Todos os posts com a tag: marvel studios

10 Quadrinhos Noir de Super-Heróis dos Anos 2000

Os anos 2000 consolidaram um estilo de quadrinhos de super-heróis: os quadrinhos noir. eram roteiros mais densos, escritos de uma forma policial e investigativa. Também a estética deles era diferente das outras: uma atmosfera mais carregada, um chiaroscuro bem utilizado, pesado nas sombras. Muitas dessas séries de quadrinhos marcaram época e fizeram escola. Aqui, destacamos algumas HQs noir de super-heróis dos anos 2000.

Anúncios

Doutor Estranho: Uma Terra Sem Nome, Um Tempo Sem Fim, de Stan Lee e Steve Ditko

Uma das mais memoráveis sagas do Doutor Estranho, pelas mãos dos seus criadores, Stan Lee e Steve Ditko, saiu no voilume III da coleção de Clássico da Coleção Oficial de Graphic Novels da Marvel, pela Savat. Um dos grandes méritos da HQ é nos fazer viajar, pelo mundo e entre realidades, dando uma incrível sensação de maravilhamento.

Tamanho Não é Documento: Homem Formiga: Segunda Chance, de Nick Spencer, Ramon Rosanas e Jordan Boyd

Finalmente a Panini lançou o encadernado com as histórias do Homem-Formiga pré-Guerras Secretas. Apesar de fora do timing com o filme do herói é uma leitura interessante e descompromissada, mas que traz muitos elementos que fizeram dos heróis Marvel apetitosos para os leitores. Claro, também não tem como negar que Scott Lang absorveu muito de sua versão cinemática, interpretada por Paul Rudd. Vamos falar sobre isso tudo à frente!

O Fenômeno de Vendas do Título do Pantera Negra

Essa semana uma notícia espantou o mercado americano de quadrinhos: a nova revista do Pantera Negra, com uma pegada mais voltada aos direitos dos negros, bateu recordes de vendas nos Estados Unidos. A revista teve uma pré-venda com mais de 250 mil cópia solicitadas. Um número incrível tendo em vista o personagem e que as vendas das revistas mais populares do mês não passam de 50 mil exemplares.

Cinco Supervilões da Marvel e Suas Inspirações

Sabemos que muitos autores usam referências como inspiração para criar personagens. Algumas dessas referências podem ser outros personagens, podem vir da mitologia ou da religião, pessoa famosas e até amigos e inimigos da vida real de seus criadores. Agora trazemos para vocês cinco supervilões da Marvel e suas inspirações e referências!

Como os Filmes Ajudaram a ReConstruir a Personalidade dos Vingadores

Mesmo que alguns possam dizer que o filme dos Vingadores é muito inocente, muito bonachão e muito família, ele tem de ser destacado quanto à sua caracterização de personagens. É através dela, e não das que vinhas sendo trabalhadas desde os anos 90 nos quadrinhos, que todo mundo conhece esses personagens.

A Crise Final da Marvel e a Guerra Secreta da DC

Rumo ao fim da Marvel! Rumo às novas Guerras Secretas! E à Convergência de todas as Crises! Guerra tem pra todos os lados. Crise, então, eu tenho uma a cada dia. Mas a guerra que nos pegou de surpresa esse mês foi a nova edição da megassaga Guerras Secretas, da Marvel Comics, que completa 30 anos em 2015. Tanto é que a próxima edição do SplashPod vai ser inteiramente dedicada a discutir o final da Marvel, ou a nova Guerras Secretas. Mas para você ficar por dentro do que aconteceu historicamente, eu faço aqui um apanhado dos principais eventos que redefiniram Marvel e DC Comics e mexeram com suas realidades, seus multiversos e omniversos. Me acompanhem! 10 motivos mais um extra pra acompanhar Secret Wars e Convergence! 00. TORNEIO DE CAMPEÕES (1982) Tudo começou com um evento-teste em 1982, o Torneio de Campeões, que foi publicada aqui em Heróis da TV. Esse evento reunia vários heróis do mundo todo (e foi aqui que surgiram vários heróis internacionais) que eram divididos em duas equipes. Uma pertencia ao …

Capitã Marvel nos cinemas em 2018!

Quem é essa tal Capitã Marvel?

Quem é essa tal Capitã Marvel que vai ganhar filme pela Marvel Studios / Disney dentro do universo cinemático da Marvel? Quem é essa mulher que vem ganhando títulos da Marvel nos EUA e encadernados da Panini Comics no Brasil? O que é a Tropa Carol? Descubra aqui. Descubra agora! A ORIGEM DA MISS MARVEL O título Ms. Marvel, lançado em 1977, trazia uma história de superação feminina. O alter-ego de Miss Marvel é Carol Susan Jane Danvers, a filha mais velha e única garota de uma família muito grande, que passou a infância competindo com seus irmãos mais jovens. Desde muito cedo, Carol teve uma natureza independente e grandes aspirações para o futuro. Estes desejos, contudo, eram repreendidos pelo pai da moça, que preferia investir o seu dinheiro na educação de seus filhos homens e acalentava a crença que um marido seria a solução para os problemas da jovem, pois este a sustentaria pelo resto de sua vida. Desobedecendo a seu pai e seguindo sua admiração pela aviação e seu sonho de voar, Carol …

Antes que a Guerra Civil comece nos cinemas

Antes que a Guerra Civil comece nos cinemas, algumas coisas precisam ser trabalhadas no universo cinemático da Marvel. Explico. Durante a New York Comic Con 2014, a Marvel Studios sugeriu que no terceiro filme do Capitão América, Robert Downey Jr., que faz o Homem de Ferro nos cinemas, terá um papel de destaque. Isso, somado a um anúncio de Civil War para 2015 da editora Marvel, aumentou o buzz de que Capitão América 3 seria, sim Guerra Civil. Mas, como sabemos, o universo cinemático não é os quadrinhos, e alguns ajustes devem ser feitos para seguir os eixos principais da minissérie de Mark Millar e Steve McNiven. Vamos a eles? SOLDADO INVERNAL BONZINHO: No final de Capitão América – O Soldado Invernal, Steve diz que vai com Sam Wilson, o Falcão em busca de Bucky, o Soldado Invernal na Europa. Isso ficou como mote para o terceiro filme, mas se tivermos a Guerra Civil rolando, teremos muito mais coisa para contar do que como Rogers e Barnes fizeram as pazes. Bucky terá um papel essencial …

X-Men e Quarteto Fantástico a caminho do desaparecimento

Estariam as equipes da Marvel X-Men e Quarteto Fantástico fadadas a desaparecer dos gibis da Marvel Comics? Não quero ser pessimista, mas todos os indícios levam a crer isso. Wolverine morre, o gibi do Quarteto é cancelado. Vamos tentar entender isso? Tudo começa quando a Fox começa a ganhar os direitos de fazer filmes de super-heróis da Marvel com os X-Men. O filme de 2001 foi um estrondoso sucesso e, junto com Blade, iniciou uma nova onda de filmes de super-heróis. Logo, a Fox também lançou os filmes de Demolidor, Elektra e do Quarteto Fantástico. Mas enquanto a franquia dos X-Men ia acumulando filmes bem-sucedidos, os outros filmes de super-heróis da Fox viraram fracassos de bilheteria. Os direitos do Homem-Aranha já pertenciam à Sony. A Marvel resolveu criar seu próprio estúdio, o Marvel Studios, primeiramente em parceria com a Universal Pictures, e lançou seu primeiro filme, O Incrível Hulk, estrelado por Edward Norton. Depois do lançamento de Homem de Ferro, estrelado por Robert Downey Jr., a editora viu que seu universo cinemático devia crescer e, …

Não estou apaixonado, é só uma fase boba que estou passando...

RESENHA: Guardiões da Galáxia, de James Gunn, através de sua trilha sonora.

Go All The Way (Eric Carmen) – Quando o primeiro trailer de Guardiões da Galáxia saiu, todos ficaram ligados em Hoocked on a Feeling, do Blue Swede, trazendo de volta todo um clima anos 80, de aventura Sessão da Tarde à la Indiana Jones e Guerra na Estrelas, Caravana da Coragem e Quero Ser Grande. A verdade é que o filme entrega o que promete e, assim, nossos filhos e netos estarão vendo Sessão da Tarde com Guardiões da Galáxia. James Gunn vai all the way (por todos os jeitos, de todas as maneiras), pela década de 80, seja nas homenagens aos walkmen, àqueles duendes esquisitos e pelados que todo mundo tinha em casa e outras tranqueiras das infâncias dos trintões. Vamos de todo o jeito! Cherry Bomb (The Runaways) – A banda de Joan Jett vem com a “bomba cerejada”, que não poderia deixar de ser Gamora (Zoe Saldana), a única e mais letal mulher do grupo. Zoe a interpreta sensacionalmente bem, fazendo com ela seja o elemento mais sério dos Guardiões, mas que …

Espere o inesperado, Capitão América 2 – O Soldado Invernal, de Anthony e Joe Russo

A frase que dá título a este post se refere a filmes e literatura de espionagem. Coisa que o segundo filme do Capitão América cumpre muito bem. Longe de ser ufanista ou patriótica, a história investe nas conspirações, por outro lado não perde o seu sentido de maravilhamento quando leva o espectador  a uma busca a coisas e lugares perdidos, rondados por mistérios como num filme dos Goonies. Esse sentimento “anos 80” permeia o filme, com toques do cinema de ação daquela época que garantia cenas bombásticas. Em Capitão América 2, tem uma luta dentro de um elevador, perseguições de carros, para não dar muitos spoilers. Além disso, há um clima Jamesbondiano no filme. A despeito dos aparatos de espionagem, que estão mais presentes na série de televisão dos Agentes da S.H.I.E.L.D., o clima tudo-pode-acontecer e de que o-vilão-está-por-trás-de- todas-as-mudanças-mundiais, dos bons filmes e séries de espionagem como Missão Impossível estão ali. Parceria é outra palavra que define o filme. É uma história que apresenta o valor da amizade e da confiança.  Além do Soldado Invernal, que …

Possibilidades promissoras para patos e paladinos

Quando os fãs ouviram pela primeira vez que a Disney havia comprado a Marvel por 4 bilhões de dólares devem ter se perguntado: quando o Super-Pato e o Super Pateta irão se encontrar com o Homem-Aranha e o Homem-de-Ferro? Uma possibilidade curiosa, mas, na junção destas duas grandes empresas de entretenimento, é um dos fatos menos prováveis de ocorrer. A interação entre as duas empresas deve ir muito além de crossovers entre seus personagens. Do outro lado da trincheira, podemos ver como a compra de uma editora de quadrinhos por um conglomerado pode ajudar a popularizar seus personagens. Em 1968, a Warner uniu-se à DC Comics – casa de Superman, Batman e Mulher-Maravilha – e a fusão das duas companhias tornou mais fácil levar Superman para as telonas em 1975. Mais tarde, em 1989, Batman estreou nos cinemas. O sucesso do homem-morcego alavancou a produção de desenhos e seriados dos heróis DC pela Warner. Alguns exemplos recentes são o desenho-animado da Liga da Justiça e o seriado Smallville. Ambos têm um público fiel e uma …