Love Is Love: Uma Coletânea de Quadrinhos em Honra às Vítimas do Massacre de Orlando

Era 12 de junho de 2016, eu estava com meus amigos gays comemorando o aniversário do cara que viria a ser meu namorado um pouco tempo depois em uma casa noturna alternativa. Cheguei em casa por umas sete da manhã e nos noticiários estava dando que um franco-atirador havia invadido uma boate gay de Orlando, nos Estados Unidos, matando 49 pessoas. O crime, como se provou depois, foi definido como crime de ódio. Uma vez que o atirador era homofóbico, mas, como na maior parte dos casos de homofobia, sentia atração por homens. Continuar lendo “Love Is Love: Uma Coletânea de Quadrinhos em Honra às Vítimas do Massacre de Orlando”

Anúncios

Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., de Jim Steranko

Se teve um cara que realmente inovou nas artes dos quadrinhos, esse foi Jim Steranko. De origem humilde e com poucos trabalhos na história, Jim revolucionou o mercado trabalhando em títulos como X-Men e Capitão América. Mas foi no título Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., que ele atingiu seu auge. E é sobre ele que vamos falar mais aqui. Continuar lendo “Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D., de Jim Steranko”

Não Existe Filme de Super-Heróis Bem Dirigido?

Depois de fracassos com filmes de super-heróis como Batman V Superman, dirigido por Zack Snyder e de Quarteto Fantástico, dirigido por Josh Trank, somos levados a nos perguntar se existem ou não filmes de super-heróis bem dirigidos. Será que os estúdios estão impondo demais a sua vontade sobre os diretores? Seriam os super-heróis apenas produtos de um grande comercial? É o que vamos discutir. Continuar lendo “Não Existe Filme de Super-Heróis Bem Dirigido?”

As Melhores e Piores Leituras de Abril de 2016

Abril, mês dos bobos! Nada mais justo que, aos fim dos mês, nós, fãs de quadrinhos que somos muitas vezes feitos de bobos pelas editoras, mas que algumas vezes mostramos como os outros são bobos por não lerem quadrinhos, precisamos selecionar o que vale muito ser lido e o que… bem… não vale. Vamos lá! Continuar lendo As Melhores e Piores Leituras de Abril de 2016

Eisner Awards Bate o Recorde de Indicações Femininas

Boas notícias para o mundo dos quadrinhos, principalmente para as produtoras e fãs mulheres! O prêmio Eisner, cujo nome é dedicado ao pioneiro Will Eisner, fez o seu recorde de indicações a produtoras de quadrinhos femininas. São 49 mulheres, que receberam 61 indicações em 27 categorias (de 30 no total). Este número representa um aumento em relação ao ano passado, quando 44 profissionais mulheres foram reconhecidas. Continuar lendo Eisner Awards Bate o Recorde de Indicações Femininas

Uma Graphic Novel Portoalegrense. Sottovoce: A Morte Fala Baixo, de Edgar Vasques

Edgar Vasques foi e continua sendo, junto com Luis Fernando Verissimo, um dos grandes nomes do quadrinho porto-alegrense e gaúcho. Cumprindo seu papel de cartunista e crítico da sociedade, foi contra a ditadura brasileira, representando isso em seus trabalhos. Dois … Continuar lendo Uma Graphic Novel Portoalegrense. Sottovoce: A Morte Fala Baixo, de Edgar Vasques

Tropa de Elite osso duro de roer pega um pega geral também vai pegar você... Ah, não é esse Tijuana?!?

As Tijuanas Bibles e os Catecismos: Quadrinhos Eróticos de Antigamente

Will Eisner e Joe Shuster foram autores anônimos da Tijuana. Mas o autor brasileiro mais célebre das Tijuana Bibles, ou melhor, os Catecismos brasileiros, foi Carlos Zéfiro, a alcunha do escrivão Alcides Caminha que, nas horas vagas entre um serviço e outro, produzia essas jóias da cultura popular. Continuar lendo As Tijuanas Bibles e os Catecismos: Quadrinhos Eróticos de Antigamente

O script da sua vida!

10 Livros Para Aprender a Escrever Roteiros de Quadrinhos

Preparamos uma lista enfocando algumas partes da manufatura de criação de uma história em quadrinhos. Claro, é apenas uma base para se entender os fundamentos da criação de roteiros, mas só isso não basta, é preciso frequentar oficinas, praticar, mostrar seu roteiro para a mamãe, a vizinha, o papagaio e o mendigo da esquina. Quer ir mais fundo? Mergulhe!

Spirit de Porko!

A Questão dos Estereótipos nos Quadrinhos, por Will Eisner

Ébano Branco era o parceiro de aventuras, ou melhor, o taxista do Spirit, maior criação de Will Eisner. O problema era que a caracterização de Ébano enquanto pertencente à núbia raça deixava muito à desejar. Era um estereótipo dos mais horríveis: dentões, parecendo um macaca, cartunesco, enquanto o Spirit era um esbelto e atlético caucasiano. Veja o que Eisner tem a dizer sobre sua criação. Continuar lendo A Questão dos Estereótipos nos Quadrinhos, por Will Eisner

[Prateleiras Comentadas] Minha Coleção de HQs!

Coleção é que nem listas, talvez nem todo mundo concorde com as escolhas, mas todo mundo quer saber quais elas foram. Ou é como a velha brincadeira do “tu me mostra o teu e eu te mosto o meu”. Agora eu vou “mostrar o meu” com exclusividade e além disso vou comentar. Continuar lendo [Prateleiras Comentadas] Minha Coleção de HQs!

Te vejo no inferno! Hasta la vista, baby

As 10 HQs Mais Bem-Avaliadas do Guia dos Quadrinhos

O Guia dos Quadrinhos, o maior banco de dados sobre publicações nacionais do Brasil, além de permitir o usuário catalogar sua coleção de gibis, também permite-o avaliar as revistas que leu. Dessa forma, nas guias laterais do site, existe um ranking das revistas mais colecionadas e, logo abaixo, das melhores avaliadas por seu público. Esses rankings são inconstantes e mudam de tempos em tempos, porém resolvi pegar uma amostra de hoje 21/03/15, às 22h, para trazer uma amostra das 10 HQs que o público brasileiro colecionador de quadrinhos considera as melhores edições já publicadas. Continuar lendo As 10 HQs Mais Bem-Avaliadas do Guia dos Quadrinhos

Será que a culpa é dos pints de Guiness

O Círculo das Influências, de Will Eisner a Kelly Sue DeConnick

É inegável que autores influenciam e são influenciados. Dentro dos quadrinhos não podia deixar de ser o mesmo. Muitos deles, é claro, tiveram influência de outros tipos de arte, como a pintura, o teatro, o cinema. Esse é um blog … Continuar lendo O Círculo das Influências, de Will Eisner a Kelly Sue DeConnick

Will Eisner, o Alheio e o Acaso

É inegável que o legado de Eisner para os quadrinhos é enorme e, apesar de sua narrativa cinemática, ele faz questão de diferenciar as duas mídias, como podemos ver nesse quadro esquemático aqui. Mas além da forma, de suas aberturas de páginas em splash pages em que o logo da história entra no cenário, é preciso destacar elementos de Eisner que não são tão comumente sublinhados por aí. O ALHEIO Quando falo aqui em alheio, não quero dizer “aquilo que pertence ao outro”, embora também isso faça parte das histórias de Eisner. Ele nos confronta com a visão dos outros … Continuar lendo Will Eisner, o Alheio e o Acaso