Todos os posts com a tag: image comics

A Fama e o Culto ao Autor de Quadrinhos

Dentro do universo dos quadrinhos, alguns autores se destacam e, sim, possuem uma certa fama com seu público leitor. Mas o que é a fama? Como começou esse culto aos autores? E nos quadrinhos, como isso funciona? Vamos saber agora.

Anúncios

As Mulheres Criadoras Mais Poderosas dos Comics

A indústria de quadrinhos é machista? Você pode dizer que sim, você pode dizer que não. Mas os números, maninho, ah, esses não mentem. Vamos comentar aqui uma lista de quadrinistas mais prolíficas e poderosa da indústria dos comics norte-americanos e vamos tentar ver aonde chegamos com esses nomes e números. 1, 2, 3, lá vou eu! Quem não seu escondeu é meu!

Ocasiões em Que Super-Heróis e Supervilões Lutaram Pelados

Nem só de luta no gel, luta na lama e camisetas da gatinha molhada vivem as lutas de super-heróis. Por vezes nossos amigos defensores precisam (ou querem) lutar como vieram ao mundo. Isso pode ser um deleite para uns, pode ser uma demonstração de selvageria para outros, poder parecer exibicionismo e também comunhão com a natureza. Seja o que fosse, aqui estão algumas dessas situações.

Melhores e Piores Leituras de Janeiro de 2017

Como diria Silvio Santos: “Olé, olé, olé, olé, feeling hot, hot, hot!”. Este verão está de matar! Mas pra refrescar (pelo menos a mente) a gente lê e esquece um pouco do bafão. Aqui está a minha seleção de melhores e piores leituras do mês. Não teve nenhuma leitura horrível esse mês, então fiquemos com as melhores apenas!

O Que Foi a Virgin Comics?

Em meados dos anos 2000 surgiu a Virgin Comics. O selo de quadrinhos era uma divisão do conglomerado que possui a gravadora Virgin. Ele surgiu na onda dos filmes de quadrinhos se dando bem nas bilheterias. Ela queria lançar quadrinhos com nomes estelares para, mais tarde, transformá-los em filme. Siga-me para saber mais detalhes sobre esse selo de quadrinhos!

Escritor da Vertigo Se Assume como Mulher Trans

Personagens trans não são nada comuns nos quadrinhos. Criadores de quadrinhos trans são menos comuns ainda. Entretanto, temos alguns casos notórios tanto no Brasil quanto no mundo. A última a se assumir trans foi Lilah Sturges, antes conhecida como Matthew Sturges, grande colaborador de Bill Willingham em séries derivadas de Fábulas, da Vertigo.

Melhores Quadrinhos Americanos Que Li em 2016

Caros mergulhadores, dando continuidade às nossas listas espertas de melhores leituras do ano, lhes apresento agora os melhores quadrinhos americanos! Por quadrinhos americanos quero dizer quadrinhos publicados nos EUA, mas que não são nem Marvel, nem DC e nem Vertigo. E esse ano eles vêm com tudo! Venham, amigos! Venham ver!

Destaques da DC Comics / Panini Comics Para Dezembro de 2016

Pra começar, Levi Trindade confirmou na CCXP 2016 que sim, as revistas da DC Comics acabarão no número 52 antes de começar a nova fase do Rebirth. Por isso, nem todas sairão todos os meses e alguns especiais serão lançados para ajustar a numeração. Ok, agora vamos para os destaques do mês de dezembro!

O Que Retomar e O Que Esquecer na Volta do Universo WildStorm

Warren Ellis está de volta com aquilo que lhe fez famoso: o Universo Wildstorm com os heróis criados pelo superastro Jim Lee. Foi lá que ele trouxe à tona materiais como The Authority e Planetary, bem como diversas criações próprias, como R.E.D.: Aposentados e Perigosos e Oceano. Mas além das coisas trazidas por Ellis, o que vale a pena e o que não vale trazer de volta nesse universo?

Desenhistas Que (Quase) Todo Mundo Adora Odiar

Bem, nós sabemos que nem tudo é consenso nesse mundo, mas tem alguns desenhistas de quadrinhos de super-heróis que caíram nas graças (ou desgraças?) de um monte de gente como sendo desenhistas MUITO ruins. Fizemos, assim, uma lista gente que, apesar de terrível, já teve seu lugar no mercado e, certamente no coração de alguma boa parcela de compradores de quadrinhos. Vamos à nossa breve lista!

Melhores e Piores Leituras de Agosto de 2016

Agosto! O mês do desgosto! O mês do cachorro louco! Mas não é que esse mês reserva muitas leituras legais? E até as leituras que foram parar nos piores do mês nem são tão horrendas assim. Temos Marvel, DC, Vertigo, Brasileira e temos até um Mangá esse mês! Quem diria! Venha comigo se quiser vir ver!

Como as Revistas de Super-Heróis São Publicadas na Europa?

Curioso para saber como são as publicações das revistas de super-heróis lá fora? Fizemos um apanhado geral de como a própria Panini e outras editoras publicam em três países da Europa, que claro estão mais adiantados cronologicamente que nós: Itália (sede da Panini), Espanha e França, pra não falar na Alemanha em que as revistas saem poucos meses depois dos EUA. Vamos lá fofocar globalmente, então!

A Arte de Frank Miller Versus a Estética Image dos Anos 90

Titio Miller voltou aos trending topics da esfera nerd-quadrinística, primeiro com preocupações com a sua saúde e mais recentemente com algumas de suas artes sendo comentadas pela opinosfera mundial. Na verdade, seria mais correto dizer que teve sua arte ridicularizada nessa internet de meu Deus. Posts, reclamações, xingamentos no twitter… Miller foi alvo de críticas até mesmo retroativas, ferindo não apenas o que fazia hoje, mas o legado de um homem que ajudou a reinventar a narrativa dos quadrinhos comerciais.

As Melhores e Piores Leituras de Março de 2016

Olá mergulhadores! Como foi o coelhinho? Foi um Sansão ou uma coelhada na cabeça? Bem, como é tradição, separei aqui as minhas melhores leituras do mês de março, que também é o mês das mulheres e o mês do meu aniversário e do aniversário do blog! É isso aí, completamos 8 anos no dia 15 de março! E eu completei… bem, deixa pra lá. Vamos às minirresenhas!

As 10 Maiores Duplas de Criação dos Comics

Acredito que os quadrinhos funcionam melhor quando são em colaboração do que quando feitos por uma pessoa só. Duas cabeças pensam melhor que uma e, assim cada um pode se dedicar ao seu ponto forte e trazer essas vantagens para os quadrinhos. Os comics americanos funcionam muito nesse sentido colaborativo. E as melhores colaborações dos super-heróis serão comentadas agora.

10 Comics dos Anos 2000 Que Você Não Pode Deixar de Ler

Quando te falam 10 anos atrás, você pensa nos anos 2000 ou nos anos 90? O negócio é que muita gente parou de ler HQs no final dos anos 90 por causa de uma crise econômica real, que cada vez mais que eu converso com colecionadores de quadrinhos eles dizem o mesmo. Parei de ler nos anos 2000 e só voltei ali por 2005, o que dá mais ou menos uns 10 anos. Então, para você ir atrás do que perdeu listamos aqui 10 HQs destra época para que você vá atrás!

SplashPod – S01 E06 – A Variedade de HQs nas Bancas

Olá, mergulhadores ! Nesse novo episódio, conversamos sobre a variedade dos quadrinhos nacionais e, além de Guilherme Smee, Fábiomesmo, Santiago Castro e Dudu Bandeira, contamos com a companhia de Pedro Bouça, editor da Juiz Dredd Megazine (Mythos Editora), e Artur Tavares, editor e sócio da HQM Editora e Nana Walker. Discutindo os lançamentos fora do eixo Marvel/DC, comentando particularidades e futuros lançamentos das editoras (envolvendo aí os selos Image/Valiant/2000 AD/Dark Horse e outros) no Brasil, tentamos traçar um retrospecto desse material do Brasil e uma previsão para o futuro. TRACKLIST (0:00:26) Apresentação dos participantes (0:01:18) Aumento da variedade de títulos e editoras no mercado brasileiro (0:08:40) Mix mensal: algumas opiniões (0:11:08) Continuidade (0:14:14) Um pouco da história da HQM Editora e The Walking Dead (em quadrinhos) no Brasil (0:21:45) O que ajuda vendas de quadrinhos, afinal ? (0:23:50) Um pouco mais de discussão sobre scans (especialmente Walking Dead) (0:27:20) O nascimento da Juiz Dredd Megazine e 2000 AD pela Mythos (0:37:45) Valiant no Brasil (0:39:01) Perspectivas para o futuro (0:46:16) MUITOS lançamentos futuros da HQM …

Os 5 Casais Gays Pouco Conhecidos dos Quadrinhos

Sim, existem casais gays menos famosos que os colocados no post anterior. Mas esses personagens e suas séries são bastante emblemáticos e sim, são eles que são citados quando se pensa em personagens gays. O engraçado é que dessa vez temos mais casais lésbicos do que casais gays. E não, não vou colocar Superman e Batman para ilustrar esse post para não correr risco de morte. O fato é que o post dos casais gays foi o mais acessado de todos os tempos do blog. Então, vamos dar ao povo o que o povo quer. Os 5 casais gays pouco conhecidos dos quadrinhos: ROCKY & HUDSON (Criados dor Adão Iturrusgaray) Rocky & Hudson surgiram bem antes do filme Brokenback Mountain fazer polêmica e sucesso nas telonas do cinema. Mas não antes do conto que deu origem ao filme, talvez Adão tenha se inspirado no conto. Mas o fato de que os cowboys povoam a fantasia gay não é de hoje, visto que um dos integrantes do Village People se vestia assim. Claro que Rocky e …

O Estranho Mundo de David

10 Motivos para ler Estranhos no Paraíso, de Terry Moore

Essa foi uma das primeiras séries de quadrinhos fora do eixo Marvel e DC que li, claro excetuando-se as infantis, e foi um sopro de vida na minha adolescência nos anos 90. Apesar de uma publicação atribulada no Brasil, passando por quatro editora e mais um escândalo de pirataria e o não-pagamento dos direitos de publicação por uma das editoras, a série é um must-read para qualquer leitor de quadrinhos ou para qualquer “pessoa como eu e você”. TRIÂNGULO AMOROSO: David ama Katchoo, que ama Francine, que não ama ninguém. Essa era a chamada que a Editora Abril fez na época de lançamento da primeira minissérie de SiP, ou Strangers in Paradise, como a série é apelidada carinhosamente pelos fãs. Talvez inspirada no poema “Quadrilha”, de Carlos Drummond de Andrade (clique aqui), a chamada mostrava o quão complicada seria a vida romântica de nossos protagonistas, mas havia muitas surpresas além do aspecto romântico da vida de nossos heróis. INSERÇÕES DO AUTOR: Desde o começo, a história trazia poemas, cifras de músicas, referências a séries, filmes, …

10 motivos para você respeitar Jim Lee

Ele gosta de Kit-Kat de morango – coisa que só se encontra no Japão (ei, mas ele é sul-coreano!) – mas esse não é um motivo para respeitá-lo. Afinal, quem não gosta de Kit-Kat? Jim Lee é, hoje, um dos artistas e narradores mais influentes dos quadrinhos de super-heróis. Muito além dos anos 90, ele refez sua “image” ao longo dos anos, conforme o mercado de quadrinhos foi mudando. Ele foi se adaptando, crescendo e se mostrando uma das maiores forças criativas dos últimos 30 anos no quadrinhos. ESTILO: Com suas hachuras e estilo detalhado, mas não rebuscado, com um frescor moderno, Jim Lee passou da Tropa Alfa, para o Justiceiro e, então, para os X-Men. CÓPIAS: Durante os anos 90, uma forma de garantir que seus desenhos fossem aceitos pela Marvel e DC, o jeito era imitar Jim Lee. Muitos artistas renomados de hoje começaram assim e depois desenvolveram seu próprio estilo. NÚMEROS: A revista X-Men #1 (1991), escrita por Chris Claremont e desenhada por Jim Lee, ostenta, até hoje, o recorde de revista …