Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis

Hoje faleceu Marie Severin, uma das mais atuantes mulheres da Marvel Comics em seu início, ao lado da influência da esposa de Stan Lee e da secretária da Marvel, Flo Steinberg. As três deixaram nosso mundo em um coincidente curto espaço de tempo. Embora os quadrinhos americanos e, principalmente os de super-heróis, foram um espaço masculino, sempre existiram mulheres que resistiram à essa tradição e representaram o sexo feminino. Marie Severin foi uma dessas figuras, dona de um fôlego incansável e de um humor que não poupava ninguém, produziu inúmeros trabalhos na Marvel, sendo mais conhecida pelo Incrível Hulk e a revistas de humor e paródias da própria Marvel, Not Brand Echh!, lançada nos anos 70, como uma resposta à MAD. Convido vocês para conhecer mais sobre essa pioneira dos quadrinhos de super-heróis feitos por mulheres, como uma maneira de prestar uma singela homenagem à sua existência. Continuar lendo “Um Adeus a Marie Severin: Importante Presença Feminina nos Quadrinhos de Super-Heróis”

Os 10 Comics Mais Bem-Avaliados do Guia dos Quadrinhos [Edição 2018]

Além de poder cadastrar e catalogar suas revistas no site Guia dos Quadrinhos, também é possível avaliá-las. Na capa do site encontramos duas listas. Uma das revistas mais colecionadas pelos usuários do site e outra com um ranking das revistas em quadrinhos mais bem avaliadas pelos usuários do Guia dos Quadrinhos. Já havíamos feito um desses rankings em 2015 (que você pode acessar logo abaixo), mas de lá para cá muita coisa mudou. Se passaram três anos e apenas quatro daquelas dez revista continuaram no TOP 10. Vale lembrar que aqui só colocamos comics e não quadrinhos japoneses e europeus. Quer saber quais são essas revistas? Então continue lendo este post. Continuar lendo “Os 10 Comics Mais Bem-Avaliados do Guia dos Quadrinhos [Edição 2018]”

10 Livros Para Estudar Quadrinhos (Em Português)

Já pensou em fazer um TCC sobre quadrinhos? Ou um mestrado e doutorado pesquisando arte sequencial e a nona arte? Pois saiba que é possível e em diversas áreas de conhecimento! As pesquisas em histórias em quadrinhos tiveram um aumento exponencial no Brasil a partir dos anos 2000, embora muitos trabalhos acadêmicos pioneiros vem sendo feitos desde a década de 70. Neste post vou indicar alguns livros que você pode ler para adentrar o mundo teórico dos quadrinhos e começar a entendê-los sob uma perspectiva mais analítica. Se tiver interesse, vem que a hora é essa! Continuar lendo “10 Livros Para Estudar Quadrinhos (Em Português)”

MUITOS Mini-Reviews de Quadrinhos Para Janeiro de 2018

Hey, hey, hey, mergulhadores! Como estão as férias? (para quem tem o luxo de ter férias, claro!) Aqui do meu lado, tomei um fartão de mestrado e resolvi ler bem mais quadrinhos do que livros, então esse mês vocês vão acompanhar, como dizem, “uma caralhada” de mini-reviews aqui no blog. Afinal, eu também mereço curtir férias e, como não vou viajar pra praia como todo mundo, nada melhor do que ficar num oásis de ar condicionado e ler coisinhas boas (ou nem tão boas). TEMOS 20 REVIEWS ESSE MÊS! Bem, dizendo isso, me despeço e deixo vocês com as resenhinhas. Espero que sirvam para alguma coisa pra vocês! Continuar lendo “MUITOS Mini-Reviews de Quadrinhos Para Janeiro de 2018”

A Vida do Quadrinho Americano em Miniatura: Will Eisner por Neil Gaiman

Este é o ano em que o Mestre dos Quadrinhos Will Eisner completaria 100 anos de existência. Por isso, resolvemos fazer uma singelíssima homenagem a esse quadrinista fantástico, trazendo algumas palavras de Neil Gaiman sobre sua importância. Essas palavras foram escritas na introdução do encadernado The Best of The Spirit, da DC Comics, publicado em 2006. Acompanhem as palavras de Neil Gaiman e reverenciem a importância de Will Eisner e de sua maior criação, o Spirit. Continuar lendo “A Vida do Quadrinho Americano em Miniatura: Will Eisner por Neil Gaiman”

Está Faltando Originalidade e Criatividade nos Comics Atuais?

Volta e meia nos deparamos com comentários do tipo: “nos quadrinhos de hoje não tem nada de bom”, ou “no meu tempo, os quadrinhos eram muito melhores”. Esse tipo de comentário me irrita muito. Ou a pessoa não está buscando ler as coisas que saem ou possui preconceito ou simplesmente preguiça mental de ver que as coisas e o mundo mudaram. Mas para tentar avaliar essa situação, a de que falta originalidade e criatividade nos comics atuais, fui atrás desses dois conceitos e gostaria de discuti-los com vocês em face a atual produção de comics. Continuar lendo “Está Faltando Originalidade e Criatividade nos Comics Atuais?”

Escrevendo Diálogos Para Quadrinhos x Para Cinema, por Jules Feiffer

Jules Feiffer é um dos mais renomados cartunistas americanos, tendo trabalhado como braço-direito de Will Eisner, criador do Spirit, nos anos 40. Ele é ganhador de muitos prêmios e possui um Pulitzer por quadrinhos editoriais (charges e cartuns). Um dos seus últimos trabalhos publicados no Brasil foi Mate Minha Mãe, publicado aqui pela Companhia das Letras. Ele também trabalhou como dramaturgo e como criador de roteiros para cinema, escrevendo os diálogos do filme live-action do Popeye. Ele também foi um dos primeiros a escrever livros teóricos sobre super-heróis, em 1965, com o livro The Great Comic Book Heroes. Aqui, Feiffer dá dicas da escrita de diálogos, tanto para quadrinhos como para teatro e cinema. Dê uma checada! Continuar lendo “Escrevendo Diálogos Para Quadrinhos x Para Cinema, por Jules Feiffer”

Quadrinhos e Memória: Uma Aproximação

Quadrinhos e memória são muito próximos. Ambos são formados de fragmentos e, para serem entendidos, é preciso que a pessoa que os utiliza, dê uma forma e um sentido para eles. Senão sua “leitura” não é capaz de ser feita. Aqui, tentaremos analisar algumas aproximações entre memória e quadrinhos e como um auxilia o outro. Continuar lendo “Quadrinhos e Memória: Uma Aproximação”

Mas, Afinal… O Que é Uma Graphic Novel?

As graphic novels estão aí nas bocas e nas mãos de todo mundo. Nas bancas, nas livrarias, se transformando em animações, em filmes e em séries. Embora, quando eu falo o termo para minha mãe eu tenho que repetir, repetir e por fim dizer: “um livro em quadrinhos, mãe!”. Mas onde surgiu esse termo e a o que mesmo ele se refere? Vamos deixar que gente como Bryant Talbot, Scott McCloud, Eddie Campbell e Will Eisner dêem suas definições e vamos tentar compor alguns pontos em comum. Continuar lendo “Mas, Afinal… O Que é Uma Graphic Novel?”

O Sanctum Sanctorum do Doutor Estranho Enquanto Personagem

Você já reparou como a casa do Doutor Estranho, o Sanctum Santorum, possui um papel importante nas histórias dele, principalmente nessa nova fase por Jason Aaron? Pois é, e mesmo no filme de Stephen Strange, o local, novo para ele, também possui um grande destaque. Então agora vamos falar desse local sagrado e santo para a magia do Universo Marvel. Continuar lendo “O Sanctum Sanctorum do Doutor Estranho Enquanto Personagem”

Quem Foi A Primeira Super-Heroína Criada Por Uma Mulher?

A primeira super-heroína criada por uma mulher surgiu nos anos 70? Nos anos 90? Se você respondeu qualquer década recente, você está redondamente enganado! Essa personagem surgiu logo nos anos 40, durante o boom dos super-heróis durante a Segunda Guerra Mundial. Agora você vai conhecer a personagem e a autora! Continuar lendo “Quem Foi A Primeira Super-Heroína Criada Por Uma Mulher?”

Love Is Love: Uma Coletânea de Quadrinhos em Honra às Vítimas do Massacre de Orlando

Era 12 de junho de 2016, eu estava com meus amigos gays comemorando o aniversário do cara que viria a ser meu namorado um pouco tempo depois em uma casa noturna alternativa. Cheguei em casa por umas sete da manhã e nos noticiários estava dando que um franco-atirador havia invadido uma boate gay de Orlando, nos Estados Unidos, matando 49 pessoas. O crime, como se provou depois, foi definido como crime de ódio. Uma vez que o atirador era homofóbico, mas, como na maior parte dos casos de homofobia, sentia atração por homens. Continuar lendo “Love Is Love: Uma Coletânea de Quadrinhos em Honra às Vítimas do Massacre de Orlando”

Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., de Jim Steranko

Se teve um cara que realmente inovou nas artes dos quadrinhos, esse foi Jim Steranko. De origem humilde e com poucos trabalhos na história, Jim revolucionou o mercado trabalhando em títulos como X-Men e Capitão América. Mas foi no título Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., que ele atingiu seu auge. E é sobre ele que vamos falar mais aqui. Continuar lendo “Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., de Jim Steranko”

Não Existe Filme de Super-Heróis Bem Dirigido?

Depois de fracassos com filmes de super-heróis como Batman V Superman, dirigido por Zack Snyder e de Quarteto Fantástico, dirigido por Josh Trank, somos levados a nos perguntar se existem ou não filmes de super-heróis bem dirigidos. Será que os estúdios estão impondo demais a sua vontade sobre os diretores? Seriam os super-heróis apenas produtos de um grande comercial? É o que vamos discutir. Continuar lendo “Não Existe Filme de Super-Heróis Bem Dirigido?”

As Melhores e Piores Leituras de Abril de 2016

Abril, mês dos bobos! Nada mais justo que, aos fim dos mês, nós, fãs de quadrinhos que somos muitas vezes feitos de bobos pelas editoras, mas que algumas vezes mostramos como os outros são bobos por não lerem quadrinhos, precisamos selecionar o que vale muito ser lido e o que… bem… não vale. Vamos lá! Continuar lendo As Melhores e Piores Leituras de Abril de 2016

Eisner Awards Bate o Recorde de Indicações Femininas

Boas notícias para o mundo dos quadrinhos, principalmente para as produtoras e fãs mulheres! O prêmio Eisner, cujo nome é dedicado ao pioneiro Will Eisner, fez o seu recorde de indicações a produtoras de quadrinhos femininas. São 49 mulheres, que receberam 61 indicações em 27 categorias (de 30 no total). Este número representa um aumento em relação ao ano passado, quando 44 profissionais mulheres foram reconhecidas. Continuar lendo Eisner Awards Bate o Recorde de Indicações Femininas

Uma Graphic Novel Portoalegrense. Sottovoce: A Morte Fala Baixo, de Edgar Vasques

Edgar Vasques foi e continua sendo, junto com Luis Fernando Verissimo, um dos grandes nomes do quadrinho porto-alegrense e gaúcho. Cumprindo seu papel de cartunista e crítico da sociedade, foi contra a ditadura brasileira, representando isso em seus trabalhos. Dois dos trabalhos mais famosos de Edgar são as ilustrações de O Analista de Bagé, de Veríssimo e sua criação, o mendigo Rango. Eu me lembro … Continuar lendo Uma Graphic Novel Portoalegrense. Sottovoce: A Morte Fala Baixo, de Edgar Vasques