Todos os posts com a tag: tocha humana

10 Personagens de Quadrinhos Que Estrearam Fora dos Quadrinhos

Pois é, amigos mergulhadores, muitos personagens populares (e nem tão populares) dos quadrinhos apareceram primeiramente em outras mídias. A maioria foram em desenhos animados, mas temos casos de séries e até filmes de TV e, muitos deles, bem recentes. Você pode conferir isso no post a seguir!

ÍSIS (ANDREA THOMAS)
Com o sucesso do seriado do Shazam nos anos 70, a DC Comics resolveu criar uma nova heroína para estrear um novo seriado. Assim surgiu Os Segredos de Ísis, uma série que contava a história de Andrea Thomas (Joanna Cameron), uma professora de ciências que encontrava um amuleto encantado. O amuleto conferia a ela o “poder dos animais e dos elementos” e a tornavam na Poderosa Ísis. Embora criada nos anos 70, só foi aparecer nos anos 2000 nos quadrinhos como esposa de Teth-Adam, o Adão Negro, inimigo figadal do Shazam! durante a maxissérie 52, da DC Comics. Nos quadrinhos, ela é Adrianna Tomaz, uma descendente direta dos faraós e, portanto, dos deuses egípcios.

FLAMA (ANJELICA JONES)
Em 1981, a Marvel lançou um desenho animado chamado “O Homem-Aranha e seus Amigos Espetaculares”. Era, por alguma razão inexplicável, sobre o Homem Aranha, o Homem de Gelo e Flama vivendo na casa da Tia May e combatendo o crime. Por alguma razão inexplicável, era sobre o Homem Aranha, o Homem de Gelo e Flama vivendo na casa da Tia May (a doce tia e mãe adotiva de Peter Parker, o cabeça-de-teia) e combatendo o crime. O conceito era ridículo, a animação pobre e o roteiro, absurdo — o que o tornava delicioso de assistir. Flama, nos quadrinhos, fez parte dos Satânicos de Emma Frost, depois dos Novos Guerreiros, foi promovida a Vingadora e liderou os Novos Aliados, uma equipe totalmente esquecível.

RENEE MONTOYA (QUESTÃO)
Reneé Montoya, que mais tarde se tornaria a heroína Questão, era uma policial viciada em álcool que tinha vários relacionamentos destrutivos. Um desses relacionamentos foi Kathy Kane, a Batwoman, também muito antes de Kathy se tornar a Mulher-Morcego. Mas ela estreou muito antes em 1992 no desenho animado do Batman, somente em 1998 ela foi para os quadrinhos tendo um papel de destaque na mega saga Terra de Ninguém. Na série 52, da DC Comics, ela se tornou pupila de Victor Sage, o Questão, e assumiu seu manto ao final da série. Uma das personagens lésbicas mais famosas e queridas dos quadrinhos.

SPIKE
No desenho X-Men Evolution dos anos 2000, Spike era o sobrinho de Tempestade que entrava para a Escola Xavier onde sua tia era professora ao lado de Wolverine. Spike tinha poderes de projetar espinhos através de seu corpo, um poder muito parecido com a da mutante Medula. Já nos quadrinhos, Spike não apareceu primeiro nos X-Men, mas nos X-Táticos, uma equipe de mutantes envolvida com a fama e paparazzos. Spike era um negro marrento que queria fama a todo custo e se dar bem nas costas da equipe. Como todo bom membro dos X-Táticos, ele acabou morrendo e foi substituído na equipe por outro personagem.

JIMMY OLSEN / PERRY WHITE
Jimmy Olsen e Perry White são instituições do Planeta Diário e das aventuras do Superman e, assim como a kryptonita, os dois surgiram no primeiro programa de rádio e grande sucesso dos anos 40 que contava as desventuras do Homem de Aço. As vozes de Jimmy e Perry eram feitas, respectivamente, por Jackie Kelk e Julian Noa. Nos quadrinhos, Perry é o grande chefe do Planeta Diário, mas já foi destituído desse cargo várias vezes. Já Jimmy é o grande amigo do Superman, estagiário do jornal, já teve revista própria nos anos 50, quando, a cada edição, ele ganha superpoderes diferentes.

H. E. R. B. I. E.
No final dos anos 70, a Marvel resolveu fazer novamente um desenho do Quarteto Fantástico. Por alguns problemas, o Tocha Humana não poderia aparecer no desenho, então resolveram substituí-lo pelo robozinho H.E.R.B.I.E. (não sei, não me pergunte a razão, mas dizem as lendas que o Tocha saiu por medo das crianças colocarem fogo no seu corpo. ::facepalm::). A sigla significa Humanoid Experimental Robot B-Type Integrated Electronics (Robô Humanoide Experimental Tipo-B Com Eletrônica Integrada). Nos quadrinhos, o robô foi criado pelo Senhor Fantástico e por Mestre Xar, dos Xandarianos (de onde vem a Tropa Nova) para enfrentar o Esfinge. Ele foi criado por Stan Lee e Dave Cockrum. Nos quadrinhos ele apareceu pela primeira vez em Fantastic Four#209, de Marv Wolfman e John Byrne.

ARLEQUINA (DRA. HARLEY QUINZEL)
A Arlequina nem começou como heroína e nem começou nos quadrinhos. Foi em 1993 na série animada do Batman, ela era uma espécie de versão feminina/escrava do Coringa. Muito tempo depois ela foi passar para os quadrinhos. Sua maneira tresloucada de se agradou muita gente, fazendo ela ganhar uma série própria de histórias. Em 2016 ela estrelará o filme do Esquadrão Suicida, equipe da qual começou a fazer parte na Iniciativa Os Novos 52. A fantasia de Arlequina é uma das preferidas das meninas – e por que não dizer dos meninos – cosplayers.

X-23 (LAURA KINNEY)
Laura Kinney foi criada no desenho animado X-Men Evolution, temporada 3, episódio 11, intitulado “X-23”. A personagem, a 23ª tentativa de se criar um clone de Logan, foi uma ferramenta que os criadores Christopher Yost e Craig Kyle utilizaram para aproximar Wolverine dos alunos mais novos do Instituto Xavier. X-23 foi parar nos quadrinhos em NYX, minissérie escrita pelo chefão da Marvel na época, Joe Quesada. Ela apareceu como uma prostituta que marcava seu corpo com cortes de garras em NYX#3, de 2004. Além de ser a Novíssima Wolverine, em março de 2017, sua versão live action estreou no filme Logan, sendo encarnada por Dafne Keen.

AGENTE PHILLIP COULSON
O agente Phillip Coulson é interpretado por Clark Gregg nos cinemas, nos filmes dos Vingadores. Ao lado de Nick Fury ele foi responsável pela criação dos Vingadores. Ela também é o protagonista da série de televisão Agentes da SHIELD. Já nos quadrinhos ele surgiu na minissérie Battle Scars (Cicatrizes de Guerra) ao lado de Nick Fury Jr., a versão negra e filha de Nick Fury dos quadrinhos que logo se tornou sua principal versão com o descarte do NicK Fury branco. Coulson, então, primeiro se tornou ativo dos Vingadores Secretos e contato dos heróis com a SHIELD e depois, como na televisão, passou a conduzir sua equipe própria de agentes, incluindo Deathlock e Harpia.

BATGIRL (BÁRBARA GORDON)
Uma versão feminina e adolescente de um grande herói, nesse caso, o Batman, a Batgirl também teve várias versões durante os anos. Entretanto a mais famosa delas foi Bárbara Gordon a filha/sobrinha do Comissário Gordon (essa origem também é nublada). Criada no seriado de TV de 1966 do Batman, lá ela era interpretada por Yvonne Craig. Barbara logo saltou para os quadrinhos. Hoje, ela faz parte de uma geração de heróis que tem grande apelo para a juventude feminina com histórias mais leves e descoladas e com desenhos carismáticos. Vale mencionar que mais de três garotas já usaram o codinome de Batgirl: Barbara Gordon, Cassandra Cain e Stephanie Brown.

Ahá! Aposto que você não sabia da origem estranha de alguns deles, né? Quando a gente investiga mais a fundo encontra cada coisa, né? E você? Que achou? lembrou de mais algum personagem dos quadrinhos que surgiu fora deles? Conta pra gente! Abraços submersos!

Anúncios

Ocasiões em Que os Super-Heróis da Marvel Lutaram Pelados

Como você viu na semana passada, heróis e vilões de todos os tipos e tamanhos e de diversas editoras já lutaram completamente nus em histórias de super-heróis. Mas agora vai ser diferente, separamos um rol de dez heróis apenas da Marvel que já lutaram como vieram ao mundo para despudor dos leitores. O striptease começa em 3… 2… 1…

Um Quadrinho Deve Divertir ou Passar Uma Mensagem em Primeiro Lugar?

Uma das discussões mais acaloradas nas redes sociais se deve à função primária das revistas e das histórias em quadrinhos. Em primeiro lugar, elas devem divertir os seus leitores ou devem passar uma mensagem, uma moral e educar quem está lendo uma revistinha? Esse é o dilema da vez e, a seguir, ele será destrinchado e chegado a um veredito! Come on, babe, let’s do the twist!

O Horóscopo Chinês dos Super-Heróis

O Horóscopo Chinês é dado pelos anos. Dependendo do ano em que você nasceu, lhe é conferido um dos 12 signos do zodíaco chinês. Diferente dos signos ocidentais, cada signo possui um elemento, que associados revelam as características do nascido naquele ano. Anos com signos iguais ao do ano costumam ser propícios para aqueles nascidos sob eles. Os heróis estão aqui colocados pela data de criação. Vamos ver os signos deles?

Um Vilão Gay Não É Um Grande Passo na Representatividade, Não!

Essa semana ficamos sabendo, através dos episódios da série de TV, Gotham, que o personagem Pingüim, um dos vilões mais clássicos do Batman está apaixonado por outro super vilão clássico, o Charada. Dizem os produtores da série que queriam criar polêmica e adicionar diversidade à série, mas, caros leitores, supervilões gays não adicionam em nada para a representatividade.

Guia de Leitura: Os Inumanos

Sim, amigos! Os Inumanos são a aposta da vez da Marvel! Se não nas telinhas e telonas, pelo menos nos quadrinhos. Apesar de eles estarem em destaque em Agentes da SHIELD, parece que o seu filme foi cancelado. Além disso vem aí os eventos A Morte do X e X-Men versus Inumanos, que vão colocar a equipe das névoas terrígenas em evidência. Fiz aqui uma listinha de leituras importantes dos nossos amigos evoluídos pelos krees!

Melhores e Piores Leituras de Setembro de 2016

Uhlala! Tivemos uma lista longa nesse mês de Setembro em que a flora floresce e a fauna acasala. Muitas coisas boas, mas muitas coisas ruins também. A Coleção Marvel de Graphic Novels da Salvat em sua versão Clássicos tem feito cadeira cativa aqui na nossa sessão mensal. Muita coisa foi resenhada com mais cuidado, mas aqui vão algumas minirresenhas da nossa seleção!

[REVIEW] Os Spin-Offs de Civil War II

[CONTÉM SPOILERS] Spin-Offs são séries contíguas a outras e originadas de outras, por exemplo Fear The Walking Dead é um spin-off de The Walking Dead, ou Once Upon a Time in Wonderland é um sipi-off de Once Upon a Time. Assim, na Marvel saíram algumas séries originadas da segunda Guerra Civil e que possuem relações com ela. Venha comigo e você vai saber quais são e do se trata.

Super-Heróis: Homens contra Deuses e Deuses contra Homens!

Super-heróis não existem no nosso mundo. mas quais são os paralelos e disparidades entre os acontecimentos históricos no nosso mundo com o dos super-heróis? Cada uma das grandes editoras, Marvel e DC, deram um jeito de explicar essas diferenças e similaridades. Vamos dar uma olhada de como funciona o humano e o divino – na figura dos Supers – nos universos das grandes editoras.

MC2: O Universo dos Filhos dos Heróis Marvel

O ano era 1998. Uma personagem se destacava nas págians de O Que Aconteceria Se… por ser a filha perdida de Peter e Mary Jane Parker. Ela era May Parker, a Garota-Aranha. Ela também era o início do MC2, um Universo Marvel futrurista que mostrava como se virariam os filhos dos heróis Marvel. Nós vamos contar mais para vocês!

As Melhores HQs da Marvel Que Li em 2015

E agora chegou a vez da Marvel, a casa das ideias, a editora do Stan Lee (só que não), lar de Homem-Aranha, X-Men e Vingadores! Apertem seus cintos dentro do Quinjet dos Vingadores ou do Pássaro Negro dos X-Men e boa viagem pelas nossas 10 melhores leituras Marvel! DEMOLIDOR: O FIM DOS DIAS, DE BRIAN MICHAEL BENDIS, DAVID MACK E KLAUS JANSON Era para ser mais uma minissérie da linha O Fim, mas o projeto acabou ganhando corpo e importância ao mesmo tempo que se afastava da linha original. Acabou virando dois encadernados aqui no Brasil com uma história que homenageia um dos grandes clássicos do cinema que é Cidadão Kane, de Orson Welles. Fizemos uma comparação entre as duas obras que você pode ler neste link. QUARTETO FANTÁSTICO POR MARK WAID, MIKE WIERINGO E HOWARD PORTER Mark Waid é um cara cujo o lugar no meu coração de fã de quadrinhos só vem crescendo. Essa fase do Quarteto que ele fez com o Wieringo tem como marca tanto sua competência como o seu “trabalho …

[TOP 12] Super-Heróis Mais Sexies do Cinema (Em Gifs)

Sim! Depois de fazermos nossa lista de musos e musas dos quadrinhos e todo mundo ter curtido (pelo menos é o que dizem nossos acessos) chegou a vez de fazermos uma lista dos super-heróis mais sexies do cinema. Sim! Atores sem camisa! Em gifs! E tem ator que fez mais de um super-herói no cinema! E sobrou até pra um bichinho! Vamos lá?

A Última História dos Vingadores – The Last Avengers Story, de Peter David e Ariel Olivetti

The Last Avengers Story é um dos títulos deste selo de vida curtíssima (dois anos apenas). A minissérie, em duas edições, vinha em formato de luxo, com lombada quadrada, papel couchê de gramatura alta, capa com acetato no estilo Marvels e a arte pintada de Ariel Olivetti, a quem você deve conhecer da última série do Cable e de O Diário de Guerra do Justiceiro que saia na Marvel Action.

SplashPod – S01 E04 – Quarteto Fantástico (O Novo Filme e os Quadrinhos)

Olá mergulhadores ! Com vocês, a quarta edição do Splashpod ! O assunto é Quarteto Fantástico, passando pelo seu teaser recém lançado e explorando, até onde foi possível, as histórias do Quarteto nos quadrinhos: de Stan Lee ao “exprudimento” pelo quarteto, discutindo as melhores fases e personagens do título ! Para discutir tamanha confusão, temos Guilherme Smee (www.guilhermesmee.com), Dudu Bandeira, Fabiomesmo e Santiago Castro, contando ainda com o convidado especial Daniel HDR (www.danielhdr.com.br), do Dinamo Studio (www.dinamo.art.br), desenhista da DC, da Marvel e… ah, se tu ainda não sabe quem é, vai na Wikipedia, porra ! SETLIST (0:00:21) Trechos do desenho do Quarteto: Sue diz do que o Reed gosta de verdade (0:00:50) Apresentação/ Tá na hora do pau (0:02:03) Trechos do desenho do Quarteto: O Vigia entregou o destino da Terra pro Tocha: ai, que burro (0:02:39) Apresentação do Tema (0:03:30) Boicote pela Marvel? (0:10:10) Possibilidades a partir do teaser/trailer/teaser do trailer do novo filme do Quarteto Fantástico (0:18:22) Nunca leu nada do Quarteto? Daniel HDR explica como faz pra conhecer! (0:19:12) Dr. Destino …

Hey, Zodíaco não eram uns vilões?

Os Signos dos Super-Heróis

Você abre o jornal e lá está o horóscopo dizendo como vai ser o seu dia. Mas mais do que predizer o futuro, os signos do zodíaco servem para traçar o perfil da pessoa que nasceu em determinado período do ano. Assim funciona nosso mapa astral. Você já sabe seu signo, mas nunca imaginou qual seria a representação do zodíaco para o seu super-herói favorito. Selecionamos aqui os principais super-heróis de cada signo, de acordo com suas caraterísticas e as representações dos signos do zodíaco. Confere aí: ÁRIES (21/3 – 20/4) Flash e Mercúrio: Eles são os homens mais rápidos das editoras Marvel e DC Comics e, portanto, os mais apressadinhos e impacientes, como todo bom ariano. Para eles tudo tem que ser na hora que desejam, eles não gostam de ficar parados num mesmo lugar e odeiam rotina. TOURO (21/4 – 21/5) Homem-Aranha e Vampira: Eles estão sempre acreditando que com grandes poderes vêm grandes reponsabilidades e insistem na sua opinião, por outro lado, são muito humildes, muito pé-no-chão e possuem baixa auto-estima. Costumam …

X-Men e Quarteto Fantástico a caminho do desaparecimento

Estariam as equipes da Marvel X-Men e Quarteto Fantástico fadadas a desaparecer dos gibis da Marvel Comics? Não quero ser pessimista, mas todos os indícios levam a crer isso. Wolverine morre, o gibi do Quarteto é cancelado. Vamos tentar entender isso? Tudo começa quando a Fox começa a ganhar os direitos de fazer filmes de super-heróis da Marvel com os X-Men. O filme de 2001 foi um estrondoso sucesso e, junto com Blade, iniciou uma nova onda de filmes de super-heróis. Logo, a Fox também lançou os filmes de Demolidor, Elektra e do Quarteto Fantástico. Mas enquanto a franquia dos X-Men ia acumulando filmes bem-sucedidos, os outros filmes de super-heróis da Fox viraram fracassos de bilheteria. Os direitos do Homem-Aranha já pertenciam à Sony. A Marvel resolveu criar seu próprio estúdio, o Marvel Studios, primeiramente em parceria com a Universal Pictures, e lançou seu primeiro filme, O Incrível Hulk, estrelado por Edward Norton. Depois do lançamento de Homem de Ferro, estrelado por Robert Downey Jr., a editora viu que seu universo cinemático devia crescer e, …

As Eras dos Quadrinhos – Parte 8

A Era da Incerteza – Eu sou o melhor no que faço, mas o que faço não é nada bonito! Com a influência dos quadrinhos independentes, do mercado direto e restrito e o código menos rígido, o caminho estava aberto para obras como Batman, o Cavaleiro das Trevas e Watchmen, que, para o bem ou o mal, redefiniram os modelos de quadrinhos de super-heróis. Foi o tempo em que os heróis não precisavam de motivos para ser violentos, e a grande maioria era cruel e raivosa, numa tradução literal do termo grim’n’gritty, uma expressão cunhada para representar o resultado da má interpretação do tom que empregaram Moore e Miller por autores menos célebres. Os protagonistas eram sombrios, portavam grandes armas e faziam cara de mau, rangendo os dentes nas capas. Fazia-se um contraponto à nobreza da Era de Prata e ao cinismo da Era de Bronze. Nesse período, a arte passou a ser mais valorizada. Grandes desenhistas passaram a receber grandes quantias por seus trabalhos e os fãs compravam revistas em grandes quantidades. As bad …

As Eras dos Quadrinhos – Parte 3

Período de Transição A – Atirando para todos os lados Durante a Segunda Guerra Mundial, os quadrinhos de super-heróis atingiram seu ápice. Foi durante este período que foram registrados seus maiores números de vendas por exemplar. Segundo Bradford W. Wright, em 1943, os quadrinhos vendiam 25 milhões de cópias por mês. Apenas o título do Capitão Marvel era responsável por mais de 1,5 milhão. A guerra impulsionava os leitores a consumirem quadrinhos, uma vez que os gibis traziam em suas capas os super-heróis enfrentando os cabeças do Eixo. Além disso, milhares de quadrinhos eram levados ao front para que os soldados se sentissem incentivados com as histórias dos heróis. Contudo, em 1945, a guerra acabara, e não fora nem Superman nem o Capitão América quem acertara um direto de direita na face de Hitler, mas seres humanos normais. Os soldados aliados haviam vencido a guerra sem a ajuda de superpoderes e, de volta para casa, não estavam mais interessados em superaventuras patrióticas, mas na manutenção de suas famílias. As pessoas começaram a perder o interesse …

As Eras dos Quadrinhos – Parte 2

A Era de Ouro – Agradando Gregos e Romanos            A expressão “Era de Ouro” é geralmente usado para classificar um período de tempo em que um determinado gênero, arte, ciência ou civilização atingiu seu auge, e manifestou com maior esplendor os valores que o norteiam. Dessa maneira, no que se refere à sociedade, temos, por exemplo, a Era de Ouro da China, do Islã, da Inglaterra.   A origem do termo vem da Grécia e da Roma antigas, da referência que seus poetas faziam a um tempo em que a humanidade vivia em uma utopia e era pura. O autor grego Hesíodo descreve as Cinco Eras do Homem, dividindo-as em Era de Ouro, de Prata, de Bronze, Heróica e de Ferro. Todas elas se iniciam com a criação de uma nova raça humana e se encerram com a destruição da mesma, seja pelo titã Cronos ou por Zeus. A exceção é a Era Heróica, em que viveram Hércules, Teseu, Perseu e Aquiles, encerrada com a Guerra de Tróia, na qual muitos campeões pereceram. A mitologia …