lado atenua os preconceitos, por outro, invisibiliza o trabalho de uma etnia. Entretanto separei aqui uma lista com dez criadores negros de quadrinhos e mais duas autoras bônus. Sigam-me os bons!

Anúncios

A Marvel dos Anos 90 e a AIDS

Dezembro é o mês de conscientização e de combate à AIDS. O dia 1 de dezembro é o Dia Mundial de Combate a AIDS. A epidemia abalou o mundo no final dos anos 80 e começo dos anos 90. Os quadrinhos, que sempre refletem a realidade, não deixaram esse assunto de fora. A Marvel abordou o assunto das mais diversas formas, algumas delas, bastante equivocadas. Mas nenhuma trouxe o assunto à baila tão exemplarmente como uma certa edição do Incrível Hulk.

Quadrinhos com Minorias: Representatividade ou Modinha?

A ficção sempre foi o caminho mais fácil pelo qual a sociedade discutiu ideias e conceitos complicados demais para serem simplesmente expostos em uma conversa qualquer. Ainda que arriscando receberem rótulos de hereges, loucos, depravados, artistas de renome (ou não) sempre exploraram mundos fictícios para tentar colocar em pauta tabus que necessitam serem explorados com olhares mais atentos.

Alguns Destaques do Checklist Marvel/Panini Para Janeiro de 2016

Como sempre, o checklist da Marvel/Panini sai a conta-gotas e nosso trabalho é pinçar os destaques do mês. Mês, aliás que é fevereiro, mas o checklist é de janeiro! Uhu! É Carnaval! É Carnaval! Não vou chorar! Não vou chorar! Vamos acompanhar os destaques: NOVÍSSIMOS VINGADORES Este mês (que, afinal, não sabemos qual é), estreia a revista Novíssimos Vingadores, que substitui a publicação Avante, Vingadores!. No mix da nova revista vamos encontrar a nova Thor, cuja verdadeira identidade vai chocar você, com roteiros de Jason Aaron e desenhos lindíssimos de Russel Dautermann. Também teremos a nova fase do Homem de Ferro, chamada Homem de Ferro Superior, seguindo a linha do Homem-Aranha Superior e os eventos da minissérie Eixo. Para finalizar, teremos a minissérie Capitão América: Medo Profundo, preparando o terreno para a revista solo de Sam Wilson, o Falcão como Capitão América. Acho que esse mix tem tudo para agradar ao leitores. EIXO Algo deu errado durante o enfrentamento do novo Massacre e os heróis estão agindo que nem vilões e os vilões como heróis. …

Analisando a Nova Formação dos Vingadores

Mark Waid e Mahmud Asrar foram anunciados como a nova equipe criativa dos Totalmente Novos Totalmente Diferentes Heróis Mais Poderosos da Terra, os Vingadores. A formação da equipe, entretanto, é pouco ortodoxa para os padrões da indústria dos quadrinhos mainstream. Apostando e calcada na diversidade, o que essa nova formação dos Vingadores nos diz sobre o status atual da indústria dos comics norte-americanos?

"Oi, Seu Civita, vamos jogar Monopoly?" "Ah, não você já ganhou e colocou todo o mercado de quadrinhos na prisão da distribuição!"

A Nova Revista da Marvel/Panini e os Fantasmas do Monopólio

Essa semana saiu a notícia confirmando o que as “solicitações” de pré-venda da Panini Comics já sugeriam: uma nova revista de 148 páginas vai ser lançada substituindo as revistas Homem de Ferro & Thor e Capitão América & Gavião Arqueiro. A revista se chamará Vingadores: Os Maiores Heróis da Terra e aparentemente no seu mix conterá Captain America, Hulk, Savage Hulk, Iron Man, Thor: God of Thunder, Loki: Agent of Asgard e Secret Avengers. As revistas Young Avengers e Hawkeye aparentemente serão concluídas nas publicações atuais. O atual momento econômico, o mix desta nova revista e a monopolização do mercado está trazendo o fantasma derrotista e pessimista de Natais passados mais pobres.

Antes que a Guerra Civil comece nos cinemas

Antes que a Guerra Civil comece nos cinemas, algumas coisas precisam ser trabalhadas no universo cinemático da Marvel. Explico. Durante a New York Comic Con 2014, a Marvel Studios sugeriu que no terceiro filme do Capitão América, Robert Downey Jr., que faz o Homem de Ferro nos cinemas, terá um papel de destaque. Isso, somado a um anúncio de Civil War para 2015 da editora Marvel, aumentou o buzz de que Capitão América 3 seria, sim Guerra Civil. Mas, como sabemos, o universo cinemático não é os quadrinhos, e alguns ajustes devem ser feitos para seguir os eixos principais da minissérie de Mark Millar e Steve McNiven. Vamos a eles? SOLDADO INVERNAL BONZINHO: No final de Capitão América – O Soldado Invernal, Steve diz que vai com Sam Wilson, o Falcão em busca de Bucky, o Soldado Invernal na Europa. Isso ficou como mote para o terceiro filme, mas se tivermos a Guerra Civil rolando, teremos muito mais coisa para contar do que como Rogers e Barnes fizeram as pazes. Bucky terá um papel essencial …

Espere o inesperado, Capitão América 2 – O Soldado Invernal, de Anthony e Joe Russo

A frase que dá título a este post se refere a filmes e literatura de espionagem. Coisa que o segundo filme do Capitão América cumpre muito bem. Longe de ser ufanista ou patriótica, a história investe nas conspirações, por outro lado não perde o seu sentido de maravilhamento quando leva o espectador  a uma busca a coisas e lugares perdidos, rondados por mistérios como num filme dos Goonies. Esse sentimento “anos 80” permeia o filme, com toques do cinema de ação daquela época que garantia cenas bombásticas. Em Capitão América 2, tem uma luta dentro de um elevador, perseguições de carros, para não dar muitos spoilers. Além disso, há um clima Jamesbondiano no filme. A despeito dos aparatos de espionagem, que estão mais presentes na série de televisão dos Agentes da S.H.I.E.L.D., o clima tudo-pode-acontecer e de que o-vilão-está-por-trás-de- todas-as-mudanças-mundiais, dos bons filmes e séries de espionagem como Missão Impossível estão ali. Parceria é outra palavra que define o filme. É uma história que apresenta o valor da amizade e da confiança.  Além do Soldado Invernal, que …