Todos os posts com a tag: frank miller

A Narrativa das Cores nas Histórias em Quadrinhos

Muita gente considera o trabalho de cores algo de segundo escalão em uma revista em quadrinhos. Muitas editoras também, muitas vezes deixando os coloristas de fora dos créditos principais de uma revista, ou da capa de algumas edições. A verdade é que as cores são tão importantes num quadrinho quanto um texto ou um desenho, pois elas acrescentam uma dimensão maior a toda atmosfera que estamos experimentado em um quadrinho.

Anúncios

Os Melhores Quadrinhos da Marvel Que Li em 2016

Infelizmente vimos esse ano como a Marvel vem perdendo a força e a inovação. Dos quadrinhos selecionados aqui, boa parte deles são republicações. Ou isso significa que a Marvel está vindo com coisas ruins, ou que o que sai em encadernados (a base e o protetor destas listas) não vale tanto a pena sair dessa forma. Jogo essa reflexão para vocês. O que acham? E aqui vai minha lista:

A Marvel dos Anos 90 e a AIDS

Dezembro é o mês de conscientização e de combate à AIDS. O dia 1 de dezembro é o Dia Mundial de Combate a AIDS. A epidemia abalou o mundo no final dos anos 80 e começo dos anos 90. Os quadrinhos, que sempre refletem a realidade, não deixaram esse assunto de fora. A Marvel abordou o assunto das mais diversas formas, algumas delas, bastante equivocadas. Mas nenhuma trouxe o assunto à baila tão exemplarmente como uma certa edição do Incrível Hulk.

Destaques da DC Comics / Panini Comics Para Dezembro de 2016

Pra começar, Levi Trindade confirmou na CCXP 2016 que sim, as revistas da DC Comics acabarão no número 52 antes de começar a nova fase do Rebirth. Por isso, nem todas sairão todos os meses e alguns especiais serão lançados para ajustar a numeração. Ok, agora vamos para os destaques do mês de dezembro!

10 Motivos Para… Você Ler Ronin de Frank Miller

Ronin foi publicada inicialmente como minissérie em seis edições, entre 1983 e 1984. O termo ronin refere-se à um samurai sem mestre. Na história, um samurai perde seu mestre durante uma batalha contra o demônio Agat pela busca de uma espada encantada. Ambos são mortos ao mesmo tempo, e renascem num futuro distópico. Não foi muito bem recebida pelo público da época, por ser uma forma de contar histórias muito inovadora, mas foi muito aclamada pela crítica. Talvez isso tenha feito Ronin se tornar uma HQ um tanto desconhecida. Mas tudo bem, eu estou aqui para lembra-lo de que ela existe que deve ser lida e relida. Aí vão meus dez motivos:

Destaques do Checklist DC Comics / Panini Comics para Novembro de 2016

A surpresa deste mês é que aparentemente não teremos os títulos a Sombra do Batman e Lanterna Verde. Possivelmente isso faça parte do plano da editora para encerrar as revistas no número 52, como fez a DC Comics. Mas tudo bem, não se desesperem, teremos alguns especiais para nutrir essa ausência! Venham ver!

Melhores e Piores Leituras de Setembro de 2016

Uhlala! Tivemos uma lista longa nesse mês de Setembro em que a flora floresce e a fauna acasala. Muitas coisas boas, mas muitas coisas ruins também. A Coleção Marvel de Graphic Novels da Salvat em sua versão Clássicos tem feito cadeira cativa aqui na nossa sessão mensal. Muita coisa foi resenhada com mais cuidado, mas aqui vão algumas minirresenhas da nossa seleção!

Os 19 Quadrinhos Mais Vendidos do Ano pela Panini (até então)

Eu sempre acreditei que, como formadores de opinião, e principalmente de quadrinhos, devíamos dar uma ajuda a divulgar os títulos das editoras para aquecer o mercado. Porque no Brasil quadrinho não vende e isso e aquilo. Mas a verdade é que nunca ganhei um quadrinho sequer de uma grande editora tipo a Panini para divulgação. Das editoras menores e independentes, sim. Então, será que a Panini precisa de ajuda na divulgação?

As 10 Super-Heroínas Mais Importantes dos Quadrinhos

Depois que fizemos uma lista com os 10 mais importantes heróis negros dos quadrinhos e dos 10 casais gays mais famosos dos quadrinhos, nada mais justo que nomearmos agora as mulheres mais influentes nos quadrinhos em termos de importância. Mas não se esqueça que estamos falando só das super-heroínas e não de coadjuvantes como Lois Lane. Ok, ora de ir a lias ta em ordem de importância.

Não Existe Filme de Super-Heróis Bem Dirigido?

Depois de fracassos com filmes de super-heróis como Batman V Superman, dirigido por Zack Snyder e de Quarteto Fantástico, dirigido por Josh Trank, somos levados a nos perguntar se existem ou não filmes de super-heróis bem dirigidos. Será que os estúdios estão impondo demais a sua vontade sobre os diretores? Seriam os super-heróis apenas produtos de um grande comercial? É o que vamos discutir.

As 10 Mortes de Super-Heróis Mais Comentadas dos Quadrinhos

Pois é, caros leitores, hoje as mortes de super-heróis são tão banais que todo mundo sabe que seis menes depois, no máximo, eles estão de volta. Mas houve uma época, como nenhuma outra, que mortes de heróis davam no que falar. Esse postzinho maneiro aqui é para a gente dar uma olhada nas dez mortes que mais chocaram os quadrinhos e os fãs de quadrinhos. Vamos a elas?

Cavaleiro das Trevas III Investe na Linguagem e Composição

Depois de ter feito o mundo dos quadrinhos vibrar com Batman: O Cavaleiro das Trevas e gerado uma grande polêmica e dividido opiniões com sua continuação, Batman: O Cavaleiro das Trevas Retorna, Frank Miller e companhia fecham a trilogia com uma sequencia intitulada A Raça Superior. Dessa vez acompanhado por Brian Azzarello, Andy Kubert e o frequente Klaus Janson, a história faz uma homenagem à primeira versão. Vamos à resenha!

A Arte de Frank Miller Versus a Estética Image dos Anos 90

Titio Miller voltou aos trending topics da esfera nerd-quadrinística, primeiro com preocupações com a sua saúde e mais recentemente com algumas de suas artes sendo comentadas pela opinosfera mundial. Na verdade, seria mais correto dizer que teve sua arte ridicularizada nessa internet de meu Deus. Posts, reclamações, xingamentos no twitter… Miller foi alvo de críticas até mesmo retroativas, ferindo não apenas o que fazia hoje, mas o legado de um homem que ajudou a reinventar a narrativa dos quadrinhos comerciais.

Destaques do Checklist DC Comics/Panini Para Abril/2016

Com a insurgência do evento DC & Você, a Panini traz três novas revistas da DC Comics à baila e mais vários encadernados de séries desse momento editorial. Como não somos do seleto grupo que recebe os checklists da Panini todo o mês, não reparem que as imagens tem a marca d’água do blog Planeta Gibi, uma ótima fonte quando se trata de lançamentos e novidades. #fikadika

Frank Miller e Seus Colaboradores Frequentes

Muitos artistas renomados trabalharam com Frank Miller. Alguns exemplos são incrível detalhista Geoff Darrow (Hard Bolied: À Queima Roupa e Big Guy & Rusty), o co-autor de Watchmen, Dave Gibbons (Liberdade e Martha Washington Vai à Guerra), o multiplataforma dos quadrinhos Bill Siekiewicz (Elektra: Assassina). Vamos saber mais? Venha comigo se quiser viver!

Batman: Ano Dois – A Noite do Ceifador, de W. Barr, Davis, Neary, Alcala e McFarlane

Muitos fãs de quadrinhos e do Batman sabem que a sua história de origem definitiva se chama Ano Um. Ela foi escrita por Frank Miiller e desenhada por David Mazzucchelli e serviu de base para a nova trilogia do Morcego no cinema, como o filme Batman Begins, de Christopher Nolan. O que pouca gente sabe é que existiu um arco de histórias chamado Ano Dois, mas que a sua história envolve muita polêmica a ponto de ser esquecido do cânone do Morcego.