Todos os posts com a tag: millarworld

Os 10 Melhores Quadrinhos do Millarworld

Millarworld, como o nome já diz são HQs independentes desenvolvidas por Mark Millar e seus desenhistas convidados. Neste post vamos falar das dez HQs desse selo que mais gostamos e por que. Mas atenção, vamos nos focar apenas naquelas que já saíram no Brasil, uma porque nós já as lemos e outra porque você, leitor, poderá encontrá-las à venda fisicamente por aqui nas bancas e livrarias. Então se prepare, aperte seus cintos de segurança, acionem seus air-bags, porque vem aí muita porradaria, sanguinolência e explosões ao melhor estilo Mark Millar.

Melhores e Piores Leituras de Dezembro de 2018

Dezembro e 2018 estão quase acabando e a Madame Xanadu está prevendo que você vai tomar no… bar muitas cervejas para poder aguentar a coisa e o coiso que vêm por aí no ano que vem. Se 2018 sem as surpresinhas que nos aguardam em 2019 já foi terrível de aturar, imaginem 2019 com esse governo que vocês escolheram, hein? Uhlalá! Mas vamos falar de coisa boa? MERCHAN! Só que não! Vamos falar das melhores leituras de quadrinhos do mês de dezembro (e três leituras ruins). Fiquem ligados que “no ano que vem” vou publicar as listas, sim AS LISTAS, de melhores do ano de 2018, por categoria de revistas, afinal, foram quase 300 quadrinho e quetais lidos no ano todo. Então espere o confie. Por enquanto fiquem com os melhores e piores de dezembro!

Melhores e Piores Leituras de Novembro de 2018

Ufa, amigos mergulhadores! Neste mês de novembro eu queria ser Jamie Madrox, o Homem-Múltiplo para dar conta de tantas tarefas. Mas, sim, eu consegui trazer para vocês muitas resenhas de quadrinhos de todos os tipos e também de livros sobre quadrinhos. também estou nos preparativos da Comic Con Experience (CCXP), onde vou lançar dois quadrinhos. Vocês podem me encontrar na mesa B14 do Artists Alley, vamos bater um papo e vocês podem conhecer meu trabalho também como roteirista. E agora, depois do break, vocês podem conferir quase 40 resenhas legais de quadrinhos, bons e ruins!

Levi Trindade Revela Novidades da Panini Comics na Comic Con RS 2018

Olá mergulhadores! Acabou o primeiro dia da ComicConRS 2018. Este ano, o festival de quadrinhos gaúcho ganhou um andar a mais dedicado às suas atividades no prédio da ULBRA em Canoas/RS. Outros destaques deste ano foram simulação de dança, a biblioteca de quadrinhos do SESI, um espaço dedicado a Harry Potter e outro, dedicado a Star Wars. Hoje, eu participei como convidado em um painel sobre Representatividade. Também acompanhei a revelação de novidades feitas pelo editor da Panini Comics, Levi Trindade, que também é um dos homenageados do evento. Sei que você está ansioso pelas novidades, então, vamos logo a elas.

Como Funciona Uma Adaptação DE Quadrinhos e Uma Adaptação PARA Quadrinhos?

Hoje temos uma explosão de adaptações de quadrinhos para o cinema, para a televisão, para os videogames e também para os livros. Ao mesmo tempo, vemos um movimento contrário: de filmes para quadrinhos, mas principalmente da prosa escrita para a arte sequencial. Claro, não existe uma fórmula mágica para uma adaptação boa ou correta, mas deve-se focar nos pontos fortes de cada mídia e em suas particularidade. Se isso não for levado em conta, a adaptação fracassa. Nesse post vamos discutir um pouco sobre conceitos e formas de adaptações que envolvem quadrinhos e porque podemos nos frustrar tanto quando nossas expectativas não são atendidas nesses trabalhos. Vem comigo!

Os Melhores Quadrinhos Americanos (Fora das Duas Grandes) Que Li em 2017

Hey mergulhadores! Vamos dar continuidade ao nosso projeto de melhores leituras de 2017. E agora, essa categoria que eu chamo de Quadrinhos Americanos, mas como eu acho que fica difícil para entenderem, coloque entre parênteses (Fora das Duas Grandes). Ou seja, quadrinhos publicados nos Estados Unidos e que não são nem DC Comics e nem Marvel. Combinado? Então vem comigo que tem coisa boa!

A Melhor HQ de Mark Millar: O Legado de Júpiter, de Mark Millar e Frank Quitely

Imagine que os super-heróis, no meio de um caos econômico e político mundial, decidem tomar as rédeas do planeta para si. E isso acontece no meio de um conflito de gerações super-heróico. Esse é o mote para O Legado de Júpiter, a última HQ de Mark Millar lançada no Brasil e a que eu considero a melhor de todas até agora. A seguir, conto mais sobre ela!

As Eras dos Quadrinhos – Post Scriptum

Contrariando as previsões de Mark Millar, de que a indústria de comics teria um ritmo de crescimento menor na década de 2010 e também a despeito da crise econômica mundial que se abateu sobre os EUA e o mundo a partir de 2008, o mercado de quadrinhos vai muito bem, obrigado. Segundo dados do ICV2, entre 2003 e 2013, o crescimento foi de 96%. Isso se deve, em grande parte, para o grande destaque dos comics em outras mídias, seja em animações, séries de TV, filmes e até mesmo a internet. Em 2 de maio de 2008 estreava o filme do Homem de Ferro, o primeiro do Marvel Studios, que pretendia fazer nas telonas o que já era feito nos gibis: um universo interligado. A estratégia deu certo, e nos anos seguintes seriam lançados Thor, Capitão América – O Primeiro Vingador, além do segundo filme do latinha. Tudo isso para culminar em 2012 com um dos maiores fenômenos do cinema, The Avengers – Os Vingadores, reunindo todos estes personagens. O filme teve a maior abertura …